A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dep. Eng. Electrotécnica Electrónica Simbologia. Dep. Eng. Electrotécnica QuantidadeUnidadeSímbolo Comprimentometrom Massakilogramakg Temposegundos Corrente.

Cópias: 1
Dep. Eng. Electrotécnica Diagramas de controle de execução.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dep. Eng. Electrotécnica Electrónica Simbologia. Dep. Eng. Electrotécnica QuantidadeUnidadeSímbolo Comprimentometrom Massakilogramakg Temposegundos Corrente."— Transcrição da apresentação:

1 Dep. Eng. Electrotécnica Electrónica Simbologia

2 Dep. Eng. Electrotécnica QuantidadeUnidadeSímbolo Comprimentometrom Massakilogramakg Temposegundos Corrente eléctricaampéreA TemperaturakelvinK Quantidade de substânciamolemol Intensidade luminosacandelacd QuantidadeUnidadeSímbolo Angulo planoradiano rad Angulo sólidoesteradianosr Temperatura Celsiusgrau celsius ºC CapacitânciafaradFC/V Carga eléctricacoulombCA.s Condutância eléctricasiemenSA/V Indutância eléctricahenryHWb/A Potencial eléctrico (tensão)voltVW/A Resistência eléctricaohm V/A EnergiajouleJN.m ForçanewtonNkg.m/s 2 FrequênciahertzHz1/s Luminâncialuxlxlm/m 2 Fluxo luminosolúmenlmcd.sr Fluxo magnéticoweberWbV.s Densidade de fluxo magnéticoteslaTWb/m 2 PotênciawattWJ/s PressãopascalPaN/m 2 Unidades SI de baseUnidades SI derivadas Unidades SI

3 Dep. Eng. Electrotécnica

4 prefixos SI

5 Dep. Eng. Electrotécnica

6 Componentes básicos

7 Dep. Eng. Electrotécnica Componentes Electrónica Analógica baixa potência potência Digital

8 Dep. Eng. Electrotécnica R Resistências

9 Dep. Eng. Electrotécnica ++ + L Bobines / Condensadores

10 Dep. Eng. Electrotécnica T Transformadores

11 Dep. Eng. Electrotécnica Referências (Terras / Massas) I DC + –20 V V + – V – = 20V 20V 0V20V 30V 10V20V 15V -5V20V 10V

12 Dep. Eng. Electrotécnica – T+ T NTCPTC LDR Resistências não lineares RR

13 Dep. Eng. Electrotécnica Resistências - códigos

14 Dep. Eng. Electrotécnica

15 em: 4, 5 ou 6 faixas de cor. Digítos Multiplicador Tolerância Coeficiente temperatura Codificação de : 100, 110, 120, 130, 150, 160, 180, 200, 220, 240, 270, 300, 330, 360, 390, 430, 470, 510, 560, 620, 680, 750, 820, 910, ( ) 5% Standard Values Decade multiples are available from 10 through 22 M % Standard Values Decade multiples are available from 10 through 1 M

16 Dep. Eng. Electrotécnica Nota: O valor obtido vem expresso em Ohm ( ) (*) 3º anel dourado R <10Ω ; 3º anel prateado R <1Ω

17 Dep. Eng. Electrotécnica

18 Castanho1 Preto0 Dourado5% 10 x %10 5% 10 x 0,05 = 0,5 9,5 10,5 109,510,5 Tolerância

19 Dep. Eng. Electrotécnica R330,33 34R234,2 47k47 k 2M12,1 M

20 Dep. Eng. Electrotécnica SMT 1º/2º - dígitos significativos 3º dígito – potência de 10 ou R – ponto decimal (R < 10 Ohms) Exemplos: "334"= 33 × 10,000 ohms = 330 kiloohms "222"= 22 × 100 ohms = 2.2 kiloohms "473"= 47 × 1,000 ohms = 47 kiloohms "105"= 10 × 100,000 ohms = 1 megaohm "100"= 10 × 1 ohm = 10 ohms(também possível serem marcadas como 10) "220"= 22 × 1 ohm = 22 ohms( 22) "4R7"= 4.7 ohms "0R22"= 0.22 ohms "0R01"= 0.01 ohms "1001"= 100 × 10 ohms = 1 kiloohm "4992"= 499 × 100 ohms = 49.9 kiloohm "1000"= 100 × 1 ohm = 100 ohms 1º/2º/3º - dígitos significativos 4º dígito – potência de 10 ou R – ponto decimal (R < 10 Ohms) 3 dígitos 4 dígitos Normais Precisão Codificação:

21 Dep. Eng. Electrotécnica Potência

22 Dep. Eng. Electrotécnica

23 Condensadores

24 Dep. Eng. Electrotécnica

25 Poliéster Polipropileno Tântalo Cerâmico Electrolítico

26 Dep. Eng. Electrotécnica 1. Disc Ceramic: While they are limited to quite small values, disc cermaics boast a small and solid construction with comparatively high voltage ratings. They range from 1pF to 0.47µF and are not polarised. This type can often be used to replace a polyester capacitor of the same value. 2. Polyester "Green Caps": Ranging from 0.01µF to 5µF polyester capacitors have similar properties to disc ceramics with some larger values and a slightly larger construction. They are not polarised. 3. MKT Polyester: A varation of polyester capacitors used where price matters less than performance. High temperature stability and accuracy land MKT capacitors in higher end audio circuits and power supplies. They range from 1nF to about 10µF. (values over 1µF are quite expensive) MKTs are not polarised. 4. Tantalum: Tantalum capacitors pack a large capacity into a relatively small and tough package compared to electrolytics, but pay for this in voltage ratings. The device pictured above is 100µF (like the electrolytic next to it) but is rated at 3.6V, compared to 16V. They are often polarised and range from 0.1µF to 100µF. 5. Radial Electrolytic: Used for all values above 0.1µF. Electrolytics have lower accuracy and temperature stability than most other types and are almost always polarised. It's usually best to only use an electrolytic when no other type can be used, or for all values over 100µF. Cheap electrolytics are usually made from plastic and rubber and therefore melt easily during soldering. 6. Axial Electrolytic: The same as other electrolytics but the leads emerge from each end, rather than the same end as in the radial types.

27 Dep. Eng. Electrotécnica pF, 10pF, 100pF, 1nF, 10nF, 100nF, 1uF, 10uF, 100uF, 1000uF 2,2pF, 22pF, 220pF, 2,2nF, 22nF, 220nF, 2,2uF, 22uF, 220uF, 2200uF Condensadores – série de valores básicos Base = pico Farads (pF)

28 Dep. Eng. Electrotécnica pF, 10%, 250V Base = pico Farads (pF) Código cores 1% 2% 2,5% 5%

29 Dep. Eng. Electrotécnica ???

30 Dep. Eng. Electrotécnica Código alfanumérico 103 M 10 K J 1º e 2º algarismo multiplicador tolerância pF = 10 nF 20% 10 x 1000 = pF = 10 nF 5% K 10 pF B 0,1 pF F 1% M 20% C 0,25 pF G 2% P+100% – 0% D 0,5 pF H 3% S+50% – 20% F 1 pF J 5% Z+80% – 20% ou +100% – 20% G 2 pF K 10% 10 pF – 3º algarismo = 9 (ex: 479 = 47 / 10 = 4,7 pF)

31 Dep. Eng. Electrotécnica Tântalo 100 uF, 20 V Condensadores electrolíticos - tântalo Rosa 35V

32 Dep. Eng. Electrotécnica Óxido de Alumínio axialradial Condensadores electrolíticos - alumínio

33 Dep. Eng. Electrotécnica Condensadores electrolíticos - tântalo

34 Dep. Eng. Electrotécnica

35 Xtal Osciladores 555

36 Dep. Eng. Electrotécnica + K A + AK Díodos Zener LED Fotodíodo Porquê ?

37 Dep. Eng. Electrotécnica Tunel Schottky (V F menor, comutação mais rápida) Região de resistência negativa

38 Dep. Eng. Electrotécnica + - +

39 NPN PNP + – i + – C E B Transístores PNP NPN

40 Dep. Eng. Electrotécnica FET – canal N FET – canal P Transistor, Metal-Oxide, Single-Gate D G S v Field Effect Transistor (Efeito de Campo eléctrico) Metal Oxid Semiconductor FET Drain Source Gate

41 Dep. Eng. Electrotécnica BC337 Norma europeia

42 Dep. Eng. Electrotécnica 2N222 Norma americana

43 Dep. Eng. Electrotécnica Electrónica de potência

44 Dep. Eng. Electrotécnica IGBT Tirístor (SCR – Silicon Controled Rectifier) DIAC TRIAC Power MOSFET

45 Dep. Eng. Electrotécnica

46

47 Reset VCC R/W D2 D3 D4 D5 YYxxx entradassaídas

48 Dep. Eng. Electrotécnica

49 Diagramas temporais

50 Dep. Eng. Electrotécnica Instrumentos de medição

51 Dep. Eng. Electrotécnica VAW f cos Wh R R

52 Dep. Eng. Electrotécnica Aparelhos de alimentação

53 Dep. Eng. Electrotécnica Fonte alimentação: - dupla (+/gnd/-) - corrente excessiva Amperímetro: - directo à saída de uma fonte !

54 Dep. Eng. Electrotécnica Componentes de instrumentação

55 Dep. Eng. Electrotécnica Indutivo Capacitivo Óptico

56 Dep. Eng. Electrotécnica DAC ADC A D D A

57 Dep. Eng. Electrotécnica Ligações e fios

58 Dep. Eng. Electrotécnica

59 DYZ 180º360º0º 120 V, 60 Hz 230 V, 50 Hz MM M

60 Dep. Eng. Electrotécnica AVISOS

61 Dep. Eng. Electrotécnica Many products now come under European Directives and to be able to sell them within the EU some must bear the CE mark as a legal requirement. This mark is the manufacturers claim that the product meets all of the relevant European Directives. The VDE Testing Institute as founded in 1920 in Berlin and relocated to Offenbach am Main in 1968 where it has gained worldwide importance. The VDE Testing and Certification Institute is accredited on a national and international level for the testing and certification of electro technical equipment, components and systems. Testing of electro technical products is conducted mainly for safety and electromagnetic compatibility. IEC Symbol 5036ISO 3864, electrical hazard.

62 Dep. Eng. Electrotécnica tóxico laser Choque eléctrico precaução corrosão radioactividade irritante Inflamável Risco de explosão Sem risco de explosão ionização Modelo europeu ESD

63 Dep. Eng. Electrotécnica Class 0 – Sem protecção (utilização em locais secos). Um defeito provoca um choque eléctrico. Proíbido em alguns países Class I – Chassis ligado à terra. Um defeito provoca uma fuga para o condutor de terra (normal/ com diferencial) Class II – isolamento duplo – evita necessidade de ligação à terra (não há ligação entre partes eléctricas e as zonas de manipulação) Class III – equipamentos alimentados por SELV (Safety Extra Low Voltage). A tensão de alimentação é reduzida, de forma a que não haja perigo, mesmo com contacto. Classes de isolamento IEC 417 No IEC 417 No. 5019

64 Dep. Eng. Electrotécnica AWG American Wire Gauge


Carregar ppt "Dep. Eng. Electrotécnica Electrónica Simbologia. Dep. Eng. Electrotécnica QuantidadeUnidadeSímbolo Comprimentometrom Massakilogramakg Temposegundos Corrente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google