A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gene Doping H. Lee Sweeney Trabalho elaborado por: David Santos nº16108 Lurdes Baldé nº15601 Rita Roque nº15439 Engenharia Genética.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gene Doping H. Lee Sweeney Trabalho elaborado por: David Santos nº16108 Lurdes Baldé nº15601 Rita Roque nº15439 Engenharia Genética."— Transcrição da apresentação:

1 Gene Doping H. Lee Sweeney Trabalho elaborado por: David Santos nº16108 Lurdes Baldé nº15601 Rita Roque nº15439 Engenharia Genética

2 Conceitos - chave Doping Genético Substâncias Ilícitas Tecido Muscular Esquelético Doenças Degenerativas Células Satélite Miostatina Proteína IGF-1 Terapia Génica

3 Doping Doping Genético Administração a uma pessoa ou animal, especialmente em competições desportivas, uma droga que lhe aumenta a destreza, a agilidade, o vigor ou a resistência; As substâncias injectadas ou ingeridas, que têm por objectivo aumentar a massa muscular corporal e assim melhorar o desempenho físico do indivíduo. Preparação laboratorial de células humanas que permitem reacções endógenas que ajudam a uma melhor performance física; Produção a nível fisiológico que não exige a ingestão ou injecção de substâncias ilícitas; É um método invisível e indetectável.

4 Substâncias Ilícitas Narcóticos Agentes Anabolizantes Diuréticos Estimulantes Hormonas Peptídicas

5 Narcóticos Efeitos Alivia a dor Minimiza problemas como a asma, inflamações ou diarreias Exemplos Morfina Heroína Petidina Metadona

6 Agentes Anabolizantes Efeito Ajuda no aumento da massa muscular Problema Agentes produzidos fisiologicamente pelo organismo humano. Exemplos Nandrolona Testosterona Estanazonol Clembuterol

7 Diuréticos Efeito Regula o metabolismo, diminuindo o peso corporal Exemplos Furosemida Hidroclorotiazida Triamtereno

8 Estimulantes Efeitos Reduz a dor Anti-inflamatórios Analgésicos Anti-alérgicos Descongestionantes nasais Problema Causas sociais Exemplos Anfetaminas Cocaína Cafeína Efedrina

9 Hormonas Peptídicas Efeitos Acelera o crescimento corporal Diminui a sensação de dor Exemplos Insulina Gonodotrofina coriónica Eritropoietina

10 Controlo de Doping Conselho Nacional Antidopagem (CNAD) Federações Desportivas Comissão Médica do Comité Olímpico Internacional Agência Mundial Anti-doping (AMA) Agência Mundial Anti-Doping (WADA – World Anti-Doping Agency)

11 Medidas Preventivas Divulgação dos malefícios orgânicos que resultam da ingestão de substâncias proibidas Implementação de campanhas educativas ao nível da população

12 Músculo - Órgão constituído por tecido muscular, dotado de contractilidade e responsável pelo movimento do corpo. Tipos: 1. Tecido Muscular Liso 2. Tecido Muscular Cardíaco 3. Tecido Muscular Esquelético

13 Tecido Muscular Esquelético

14 Doenças Degenerativas o Desencadeadas devido ao uso excessivo da musculatura ao longo dos anos, surgindo danos que não são reparados. Distrofia Muscular de Duchenne

15 Distrofia Muscular Doença degenerativa condicionada por um gene mutante - ausência de distrofina. Protege as células musculares das lesões, provocadas pelo trabalho intenso dos músculos.

16 Tecido Muscular O uso excessivo do tecido muscular, provoca rupturas das fibras musculares. Reparação das lesões: Acção dos genes com produção de núcleos. 1 – reconstrução das membranas das fibras; 2 – produção de miofibrilas

17 Com a produção de núcleos adicionais, surgem associados às fibras moleculares células satélite. - Quando estimuladas, proliferam aumentando em número; - Fundem-se às células musculares e orientam a síntese de miofibrilas.

18 Células Satélite A actividade é regulada pela acção de duas substâncias: Estimuladora Inibidora 2 – Proteína IGF-1 insuline like growth factor 1 – Miostatina

19 Actividade das Células Satélite Miostatina Inibe a proliferação das células satélite Proteína IGF – 1 Estimula a ocorrência de divisões mitóticas das células satélite DESENVOLVIMENTO MUSCULAR

20 Proteína IGF - 1 Problemas o Possui curta duração no sangue o Em doses elevadas podem actuar no desenvolvimento de tumores

21 Terapia Génica Solução para o problema da perda de massa muscular, utilizada para estimular o tecido muscular esquelético No futuro, pretende-se efectuar testes clínicos em seres humanos, para remediar o sofrimento no caso de distrofia e envelhecimento

22 Terapia Génica Transferência de genes através de um vector viral – AAV Experiências em ratos

23 Conclusão Iremos concentrar-nos em produzir superatletas modificados geneticamente ou melhorar a saúde de populações inteiras com a terapia génica muscular?

24 Algumas Referências Bibliográficas htm SintesProt.htm


Carregar ppt "Gene Doping H. Lee Sweeney Trabalho elaborado por: David Santos nº16108 Lurdes Baldé nº15601 Rita Roque nº15439 Engenharia Genética."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google