A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Formação de gestores de projetos educomunicativos: Professor-mediador Programa Nas Ondas do Rádio SME-SP/2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Formação de gestores de projetos educomunicativos: Professor-mediador Programa Nas Ondas do Rádio SME-SP/2011."— Transcrição da apresentação:

1 Formação de gestores de projetos educomunicativos: Professor-mediador Programa Nas Ondas do Rádio SME-SP/2011

2 Nesta Aula Projetos educomunicativos: o que são, por que e como implementá-los?

3 PARA REFLEXÃO: O que é um projeto? Por que trabalhar com projetos? Como implementar um projeto na escola? Qual a natureza de um projeto educomunicativo?

4 TRABALHO EM GRUPO Estudo de caso

5 Retomando... O que é um projeto? É uma ação coletiva motivada pelo desejo de transformar uma situação. Por que trabalhar com projetos? Projetos podem resultar em políticas públicas ao demonstrar boas práticas pedagógicas, ou ser parte da execução de política pública existente (Portaria 5.792/09 e Lei Educom /05). Além de contar com recursos financeiros, reforçam a gestão democrática da sociedade.Portaria 5.792/09Lei Educom /05

6 Como implementar um projeto na escola? 1- Analisar a realidade social, na qual a comunidade escolar está inserida, e identificar as necessidades e os desejos de mudança. 2- Compreender os processos histórico e social que deram origem à situação que se quer mudar (é mais fácil desatar um nó quando sabemos como ele foi amarrado). 3- Compreender as relações institucionais, comunitárias e grupais que podem influenciar o desenvolvimento de um projeto. 4- Planejar uma intervenção, considerando as possibilidades e os limites de uma transformação. ESTAS SÃO ALGUMAS DAS COMPETÊNCIAS DO GESTOR DE PROJETOS.

7 Qual a natureza de um projeto educomunicativo? É uma intervenção planejada em espaços educativos para melhorar a comunicação humana. Três características conjuntas o definem: Educação para e pelos meios, Incentivo ao Protagonismo infanto-juvenil e Zelo pela liberdade responsável de expressão.

8 Objetivos almejados: Promoção do diálogo entre os vários agentes do processo educativo; Desenvolvimento de habilidades e competências pré- existentes mas, até então pouco estimuladas, como liderança e trabalho em grupo; Ampliação da capacidade de expressão dos indivíduos; Apropriação dos recursos midiáticos, partindo dos interesses e das necessidades de quem deles se utiliza;

9 Objetivos almejados: Uso da tecnologia para a mediação de conflitos e promoção de valores humanos e solidários na escola; Discussão de temas transversais como sexo, direitos e cidadania (ECA), violência, meio ambiente (sustentabilidade) de forma natural, ou seja, franca e aberta; Promoção da gestão participativa dos meios de comunicação, da informação e do próprio espaço escolar; Comprometimento maior dos sujeitos com a transformação social.

10 TAREFA: IDENTIFICANDO NECESSIDADES E DESEJOS DE MUDANÇA Qual modelo de ensino está sendo reforçado pela COMUNICAÇÃO na escola: Modelo centrado no professor? Modelo centrado no aluno? Modelo centrado nas ferramentas? Modelo centrado nas relações? Quais as implicações disso? O uso das ferramentas enfatiza o conteúdo, o resultado ou o processo? TAREFA: IDENTIFICANDO NECESSIDADES E DESEJOS DE MUDANÇA Qual modelo de ensino está sendo reforçado pela COMUNICAÇÃO na escola: Modelo centrado no professor? Modelo centrado no aluno? Modelo centrado nas ferramentas? Modelo centrado nas relações? Quais as implicações disso? O uso das ferramentas enfatiza o conteúdo, o resultado ou o processo? Estimula o raciocínio e a reflexão? Problematiza? Qual a concepção de COMUNICAÇÃO que está sendo reforçada: linear/unidirecional ou circular/participativa? Explora-se a diversidade de linguagens que os meios oferecem? As linguagens são bem combinadas, integradas? A COMUNICAÇÃO tem permitido transformar receptores passivos em produtores ativos de mensagens midiáticas? Estimula o raciocínio e a reflexão? Problematiza? Qual a concepção de COMUNICAÇÃO que está sendo reforçada: linear/unidirecional ou circular/participativa? Explora-se a diversidade de linguagens que os meios oferecem? As linguagens são bem combinadas, integradas? A COMUNICAÇÃO tem permitido transformar receptores passivos em produtores ativos de mensagens midiáticas?

11 Fontes: PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO DOS PROJETOS DE COMUNICAÇÃO Ismar de Oliveira SOARES A DEMOCRATIZAÇÃO DOS MEIOS PELO PROJETO EDUCOM.RADIO: UM SONHO POSSÍVEL Eliany Salvatierra MACHADO Cláudia LAGO Maria Izabel de Araújo LEÃO EDUCOMUNICAÇÃO E PEDAGOGIA DE PROJETOS: ABORDAGENS E CONVERGÊNCIAS Lílian Bhruna Pinho de ANDRADE Richard ROMANCINI

12 Realização Secretaria Municipal de Educação da Cidade São Paulo Programa Nas Ondas do Rádio – DOT/SME Coordenação do Programa Nas Ondas do Rádio Carlos Alberto Mendes de Lima Equipe de Assessoria Alda Ribeiro Carlos Eduardo Fernandez Carmen Gattás Eveline Araujo Izabel Leão Marciel Consani Paola Prandini Salete Soares Silene Lourenço Programa Nas Ondas do Rádio


Carregar ppt "Formação de gestores de projetos educomunicativos: Professor-mediador Programa Nas Ondas do Rádio SME-SP/2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google