A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo Linha de Pesquisa: Planejamento e Projeto em Arquitetura mestranda.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo Linha de Pesquisa: Planejamento e Projeto em Arquitetura mestranda."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo Linha de Pesquisa: Planejamento e Projeto em Arquitetura mestranda Eliane Maria Benvegnú prof.ª orientadora Marta Dischinger disciplina Metodologia Científica Aplicada prof.ª responsável Sonia Afonso semestre 2008/3

2 ARQUITETURA PARA IDOSOS

3 O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial que ocorre também no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos até o ano de 2025.

4 São vários os problemas decorrentes da mudança na distribuição etária de um país. Do ponto de vista econômico por exemplo, a relação desproporcional entre a população ativa e inativa afeta de maneira significativa seguridade social.

5 E quais as formas e os tipos de envelhecimento existem? Podemos citar as algumas características como prevalecentes nos idosos: Reduzida resistência ao esforço Reflexos mais lentos Redução da mobilidade Degradação da acuidade Tempo de atenção e memória limitados capacidade reduzida para detectar sons A Idade avançada é acompanhada por modificações funcionais, modificando a relação do idoso com o espaço da cidade, da sua casa.

6 Como podemos ajudar as pessoas a permanecerem ativas e independentes a medida que envelhecem?

7 Sendo o segmento etário acima de 60 anos o que está em maior expansão no Brasil, passa portanto a ser foco de estudos e pesquisas das diversas áreas de conhecimento a fim de incorporar respostas às novas demandas.

8 Com o exposto a relevância do estudo proposto se justifica na importância de projetar moradias que atendam às necessidades desse grupo singular (idoso dependente ou independente) para que as perdas físicas e sensoriais, decorrentes do processo de envelhecimento, sejam compensadas por um ambiente adequado, a fim de minimizar as vulnerabilidades do idoso.

9 2. De que forma o projeto de arquitetura pode contribuir para a autonomia e independência da pessoa idosa? Um ambiente físico adequado à idade pode representar a diferença entre a dependência e a independência para todos os indivíduos, mas principalmente para aqueles em processo de envelhecimento. Nesse sentido, os questionamentos originados desta problemática são: 1. Quais as dificuldades que os idosos podem encontrar para realizar as atividades diárias num ambiente cujo projeto não leva em consideração as alterações decorrentes do processo de envelhecimento?

10 Analisar o ambiente físico (moradia/ asilo) buscando identificar as barreiras físicas e recomendar diretrizes projetuais que levem em conta as necessidades dos idosos, possibilitando que a moradia seja adequada a todo o ciclo de vida do indivíduo.

11 Identificar as alterações funcionais decorrentes do processo de envelhecimento que modificam a relação do idoso com o ambiente. Relacionar as alterações decorrentes do processo de envelhecimento com as necessidades relativas a realização das atividades diárias. Inventariar soluções projetuais de pesquisa e de projeto a fim de permitir que adequações sejam implementadas nas moradias à medida em que as necessidades se apresentam.

12 Resultado São apresentados os conceitos e assuntos referentes ao tema, bem como uma análise da legislação habitacional nacional e manuais de parâmetros de projeto específicos para a terceira idade. Entrevistas; Questionários; Observações; Vista Exploratória Compreende aplicação e tratamento dos dados que visa diagnosticar o desempenho dos ambientes e equipamentos da moradia, tomando como base o grau de satisfação do usuário. Resultado Método Análise Documental Etapa 1 Fundamentação Teórica Etapa 2 Pesquisa de Campo / Avaliação da Moradia (relação ambiente e comportamento do usuário) Método Análise das Etapas Anteriores Resultado Etapa 3 Diretrizes projetuais São analisadas os resultados das etapas anteriores (fundamentação teórica e pesquisa de campo) para proposição de diretrizes que sejam aplicadas nas moradias. Método

13 Gera diferentes necessidades IDOSO 65 anos ou mais conceituação, estatística, posição na sociedade envelhecimento natural e patológico aspectos e tipos de habitação legislações e parâmetros de projeto diretrizes projetuais que levam em conta as necessidades dos idosos ambientes adequados minimizam as vulnerabilidades dos idosos

14 1- BRASIL, Lei Federal 8842/94. Política Nacional do Idoso e dá outras providências. 2. BRASIL, Lei Federal /23. Estatuto do idoso. 3. BRASIL, Lei Municipal 5.371/24. Dispõe sobre a Política Municipal 4. CORTE. Beltrina. O que dizem os números sobre a pessoa idosa. XV Encontro Nacional de Estudos Populacionais. Minas Gerais. set CATUNDA DE SIQUEIRA, Maria Eliane; MOI, Regiane Cristina. Estimulando a memória em instituições de longa permanência. In: SIMSON, Olga Rodrigues de Moraes et alii (Org.). As Múltiplas Faces da Velhice no Brasil. Campinas 6. MASCARO, Sonia de A..O que é velhice.São Paulo: Brasiliense,1997.Primeiros Passos. 7. SANTINI, Rita de Cássia Giraldi. Dimensões do lazer e da recreação Questões espaciais, sociais e psicológicas. São Paulo:Angelotti LTDA

15 1.http://www.portaldoenvelhecimento.net/principal/principal.ht m acesso em 1/8/ http://www.techway.com.br/techway/revista_idoso/politica/edi toria_politica.htm acesso em 1/8/ http://www.observa.uchile.cl/ acesso em 29/10/ http://www.gerontologia.uchile.cl/ acesso em 3/11/ http://weblog.maimonides.edu/gerontologia2007/ acesso em 5/11/ http://www.sbgg.org.br/profissional/index.asp acesso em 5/11/ http://www.casasegura.arq.br/ acesso em 21/11/ http://www.acessobrasil.org.br/index.php?itemid=44 acesso em 21/11/2007

16 o/projecao_da_populacao/default.shtmhttp://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populaca o/projecao_da_populacao/default.shtm acesso em 2/11/2007


Carregar ppt "UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo Linha de Pesquisa: Planejamento e Projeto em Arquitetura mestranda."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google