A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Empreendorismo para Computação Criando Negócios de Tecnologia Capítulo 9 Formas Jurídicas para Empresas de Tecnologia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Empreendorismo para Computação Criando Negócios de Tecnologia Capítulo 9 Formas Jurídicas para Empresas de Tecnologia."— Transcrição da apresentação:

1 1 Empreendorismo para Computação Criando Negócios de Tecnologia Capítulo 9 Formas Jurídicas para Empresas de Tecnologia

2 2 Capa ou empresa? individuo? Exercício Profissional...

3 3 Capa Objetivos do Capítulo Refletir sobre a diferença entre o exercício profissional feito pelo individuo (pessoa física), e a atividade empresarial; Conhecer as formas jurídicas usuais para empresas de tecnologia: Sociedade Limitada e Sociedade Anônima; entender a diferença entre elas, e as situações em que são aplicáveis; Refletir sobre a forma jurídica mais apropriada para seu empreendimento.

4 4 Capa SOCIEDADE Limitada – Ltda.

5 5 Capa Contrato Social de uma Sociedade Limitada 1.Qualificação dos sócios (pessoas físicas ou jurídicas); 2.Indicação do tipo jurídico da sociedade: sociedade limitada; 3.Nome da empresa; 4.Endereço comercial da sede e de filiais declaradas; 5.Objeto social: atividades a serem desenvolvidas; Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

6 6 Capa Sociedade de Pessoas Exatamente ESSAS pessoas Venda de quotas pode ser impedida ou controlada Sociedade de Capitais

7 7 Capa Contrato Social de uma Sociedade Limitada 6. Capital social : valor nominal de cada quota, e o total de quota(s) de cada sócio; Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

8 8 Capa Capital Social 6. Capital social : valor nominal de cada quota, e o total de quota(s) de cada sócio; Capital Social = Declaração contratual do capital da sociedade Capital social: R$10 mil Saldo na conta corrente da empresa: R$4,6 mil Patrimônio da empresa: R$ 200 mil Patrimônio e conta corrente dos sócios

9 9 Capa 6. Capital social: valor nominal de cada quota, e o total de quota(s) de cada sócio; Cada membro da sociedade possui um número determinado de quotas; Essa divisão de quotas irá determinar a divisão dos lucros, e a divisão das responsabilidades (prejuízos) da sociedade. Quotas

10 10 Capa Contrato Social de uma Sociedade Limitada 7.Responsabilidade dos sócios: declaração da responsabilidade dos sócios ser restrita ao valor de suas quotas e, solidariamente, pela integralização do capital social; 8.Prazo de duração da sociedade: indeterminado ou determinado; 9.Administração: forma de administração, administradores. Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

11 11 Capa Responsabilidade Ilimitada Responsabilidade Limitada Capital social: R$10 mil Saldo na conta corrente da empresa: R$4,6 mil Patrimônio da empresa: R$ 200 mil Prejuízo irreversível de R$1 milhão De onde sai o dinheiro para cobrir o prejuízo?

12 12 Capa Responsabilidade Limitada 7. Responsabilidade dos sócios: declaração da responsabilidade dos sócios ser restrita ao valor de suas quotas e, solidariamente, pela integralização do capital social;

13 13 Capa A responsabilidade dos sócios limitada ao valor de suas quotas, proporcionalmente ao Capital Social da empresa; É uma Sociedade de Pessoas: importa quem são os sócios. Venda das quotas pode ser impedida, ou estar sujeita a aprovação dos demais sócios; Custo administrativo mais barato; Indicadas para empresas pequenas ou em estagio inicial, sem a participação de investidores. Sociedades Limitadas

14 14 Capa Atividades Atividade 9.1 Contrato Social. Consulte as orientações e o modelo para contrato de Sociedade Limitada, fornecidas pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

15 15 Capa Sociedades Anônimas Exigências legais mais rígidas: publicação de balanços, convocação de assembléias, etc; Maior transparência; Custo administrativo mais alto; Maior proteção a sócios minoritários, e a sócios que não participam do dia a dia da empresa; Mais adequadas para investidores participarem do negócio.

16 16 Capa Sociedades Anônimas Abertas Ações negociadas em bolsas de valores; Sociedade de capitais. Fechadas Não tem ações negociadas em bolsas de valores; Mistura características das sociedade de pessoas e das sociedades de capitais.

17 17 Capa Consorcio Exemplo: franquias

18 18 Capa Qual a Forma Jurídica Adequada ao seu Empreendimento? Ltda indicadas a pequenos negócios, ou a negócios em fases iniciais, sem a participação de investidores. Revisão SA mais transparentes, e mais seguras para os investidores. Consórcio adequado para parcerias temporárias.

19 19 Capa Revisão Ltda SA Fechada SA Aberta?

20 20 Capa Atividades Atividade 9.2 Definir Forma Jurídica para seu Empreendimento. Faça um planejamento do período ideal para ajuste da forma jurídica, para possibilitar a captação de investimentos, se isso for pertinente. Atividade 9.3 Reflexão: Sócios ou Exercício Individual? vantagens e desvantagens do exercício profissional individual, se comparado à constituição de sociedade empresarial.

21 21 Capa Constituir uma sociedade empresarial significa criar uma nova entidade jurídica: a empresa. A separação entre as finanças da empresa e as finanças de seus sócios é essencial para um exercício profissional baseado no profissionalismo.


Carregar ppt "1 Empreendorismo para Computação Criando Negócios de Tecnologia Capítulo 9 Formas Jurídicas para Empresas de Tecnologia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google