A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Adolfo Sérgio Furtado da SilvaORGANIZAÇÃO E MÉTODOS 1 ENGENHARIA DE MÉTODOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Adolfo Sérgio Furtado da SilvaORGANIZAÇÃO E MÉTODOS 1 ENGENHARIA DE MÉTODOS."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da SilvaORGANIZAÇÃO E MÉTODOS 1 ENGENHARIA DE MÉTODOS

2 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS2 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva WORK SAMPLING - Método de Amostragem do Trabalho

3 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS3 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva INTRODUÇÃO É um método para analisar quantitativamente a composição detalhada das atividades do trabalho do ponto de vista se é produtivo ou não.

4 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS4 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Princípios e Características Definição: É um método de estudo que consiste em uma série de observações aleatórias para estudar as diferentes proporções de tempo dos elementos do trabalho realizados pelos trabalhadores ou máquinas e equipamentos

5 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS5 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Objetos de Estudo Pode ser aplicado no estudo de trabalhadores e máquinas ou equipamentos; Pode ser calculada a eficácia da operação; Estudo para reduzir atividades não produtivas;

6 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS6 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Aplicações Chão de fábrica em empresas de manufatura; Áreas como materiais e produtos de armazenagem e transporte;

7 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS7 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Objetivos da Aplicação Identificação de áreas problemas através da observação da eficiência do trabalhador e/ou da máquina; Identificação dos vários elementos das atividades dos trabalhadores; Identificação dos vários elementos da operação das máquinas, incluindo paradas, ociosidade, etc.

8 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS8 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução 1) Decidir os objetivos e objeto de aplicação do estudo: a definição do objetivo do estudo é importante, pois influencia no número de observações; objeto de aplicação do estudo: trabalhadores ou máquinas, ou ambos; abrangência do objeto de estudo: departamento ou seção específica, ou a fábrica como um todo;

9 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS9 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução 2) Preparação do desenho do layout da fábrica: indicar neste layout a posição dos trabalhadores ou máquinas que serão observados; indicar a posição do observador para que não interfira no desempenho do trabalho;

10 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS10 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução 3) Decidir a rota a ser seguida pelos observadores: após escolha da rota, indicá-la no desenho de layout da fábrica; é interessante que seja feita uma estimativa do tempo necessário para o observador percorrer toda a rota;

11 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS11 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução 4) Identificação e numeração dos trabalhadores/máquinas a serem observados: após identificação, colocar plaquetas de nome e numeração para fácil identificação; 5) Preparação da tabela com estratificação das categorias do trabalho: como princípio geral é importante considerar que o excesso de detalhes pode causar dificuldades na interpretação dos resultados, conforme exemplos a seguir;

12 12

13 13

14 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS14 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução 6) Preparação da planilha de observação: cada observador deverá ter uma planilha para anotação das observações; 7) Observação preliminar: implementar uma observação preliminar de acordo com a rota definida para fazer revisões necessárias na tabela de elementos do trabalho;

15 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS15 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução 8) Preparação do plano e programação da observação: decidir sobre o tamanho da amostra (N). Isto pode ser obtido através da fórmula: N = [ 4. (1-P) / (S².P) ] onde: S = taxa de erro relativo; P = taxa de ocorrência;

16 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS16 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução Calcular o número de dias (D) requeridos para realização das observações: D = (N / n) para n = x. y onde: n = nº de observações por dia; y = nº de trabalhadores/máquinas a serem observados; x = nº de observadores.

17 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS17 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução 9) Realização das observações: Informar aos trabalhadores os objetivos do estudo, e manter o tempo de observação e a rota em segredo; para trabalhadores ausentes ou andando pela fábrica, procure conhecer as razões; se alguma coisa acontecer que dificulte a identificação da atividade trabalhador/máquina, faça uma anotação especial na planilha;

18 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS18 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Procedimentos para Execução 10) Processamento dos dados das observações: verifique se a soma total do número de observações foi igual ao planejado; os dados de cada uma das planilhas de observações deverão ser resumidos numa tabela e calculados a participação de cada elemento do trabalho em relação ao total, conforme modelo apresentado a seguir;

19 19

20 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS20 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Exemplos de Problemas Alto tempo de espera de máquinas; Alto tempo de transporte; Alto tempo de setup; Muito tempo de retrabalho; Reparos freqüentes de máquinas; Tempo de espera por máquinas com problemas é alto; Alto tempo de espera de materiais; Desperdício de tempo em procura de materiais, ferramentas e gabaritos; Várias atividades não produtivas, tais como conversas.

21 21 Exemplos de Planilha

22 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS22 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva EXEMPLO Através de um estudo de amostragem do trabalho pretende-se medir o tempo de inatividade de uma equipe de manutenção em uma empresa, composta por 10 (dez) elementos. Um estudo preliminar mostrou que este tempo deverá estar próximo de 45%. Determinar o número de observações necessárias para este estudo, em um nível de confiança de 68% e um erro relativo máximo tolerável de 5%. Este trabalho será realizado por 10 (dez) observadores, quantos dias serão necessários?

23 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS23 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva EXEMPLO N = [ 4. (1-P) / (S².P) ] N = [ 4. ( 1 - 0,45) / ( 0,05². 0,45)] N = 1955, observações D= [N/ (x.y)] D= [1956 / (10.10)] D= 6,52 dias

24 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS24 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva WORK SAMPLING - Exemplo de Aplicação

25 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS25 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Roteiro de Trabalho na Execução de uma Amostragem 1º Passo - SELECIONAR O SERVIÇO; 2º Passo - ANOTAÇÃO DOS ELEMENTOS; Exemplo: ElementoDescrição 1Trabalhando 2Conversando 3Ausente 4Troca de dispositivo ou ferramenta 5Transporte 6Limpeza 7Manutenção 8Falta de material

26 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS26 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Roteiro de Trabalho na Execução de uma Amostragem 3º Passo - CODIFICAÇÃO DOS ELEMENTOS; Exemplo: Descrição Código Operador Trabalhandoa Operador Conversandob Troca de dispositivo ou ferramentac Operador Ausented Transportee Limpezaf Manutençãog Falta de materialh

27 27 Roteiro de Trabalho na Execução de uma Amostragem 4º Passo - PROVIDENCIAR IMPRESSOS;

28 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS28 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Roteiro de Trabalho na Execução de uma Amostragem 5º Passo - SELECIONAR os Horários e Rotas ao acaso; 6º Passo - FAZER AS OBSERVAÇÕES; 7º Passo - CALCULAR e TABULAR os DADOS;

29 29 Observações

30 30 Cálculo e Tabulação dos Dados

31 31 Roteiro de Trabalho na Execução de uma Amostragem 8º Passo - ANALISAR os RESULTADOS; De uma análise geral sobre os resultados obtidos, com a Amostragem do trabalho efetuada, podemos facilmente concluir, por ordem de importância, que os motivos que causam as paradas dos funcionários são: b - Operador conversando = 8%; f - Limpeza = 7%; c - Troca ferramenta = 5%; e - Transporte = 3%; g - Manutenção = 2%; h - Falta de material = 2%.

32 ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS32 Prof. Adolfo Sérgio Furtado da Silva Roteiro de Trabalho na Execução de uma Amostragem 9º Passo - FAZER O SUMÁRIO DOS FATOS: No sumário dos fatos, tiramos as conclusões sobre os resultados e resumidamente sugerimos as medidas a serem tomadas em cada caso, possibilitando que melhorias possam ser obtidas; 10º Passo - REDIGIR O RELATÓRIO FINAL;


Carregar ppt "Prof. Adolfo Sérgio Furtado da SilvaORGANIZAÇÃO E MÉTODOS 1 ENGENHARIA DE MÉTODOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google