A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada.

4

5 Antigamente, o ser humano pensava que ele era o centro do Universo. Pensava que o Sol existia para aquecê-lo; as estrelas, para iluminar sua noite; os frutos, para alimentá-lo; a Terra, para sustentar seus pés.

6 Depois, o ser humano acreditou que a Terra era o centro do Universo, que todos os corpos celestes giravam em torno dela e que Deus havia criado a Terra para ser a morada do Homem, a sua mais importante criação.

7 Mais tarde, ele passou a acreditar que o nosso Sol era o centro do Universo...

8 Até descobrir que o Sol é apenas uma estrela de 5ª grandeza, entre os bilhões de estrelas da Via Láctea...

9 ...e que a Via Láctea é apenas uma, entre bilhões de galáxias.

10 Assim vamos descobrindo nosso real tamanho. Não a pequenez de nossa estatura, mas a grandeza de evoluir, de aprender e de conseguir, na esteira dos milênios, ver cada vez melhor e cada vez mais longe.

11 Porque eu sou do tamanho do que vejo. E não do tamanho da minha altura. (F. Pessoa)

12 Fluido Universal, Fluido Vital – Princípio orgânico extraído do Fluido Universal, com a propriedade de animar todos os seres vivos, e que retorna ao depósito da natureza quando do processo de morte biológica.

13

14 Fósseis => 3.5 bilhões de anos Origem da Vida

15 A Terra não é o ponto de partida da primeira encarnação humana. O período de humanidade começa, em geral, nos mundos mais inferiores. Essa, entretanto, não é uma regra absoluta e poderia acontecer que um Espírito, desde o seu início humano, esteja apto a viver na Terra. Esse caso não é freqüente e seria antes uma exceção. (Kardec questão 607-b) Um fato característico da mais alta importância, pelo testemunho irrecusável que fornece, consiste nos restos fósseis de animais e vegetais que são encontrados em quantidades inumeráveis nas diferentes camadas; e como estes restos se encontram mesmo nas pedras mais duras, será necessário concluir que a existência desses seres é anterior à formação de tais pedras; ou, se considerarmos o número prodigiosos de séculos que foi necessário, para que se operasse seu endurecimento, e conduzi-los ao estado em que estão já há tempos imemoriais, chega-se a esta conseqüência forçosa, que a aparição dos seres orgânicos sobre a Terra se perde na noite dos tempos, e que é bem anterior, por conseguinte, à data designada pela Gênese.

16 65 milhões anos atrás extinção dos dinossauros Primeiros Mamíferos

17 O homem surgiu em muitos pontos do globo e em épocas várias, o que também constitui uma das causas da diversidade das raças. Depois, dispersando-se os homens por climas diversos e aliando-se os de uma aos de outras raças, novos tipos se formaram. Estas diferenças não constituem espécies distintas, todos são da mesma família. Período Primário, De Transição, Secundário, Terciário, Diluviano, Pós-Diluviano ou Atual – Aparecimento do Homem. Os primeiros seres orgânicos que apareceram sobre a Terra são os vegetais de organização menos complicada, designados em Botânica pelos nomes de criptógamos, acotilédones, monocotilédones; isto inclui os liquens, os cogumelos, os musgos, os fetos, e as plantas herbáceas. Ainda não se encontram árvores de tronco lenhoso, mas sim as do gênero das palmeiras, cujo tronco esponjoso é análogo ao das hervas. Os animais desse período, que apareceram depois dos primeiros vegetais, são exclusivamente marinhos, sua organização era bem simples e por dizer rudimentares, chamados de polipeiros, radiários, zoófitos.

18 O período Diluviano é assinalado por um dos maiores cataclismos que transformaram o globo, mudaram mais uma vez o aspecto de sua superfície, e destruíram, sem que fosse possível sua volta, uma multidão de espécies vivas, das quais apenas encontramos os restos. Período Pós-Diluviano, o que fizera pensar que a aparição dos homens é posterior ao dilúvio é que nenhum traço autêntico de sua existência foi jamais encontrado, durante o período anterior. Os esqueletos descobertos em diversos lugares, e que fizeram crer na existência de uma pretendida raça de gigantes antediluvianos, foram reconhecidos como pertencentes à elefantes.

19 1.1 bilhões de anos a Terra perderá sua atmosfera => mudança para outros planetas Um mundo completamente formado pode desaparecer e a matéria que o compõe ser espalhada de novo no espaço? Perg. 41 LE R: Sim, DEUS renova os mundo como renova os seres vivos.

20 PINTURA EM CAVERNAS USO DE FERRAMENTAS DOMESTICAÇÃO DO FOGO Como não há transições bruscas na natureza, é provável que os primeiros homens que apareceram sobre a Terra pouco diferissem do macaco em sua forma exterior, e sem dúvida também quanto à sua inteligência. Mesmo atualmente ainda há selvagens que, pelo comprimento dos braços e dos pés, e pela conformação da cabeça, certamente têm traços de macaco faltando apenas serem peludos para completar a semelhança. A Gênese – Capitulo XI.

21 O protoplasma é o agente de todas as reconstituições orgânicas, isto é, de todos os fenômenos íntimos de nutrição. Além disso, o protoplasma contrai-se sob a ação dos excitantes, e preside, assim, os fenômenos da vida de relação. Livro Evolução Anímica – Gabriel Delanne. Dicionário Aurélio: Conteúdo celular vivo, formado principalmente de citoplasma e núcleo. Citoplasma é o Protoplasma da célula, excluído o núcleo. Nele residem todas as modalidades possíveis, conservadas em estado latente, quando isolado sob a forma primitiva da monera (Alemão, estado mais primitivo). É diferenciando, é separando-lhe as propriedades, que as vamos reencontrar isoladas nos seres superiores.

22 Terra Sol Marte Zona de Habitabilidade (Água Líquida) Livro Gênese Pág: 161, 162, 163, 166 até 173 A Terra, em sua origem, não continha tais matérias combinadas, mas unicamente seus princípios constitutivos, volatilizados. Quando as terras calcáreas e outras, tornadas por fim pedregosas foram depositadas em sua superfície, elas não existiam como produtos acabados; mas no ar se encontravam, no estado gasoso, todas as substâncias primitivas; tais substâncias, precipitadas por efeito do resfriamento sob o império de sua afinidade molecular; é então que se formaram as diferentes variedades de carbonatos, de sulfatos, etc., a princípio dissolvidos nas águas, e depois depositados na superfície do solo. A Gênese – Capitulo X.

23 COMPOSIÇÃO DO CORPO COMPOSIÇÃO DO CORPO HUMANO

24 I - PRINCÍPIOS GERAIS DO UNIVERSO DEUS Inteligência Suprema, causa primária de todas as coisas. PRINCÍPIO MATERIAL Dá origem a todas as manifestações e formas da matéria e da energia, em todos os planos. PRINCÍPIO INTELIGENTE Tudo o que não é Deus e Matéria. Princípio que orienta a evolução da matéria e do qual é individualizado o Espírito. PRINCÍPIOINTELIGENTE CORPO FÍSICO PRINCÍPI O VITAL PERISPÍRITOPERISPÍRITOPERISPÍRITOPERISPÍRITO ESPÍRITO

25 II - OBJETIVOS DA CRIAÇÃO DO UNIVERSO Deus criou o Universo por amor e para que suas criaturas evoluíssem até conseguir a verdadeira felicidade. Deus criou o Universo por amor e para que suas criaturas evoluíssem até conseguir a verdadeira felicidade. O objetivo maior do Universo, portanto, é a evolução. O objetivo maior do Universo, portanto, é a evolução. A felicidade é um estado que se consegue apenas aprendendo a ser feliz, ou seja, não é algo que se forneça, entregue ou dê para alguém. A felicidade é um estado que se consegue apenas aprendendo a ser feliz, ou seja, não é algo que se forneça, entregue ou dê para alguém. Portanto, a evolução é um processo de aprendizado de como ser feliz. Portanto, a evolução é um processo de aprendizado de como ser feliz.

26 III - A EVOLUÇÃO DO PRINCÍPIO INTELIGENTE III - A EVOLUÇÃO DO PRINCÍPIO INTELIGENTE O Princípio Inteligente evolui, apreendendo com a evolução da matéria e dos seres vivos. O Princípio Inteligente evolui, apreendendo com a evolução da matéria e dos seres vivos. Do Princípio Inteligente evoluído, Deus individualiza o Espírito. Do Princípio Inteligente evoluído, Deus individualiza o Espírito.

27 evolução Assim sendo, o Espírito evolui constantemente, desde que foi criado por Deus, a partir da evolução do princípio inteligente. IV - A EVOLUÇÃO DOS ESPÍRITOS IV - A EVOLUÇÃO DOS ESPÍRITOS Uma cadeia ascendente e contínua liga todas as criações. Uma cadeia ascendente e contínua liga todas as criações. Segundo a opinião de alguns filósofos espiritualistas, o princípio inteligente, distinto do princípio material, se individualiza, se elabora, passando pelos diversos graus da animalidade; é ali que a alma se ensaia para a vida e desenvolve suas primeiras faculdades, pelo exercício; por assim dizer, isso seria tempo de incubação. Chegada ao grau de desenvolvimento que tal estado comporta, ela recebe as faculdades especiais que constituem a alma humana. Haveria assim filiação espiritual do animal para o homem como também existe uma filiação corporal. A Gênese – Capitulo XI. O princípio espiritual é criado por DEUS. Simples gérmen. Liga-se inicialmente a matéria nas formas básicas atômicas. Quando sua vestimenta física perece, assume outra. Em sucessivas existências, do átomo ao animal, o princípio inteligente vai estagiando nas diferentes formas da natureza, inumeráveis passos desde as partículas atômicas, cristalizações, minerais, vírus, protoplasma, bactérias, amebas, algas, etc, e assim por diante. Desde os mundos primitivos até os planetas felizes, as oportunidades de progresso estão presentes nos três reinos: mineral, vegetal e animal. Segundo a máxima de Léon Denis: A alma dorme na pedra, sonha no vegetal, agita-se no animal e acorda no homem. Explicou André Luiz que, do vírus ao pensamento continuo do homem primitivo, o principio inteligente levou um bilhão e quinhentos milhões de anos, em nosso planeta. O desenvolvimento do principio inteligente dá-se pela paulatina elaboração de seu corpo espiritual, pela repetição de atos, conquistando, no decorrer do tempo, estágios mais avançados quando a inteligência, rumo à razão. Tudo sob o amparo dos trabalhadores divinos ou arquitetos da Sabedoria Divina. Assim como os organismos se sucedem, as sensações e sentidos vão sendo despertados paulatinamente. No mineral surge a atração; a sensação se desenvolve no vegetal; o animal adquire os instintos. Tudo segue um plano de organização, sensibilidade e inteligência. (Revista Universo Espírita). A Ciência está a um passo de admitir que existe um outro domínio externo ao universo, que, para os reencarnacionistas, seria o mundo espiritual. As criaturas têm notícias muito imperfeitas do Universo, em razão da exigüidade dos seus pobres cinco sentidos. É por isso que o homem terá sempre um limite nas suas observações da matéria, força e movimento, não só pela deficiência de percepção sensorial, como também pela estrutura do olho, onde a sabedoria divina delimitou as possibilidades humanas de análise, de modo a valorizar os esforços e iniciativas da criatura. Emmanuel - (Consolador)

28 Deus, em sua infinita Justiça e Sabedoria, criou e cria, em todos os tempos, todos os seres exatamente iguais, ou seja, a partir da evolução do princípio inteligente. Não há seres privilegiados na criação, nem os deserdados ou relegados a segundo plano. Cada um constrói o seu caminho.

29 Portanto, Deus não criou anjos ou demônios. Esses nomes apenas significam espíritos em diferentes estágios de evolução. Portanto, Deus não criou anjos ou demônios. Esses nomes apenas significam espíritos em diferentes estágios de evolução. Aqueles a quem chamamos anjos, são na verdade Espíritos Superiores e que, portanto, evoluíram até este estágio, aprendendo nos diversos degraus da evolução, da encarnação e da reencarnação. Aqueles a quem chamamos anjos, são na verdade Espíritos Superiores e que, portanto, evoluíram até este estágio, aprendendo nos diversos degraus da evolução, da encarnação e da reencarnação.

30 Portanto, o anjo também já foi átomo, já foi molécula, já foi mineral, já foi vegetal, já foi animal, despertou enquanto Espírito, evoluiu no corpo físico e no Plano espiritual, evoluiu mais e mais, erradicou o mal de dentro de si, amou muito. Portanto, o anjo também já foi átomo, já foi molécula, já foi mineral, já foi vegetal, já foi animal, despertou enquanto Espírito, evoluiu no corpo físico e no Plano espiritual, evoluiu mais e mais, erradicou o mal de dentro de si, amou muito.

31 Mas acima de tudo, devemos nos lembrar que o Anjo aprendeu a ser feliz, e por isso se tornou Anjo. Mas acima de tudo, devemos nos lembrar que o Anjo aprendeu a ser feliz, e por isso se tornou Anjo. Deus nos criou para sermos Anjos. Para isso, devemos apreender a sermos felizes. Temos dentro de nós o dom de ser capaz de ser feliz. Deus nos criou para sermos Anjos. Para isso, devemos apreender a sermos felizes. Temos dentro de nós o dom de ser capaz de ser feliz.

32 ESPIRITISMO, EDUCAÇÃO E REGENERAÇÃO O Espiritismo abre à Humanidade um novo roteiro, mostrando-lhe, de passagem os horizontes do Infinito. O Espiritismo abre à Humanidade um novo roteiro, mostrando-lhe, de passagem os horizontes do Infinito. Ao iniciá-la nos mistérios do mundo invisível, revela-lhe, o seu verdadeiro papel na Criação. Ao iniciá-la nos mistérios do mundo invisível, revela-lhe, o seu verdadeiro papel na Criação.

33 ESPIRITISMO, EDUCAÇÃO E REGENERAÇÃO Desempenhando uma construção ativa e constante, tanto encarnado como no plano espiritual, o ser humano já não marcha às cegas; sabe de onde vem, para onde vai e porque existe. Desempenhando uma construção ativa e constante, tanto encarnado como no plano espiritual, o ser humano já não marcha às cegas; sabe de onde vem, para onde vai e porque existe. A base sobre a qual se assenta a evolução do ser humano, sem sombra de dúvida, passa pela sua Educação, que o conduzirá a regeneração e a verdadeira felicidade. A base sobre a qual se assenta a evolução do ser humano, sem sombra de dúvida, passa pela sua Educação, que o conduzirá a regeneração e a verdadeira felicidade.

34 O homem do futuro será confiante em Deus, inteligência suprema do Universo e causa primária de todas as coisas. O homem do futuro será confiante em Deus, inteligência suprema do Universo e causa primária de todas as coisas. A educação espírita nos dá a confiança de que não há o que temer, desde que procuremos seguir os princípios e a filosofia da Doutrina Espírita. A educação espírita nos dá a confiança de que não há o que temer, desde que procuremos seguir os princípios e a filosofia da Doutrina Espírita.

35 Sem prepotência ou austeridade excessiva, sem pretensão de ser dono da verdade, como quem passa e serve, o espírita deve exemplificar seu empenho em ser melhor, sua fidelidade aos princípios éticos e de cidadania, sua sede de aprender e amar, compartilhando sua EVOLUÇÃO. Sem prepotência ou austeridade excessiva, sem pretensão de ser dono da verdade, como quem passa e serve, o espírita deve exemplificar seu empenho em ser melhor, sua fidelidade aos princípios éticos e de cidadania, sua sede de aprender e amar, compartilhando sua EVOLUÇÃO.

36 É importante lembrar que não existe separação entre o progresso intelectual e o progresso moral, pois o progresso intelectual conduz ao progresso moral dando a compreensão do bem e do mal, pois então o homem pode escolher (questão 780-A LE). É importante lembrar que não existe separação entre o progresso intelectual e o progresso moral, pois o progresso intelectual conduz ao progresso moral dando a compreensão do bem e do mal, pois então o homem pode escolher (questão 780-A LE).

37 O homem de bem, evoluído pela educação construirá o reino de Deus na Terra, ou seja, viverá dentro dos princípios do amor e da justiça, considerando para todos direitos e deveres iguais. O homem de bem, evoluído pela educação construirá o reino de Deus na Terra, ou seja, viverá dentro dos princípios do amor e da justiça, considerando para todos direitos e deveres iguais. Para isso, o homem do futuro deverá evoluir moralmente e aplicar-se na prática do bem. Para isso, o homem do futuro deverá evoluir moralmente e aplicar-se na prática do bem.

38

39 Essa é a melhor pedagogia, é a implantação da educação do espírito. Essa é a melhor pedagogia, é a implantação da educação do espírito. É a pedagogia do aprender a ter a capacidade de ser feliz. É a pedagogia do aprender a ter a capacidade de ser feliz.

40 Desta forma estaremos entendendo a EVOLUÇÃO e como Espíritos eternos também estaremos em processo de EVOLUÇÃO e jamais retroagindo em nossos conhecimentos adquiridos e com certeza bem mais próximos de DEUS ou seja sentindo ELE bem de perto.

41 Fim... Fim, não... Fim, não... Até o próximo Domingo! Boa Sorte e Sucesso! Nelson Mendes

42 Fontes de Consulta DE MARIO, M.A. Visão Espírita da Educação. DE MARIO, M.A. Visão Espírita da Educação. INCONTRI, D. A Educação Segundo o Espiritismo. INCONTRI, D. A Educação Segundo o Espiritismo. KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. O ESPÍRITA. O ESPÍRITA. PIRES, J. H. Pedagogia Espírita. PIRES, J. H. Pedagogia Espírita. A Gênese – Allan Kardec. A Gênese – Allan Kardec. A Evolução Anímica – Gabriel Delanne A Evolução Anímica – Gabriel Delanne

43 Não deixem de ler os livros da CODIFICAÇÃO


Carregar ppt "A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google