A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Articulação Interinstitucional e Pesquisa em Serviço: Novos Desafios para o SUS Suzanne Serruya Departamento de Ciência e Tecnologia – Decit 21 a 25 de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Articulação Interinstitucional e Pesquisa em Serviço: Novos Desafios para o SUS Suzanne Serruya Departamento de Ciência e Tecnologia – Decit 21 a 25 de."— Transcrição da apresentação:

1 Articulação Interinstitucional e Pesquisa em Serviço: Novos Desafios para o SUS Suzanne Serruya Departamento de Ciência e Tecnologia – Decit 21 a 25 de agosto de 2006

2 Ministério da Saúde e a Pesquisa em Saúde Marco Institucional - Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde - Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde Instrumentos de Gestão - Conselho de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde no Ministério da Saúde. - Termo de Cooperação Técnica Recursos financeiros

3 Política de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde Estratégias Sustentação e fortalecimento do esforço nacional em ciência, tecnologia e inovação; Fortalecimento do sistema nacional de inovação em saúde; Construção da agenda de prioridades para pesquisa e desenvolvimento tecnológico em saúde; Criação de mecanismos para a superação das desigualdades regionais; Aprimoramento da capacidade reguladora do Estado e criação de rede nacional de avaliação tecnológica; Difusão dos avanços científicos e tecnológicos; Formação, capacitação e absorção de recursos humanos; Participação e fortalecimento do controle social.

4 Definição de Prioridades de Pesquisa em Saúde Evolução do Processo no Decit 2000 à 2006

5 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (1) 1º Momento à 2002: Criação do Decit em 2000 Indução do sistema de fomento científico e tecnológico ausência de prioridades de pesquisa em saúde. Articulação entre as ações de fomento científico e a política nacional de saúde. Indução de pesquisa pelos gestores do MS. Mecanismo de fomento: frequentemente encomenda direta.

6 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (2) 2º Momento : Nova gestão no MS: Criação da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Estruturar o esforço nacional de pesquisa em saúde: Transformar o panorama da gestão do fomento. Importância do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde: Construção da Agenda Nacional.

7 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (3) Etapa I – Situação de Saúde – Contexto Etapa II – Instalação de Comitê Técnico Assessor. Definição de sub-agendas de pesquisa: revisão de literatura e PPA 2004/2007. Etapa III – Identificação de temas e linhas de pesquisa. Busca do consenso técnico-político entre duas linguagens. Seminário com 408 participantes: Pesquisadores: 278 (68%) - biocientistas, clínicos, saúde coletiva gestores de saúde: 130 (32%) - federais, estaduais, municipais.

8 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (4) Critérios para definição de prioridades a) Carga da doença: DALY (Disability Adjusted Life Years – anos de vida perdidos ajustados por incapacidade) ou outros indicadores. b) Análise dos determinantes da carga da doença por níveis de intervenção: individual, familiar, comunitário; sistema e serviços de saúde; instituições de pesquisa; políticas governamentais e outros setores com impacto na saúde c) Estado da arte do conhecimento científico e tecnológico disponível.

9 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (4) Critérios para definição de prioridades d) Custo-efetividade das possíveis intervenções e a possibilidade de sucesso. e) Efeito na equidade e justiça social f) Aceitabilidade ética, política, social e cultural g) Possibilidade de encontrar soluções h) Qualidade científica das pesquisas propostas i) Factibilidade de recursos humanos e financeiros

10 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (5) 2004a: Etapa IV – Ampliação de temas de pesquisa. Consulta Pública por internet. Participação de usuários, profissionais, gestores e pesquisadores Gráfico 1 – Percentual de contribuições por categorias

11 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (6) 2004b: Etapa V – Discussão nas Conferências Municipais, Regionais e Estaduais. Aprovação pelo plenário da 2ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde: 431 delegados. Gráfico 2 - Número de Delegados da 2ª CNCTIS por representação setorial

12 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (7) Saúde dos Povos Indígenas Saúde Mental Violência, Acidentes e Trauma Saúde da População Negra Doenças Não Transmissíveis Saúde do Idoso Saúde da Criança e do Adolescente Saúde da Mulher Saúde dos Portadores de Necessidades Especiais Alimentação e Nutrição Bioética e Ética na Pesquisa Pesquisa Clínica Complexo Produtivo da Saúde Avaliação de Tecnologias e Economia da Saúde Epidemiologia Demografia e Saúde Saúde Bucal Promoção da Saúde Doenças Transmissíveis Comunicação e Informação em Saúde Gestão do Trabalho e Educação em Saúde Sistemas e Políticas de Saúde Saúde, Ambiente, Trabalho e Biossegurança Assistência Farmacêutica

13 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (8) 2004c: Etapa VI – Implementação da Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde Lançamento dos editais de pesquisa: a) refinamento das prioridades Reuniões técnicas entre Decit e gestores das áreas do MS vinculadas aos temas dos editais Reuniões de especialistas e Decit b) transparência no processo de fomento: participação da comunidade científica

14 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (9) 3º Momento – 2005: Oficinas de prioridades com formatos diferentes; Cronograma pulverizado; Diversidade de experiências metodológicas

15 Evolução do processo de definição de prioridades de pesquisa em saúde (10) 4º Momento – 2006: Intensifica-se o processo de busca por metodologia adequada para definição de prioridades de pesquisa em saúde: Matriz Combinada – CAM (Global Forum for Health Research) PPSUS Oficinas Estaduais MG; MS; AL; ES; SE; MA; PB; SC*; BA*; AM* *março e abril

16 Sustentação e fortalecimento do esforço nacional em ciência, tecnologia e inovação

17 Editais de Pesquisa Decit/CNPq – 2004

18 Chamada Pública Decit/Finep Desenvolvimento Tecnológico de Vacinas - R$ Estudo Multicêntrico Randomizado de Terapia Celular em Cardiopatias - R$ ,00 Avaliar a efetividade do implante autólogo de células-tronco da medula óssea pacientes brasileiros com cardiopatias graves Duração prevista até 2006

19 Editais de Pesquisa Decit/CNPq

20 Editais de Pesquisa Decit/Finep

21 Resultados do fomento a pesquisa e desenvolvimento tecnológico (1) Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher - Brasil R$ (SCTIE e SAS) Indicadores demográficos e de saúde e nutrição das mulheres em idade fértil e de crianças menores de cinco anos; 15 mil mulheres, entre 15 e 49 anos, e 5 mil crianças menores de cinco anos.

22 Resultados do fomento a pesquisa e desenvolvimento tecnológico (1) Estudo Multicêntrico para Caracterização Molecular das Hemofilias A e B e Determinação do Estado de Portador de Hemofilia no Brasil R$ Caracterização molecular das hemofilias A e B; Determinação do estado de portador de hemofilia; Aconselhamento genético/orientação familiar em hemofilia; Conhecer as taxas de mutações de novo na população estudada; Novas técnicas de biologia molecular para diagnóstico e pesquisa na área.

23 Editais Decit/Finep

24 Editais Decit/CNPq

25 Criação de mecanismos para a superação das desigualdades regionais (Editais Descentralizados) Programa pesquisa para o SUS - PPSUS

26 Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde Principais Objetivos: Fortalecer a gestão de C&T nas FAPS e nas SES; Reduzir as desigualdades regionais em C&T em saúde; Promover a produção de conhecimento em consonância com as prioridades estabelecidas na ANPPS, com as prioridades definidas pela SES e com as vocações regionais de pesquisa em saúde.

27 Evolução PPSUS

28 Distribui ç ão percentual das pesquisas financiadas pelo PPSUS – 2004/2005, por faixa de recurso

29 Distribuição percentual das pesquisas financiadas pelo PPSUS – 2004/2005, segundo a natureza da pesquisa

30 Distribuição percentual das pesquisas financiadas pelo PPSUS – 2004/2005, de acordo com a participação dos serviços de saúde

31 Temas selecionados nas Oficinas de prioridades de 2006

32 Aspectos Positivos da Articulação Interinstitucional Aproximação entre a Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde e a Política Nacional de Saúde e sua disseminação entre gestores e a comunidade científica do País; Aproximação entre os sistemas de saúde e de ciência e tecnologia, por meio do trabalho conjunto de FAPs e SES; Descentralização do fomento à pesquisa em saúde, priorizando a gestão compartilhada de ações; Interlocução e troca de experiências entre gestores e entre pesquisadores;

33 Aspectos Positivos Mobilização da comunidade científica da área de saúde do País para apresentação de projetos de pesquisa em saúde (1.647 projetos apresentados entre ); Desenvolvimento de 617 pesquisas em temas prioritários de saúde, no período entre a apoio financeiro a mais de 100 instituições de ensino e de pesquisa para desenvolvimento dos projetos; Transparência no processo de fomento a pesquisa em saúde, por meio dos editais de concorrência pública de projetos; Desconcentração de recursos para a produção de conhecimento em consonância com as prioridades e vocações regionais de pesquisa em saúde.

34 Desafios 1. Fortalecimento das etapas: Eleição de prioridades de pesquisa; Divulgação dos editais; Seleção com transparência e ética; Acompanhamento seminários parcial e final de avaliação. 2. Divulgação dos resultados das pesquisas 3. Incorporação dos resultados na gestão do SUS 4.Integração das ações nos estados (formação de redes de pesquisa).


Carregar ppt "Articulação Interinstitucional e Pesquisa em Serviço: Novos Desafios para o SUS Suzanne Serruya Departamento de Ciência e Tecnologia – Decit 21 a 25 de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google