A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Difusão Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola de Química Joana Borges Disciplina: Laboratório de Engenharia Química Março de 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Difusão Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola de Química Joana Borges Disciplina: Laboratório de Engenharia Química Março de 2009."— Transcrição da apresentação:

1 Difusão Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola de Química Joana Borges Disciplina: Laboratório de Engenharia Química Março de 2009

2 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO Teoria Teoria Roteiro da Prática Roteiro da Prática Relatório Relatório

3 Difusão

4 Medida do coeficiente de Difusão Gasosa Difusão Modelo Winklemann´s O líquido é colocado em um tubo de determinado diâmetro, mantido a temperatura constante e uma corrente de ar passa no topo do tubo para onde o vapor é transferido.

5 Difusão Taxa de transferência de massa Difusividade (m 2 /s) Concentração de saturação na interface Distância efetiva de tr5ansferência de massa Concentração média logarítmica de fase vapor Concentração total

6 Difusão Taxa de transferência de massa Taxa de evaporação do líquido Então Quando t=0 L=L 0

7 Difusão Linearizando Coeficiente angularCoeficiente linear

8 Difusão Cálculos básicos

9 Difusão Modelos Teóricos de Coeficiente de Difusão Gasosa Relação de Gilliland Utilizada para sistemas gasosos binários de misturas de hidrocarboneto / hidrocarboneto, a pressões de até 3,3MPa. Onde: MA e MB são as massas molares Vi=0.285*VCi 1.048, sendo VCi o volume crítico do componente i

10 Difusão Modelos Teóricos de Coeficiente de Difusão Gasosa Relação de Chapman-Enskog Válida para moléculas apolares a pressões maiores que 1MPa

11 Roteiro da Prática

12 Pequena quantidade de diclorometano é adicionada ao recipiente Controlar temperatura em torno de 39 o C Considerar menisco como zero da escala e anotar diferentes alturas atingidas pelo líquido em intervalos de tempo definidos, à medida que o diclorometano evaporar

13 Relatório

14 Relatório Obteve-se da prática vários pontos experimentais de altura da coluna de diclorometano Calcula-se o coeficiente de difusão gasosa pelos dados experimentais (taxa de transferência) em cada nível e acha-se a média. Calcula-se o coeficiente de difusão gasosa através da equação polinomial deduzida Calcula-se o coeficiente de difusão gasosa através da equação linearizada (método gráfico) Calcula-se o coeficiente de difusão gasosa pela relação de Gilliland e de Chapman- Enskog Compara-se os diversos valores obtidos


Carregar ppt "Difusão Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola de Química Joana Borges Disciplina: Laboratório de Engenharia Química Março de 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google