A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Circulatório - O Sistema Circulatório é formado pelo: SANGUE (líquido circulante); VASOS SANGUÍNEOS (canais condutores); CORAÇÃO (bomba propulsora).

Cópias: 1
Sistema Circulatório - O Sistema Circulatório é formado pelo: SANGUE (líquido circulante); VASOS SANGUÍNEOS (canais condutores); CORAÇÃO (bomba propulsora).

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Circulatório - O Sistema Circulatório é formado pelo: SANGUE (líquido circulante); VASOS SANGUÍNEOS (canais condutores); CORAÇÃO (bomba propulsora)."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema Circulatório - O Sistema Circulatório é formado pelo: SANGUE (líquido circulante); VASOS SANGUÍNEOS (canais condutores); CORAÇÃO (bomba propulsora). - Sua função é transportar através do sangue água, nutrientes, gás oxigênio e hormônios e recolher os resíduos metabólicos.

2 Coração -A função do coração é bombear sangue para todo o corpo. - O coração está apoiado sobre o pulmão esquerdo numa cavidade denominada de MEDIASTINO. - O sangue de acordo com o de pigmento respiratório que está carregando é classificado em: Sangue Venoso = sangue rico em gás carbônico (CO 2 ). Sangue Arterial = sangue rico em gás oxigênio (O 2 ). - O coração é formado por quatro cavidades: dois átrios (um esquerdo e um direito) localizados na parte superior e dois ventrículos (um esquerdo e um direito) localizados na parte inferior.

3 -Não existe comunicação entre os átrios e nem entre os ventrículos. Sem comunicação entre o lado esquerdo e o direito do coração não há mistura do sangue arterial com o sangue venoso, promovendo assim, um melhor aproveitamento do oxigênio. -O átrio direito se comunica com o ventrículo direito através da válvula tricúspide e o átrio esquerdo se comunica com o ventrículo esquerdo através da válvula bicúspide. Essas válvulas impedem o refluxo de sangue. - O músculo responsável pela contração involuntária do coração é chamado de MIOCÁRDIO. Coração

4 - O coração realiza DOIS MOVIMENTOS: Sístole = é o movimento de contração do miocárdio, expulsando o sangue do coração. Diástole = é o movimento de relaxamento do miocárdio, fazendo com que as cavidades cardíacas se encham de sangue. - O ventrículo esquerdo é mais espesso e musculoso do que o direito, pois precisa bombear sangue com mais pressão para o corpo inteiro. Coração

5 Ventrículo Direito Artéria Pulmonar PULMÕES Veias Pulmonares Átrio Esquerdo Átrio Direito Veias Cavas Superior e Inferior Ventrículo Esquerdo Artéria Aorta CORPO Pequena Circulação ou Circulação Pulmonar Grande Circulação ou Circulação Sistêmica

6 Vasos Sanguíneos - Os vasos sanguíneos são tubos que conduzem o sangue pelo corpo. - De acordo com o calibre que apresentam, estão classificados em: ARTÉRIAS VEIAS CAPILARES

7 - As artérias são vasos sanguíneos de maior calibre (diâmetro). - Possuem muito tecido muscular, pois o sangue que sai do coração vem com muita pressão para ser transportado para o corpo. - Transportam sangue do coração para o resto do corpo. - As artérias de menor calibre são chamadas de arteríolas. Artérias Vasos Sanguíneos

8 - As veias são vasos sanguíneos de menor calibre e de paredes finas. - Transportam o sangue do corpo para o coração. - Apresentam válvulas que se abrem e se fecham, impedindo o retorno do sangue para os capilares. - As veias de menor calibre são chamadas de vênulas. Veias Vasos Sanguíneos

9 - Os capilares são vasos sanguíneos muito finos formados pelas ramificações que ocorrem nas artérias e veias. Por serem tão finos como fios de cabelos receberam esta denominação (do latim capilu = cabelo). - São os capilares que levam o sangue arterial para os tecidos e recolhem o sangue venoso. Capilares Vasos Sanguíneos

10 Sangue -O sangue é constituído por uma parte líquida chamada de plasma e por uma parte sólida composta pelos elementos figurados: glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e as plaquetas.

11 Plasma - O plasma é uma solução constituída de água ( + de 90 % ), sais minerais, aminoácidos, glicoses, vitaminas, anticorpos etc. Sangue

12 Elementos Figurados - São as células mais numerosas no sangue e também conhecidas como hemácias ou eritrócitos. - Os glóbulos vermelhos são células discoidais e anucleadas. Glóbulos Vermelhos Sangue

13 - Os glóbulos vermelhos são produzidos na medula óssea vermelha e duram em média de 90 a 120 dias. Conforme vão envelhecendo, perdem a elasticidade e a capacidade de passar pelos menores capilares. Assim, ficam retidos e são reabsorvidos pelo corpo. Esse processo acontece mais frequentemente no baço e no fígado, pois ali localizam-se os menores capilares do corpo. -Possuem no seu interior um pigmento respiratório chamado de hemoglobina, que combina-se ao gás oxigênio, permitindo o seu transporte e distribuição para todas as células. -A combinação da hemoglobina com o gás oxigênio dá a cor vermelha ao sangue. Dessa forma, os glóbulos vermelhos são responsáveis pela cor vermelha do sangue e pela distribuição de oxigênio pelo corpo. Sangue

14 - Indivíduos que moram em locais de grande altitude apresentam maior quantidade de glóbulos vermelhos para compensar a baixa disponibilidade de gás oxigênio, uma vez que o ar é rarefeito. - A diminuição no número de glóbulos vermelhos provoca uma doença conhecida como anemia. Sangue

15 - Os glóbulos brancos são também chamados de leucócitos e tem como função a defesa do organismo. São capazes de fagocitar e digerir células diversas ou partículas estranhas ao organismo. - São formados na medula óssea vermelha, nos órgãos linfóides (timo, baço e amígdalas) e nos gânglios linfáticos. - Os gânglios linfáticos são exércitos de defesa espalhados pelo corpo, principalmente nas regiões da cabeça, pescoço, axilas e virilha. Quando o corpo é invadido por microorganismos, os gânglios linfáticos produzem mais glóbulos brancos, aumentando de tamanho e ficando inchados. Eles são popularmente conhecidos como ínguas. Glóbulos Brancos Sangue

16 - A produção de glóbulos brancos é constante uma vez que essas células têm um ciclo de vida muito curto. Em caso de infecções bacterianas, o número de glóbulos brancos aumenta demonstrando que o corpo está reagindo ao ataque. - Existem vários tipos de glóbulos brancos. Entre eles podemos destacar: Macrófagos = são glóbulos brancos que englobam o agente invasor desintegrando-o com a ajuda dos lisossomos. Linfócitos = são glóbulos brancos que produzem uma substância protéica chamada de ANTICORPO para combater os agentes invasores. Sangue

17 - As plaquetas são formadas na medula óssea vermelha e são também conhecidas como trombócitos. - São responsáveis pela coagulação sanguínea. Ao perceberem um vaso sanguíneo lesado, deslocam-se até o local, aglomerando-se e tampando a ferida. Formam uma rede de fibras com uma proteína denominada fibrina que não deixa o sangue sair e nem qualquer microorganismo invadir o corpo. Forma-se, então, o coágulo. Quando o ferimento é externo essa rede de fibras protéicas forma a casquinha. Plaquetas Sangue

18 - Existem quatro tipos de sangue: TIPOS SANGUÍNEOS AB O A B - O tipo sanguíneo de um indivíduo é determinado por uma proteína presente nos glóbulos vermelhos chamada de aglutinogênio.

19 TIPOS SANGUÍNEOS = possui o aglutinogênio B nos glóbulos vermelhos. AB O A B = não possui aglutinogênio nos glóbulos vermelhos. = possui o aglutinogênio A nos glóbulos vermelhos. = possui os aglutinogênios A e B nos glóbulos vermelhos. - Um indivíduo do grupo:

20 - No plasma existe uma proteína chamada de anticorpo. Um indivíduo do grupo A tem o anticorpo anti-B; o indivíduo B tem o anticorpo anti-A; o AB não possui anticorpos e o indivíduo O possui os anticorpos anti-A e anti-B. Grupo SangüíneoAglutinogênio (glóbulos vermelhos) Anticorpo (no plasma) A Aanti-B B Banti-A AB A e B O anti-A e anti-B TIPOS SANGUÍNEOS

21 TRANSFUSÕES SANGUÍNEAS - Em transfusões sanguíneas erradas ocorre no organismo uma reação chamada de aglutinação. - A aglutinação é uma reação dos anticorpos com os aglutinogênios, fazendo com que os glóbulos vermelhos se unam formando massas de células que entopem os vasos sangüíneos e impedem a circulação do sangue podendo levar o indivíduo à morte.

22 TRANSFUSÕES SANGUÍNEAS AB O O A AB B DOADOR UNIVERSAL RECEPTOR UNIVERSAL

23 = pode receber sangue do tipo B e O. AB O A B = só pode receber sangue do grupo O, porém, pode doar para todos os outros grupos. Devido a este fato, o indivíduo é conhecido como DOADOR UNIVERSAL. = pode receber sangue do tipo A e O. = pode receber sangue A, B, AB e O. Sendo assim, o indivíduo é conhecido como RECEPTOR UNIVERSAL. - Um indivíduo do grupo: TRANSFUSÕES SANGUÍNEAS

24 - O fator Rh é uma proteína presente nos glóbulos vermelhos descoberto em 1940 por Landsteiner e Wiener, quando trabalhavam com o sangue do macaco Rhesus. - Quanto ao fator Rh os indivíduos podem ser classificados em Rh+ (Rh Positivos) e Rh- (Rh Negativos). FATOR Rh Rh+ = possui o aglutinogênio Rh nos glóbulos vermelhos. Rh- = NÃO possui o aglutinogênio Rh nos glóbulos vermelhos.

25 - Os anticorpos anti-Rh não ocorrem naturalmente em nenhuma pessoa e só existirão em indivíduos Rh negativos que receberem transfusão de sangue Rh positivo. Nesse caso, o indivíduo Rh negativo receberá o aglutinogênio Rh, estranho ao seu sistema imunológico e fabricará anticorpos. Se mais tarde receber nova transfusão de sangue positivo, os glóbulos vermelhos recebidos serão aglutinados, havendo perigo de vida. Por isso, as transfusões de sangue em que os doadores são positivos e os receptores negativos são contra-indicadas. -Levando-se em conta apenas o fator Rh, transfusões podem ser feitas de indivíduos negativos para positivos, positivos entre si, e negativos entre si, pois em nenhum desses casos o receptor receberá aglutinogênio estranho. FATOR Rh

26 Eritroblastose Fetal -A eritroblastose fetal ocorre apenas num tipo de situação: mãe Rh negativa que gera bebê Rh positivo. - A placenta, pela qual ocorrem trocas de substâncias entre mãe e filho, normalmente só permite a passagem de plasma. Mas, muitas vezes, há rompimento dos finos capilares placentários e a passagem dos glóbulos vermelhos do embrião com fator Rh para a mãe Rh negativa. Isso tem como resultado a produção de anticorpos anti-Rh pelo sistema imunológico materno.

27 Eritroblastose Fetal -Como essa produção é lenta, geralmente o primeiro filho Rh positivo não nasce afetado pela doença. Numa segunda gravidez, se o feto for também Rh positivo, os anticorpos anti-Rh da mãe passam para ele e, atingida uma certa concentração, começam a destruir seus glóbulos vermelhos. Ele manifestará então a eritroblastose fetal. O feto torna-se anêmico e, para compensar fabrica uma grande quantidade de glóbulos vermelhos. Isso faz com que apareçam no seu sangue muitas glóbulos vermelhos jovens, os eristroblastos, daí o nome de eritroblastose dado à doença. -A destruição de um grande número de glóbulos vermelhos leva ao óbito fetal e, consequentemente ao aborto. Se porém, a destruição for mais leve, a gravidez chega ao fim, nascendo uma criança com a doença hemolítica do recém-nascido.


Carregar ppt "Sistema Circulatório - O Sistema Circulatório é formado pelo: SANGUE (líquido circulante); VASOS SANGUÍNEOS (canais condutores); CORAÇÃO (bomba propulsora)."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google