A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Concordância Na voz passiva. Na voz passiva sintética ou pronominal, que é formada com o pronome apassivador (se), o verbo concorda com o sujeito. Aceitam-se.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Concordância Na voz passiva. Na voz passiva sintética ou pronominal, que é formada com o pronome apassivador (se), o verbo concorda com o sujeito. Aceitam-se."— Transcrição da apresentação:

1 Concordância Na voz passiva

2 Na voz passiva sintética ou pronominal, que é formada com o pronome apassivador (se), o verbo concorda com o sujeito. Aceitam-se terra e tijolos. Aguarda-se o resultado do sorteio.

3 Atenção! Não confunda voz passiva sintética com sujeito indeterminado. As orações com sujeito indeterminado são formadas por verbo de ligação, intransitivo ou transitivo direto + o pronome (se). Nelas, o verbo fica sempre no singular. Era-se feliz com pouco. Nesta cidade vive-se bem.

4 Verbos bater, soar e dar A) Na indicação de horas, esses verbos concordam com o numeral: Bateu uma hora no relógio da catedral. Bateram doze horas no relógio da catedral.

5 Verbos bater, soar e dar B) Quando o sujeito for determinado, entretanto, esses verbos concordam com o sujeito. O relógio bateu doze badaladas. Os sinos deram um hora.

6 Verbo ser O verbo ser, como verbo de ligação, concorda em geral com o sujeito. Todavia, há casos em que ele pode concordar com o predicativo.

7 Verbo ser A) Se o sujeito for constituído pelos pronomes (tudo, isso, isto ou aquilo) e o predicativo estiver no plural, o verbo (ser) concordará normalmente com o predicativo: Tudo seriam lembranças passageiras. Aquilo eram fantasias de infância.

8 Verbo ser B) O verbo (ser) concordará com o sujeito quando este for representado por um nome próprio: Os miseráveis são uma famosa obra do escritor francês Vítor Hugo.

9 Verbo ser C) Se o sujeito se referir a coisas ou objetos, o verbo (ser) concordará, de preferência, com o predicativo: A tristeza são os dias perdidos da juventude. O banco eram duas tábuas estreitas e ásperas.

10 Verbo ser D) Quando se usam pronomes retos como sujeito, o verbo (ser) sempre concorda com eles: Ele é os pilares de nossa casa. O advogado aqui és tu. (tu és o advogado aqui)

11 Atenção! Quando há, na frase, dois pronomes retos, o verbo (ser) concorda com o primeiro: Eles não são nós, e nós não somos eles.

12 Verbo ser E) Quando o verbo (ser) expressa quantidade, concorda com o predicativo: Quinhentos gramas de azeitona é muito. Dois reais era suficiente para a passagem.

13 Verbo ser F) Na indicação de horas, datas e distâncias, o verbo (ser) concorda com o numeral: Hoje são vinte e nove de novembro.

14 Atenção! Pode-se concordar desta forma também: Hoje é dia vinte de maio. (Nesse caso, o verbo está concordando com dia).

15 Concordância Ideológica Silepse é a concordância feita com a ideia que está subentendida. A silepse pode ser de gênero, de número ou de pessoa.

16 Silepse de gênero Vossa Majestade é bastante magnânimo. Parati pareceu-nos encantadora. Nesses dois exemplos, a concordância do adjetivo foi feita com as palavras (rei) e (cidade), respectivamente, que estão subentendidas.

17 Silepse de Número A multidão avançava pela praça, e cantavam o Hino Nacional. O sujeito do verbo (cantar) é o substantivo (multidão); o verbo deveria estar no singular, mas para realçar o número de pessoas, usou-se o plural.

18 Silepse de Pessoa Os americanos temos uma das maiores economias do mundo. (nós) Nesse exemplo, o verbo não concorda com o sujeito expresso e sim com aquele que está subentendido (nós).


Carregar ppt "Concordância Na voz passiva. Na voz passiva sintética ou pronominal, que é formada com o pronome apassivador (se), o verbo concorda com o sujeito. Aceitam-se."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google