A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Política Nacional de Educação: contexto,diretrizes e referenciais da educação profissional técnica de nível médio e especificidades para a área da saúde.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Política Nacional de Educação: contexto,diretrizes e referenciais da educação profissional técnica de nível médio e especificidades para a área da saúde."— Transcrição da apresentação:

1 A Política Nacional de Educação: contexto,diretrizes e referenciais da educação profissional técnica de nível médio e especificidades para a área da saúde

2 O trabalho veio antes do estudo no Brasil – herança escravista Dualidade – estudo e trabalho encerrado pela primeira LDB – 4024/61 Quem sabe faz, quem não sabe ensina Nilo Peçanha – 1909 – desvalidos da sorte

3 Expansão da rede federal – 366 campi em 2010 – 38 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia lei 11892/2008 Itinerário formativo – PROEJA FIC, Rede Certific – 37 unidades – reconhecimento dos saberes dos trabalhadores música, construção civil, turismo e hospitalidade, eletroeletrônica e pesca = matrículas – PROEJA Médio – matrículas, Tecnólogo ETEC Brasil - EAD

4 Catálogo Nacional dos cursos técnicos – definição de 12 eixos tecnológicos Catálogo Nacional dos Cursos Superiores em Tecnologia Decreto 5154/2004 – Formação inicial e continuada de trabalhadores, Educação profissional técnica de nível médio, Educação profissional tecnológica, de graduação e de pós-graduação

5 Reunião – CERTIFIC – Diretoria de Formulação de Políticas da SETEC / MEC 08 E 09 DE DEZEMBRO DE 2010 – escolas técnicas vinculadas às universidades:UFMG;UFRN;UFMA;UFPB;UFTM e UFPI. Cuidador de Idosos – UFPB;UFU;UFMA; Higienização de estabelecimentos de Saúde – UFU- Uberlândia e UFTM – Uberaba. Agente de Saúde - UFRN e UFMG-BH Ensino Fundamental Completo – 160 horas FIC

6 36 escolas técnicas da composição da Rede SUS, sendo uma federal, 33 estaduais e 02 municipais - cursos subsequentes 1. Organização e gestão do processo de trabalho da vigilância em saúde 2. Execução de ações e procedimentos técnico- -operacionais 3. Educação e Comunicação Ações de natureza administrativa; Ações de natureza técnico-operacional específica; Ações de natureza técnico-operacional complementar ao trabalho de outros profissionais, trabalhadores e serviços de saúde; Ações de natureza técnico- operacional compartilhadas com outros pro-fissionais, trabalhadores e serviços de saúde; Ações de natureza educativa e de comunicação

7 Diretrizes e orientações para a formação: cada competência explicita as capacidades a que se recorre para a realização de determinadas atividades em determinado contexto técnico-profissional e sociocultural e incorpora três dimensões de saberes: saber fazer (habilidades), saber saber (conhecimentos) e saber ser ético-profissional (atitudes e valores). – Técnico em Hemoterapia

8 Viabilizar a representatividade do Ministério da Saúde na Rede CERTIFIC como membro associado para formulação do Programa de Certificação e Formação Inicial e Continuada – Programa Certific em Saúde Sustentabilidade das escolas da rede SUS – ampliação da oferta dos cursos para a rede pública de ensino


Carregar ppt "A Política Nacional de Educação: contexto,diretrizes e referenciais da educação profissional técnica de nível médio e especificidades para a área da saúde."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google