A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GESTÃO ESCOLAR COMPARTILHADA A Globalização da economia e a internacionalização cultural levam à necessidade de adoção de um novo estilo de relacionamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GESTÃO ESCOLAR COMPARTILHADA A Globalização da economia e a internacionalização cultural levam à necessidade de adoção de um novo estilo de relacionamento."— Transcrição da apresentação:

1 GESTÃO ESCOLAR COMPARTILHADA A Globalização da economia e a internacionalização cultural levam à necessidade de adoção de um novo estilo de relacionamento das instituições educacionais com a sociedade.

2 Continuação Nesse contexto, a gestão se estabelece Nesse contexto, a gestão se estabelece como um conceito novo, superador do enfoque limitado da administração, e se assenta na mobilização dinâmica do elemento humano, sua energia e talento, como condições básicas como um conceito novo, superador do enfoque limitado da administração, e se assenta na mobilização dinâmica do elemento humano, sua energia e talento, como condições básicas

3 Continuação e fundamentais para o salto qualitativo da educação brasileira. Isso requer liderança clara e competente, referencial metodológico avançado e uma perspectiva de superação efetiva das dificuldades cotidianas, em uma ação

4 Continuação sinérgica e compartilhada das pessoas, num trabalho proativo, não hierárquico e não burocrático.

5 REDE NACIONAL DE REFERÊNCIA EM GESTÃO EDUCACIONAL RENAGESTE

6 CRIAÇÃO 1997 CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS ESTADUAIS DA EDUCAÇÃO - CONSED PARCEIROS Instituto Euvaldo Lodi INEPUNICEFCNPQ

7 O QUE É A concepção de rede pressupõe a realização A concepção de rede pressupõe a realização de um movimento aberto e flexível, que se de um movimento aberto e flexível, que se desenvolve na articulação entre pessoas, na desenvolve na articulação entre pessoas, na promoção de avanços conceituais práticos e promoção de avanços conceituais práticos e estratégicos nos processos de gestão. estratégicos nos processos de gestão.

8 OBJETIVOS F Mobilizar e articular redes de profissionais de gestão visando maior eficiência e eficácia da gestão educacional;

9 OBJETIVOS Continuação Continuação F Apoiar e estimular a formação e qualificação de profissionais para a liderança competente, visando a promoção do avanço da educação no contexto nacional;

10 OBJETIVOS Continuação Continuação F Promover condições para a construção de um referencial técnico-metodológico de gestão educacional.

11 FORMAÇÃO DA REDE COORDENAÇÃO: COORDENAÇÃO: F COMITÊ NACIONAL - Heloisa Luck F COMITÊ ESTADUAL - DDGA/SRH/SEE F COMITÊS REGIONAIS - Membro do Comitê Estadual/representante da SRE

12 FORMAÇÃO DA REDE COMITÊ ESTADUAL É CONSTITUÍDO POR 49 MEMBROS: É CONSTITUÍDO POR 49 MEMBROS: F Coordenador Estadual - DDGA/SRH/SEE- 01 F Representantes da DDGA - 02 F Representantes das SRE - 46

13 FORMAÇÃO DA REDE COMITÊS REGIONAIS CONSTITUIÇÃO: CONSTITUIÇÃO: F Coordenador Regional: Membro do Comitê estadual F Demais integrantes : Representantes da SRE Representantes da SRE Representantes de escolas federais/estaduais/municipais Representantes de escolas federais/estaduais/municipais Representantes de órgãos ligados à Educação Representantes de órgãos ligados à Educação

14 FORMAÇÃO DA REDE COMITÊ NACIONAL COMITÊ NACIONAL COMITÊS ESTADUAIS COMITÊS REGIONAIS COMITÊS LOCAIS COMITÊS LOCAIS GRUPOS DE ESTUDO GRUPOS DE ESTUDO

15 PERFIL DO COMITÊ F Liderança F Entusiasmo F Mobilização F Difusão F Experiência F Disponibilidade

16 AÇÕES: Possibilidades e formas de atuação dos participantes da RENAGESTE: Possibilidades e formas de atuação dos participantes da RENAGESTE: F F Mobilizando gestores educacionais em torno de questões da área; F F Propondo e desenvolvendo ações que possibilitem o avanço da gestão;

17 Continuação F F Relatando e trocando experiências; F F Escrevendo artigos para publicação; F Produzindo informativos para circulação local ou regional; F Catalogando e disseminando bibliografias da área; F Promovendo encontros, seminários,etc.

18 COORDENAÇÃO NACIONAL - CONSED NACIONAL - CONSED ESTADUAL - Secretaria de Estado de Educação, em articulação com a Undime ESTADUAL - Secretaria de Estado de Educação, em articulação com a Undime

19 PRÊMIO NACIONAL DE REFERÊNCIA EM GESTÃO ESCOLAR Edição 2003

20 CRIAÇÃO 1998 INICIATIVA CONSED UNDIME UNESCO FRM APOIO Unicef Fundação Ford Conselho Britânico Embaixada dos Estados Unidos da América

21 DEFINIÇÃO O Prêmio é um programa estratégico de mobilização da comunidade escolar para identificação e análise dos mecanismos e procedimentos da gestão escolar e da função social da escola. Propõe a auto- avaliação como alavanca para a melhoria do desempenho da escola e de seus resultados. O Prêmio é um programa estratégico de mobilização da comunidade escolar para identificação e análise dos mecanismos e procedimentos da gestão escolar e da função social da escola. Propõe a auto- avaliação como alavanca para a melhoria do desempenho da escola e de seus resultados.

22 DESTINAÇÃO Escolas das redes públicas estaduais, municipais e/ou conveniadas, com mais de cem alunos matriculados na educ. básica - Escolas das redes públicas estaduais, municipais e/ou conveniadas, com mais de cem alunos matriculados na educ. básica - educação infantil, ensino fundamental e/ou ensino médio educação infantil, ensino fundamental e/ou ensino médio

23 IMPORTANTE A estratégia de Auto- avaliação foi priorizada por constituir uma oportunidade de reflexão, aprendizado e crescimento para a comunidade escolar. O valor pedagógico desse processo é proporcional ao empenho da escola e à participação de todos os segmentos, tornando-o mais democrático, representativo e comprometido com a melhoria da gestão e da qualidade do ensino. A estratégia de Auto- avaliação foi priorizada por constituir uma oportunidade de reflexão, aprendizado e crescimento para a comunidade escolar. O valor pedagógico desse processo é proporcional ao empenho da escola e à participação de todos os segmentos, tornando-o mais democrático, representativo e comprometido com a melhoria da gestão e da qualidade do ensino.

24 OBJETIVOS F Estimular o desenvolvimento de gestão democrática na escola, visando uma apresendizagem de qualidade; F Valorizar as escolas públicas de educação básica que se destacarem por iniciativas e experiências inovadoras e bem sucedidas de gestão escolar; F Incentivar o desenvolvimento de uma cultura de auto-avaliação da gestão escolar; F Oferecer às escolas um instrumento de auto- avaliação e reflexão como referência para a melhoria contínua de sua gestão.

25 INSTÂNCIAS DE DELIBERAÇÃO, EXECUÇÃO E AVALIAÇÃO F Colegiado Escolar F Comitês Regionais F Comitê Estadual F Comitê Nacional

26 DIMENSÕES DA GESTÃO DEMOCRÁTICA F Gestão de Resultados Educacionais F Gestão Participativa F Gestão Pedagógica F Gestão de Pessoas F Gestão de Serviços de Apoio, Recursos Físicos e Financeiros

27 PREMIAÇÃO F No âmbito estadual: Diploma Escola Referência Nacional em Gestão Diploma Escola Referência Nacional em Gestão Diploma Liderança em Gestão escolar Diploma Liderança em Gestão escolar F No âmbito nacional: Diploma Escola Referência Nacional em Gestão - Destaque Brasil Diploma Escola Referência Nacional em Gestão - Destaque Brasil Diploma Liderança em Gestão Escolar - Destaque Brasil Diploma Liderança em Gestão Escolar - Destaque Brasil

28 ESCOLAS CLASSIFICADAS/2003 F Escola representante de Minas Gerais como Referência Nacional em Gestão - Destaque Brasil : EE Clóvis Salgado - São Sebastião do Paraíso EE Clóvis Salgado - São Sebastião do Paraíso F Escolas Referência Estadual em Gestão: EE José Bonifácio - São Vicente de Minas/Barbacena EE José Bonifácio - São Vicente de Minas/Barbacena EE Pe José Spíndola - Pimenta/Passos EE Pe José Spíndola - Pimenta/Passos EE Prof.Gonçalves Couto - Muriaé/Muriaé EE Prof.Gonçalves Couto - Muriaé/Muriaé EE Catulo Cearense - Virgem da Lapa/Araçuaí EE Catulo Cearense - Virgem da Lapa/Araçuaí EE Joaõ Lourenço - Areado/Poços de Caldas EE Joaõ Lourenço - Areado/Poços de Caldas


Carregar ppt "GESTÃO ESCOLAR COMPARTILHADA A Globalização da economia e a internacionalização cultural levam à necessidade de adoção de um novo estilo de relacionamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google