A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Bar Codes Magnetic Cards And Smart Cards. 2 Barcode Standards História do código de barras História do código de barras Padrões de mercado Padrões de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Bar Codes Magnetic Cards And Smart Cards. 2 Barcode Standards História do código de barras História do código de barras Padrões de mercado Padrões de."— Transcrição da apresentação:

1 1 Bar Codes Magnetic Cards And Smart Cards

2 2 Barcode Standards História do código de barras História do código de barras Padrões de mercado Padrões de mercado Ean13 Ean13 Code39 Code39 Code128 Code128 Codabar Codabar Referências Referências

3 3 História do Código de Barras Em 1948 Bernard Silver e Norman Joseph Woodland começaram a desenvolver um dispositivo leitor de padrões de tinta usando luz ultravioleta. Não deu certo devido à instabilidade da impressão dos padrões de tinta usados na impressão dos preços. Em 1948 Bernard Silver e Norman Joseph Woodland começaram a desenvolver um dispositivo leitor de padrões de tinta usando luz ultravioleta. Não deu certo devido à instabilidade da impressão dos padrões de tinta usados na impressão dos preços. Em 1952 eles criam o primeiro leitor de código de barras que funciona como os atuais. Em 1952 eles criam o primeiro leitor de código de barras que funciona como os atuais.

4 4 Por Que Código de Barras ?? Combinados com Tecnologia de Coleta de Dados, Códigos de Barra Suportam uma maneira rápida, eficiente e precisa de coletar, processar, transmitir, gravar e gerenciar os dados dos produtos numa variedade de indústrias e comércio. Combinados com Tecnologia de Coleta de Dados, Códigos de Barra Suportam uma maneira rápida, eficiente e precisa de coletar, processar, transmitir, gravar e gerenciar os dados dos produtos numa variedade de indústrias e comércio. Permite Automatizar o Processo de Identificação dos Produtos e dar Baixa Automática no Estoque Quando um Produto é Vendido. Permite Automatizar o Processo de Identificação dos Produtos e dar Baixa Automática no Estoque Quando um Produto é Vendido. Permite Ter Contrôle Sobre o Preço dos Produtos Vendidos, Evitando Produtos Iguais com Preços Diferentes ou a Imediata Atualização dos Preços Sem Ter que Trocar o Rótulo de Cada Um. Permite Ter Contrôle Sobre o Preço dos Produtos Vendidos, Evitando Produtos Iguais com Preços Diferentes ou a Imediata Atualização dos Preços Sem Ter que Trocar o Rótulo de Cada Um.

5 5 Métodos de Codificação Codificando os Dados: Codificando os Dados: Codificando como uma Combinação de Barras e Espaços Codificando como uma Combinação de Barras e Espaços Codificando nas Barras / Codificando nos Espaços Codificando nas Barras / Codificando nos Espaços Caractere de Verificação (se presente, só necessário em alguns tipos) Caractere de Verificação (se presente, só necessário em alguns tipos) Padrão de Parada Padrão de Parada Zona de Silêncio Zona de Silêncio Métodos de Codificação: Métodos de Codificação: Codificação Binária (NRZ) (EAN 8, 13 ; UPC ) Codificação Binária (NRZ) (EAN 8, 13 ; UPC ) São usados dois tamanhos de barras e espaços para codificar os dados (Uma barra / espaço fino é aproximadamente 2 a 3 vezes menos larga que uma barra / espaço largo). Pode-se facilmente converter as barras / espaços em código binário e depois em ASCII. – São usados dois tamanhos de barras e espaços para codificar os dados (Uma barra / espaço fino é aproximadamente 2 a 3 vezes menos larga que uma barra / espaço largo). Pode-se facilmente converter as barras / espaços em código binário e depois em ASCII. – EXEMPLO: Código 39. EXEMPLO: Código 39. Codificação Proporcional ( 2 de 5 Industrial; 3 de 9, Codabar; etc) Codificação Proporcional ( 2 de 5 Industrial; 3 de 9, Codabar; etc) Há muitos tamanhos diferentes de barras e espaços. O tamanho das barras / espaços a sequência deles define os caracteres representados. Mais difícil de ler (não é possível fácil tradução para binário) e é necessária maior precisão para imprimir e ler o código – Há muitos tamanhos diferentes de barras e espaços. O tamanho das barras / espaços a sequência deles define os caracteres representados. Mais difícil de ler (não é possível fácil tradução para binário) e é necessária maior precisão para imprimir e ler o código – EXEMPLO: Codigo 128 EXEMPLO: Codigo 128

6 6 Segurança dos Dados A Codificação dos Dados é feita de tal forma que: A Codificação dos Dados é feita de tal forma que: É usado um número fixo de barras por caractere. Isto significa que se uma barra não é lida, o código de barras não pode ser lido. Ou seja, se faltar uma barra não será gerado um outro código que poderia gerar um dado inválido. É usado um número fixo de barras por caractere. Isto significa que se uma barra não é lida, o código de barras não pode ser lido. Ou seja, se faltar uma barra não será gerado um outro código que poderia gerar um dado inválido. O número de caracteres possíveis que pode ser codificado num certo código de barras é alto em relação ao número de caracteres válidos. Isto significa que se o tamanho de uma das barras / espaços for lido erradamente, um caractere inválido será gerado. O número de caracteres possíveis que pode ser codificado num certo código de barras é alto em relação ao número de caracteres válidos. Isto significa que se o tamanho de uma das barras / espaços for lido erradamente, um caractere inválido será gerado. CONCLUSÃO: Códigos de Barra são altamente seguros. Trocar um caractere inválido por um válido é pouco provável. Ou seja, ou um código de barras é lido com código correto ou então não é lido (indicará código inválido). CONCLUSÃO: Códigos de Barra são altamente seguros. Trocar um caractere inválido por um válido é pouco provável. Ou seja, ou um código de barras é lido com código correto ou então não é lido (indicará código inválido).

7 7 Tipos de Leitores de Código de Barras Caneta (Só varre um ponto) Caneta (Só varre um ponto) Fonte de Luz + Foto Diodo próximos na ponta de uma caneta. Para ler um código de Barras arrasta-se a caneta sobre o código num movimento uniforme. O foto diodo mede a intensidade da luz refletida de volta da fonte de luz e gera uma forma de onda que é usada para medir a largura e os espaços entre as barras. Barras pretas absorvem a luz e espaços brancos refletem a luz. Fonte de Luz + Foto Diodo próximos na ponta de uma caneta. Para ler um código de Barras arrasta-se a caneta sobre o código num movimento uniforme. O foto diodo mede a intensidade da luz refletida de volta da fonte de luz e gera uma forma de onda que é usada para medir a largura e os espaços entre as barras. Barras pretas absorvem a luz e espaços brancos refletem a luz. Varreduras a Laser Varreduras a Laser Funcionamento semelhante à caneta, com a exceção que usam um feixe leaser e tipicamente empregam espelhos ou um prisma giratório para acionar o feixe laser para a frente e para trás sobre o código de barra Funcionamento semelhante à caneta, com a exceção que usam um feixe leaser e tipicamente empregam espelhos ou um prisma giratório para acionar o feixe laser para a frente e para trás sobre o código de barra Leitores Usando Dispositivos CCD (Charge Coupled Devices) Leitores Usando Dispositivos CCD (Charge Coupled Devices) Usam uma vetor com centenas de sensores de luz minúsculos alinhados na cabeça de leitura. Usam uma vetor com centenas de sensores de luz minúsculos alinhados na cabeça de leitura. Leitores Baseados em Cameras Leitores Baseados em Cameras Usam uma pequena camera de vídeo para capturar a imagem de um código de barras. O dispositivo leitor usa técnicas sofisticadas de processamento digital de imagens para decodificar o código de barras. Usam uma pequena camera de vídeo para capturar a imagem de um código de barras. O dispositivo leitor usa técnicas sofisticadas de processamento digital de imagens para decodificar o código de barras. Há ainda os códigos de Barra 2D que podem codificar algums milhares de bytes – Requerem leitores Especiais. (PDF417, Aztec Code, Data Matrix, etc)

8 8 Como Escolher um Código de Barras ? Questões a Perguntar: Questões a Perguntar: Já Há um padrão Pré-Definido a Ser Seguido ? Já Há um padrão Pré-Definido a Ser Seguido ? Qual o Conjunto de Caracteres a Ser Codificado? Qual o Conjunto de Caracteres a Ser Codificado? Somente Numérico Somente Numérico Alfanumérico Alfanumérico Caracteres Especiais Caracteres Especiais Quantos Dados Tem que ser Codificados ? Quantos Dados Tem que ser Codificados ? Alguns códigos de Barra fornecem maior densidade de dados que outros. Alguns códigos de Barra fornecem maior densidade de dados que outros. O espaço disponível no documento definirá quantos caracteres podem ser codificados. O espaço disponível no documento definirá quantos caracteres podem ser codificados. Se a resolução de varredura é alta, mais caracteres podem ser codificados. Se a resolução de varredura é alta, mais caracteres podem ser codificados. Quantas leituras são toleradas antes de indicar erro de leitura. Quantas leituras são toleradas antes de indicar erro de leitura. É necessário ter um dígito de verificação / caractere de Verificação ? É necessário ter um dígito de verificação / caractere de Verificação ? Alguns códigos tem esta característica embutida e dispensam digito extra de verificação Alguns códigos tem esta característica embutida e dispensam digito extra de verificação Posição no Documento Posição no Documento Alguns códigos de barra são mais tolerantes nos requisitos da zona de silêncio, ou seja, se o código de barras estiver numa borda algumas leituras erradas podem ocorrer. Alguns códigos de barra são mais tolerantes nos requisitos da zona de silêncio, ou seja, se o código de barras estiver numa borda algumas leituras erradas podem ocorrer.

9 9 Padrões de mercado – EAN13 – Comércio Em Geral Number System: Identifica países e regiões econômicas. Number System: Identifica países e regiões econômicas. Mfg Code: Identifica o fabricante do produto. Mfg Code: Identifica o fabricante do produto. Product Code: Identifica o produto. O fabricante é livre para escolher os códigos. Product Code: Identifica o produto. O fabricante é livre para escolher os códigos. Check Digit: Dígito verificador para evitar erros devido à velocidade de leitura, erros de impressão e outros problemas. Check Digit: Dígito verificador para evitar erros devido à velocidade de leitura, erros de impressão e outros problemas. Codifica 13 Caracteres. Codifica 13 Caracteres.

10 10 Estrutura Física do EAN13 ( Subconj. UPC-A) Barras de Guarda do Lado Esquerdo : 101 Barras de Guarda do Lado Esquerdo : 101 Segundo Caractere Flag, Codificado na Tabela Segundo Caractere Flag, Codificado na Tabela Primeiros Cinco Caracteres de Dados, Codificados na Tabela Primeiros Cinco Caracteres de Dados, Codificados na Tabela Padrão de Guarda Central: Padrão de Guarda Central: Últimos Cinco Caracteres de Dados, Codificados Como Caracteres do Lado Direito. Últimos Cinco Caracteres de Dados, Codificados Como Caracteres do Lado Direito. Caractere de Verificação, codificado como um Caractere do Lado direito Caractere de Verificação, codificado como um Caractere do Lado direito Barras de Guarda do Lado Direitio: 101 Barras de Guarda do Lado Direitio: 101 Dado Esquerdo A Esquerdo B Direito

11 11 Geração do Caractere de Verificação do EAN/UPC 1.Designe o caractere Impar mais à Direita 2.Some todos os caracteres nas posições ímpar e multiplique o resultado por 3 3.Some todos os caracteres nas posições pares 4.Adicione os totais par e ímpar dos passos 2 e 3 acima 5.Determine o menor número que quando adicionado ao resultado do passo 4, resultará num múltiplo de 10. Este será o caractere de verificação EAN 13 Caracteres Flag:20 Caracteres de Msg: Posição =eoeoeoeoeoeo Soma posiç. Ímpar: = 25 Posições ímpares x 3: 25 x 3 = 75 Soma posiç. Pares: = 22 Soma de pares e ímp: = 97 Caractere de verific: 3 Código a ser impresso:

12 12 Padrões de mercado – EAN13 Existem ainda algumas variações deste padrão para armazenar informações extras. Existem ainda algumas variações deste padrão para armazenar informações extras. EAN13 ISBN: Usado para catalogar livros. O código sempre inicia com 978 e os outros nove dígitos guarda o código ISBN. EAN13 ISBN: Usado para catalogar livros. O código sempre inicia com 978 e os outros nove dígitos guarda o código ISBN. EAN13 ISSN: Mais dois ou cinco dígitos são adicionados. O código sempre inicia com 977 e os outros dígitos são usados de várias formas. EAN13 ISSN: Mais dois ou cinco dígitos são adicionados. O código sempre inicia com 977 e os outros dígitos são usados de várias formas.

13 13 Uso dos dígitos extras com cinco dígitos: Uso dos dígitos extras com cinco dígitos: Os primeiros dois dígitos guardam os dois últimos números do ano (00-99); Os primeiros dois dígitos guardam os dois últimos números do ano (00-99); Os três próximos dígitos representam o número do publicador ( ). Os três próximos dígitos representam o número do publicador ( ). EAN 8 EAN 8 Variação do EAN 13 que codifica 8 números ao invés de 13 Variação do EAN 13 que codifica 8 números ao invés de 13 Cada Caractere: 2 barras e 2 espaços Cada Caractere: 2 barras e 2 espaços Padronização a nível europeu Padronização a nível europeu Padrões de mercado – EAN13 e EAN8

14 14 Padrões de mercado – Code39 Permite representação alfanumérica. Representa 0-9 A-Z # % + $ /. - além do espaço. O símbolo * é sempre o caractere START / STOP. 1 Caractere = 5 barras e 4 espaços (3 dos elementos devem ser de máxima largura). Permite representação alfanumérica. Representa 0-9 A-Z # % + $ /. - além do espaço. O símbolo * é sempre o caractere START / STOP. 1 Caractere = 5 barras e 4 espaços (3 dos elementos devem ser de máxima largura). Vantagens: Este código não possui limitação de tamanho, ficando limitado apenas pela capacidade de leitura do leitor. Isto é feito com caracteres de início/final. Vantagens: Este código não possui limitação de tamanho, ficando limitado apenas pela capacidade de leitura do leitor. Isto é feito com caracteres de início/final. Muito usado pelo governo e forças armadas dos EUA e pela Indústria. Muito usado pelo governo e forças armadas dos EUA e pela Indústria. Possui variação para codificar toda a tabela ASCII. Possui variação para codificar toda a tabela ASCII. Inconvenientes: Precisa amplo espaço. Inconvenientes: Precisa amplo espaço.

15 15 Char. Pattern b s b s b s b s b Char. Pattern b s b s b s b s b Char. Pattern b s b s b s b s b Char. Pattern b s b s b s b s b 0n n n w w n w n nCw n w n n w n n nOw n n n w n n w n-n w n n n n w n w 1w n n w n n n n wDn n n n w w n n wPn n w n w n n w n.w w n n n n w n n 2n n w w n n n n wEw n n n w w n n nQn n n n n n w w wSPn w w n n n w n n 3w n w w n n n n nFn n w n w w n n nRw n n n n n w w n*n w n n w n w n n 4n n n w w n n n wGn n n n n w w n wSn n w n n n w w n$n w n w n w n n n 5w n n w w n n n nHw n n n n w w n nTn n n n w n w w n/n w n w n n n w n 6n n w w w n n n nIn n w n n w w n nUw w n n n n n n w+n w n n n w n w n 7n n n w n n w n wJn n n n w w w n nVn w w n n n n n w%n n n w n w n w n 8w n n w n n w n nKw n n n n n n w wWw w w n n n n n n 9n n w w n n w n nLn n w n n n n w wXn w n n w n n n w Aw n n n n w n n wMw n w n n n n w nYw w n n w n n n n Bn n w n n w n n wNn n n n w n n w wZn w w n w n n n n Padrões de mercado – Code39 n = normal width w = wide width b = bar s = space

16 16 Padrões de mercado – Code128 Código de barras dos mais novos e com mais futuro na identificação automática. Todos os caracteres da tabela ASCII (128 caracteres) podem ser codificados nesta simbologia. Código de barras dos mais novos e com mais futuro na identificação automática. Todos os caracteres da tabela ASCII (128 caracteres) podem ser codificados nesta simbologia. 128 caracteres ASCII, 4 caracteres especiais, 4 caracteres de controle, 3 caracteres de START e 1 caractere de STOP. 128 caracteres ASCII, 4 caracteres especiais, 4 caracteres de controle, 3 caracteres de START e 1 caractere de STOP. Composição do caractere: 3 barras e 3 espaços. Composição do caractere: 3 barras e 3 espaços. Longitude variável. Longitude variável. Vantagens: grande quantidade de informação em um espaço reduzido. Admite até 106 caracteres, ocupando uma área de impressão menor que o código 39. Vantagens: grande quantidade de informação em um espaço reduzido. Admite até 106 caracteres, ocupando uma área de impressão menor que o código 39. Considerada a melhor codificação. Considerada a melhor codificação. Aplicações: Transporte, logística e declaração de renda Aplicações: Transporte, logística e declaração de renda

17 17 Padrões de mercado – Code128 Estrutura do Code128: Estrutura do Code128: No código 128 podem-se selecionar 4 tipos diferentes de codificação (A, B, C ou um quarto tipo denominado automático): No código 128 podem-se selecionar 4 tipos diferentes de codificação (A, B, C ou um quarto tipo denominado automático): A (Start = 103) – Todos os alfanuméricos em maiúscula mas chars controle ASCII e caracteres especiais A (Start = 103) – Todos os alfanuméricos em maiúscula mas chars controle ASCII e caracteres especiais B (Start = 104) – Inclui todos os acima (A) mais todas as letras minúsculas e caractees especiais B (Start = 104) – Inclui todos os acima (A) mais todas as letras minúsculas e caractees especiais C – 100 pares de dígitos de 00 a 99 e caracteres especiais. C – 100 pares de dígitos de 00 a 99 e caracteres especiais.

18 18 Padrões de mercado – Codabar Laboratórios Médicos e Setor Sanitário Codabar é uma simbologia de tamanho variável capaz de codificar 16 caracteres dentro de uma mensagem de qualquer tamanho. Densidade similar ao código 39. Codabar é uma simbologia de tamanho variável capaz de codificar 16 caracteres dentro de uma mensagem de qualquer tamanho. Densidade similar ao código 39. Codabar codifica seis caracteres especiais, letras de A até D e todos os dígitos numéricos. Codabar codifica seis caracteres especiais, letras de A até D e todos os dígitos numéricos. Jogo de caracteres: 10 números (0..9), 14 sinais especiais, 4 combinações de caracteres START/STOP. Jogo de caracteres: 10 números (0..9), 14 sinais especiais, 4 combinações de caracteres START/STOP. Composição do caracter: 4 barras separadas por 3 espaços. Composição do caracter: 4 barras separadas por 3 espaços. Longitude: variável Longitude: variável Vantagens: Codificação alfanumérica parcial – código muito simples. Vantagens: Codificação alfanumérica parcial – código muito simples. Inconvenientes: Espaço necessário amplo Inconvenientes: Espaço necessário amplo

19 19 Referências history.htm history.htm history.htm history.htm

20 20 Cartões Magnéticos

21 21 Magnetic Cards Aplicações Aplicações Cartões de crédito.Cartões de crédito. Cartões de telefone.Cartões de telefone. Tickets de metrô.Tickets de metrô. Ingressos de eventos.Ingressos de eventos. Cartões de identificação.Cartões de identificação

22 22 Gravadoras e Leitoras de Codificação Magnética (MCR) Uso em cartões bancários, cartões de crédito, tickets, cheques Uso em cartões bancários, cartões de crédito, tickets, cheques Os caracteres são impressos usando uma tinta contendo óxido de ferro. Os caracteres são impressos usando uma tinta contendo óxido de ferro. O documento é passado através de uma leitora que magnetiza o óxido de ferro nos caracteres (preparação para leitura), então o documento é passado sob uma pequena bobina (cabeça de leitura). O documento é passado através de uma leitora que magnetiza o óxido de ferro nos caracteres (preparação para leitura), então o documento é passado sob uma pequena bobina (cabeça de leitura). Quando os caracteres magnetizados passam sob a pequena cabeça de leitura, eles produzem um sinal único, diferente para cada caracter. Quando os caracteres magnetizados passam sob a pequena cabeça de leitura, eles produzem um sinal único, diferente para cada caracter. Uma impressora especial é usada para imprimir os caracteres Uma impressora especial é usada para imprimir os caracteres É razoavelmente seguro e é usado em sistemas bancários É razoavelmente seguro e é usado em sistemas bancários Não é afetado por rasuras ordinárias ou manchas Não é afetado por rasuras ordinárias ou manchas Existem 2 tipos principais: Existem 2 tipos principais: E13BE13B CMC7CMC7

23 23 Gravadoras e Leitoras de Codificação Magnética (MCR) E13B E13B Originou-se nos E.U.Originou-se nos E.U. 10 números e 4 caracteres especiais10 números e 4 caracteres especiais CMC7 CMC7 + Usado na Europa e Brasil e..?+ Usado na Europa e Brasil e..? Mais caracteres que E13B (64 caracteres)Mais caracteres que E13B (64 caracteres) Caracteres feitos de diversas barras verticaisCaracteres feitos de diversas barras verticais Espaços entre as barras são avaliados binário (0=fino, 1=largo)Espaços entre as barras são avaliados binário (0=fino, 1=largo) Cada caractere gera um código de seis bitsCada caractere gera um código de seis bits

24 24 Gravadoras e Leitoras de Codificação Magnética (MCR) - Visa, Master Card Combina código de barras com redundância nos canais de leitura. Combina código de barras com redundância nos canais de leitura. Mais seguro que código de barra puro. Mesmo que uma cabeça de leitura não leia, o sistema consegue ler (redundância). Mais seguro que código de barra puro. Mesmo que uma cabeça de leitura não leia, o sistema consegue ler (redundância). Dados armazenados na tarja magnética Dados armazenados na tarja magnética Número de caracteres ao redor de 1K Número de caracteres ao redor de 1K 7 sinais(cabeças) de leitura L1 L2 L7

25 25 Magnetic Cards Padrões ANSI / ISO Padrões ANSI / ISO Definem 3 faixas para diferentes utilizações.Definem 3 faixas para diferentes utilizações. As Faixas são definidas apenas pelas suas localizações na fita magnética.As Faixas são definidas apenas pelas suas localizações na fita magnética. A Fita magnética é magneticamente homogênea.A Fita magnética é magneticamente homogênea.

26 26 Magnetic Cards Características das Faixas Características das Faixas

27 27 Magnetic Cards Faixa 1 Faixa 1 Normalmente guarda o nome do dono do cartão, a conta e algum outro dado relevante.Normalmente guarda o nome do dono do cartão, a conta e algum outro dado relevante. Utilizada, por exemplo, por companhias aéreas, quando se faz uma reserva com o cartão de crédito.Utilizada, por exemplo, por companhias aéreas, quando se faz uma reserva com o cartão de crédito.

28 28 Magnetic Cards Faixa 2 Faixa 2 Geralmente a mais utilizada pelos bancos.Geralmente a mais utilizada pelos bancos. Somente contém caracteres numéricos.Somente contém caracteres numéricos.

29 29 Magnetic Cards Faixa 3 Faixa 3 Definida para leitura e escrita de dados.Definida para leitura e escrita de dados. Acabou se tornando dificilmente utilizada.Acabou se tornando dificilmente utilizada.

30 30 Magnetic Cards Características dos dados Características dos dados Formato digital.Formato digital. Formato mais utilizado de codificação é o 5-bit BCD.Formato mais utilizado de codificação é o 5-bit BCD. Também podem ser armazenados dados alfanuméricos.Também podem ser armazenados dados alfanuméricos. Nem todas fitas magnéticas utilizam uma codificação digital, algumas codificam tons de áudio ao invés de dado digital.Nem todas fitas magnéticas utilizam uma codificação digital, algumas codificam tons de áudio ao invés de dado digital. -Utilizado quando a segurança não é um problema e não é necessário armazenar muitos dados no cartão. - Alguns tickets de metrô utilizam essa tecnologia.

31 31 Smart Cards

32 32 Smart Cards São Cartões Inteligentes que substituem os cartões magnéticos com um microprocessador e memória. Ver cartão da TIM. São Cartões Inteligentes que substituem os cartões magnéticos com um microprocessador e memória. Ver cartão da TIM. Possuem conectores que conectam o sistema existente no cartão ao sistema da máquina de leitura/acesso. Possuem conectores que conectam o sistema existente no cartão ao sistema da máquina de leitura/acesso. Incluem eletrônica embutida e memória de armazenamento (geralmente 16 K ou mais) Incluem eletrônica embutida e memória de armazenamento (geralmente 16 K ou mais) Armazena detalhes e informação de transações Armazena detalhes e informação de transações Numerosas aplicações, incluindo compras, bancos, TV por assinatura, aplicações médicas Numerosas aplicações, incluindo compras, bancos, TV por assinatura, aplicações médicas Existem riscos de segurança potenciais Existem riscos de segurança potenciais

33 33 Smart Cards Características Características Fornecem maior segurança.Fornecem maior segurança. Podem armazenar uma quantidade muito maior de dados.Podem armazenar uma quantidade muito maior de dados. Possuem um micro-processador ou um chip de memória embutido.Possuem um micro-processador ou um chip de memória embutido. Podem ter interfaces de contato ou sem contato, ou ambas.Podem ter interfaces de contato ou sem contato, ou ambas.

34 34 Smart Cards Com chip de memória Com chip de memória Simplesmente armazenam dadosSimplesmente armazenam dados Podem ser vistos como um pequeno disquete com uma segurança ótima.Podem ser vistos como um pequeno disquete com uma segurança ótima. Utilizados por alguns cartões telefônicos.Utilizados por alguns cartões telefônicos. Com micro-processador Com micro-processador Pode-se adicionar, remover e manipular informação em sua memória.Pode-se adicionar, remover e manipular informação em sua memória. Possui um sistema operacional para a porta de entrada/saída e uma EEPROM embutida.Possui um sistema operacional para a porta de entrada/saída e uma EEPROM embutida.

35 35 Smart Cards Ex.: Cartão de Crédito sem Precisar Assinatura Tipos de processadores utilizados Tipos de processadores utilizados Micro-controladores 8031/51 e variantesMicro-controladores 8031/51 e variantes Micro-controladores PICMicro-controladores PIC Alguns micro-processadores especialmente projetados para Smart CardsAlguns micro-processadores especialmente projetados para Smart Cards

36 36 Smart Cards Padrões ISO Padrões ISO Definem características do cartão, tipo de contato, colocação do chip no cartão e pinagem.Definem características do cartão, tipo de contato, colocação do chip no cartão e pinagem. A pinagem padrão é:A pinagem padrão é: C1 : Vcc = 5V C5 : Gnd C2 : Reset C6 : Vpp (programming voltage) C3 : Clock C7 : I/O (data in/out) C4 : RFU (application)C8 : RFU (application) O padrão suporta transmissões assíncronas e síncronas pela linha de I/O.O padrão suporta transmissões assíncronas e síncronas pela linha de I/O. O protocolo de comunicação pode ser selecionado, e o mais utilizado é o modo assíncrono.O protocolo de comunicação pode ser selecionado, e o mais utilizado é o modo assíncrono.

37 37 Smart Cards Aplicações Aplicações Processos de pagamento.Processos de pagamento. Identificação.Identificação. Redes de computadores.Redes de computadores. Distribuição de benefícios.Distribuição de benefícios

38 38 Smart Cards Óticos São do mesmo tamanho e forma que cartões de crédito de plástico, mas armazenam até 6M bytes de informação digital atualizável num meio seguro, barato e compacto. São do mesmo tamanho e forma que cartões de crédito de plástico, mas armazenam até 6M bytes de informação digital atualizável num meio seguro, barato e compacto. Dados que podem ser armazenados em cartões óticos inteligentes incluem: Dados que podem ser armazenados em cartões óticos inteligentes incluem: Nome do proprietário, endereço, e outras informações pessoaisNome do proprietário, endereço, e outras informações pessoais Fotografias digitalizadas do proprietário do cartãoFotografias digitalizadas do proprietário do cartão AssinaturasAssinaturas Imagens médicas e raios-XImagens médicas e raios-X Extratos bancários atualizáveis e log de transações bancárias e comerciaisExtratos bancários atualizáveis e log de transações bancárias e comerciais Informações de segurançaInformações de segurança

39 39 Smart Cards Óticos As vantagens de cartões inteligentes óticos em relação a cartões com chips e faixa magnética incluem: As vantagens de cartões inteligentes óticos em relação a cartões com chips e faixa magnética incluem: Grande capacidade de armazenamentoGrande capacidade de armazenamento Verificação off-line do cartão, sem dependência de telefone ou outros links para uma base de dados central (+ ou - )Verificação off-line do cartão, sem dependência de telefone ou outros links para uma base de dados central (+ ou - ) Atualizações rápidas do cartão (30 x mais rápidas do que cartões com chips)Atualizações rápidas do cartão (30 x mais rápidas do que cartões com chips) Permanente e MUITO seguro. Operação a prova de fraude usando a tecnologia de criptografia mais recente.Permanente e MUITO seguro. Operação a prova de fraude usando a tecnologia de criptografia mais recente. Evita perda de dados devido a exposição do cartão a eletricidade estática, água, campos magnéticos ou elétricos ou a raios-X (por exemplo durante verificação nos aeroportos).Evita perda de dados devido a exposição do cartão a eletricidade estática, água, campos magnéticos ou elétricos ou a raios-X (por exemplo durante verificação nos aeroportos). Custos de operação de longo termo menoresCustos de operação de longo termo menores Padrões globais com múltiplas fontesPadrões globais com múltiplas fontes Governo Canadense adotou o Cartão Óptico da Canon como uma identificação positiva. CANPASS – contem foto e impressões digitais e reduz filas em 80%Governo Canadense adotou o Cartão Óptico da Canon como uma identificação positiva. CANPASS – contem foto e impressões digitais e reduz filas em 80%


Carregar ppt "1 Bar Codes Magnetic Cards And Smart Cards. 2 Barcode Standards História do código de barras História do código de barras Padrões de mercado Padrões de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google