A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ASI - 2009 CÓDIGOS DE BARRAS EAN 13. Elton Bérrio de Oliveira Jaiane Farias dos Santos Jorge Souza Gomes Nilce Elaine de Oliveira EQUIPE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ASI - 2009 CÓDIGOS DE BARRAS EAN 13. Elton Bérrio de Oliveira Jaiane Farias dos Santos Jorge Souza Gomes Nilce Elaine de Oliveira EQUIPE."— Transcrição da apresentação:

1 ASI CÓDIGOS DE BARRAS EAN 13

2 Elton Bérrio de Oliveira Jaiane Farias dos Santos Jorge Souza Gomes Nilce Elaine de Oliveira EQUIPE

3 CÓDIGOS DE BARRAS O código de barras é uma maneira de se representar números e caracteres através de um conjunto de barras paralelas de diferentes larguras que podem ser lidas por uma máquina de leitura óptica.

4 CÓDIGO EAN 13 É um código de barras no padrão EAN definido pela GS1, para a identificação do itens, principalmente nos pontos de venda. No EAN – 13 o símbolo codifica 13 números que estão divididos em quatro partes, dos treze dígitos.

5 VARIAÇÕES EAN 13 EAN 8 – Versão reduzida do EAN 13 UPC A – Semelhante ao EAN 13 com 12 números. UPC E – Versão UPC de 8 dígitos.

6 ESPECIFICAÇÕES PosiçãoMagnitude Margens de Silêncio Truncagem Cores e Símbolo

7 HISTÓRICO 1977 Associação Brasileira de Automação Comercial mudou sua sigla de ABAC para EAN BRASIL Criada a EAN (European Article Numbering Numeração de Artigos Europeus) A EAN-13 tornou-se a associação internacional de numeração de artigos, sendo a sua sede em Bruxelas. A EAN BRASIL - Associação Brasileira de Automação Comercial, inicia as atividades com o código de barras no Brasil; Estabelecido acordo de cooperação entre a EAN Internacional e o UCC – Uniform Code Council, Inc.,

8 GS1 BRASIL Criada em 1983; Sem fins lucrativos; Associada à GS1 da Bélgica; Aliança entre o EAN e o UPC

9 VANTAGENS Padrão utilizado internacionalmente em mais de 100 países; Cada identificação de mercadoria é única no mundo; Decodificação rápida do símbolo, gerando informações instantâneas; Linguagem comum no intercâmbio de informações entre parceiros comerciais; Maior precisão no conteúdo dos dados; Rapidez de transferência e fluxo; Aumento de Produtividade, principalmente para supermercados; Disponibilidade da informação também em modo de leitura humana;

10 VANTAGENS INDÚSTRIA E VAREJO INDÚSTRIA Conhecimento exato do comportamento de cada produto no mercado; Linguagem facilitada com os clientes; Controle interno; Controle do estoque, expedição de mercadorias facilitada; Padronização nas exportações; Possibilidade de utilizar o Intercâmbio Eletrônico de Documentos (EDI); VAREJO Otimiza o controle de estoque; Aumenta a eficiência no caixa; Melhora o controle de estoque central; Obtém informações confiáveis para uma melhor negociação; Estabelece linguagem comum com fornecedores; Possibilita o uso de ferramentas baseadas nas informações coletadas; Possibilita a utilização do Intercâmbio Eletrônico de Documentos (EDI);

11 VANTAGENS CLIENTES Cupom fiscal detalhado; Passagem rápida pelo CAIXA; Eliminação de erros de digitação em sua compra; Linhas de produtos à venda com composição mais adequada ao perfil da clientela;

12 FACILIDADE Fornecedor envia arquivo nf-e; Facilitado o recebimento do produto; Estoque é atualizado; Cliente compra produto e estoque é dado baixa; Sistema gera novo pedido automaticamente após venda;

13 CONCLUSÃO Enfim hoje se pode dizer que a cadeia produtiva mundial não vive mais sem os códigos de barras, sobretudo o UPC e EAN13, e que, mesmo com novas tecnologias sendo projetadas no mercado, ainda existe muito campo para esse verdadeiro conceito expandir e crescer ganhando outros mercados.

14 CÓDIGOS DE BARRAS...


Carregar ppt "ASI - 2009 CÓDIGOS DE BARRAS EAN 13. Elton Bérrio de Oliveira Jaiane Farias dos Santos Jorge Souza Gomes Nilce Elaine de Oliveira EQUIPE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google