A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza REAÇÕES QUÍMICAS Profª : Gesiane.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza REAÇÕES QUÍMICAS Profª : Gesiane."— Transcrição da apresentação:

1 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza REAÇÕES QUÍMICAS Profª : Gesiane

2 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza A química é a ciência da transformação. Podemos dizer que toda a atividade dos químicos consiste em estudar as propriedades das substâncias e as transformações químicas ou seja as reações químicas REAÇÕES DE SÍNTESE: Reação em que duas ou mais substâncias ( simples ou compostas ), originam uma única substância composta. Estas reações são também conhecidas como reações de composição ou de adição. Neste tipo de reação um único composto é obtido a partir de dois compostos. Vamos ver uma ilustração deste tipo de reação !

3 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Exemplos:

4 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Óxido básico + H 2 OBase BaO + H 2 OBa(OH) 2 K 2 O + H 2 O2KOH Óxido ácido + H 2 Oácido CO 2 + H 2 OH 2 CO 3 Cl 2 O 5 + H 2 OH 2 Cl 2 O 6 HClO 3 Óxido básico + Óxido ácido Sal BaO + CO 2 BaCO 3 K 2 O + Cl 2 O 5 K 2 Cl 2 O 6 KClO 3

5 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza 1.2 – Decomposição ou análise: Reação em que uma única substância composta se desdobra em outras substâncias simples ou compostas. Para que ocorra uma reação de decomposição são utilizados agentes físicos como: - Calor: a reação recebe o nome de pirólise. - Eletricidade: a reação recebe o nome de eletrólise. - Luz: a reação recebe o nome de fotólise. Como o próprio nome diz, este tipo de reação é o inverso da anterior (composição), ou seja, ocorre quando a partir de um único composto são obtidos outros compostos. Estas reações também são conhecidas como reações de análise. Que tal dar uma olhadinha em uma ilustração e em alguns exemplos?

6 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza CaCO 3 CaO + CO 2 Exemplos: 2 HCl H 2 + Cl 2

7 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Reações de deslocamento ou simples troca: É a reação em que uma substância simples reage com uma composta, produzindo outra substância simples e outra composta. Exemplo: Fe + CuSO 4 FeSO 4 + Cu Estas reações são também conhecidas como reações de substituição. Como será que isto ocorre? Vamos ver alguns exemplos para entender melhor estas reações.

8 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza São necessárias certas condições para que essas reações ocorram, que veremos a seguir.

9 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza – Quando uma substância simples é um metal Considere as experiências a seguir: Colocar uma placa de cobre metálico numa solução aquosa de AgNO 3. Colocar uma lâmina de prata numa solução aquosa de CuNO 3 Esquema : 1º caso: Cu Ag NO 3 Solução incolor Cu Solução azulada

10 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza 2º caso: Ag +1 Ag Cu (NO 3 ) 2 Análise do que aconteceu: No 1º caso verificamos que o sólido formado é a prata metálica (Ag) e que na solução, existem cátions de cobre (Cu +2 ). Portanto ocorreu uma reação química em que o cobre da lâmina passa para a solução e a prata passa para a lâmina. Reação ocorrida: Cu + 2 Ag NO 3 Cu (NO 3 ) Ag NADA OCORRE ! Ag Cu (NO 3 ) 2

11 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza A FILA DE REATIVIDADE AJUDA A EQUACIONAR REAÇÕES DE DESLOCAMENTO Reatividade crescente dos metais Cs, Rb, K, Na, Li, Ba, Sr, Ca, Mg, Al, Mn, Zn, Fe, Co, Ni, Sn, Pb, H, Bi, Cu, Hg, Ag, Pt, Au Quando a substância simples é um não metal (1) que reação ocorre? Cl 2 + 2KI 2 KCl + I 2 no sentido 1. (2) No 2º caso não houve nenhuma transformação, concluímos que não ocorreu reação química, os átomos de prata não deslocam os átomos de cobre.

12 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza É muito importante você saber que as leis que regem as reações de deslocamento se resumem nas filas de reatividade, dos metais e ametais. ok? 1.4 – Reações de dupla troca: São reações em duas substâncias compostas reagem trocando um dos seus elementos e produzindo duas novas substâncias compostas. Vamos analisar alguns casos dessas reações. FILA DE REATIVIDADE DOS AMETAIS: F> O> Cl > Br> I > S

13 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza

14 Quando há desprendimento de um gás : A formação de um gás em uma reação de dupla troca é resultado da formação de uma composto instável. Exemplo : Ag NO 3(aq.) + Na Cl (aq.) Na NO 3(aq.) + Ag Cl (incolor) (incolor) (incolor) (precipitado branco) Quando há precipitação : Quando ocorrer a formação de uma substância insolúvel durante a reação química. O símbolo indica precipitado.

15 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Compostos instáveis : H 2 SO 3 NH 4 OH H 2 CO 3 H 2 O + SO 2 H 2 O + NH 3 H 2 O + CO 2 Exemplo : 2 HCl+ Na 2 CO 3 2NaCl + ( composto instável ) H 2 CO 3 H 2 O + CO 2

16 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Quando há formação de um ácido volátil: Partindo de um ácido (reagente fixo), podemos obter um ácido volátil ( baixo ponto de ebulição ), o que é observado pelo desprendimento de gás. Exemplo:H 2 SO 4 (aq.) + 2 NaCl (s) Na 2 SO 4 (aq.) + 2 HCl (g) Quando há formação de um produto menos dissociado ( bases ou ácidos fracos ): Exemplo: AlCl 3 (aq.) + 3 NaOH (s) Al(OH) 3 (aq.) +3 NaCl (base fraca)

17 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza CÁLCULOS QUÍMICOS E ESTEQUIOMETRIA Profª : Gesiane

18 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Massa atômica, massa molecular e mol O átomo de 12 C foi escolhido como átomo padrão na construção das escalas de massas atômicas. Sua massa atômica foi fixada em 12 u. Unidade de massa atômica (u) é a massa de 1/12 do átomo de 12 C. Massa atômica de um átomo é a massa desse átomo expressa em u. Indica quantas vezes a massa do átomo é maior que 1/12 da massa de 12 C. Massa atômica de um elemento formado por uma mistura de isótopos é a massa média dos átomos desse elemento expressa em u. É igual à média ponderada das massas atômicas dos isótopos constituintes do elemento.

19 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza IsótopoMAAbundância (%) 35 Cl 37 Cl 34,997 u 36,975 u 75,4 24,6 MA do elemento cloro = 34,997 x 75,4 + 36,975 x 24,6 = 35,453 u 100

20 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Massa molecular de uma substância é a massa da molécula dessa substância expressa em u. Indica quantas vezes a massa da molécula dessa substância é maior que a massa de 1/12 do átomo de 12 C. A massa molecular de uma substância é numericamente igual à soma das massas atômicas de todos os átomos da molécula dessa substância. Exemplo: H 2 SO 4 2 x 1 = 2u 1 x 32 = 32u 4 x 16 = 64u MM = 98u 1u = 1, –24 g

21

22 Quantidade de matéria: É a grandeza que fornece a quantidade, em mols, de entidades elementares. Mol é a unidade de quantidade de matéria ou quantidade de substância. Mol é a quantidade de matéria (ou de substância) que contém tantas entidades elementares representadas pela respectiva fórmula, quantos são os átomos de 12 C contidos em 0,012 kg de 12 C. Constante de Avogadro (antigamente chamada número de Avogadro) é o número de átomos de 12 C contidos em 0,012 kg de 12 C. Seu valor numérico é: 6,02 x mol -1

23 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Exemplos: 1 mol de átomos ____________ 6,02 x átomos 1 mol de moléculas__________ 6,02 x moléculas 1 mol de íons ____________ 6,02 x íons 1 mol _____________________ 6,02 x entidades elementares. Massa molar (M) : É a massa de substância que contém 6,02 x entidades representadas pela fórmula dessa substância. É comumente expressa em g/mol ou g. mol -1. A massa molar é a massa, em gramas, de um mol de qualquer espécie (átomos, íons, moléculas, etc.) 1 mol de S = 32 g = 6, átomos de S 1 mol de H 2 O = 18 g = 6, moléculas de H 2 O

24

25 EXERCÍCIOS RESOLVIDOS: 1- Em 2 mols de H 2 SO 4 calcule: a)Quantidade de matéria em átomos 1 mol de H 2 SO 4 7 mols de átomos 2 mols de H 2 SO 4 X X = 14 mols em átomos b) Quantidade de matéria em átomos de hidrogênio 1 mol de H 2 SO 4 2 mols em átomos 2 mols de H 2 SO 4 Y Y = 4 mols em átomos c) O número de átomos 1 mol de H 2 SO , átomos 2 mols de H 2 SO 4 Z Z = 8, átomos

26 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza Um medicamento contém 90mg de ácido acetilssalicílico (C 9 H 8 O 4 ) por comprimido. Quantas moléculas dessa substância há em cada comprimido? Número de Avogadro = 6, mol -1 Massas atômicas relativas: C= 12; O= 16; H= 1,0. 1 mol de C 9 H 8 O 4 180g 6, moléculas g X X = 3, moléculas

27 1- LEIS PONDERAIS 1.1 – Lei da Conservação das Massas NA NATUREZA, NADA SE CRIA NADA SE PERDE TUDO SE TRANSFORMA (Lavoisier) CaO + H 2 OCa(OH) 2 56g 18g 74g Em um sistema fechado a massa total dos reagentes é igual ao dos produtos.

28 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza 1.2 – Lei das Proporções Constantes TODA SUBSTÂNCIA APRESENTA UMA PROPORÇÃO EM MASSA CONSTANTE NA SUA COMPOSIÇÃO. (Proust) 2H 2 + O 2 2 H 2 O 2 mols1 mol 2 mols 4 g32g 36g 2g 16g 18g

29 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza 2- INTERPRETANDO A EQUAÇÃO QUÍMICA

30 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza 3 - QUATRO PASSOS PARA REALIZARMOS O CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO Montar a equação balanceada da equação Identificar as substâncias envolvidas no cálculo Transformar as quantidades em mols para as grandezas dadas e pedidas na questão. Aplicar as leis ponderais

31 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza EXEMPLOS: 1- O carbonato de cálcio, CaCO 3, é o principal componente do mármore, e sob aquecimento sofre decomposição produzindo gás carbônico, CO 2 e óxido de cálcio CaO. A partir de 500 g de CaCO 3 determine: CaCO 3 CaO + CO 2 Dados: Ca= 40g ; O = 32g e C= 12g a)A massa de CaO produzida CaCO 3 CaO 100g 56g 500g XX = 280 g de CaO

32 Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza b) O volume de CO 2 produzido nas CNTP CaCO 3 CO 2 100g 22,4 L 500 g Y Y = 112 L de CO 2


Carregar ppt "Prof Gesiane Cabral de Freitas Souza REAÇÕES QUÍMICAS Profª : Gesiane."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google