A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Simulação de Sistemas Hídricos Organização Carlos Ruberto Fragoso Júnior Vladimir Caramori.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Simulação de Sistemas Hídricos Organização Carlos Ruberto Fragoso Júnior Vladimir Caramori."— Transcrição da apresentação:

1 Simulação de Sistemas Hídricos Organização Carlos Ruberto Fragoso Júnior Vladimir Caramori

2 SIMULAÇÃO DE SISTEMAS HÍDRICOS Horário: terças 15:20 até 17:00 Local: LAHI Disciplina Eletiva

3 Objetivo Compreender os processos físicos, químicos e biológicos e sua interação em sistemas hídricos para permitir lançar bases para a simulação e comparação de cenários que, por sua vez, subsidiam tomadas de decisão racionais. Estes modelos são aplicados a diferentes usos dos recursos hídricos

4 Professores Carlos Ruberto Fragoso Júnior Vladimir Caramori

5 Programa 1. Introdução à gestão do ambiente e Conceitos Básicos de Modelos 2. Fundamentos da modelagem 3. Elementos básicos de análise numérica 3. Otimização de parâmetros 4. Escoamento e transporte de massa 5. Modelos Conceituais 6. Tópicos especiais

6 Programa As aulas serão distribuídas de acordo com a programação apresentada na tabela abaixo, sujeita a alteração de acordo com imprevistos que possam ocorrer durante o semestre. Qualquer alteração será comunicada com antecedência aos alunos. Todo material da disciplina será disponibilizado através da plataforma de ensino a distância Moodle UFAL:

7 AulaConteúdoHoras 1Introdução à gestão do Ambiente e Conceitos2 2Fundamentos da modelagem4 3Análise Numérica6 4Otimização Escoamento12 7Escoamento14 8Modelos chuva-vazão16 9Modelos chuva-vazão18 10Modelos de rios20 11Modelos de lagos e estuários22 12Modelos de reservatórios24 13Modelos de sistemas urbanos26 14Modelos de qualidade da água28 15Aspectos práticos e modelos para o gerenciamento em SIG30 Sujeito a pequenas alterações

8 Bibliografia - TUCCI, C.E.M. Modelos Hidrológicos. Editora da UFRGS ABRH 652p - Tucci, C. E. M. Hidrologia: Ciência e Aplicação - Beven, K Rainfall-runoff modeling: The primer - Ponce, V. M. Engineering Hydrology: Principles and Practice - McCuen, R. Hydrologic Analysis and design - Anderson & Burt - Hydrological Forecasting - Maidment – Handbook of Hydrology - Righetto, A. M. – Hidrologia e Recursos Hídricos - Coleção ABRH – Modelos para gerenciamento de recursos Hídricos

9 Bibliografia Chapra e Canale – Numerical Methods for Engineers Chapra – Surface Water Quality Modeling Wagener, Wheater, Gupta - Rainfall-runoff modelling in gauged and ungauged catchments Physical Hydrology (Dingman) Hydrology: An Introduction - Brutsaert Singh, V.P.; ed. Computer models of watershed hydrology. Highlands Ranch, Colorado, Water Resources Publ., 1995.

10 Bibliografia Artigos de periódicos diversos –Klemes, V Operational testing of hydrological simulation models. Hydrological Sciences Journal V. 31 No. 1 pp –Nash e Sutcliffe, 1970 (Journal of Hydrology) –SINGH, V. P. e WOOHISER, D. A, Mathematical Modeling of Watershed Hydrology. Journal of Hydrologic Engineering V 7 N4 July –Artigo do Gupta sobre o coeficiente de Nash-Sutcliffe considerando variabilidade sazonal (Value of Nash values) –Perrin, C.; Michel, C.; Andréassian, V. Does a large number of parameters enhance model performance? Comparative assessment of common catchment model structures on 429 catchments. J. Hydrology, 242: , 2001.

11 Avaliação

12 Artigo O artigo é individual é opcional e deverá ser definido pelo aluno e terá peso de 35% no conceito final. O conteúdo do artigo poderá versar sobre temas abordados na disciplina ou outro proposto pelo aluno e aceito pelo professor. O artigo é ser individual. O prazo de entrega é na aula 26.

13 Algumas idéias para trabalhos Calibração IPH-2 com o MOCOM-UA usando ponderadores para ponderar cada uma das simulações Calibração do IPH-2 com o MOCOM-UA usando funções objetivo associadas a faixas de vazões (altas x baixas) ou (altas x médias x baixas). Hidrograma unitário geomorfológico. Metodologia dos franceses para estimar HU e perdas ao mesmo tempo. Comparação Muskingum-Cunge x Hidrodinâmico para diferentes situações de vazão, declividade e comprimento de rio. Idéias dos alunos.

14 Outras idéias para trabalhos Previsão de precipitação em tempo real e o seu uso na previsão de vazão: métodos, vantagens e desvantagens e tendências; Modelos hidrológicos de previsão em tempo real de vazão: distribuídos concentrados, vantagens e desvantagens O uso de satélites para estimativa da precipitação: como pode complementar a rede pluviométrica e suas falhas? Modelos distribuídos para pequenas bacias rurais para avaliação dos impactos sobre alterações do uso do solo Técnicas de Otimização associadas com a estimativa dos parâmetros de modelos hidrológicos: funções objetivo e funções multi-objetivo associada a modelos distribuídos. Otimização multi-objetivo de diferentes modelos: hidrológico, qualidade da água, sedimentos e outros Integração de SIG com modelos – Como organizar?

15 Outras idéias para trabalhos Escalas dos processos hidrológicos e sua representação pelos modelos Uso de incertezas em associação com a estimativa dos modelos hidrológicos Modelos de Grandes bacias: estrutura de balanço, incertezas associadas e limitações Otimização e simulação do funcionamento de sistemas de reservatórios: modelos, usos e limitações Decision Support Systems em recursos hídricos: estrutura básica, elementos, principais tipos utilizados. Evaporação e Evapotranspiração: fundamentos, dados, medidas, técnicas de modernas de avaliação. Avaliação do escoamento subterrâneo nos modelos hidrológicos: modelos, estruturas, estimativa de parâmetros e sua relação com as características das bacias. Escoamento em meio não – saturado: formulações utilizadas nos modelos, representação de recargas e fontes. Modelos de operação Usos múltiplos: Energia e inundações – volume de espera Sistemas integrados de previsão e operação de reservatórios.

16 Outras idéias para trabalhos Estimativa do volume de áreas de inundação na propagação no Pantanal Simulação com Modelo Muskingun-Cunge não-linear para conservação de volume em rios Avaliação da previsão de longo prazo da umidade do solo na bacia do rio Uruguai Avaliação de funções multi-objetivo em associação com modelo distribuído de grandes bacias para extrapolação espacial e temporal Estimativa de precipitação com imagens de satélites numa área com precipitação conhecida: Uso de modelos existentes Uso do Modelo IPHS1 para simulação de um sistema e análise do comportamento hidrológico

17 Tarefas adicionais –Cada aluno escolhe um modelo chuva- vazão para descrever –Trazer artigos descrevendo o modelo –Cópias para os colegas –Sugestões IHACRES SMAP TOPMODEL HYMOD

18 Experiência uso de modelos IPHS1 for Windows (download na internet) IPH2 versão didática para Windows (Juan Martin Bravo) Exemplos de aplicações Exemplos de problemas de calibração Computadores? Provas práticas podem ser um pouco trabalhosas.


Carregar ppt "Simulação de Sistemas Hídricos Organização Carlos Ruberto Fragoso Júnior Vladimir Caramori."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google