A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Alagoas Centro de Tecnologia - CTEC ArcHydro Carlos Ruberto Fragoso Júnior www.ctec.ufal.br/professor/crfj 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Alagoas Centro de Tecnologia - CTEC ArcHydro Carlos Ruberto Fragoso Júnior www.ctec.ufal.br/professor/crfj 1."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Alagoas Centro de Tecnologia - CTEC ArcHydro Carlos Ruberto Fragoso Júnior 1

2 SIG em Recursos Hídricos Consórcio Juntas estas duas comunidades desenvolveram uma ferramenta geoespacial comum ArcHydro levou cerca de 3 anos (1999 – 2002) SIG CRWR Recursos Hídricos

3 Sistema de Informação Hidrológico Análise, Modelagem, Tomada de decisão Arc Hydro Geodatabase

4 O que é o Arc Hydro? Uma ferramenta que trata com informação geoespacial e temporal de recursos hídricos no ArcGIS Um conjunto de hydro objects construídos no ArcObjects Um conjunto de atributos pradonizados Um conjunto de ferramentas para representar uma bacia (modelo)

5 Vazão Tempo hidrogramas HidrografiaRede de conexões Sistema de canais Sistema de drenagem Arc Hydro

6

7 Rios Áreas de drenagem Hidrografia Canais Superfície Resposta da chuva Ortofotos Modelo

8 Modelo baseado no comportamento Seguindo uma gota que cai em uma vertente, passando pelo rio e chegando no oceano.

9 Escalas representação do Sistema de Drenagem Bacias – áreas de drenagens para gerenciamentos dos RH Minibacias – subdivisão da bacias em elementos de drenagem por regras físicas Modelo numérico de terreno – Superfície da terra em uma grade Sub-bacias – subdivisão da bacia para um particular propósito

10 Instalando o ArcHydro Etapas de instalação 1.Baixe o pacote de instalação através do endereço: 2.Instale pFramework_setup.exe 3.Instale XMLDataExchange_setup.exe 4.Instale ArcHydro_setup.exe 5.Ative a barra de ferramentas do ArcHydro dentro do ArcMap

11 Instalando o ArcHydro Barra de ferramentas ArcHydro

12 Pré-processamento Antes de aplicar o ArcHydro não se esqueça! 1.Salve seu projeto; 2.Baixe o MNT (SRTM) da sua bacia; 3.Faça um Mosaico de imagens, se necessário; 4.Projete o sistema de coordenadas geográficas para um sistema de coordenadas planas (UTM).

13 Aplicação ArcHydro Etapas de aplicação 1.Operações baseadas em raster que geram rasters 2.Operações baseadas em raster que geram vetores

14 Aplicação da sequência 1 Operações raster que geram raster 1.Preencher depressões 2.Direções de fluxo 3.Área acumulada 4.Rede de drenagem 5.Links de drenagem (trechos individuais) 6.Catchments (minibacias)

15 DEM projetado para UTM

16 Fill (preencimento de depressões)

17

18 Direções de fluxo

19 Direção de fluxo (fdr)

20 Área acumulada (fac)

21 Stream definition

22 Stream segmentation

23 Catchments raster

24

25 Fim das operações baseadas em raster A partir deste ponto predominam as operações de transformação de raster para vetor e as operações sobre os próprios arquivos vetoriais

26 Aplicação da sequência 2 Operações que geram vetores 1.Catchments polígonos 2.Drainage lines 3.Drenagem de maior comprimento dentro da bacia 4.Identificar exutórios das bacias

27 Catchments vetoriais

28 Drainage lines

29 Adjoint catchments Adjoint catchments são polígonos de bacias a montante de cada catchment. Cada catchment que não é de cabeceira tem um adjoint catchment associado. Serve para agilizar processamento posterior.

30 Exemplo adjoint catchment A região marcada transparente é a adjoint catchment da catchment verde escura.

31 Nem tudo me interessa Suponham que nem todas as catchments do retangulo envolvente me interessam. A região de interesse é, normalmente, uma bacia, que envolve várias catchments.

32 Nem tudo me interessa Área de interesse vai até o ponto identificado na figura.

33 Watershed delineation

34 Batch point (exutorio da bacia)

35 Pode não cair exatamente sobre a rede de drenagem. Isto não tem problema, porque uma função snap obriga a ficar sobre a rede de drenagem.

36 Watershed

37 Sobre batch watershed O ponto batch point não precisa estar exatamente sobre a rede de drenagem. Um novo layer watershed point é criado automaticamente. Pode ser feito com mais de 1 ponto. watershed sub-watershed (depois será útil)

38 Snap batch point criado pelo usuário (batch point) reposicionado pelo programa (watershed point)

39 Extract by mask para recortar apenas o que interessa!

40 Extracted streams gera streams raster para reiniciar discretização

41 Novo drainage links

42 Novo catchments raster

43 Novo catchments vetorial

44 Novo drainage lines vetorial

45 Novo Adjoint catchments vetorial Importante para saber área a montante de um trecho de rio ou a montante de uma catchment

46 Drainage points Zoom observe pontos verdes

47 Longest Flow Paths for catchments

48 Cálculo da declividade

49 Network tools

50 Hydro Network

51 Hydro Network (resultado) HydroJunction = layer de pontos HydroEdges = layer de linhas

52 Centróides

53 Schema link – Schema node

54 layer node layer link cada um tem dois tipos: nodes: confluencia entrada links rio ligação bacia poderia ser exportado para IPH-S1!!

55 HydroJunction

56 HydroEdge

57 Topologia: busca a próxima linha

58 NextDownID foi criado e preenchido no HydroEdge


Carregar ppt "Universidade Federal de Alagoas Centro de Tecnologia - CTEC ArcHydro Carlos Ruberto Fragoso Júnior www.ctec.ufal.br/professor/crfj 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google