A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Erupção Dental 1)ESTÁGIO PRÉ-ERUPTIVO: até a formação completa da coroa; 2)ESTÁGIO ERUPTIVO: até atingir o plano oclusal; 3)ESTÁGIO PÓS-ERUPTIVO: após.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Erupção Dental 1)ESTÁGIO PRÉ-ERUPTIVO: até a formação completa da coroa; 2)ESTÁGIO ERUPTIVO: até atingir o plano oclusal; 3)ESTÁGIO PÓS-ERUPTIVO: após."— Transcrição da apresentação:

1 Erupção Dental 1)ESTÁGIO PRÉ-ERUPTIVO: até a formação completa da coroa; 2)ESTÁGIO ERUPTIVO: até atingir o plano oclusal; 3)ESTÁGIO PÓS-ERUPTIVO: após atingir o plano oclusal.

2 Erupção Dental 1) MOVIMENTO PRÉ-ERUPTIVO (até a formação completa da coroa) - Deslocamento dos dentes decíduos: anteriores para mesial oclusal posteriores para distal posteriores para distal - Dentes sucessores Anteriores apical e lingual Posteriores apical e oclusal

3 Erupção Dental 1) MOVIMENTO PRÉ-ERUPTIVO (até a formação completa da coroa) Histologia (ao redor do dente) 1.Folículo dental; 2.Tecido conjuntivo frouxo; 3.Osso (exceto oclusal nos decíduos); 4. Canal gubernacular (tec. conj,.denso).

4 Erupção Dental Movimento eruptivo ---- Movimento eruptivo ---- Movimentos: oclusal; rotação (II); mesialização (PMI); inclinação (CS e 3 MI) Eventos: 1) Início da erupção: coroa completa/ início da formação radicular; 1) Início da erupção: coroa completa/ início da formação radicular; 2) Reações ósseas: reabsorção na oclusal e neoformação no ápice; 3) Reabsorção do tecido conjuntivo denso da gengiva; 4) Estabelecimento do caminho através do epitélio; 5) Reabsorção das raízes dos dentes decíduos e esfoliação das coroas. * Velocidade: variável. Períodos rápidos e lentos. No homem varia de 0,5 a 1,0 mm por mês (ou 0,25 mm se as raízes já estiverem formadas).

5 Erupção Dental Movimento eruptivo --- Movimento eruptivo Estágio irruptivo da dentição decídua: do 6° ao 30° mês. Variação de 6 meses. - Período edêntulo: molares (0-6 dias); incisivos e caninos inferiores (2-6 semanas);

6 Erupção Dental Movimento eruptivo --- Movimento eruptivo Período de infra-oclusão pós- irrupção: maior risco de lesão cariosa.

7 Erupção Dental Movimento eruptivo ---- Movimento eruptivo Natureza das forças (teorias equivocadas) 1)Formação da raiz: caminho maior que o comprimento da raiz; 2) Aposição óssea apical à raiz: formação óssea não responde à pressão; 3) Contração pelo canal gubernacular: não operante;

8 Erupção Dental Movimento eruptivo ---- Movimento eruptivo Natureza das forças (teorias aceitas) 4) Contração das células do ligamento periodontal: não atuante nas fases iniciais de erupção; 5) Ação do folículo dental: principal fator; 6) Pressão sangüínea e dos fluidos periapicais: atuante em todo o processo; 7) Ação osteoclástica: sua inibição prejudica a erupção.

9 Erupção Dental Movimento eruptivo ---- Movimento eruptivo Ações hormonal e molecular (erupção como evento programado e localizado) 1) Hormonal: tiroxina e hidrocortisona aceleram erupção. 2) Molecular: liberação pelo retículo estrelado (controle inicial da erupção) e pelo folículo dental (maioria); Retículoestrelado Folículo TGF- Atrai monócito Monócito gera osteoclasto CSF-1 C-fos MCF-1

10 Erupção Dental Movimento eruptivo ---- Movimento eruptivo Histologia 1 ) Remoção dos tecidos que recobrem a coroa; 2) Remodelação óssea na base do alvéolo; 3) Desenvolvimento da raiz; 4) Desenvolvimento do periodonto (epitélio juncional); - proliferação do epitélio gengival + prolif. do epitélio reduzido do esmalte; - formação do plug epitelial : células centrais morrem e as periféricas persistem (formam epitélio sulcular e epitélio juncional)

11 Erupção Dental Movimento dos dentes erupcionados ---- A) REATIVAÇÃO DA ERUPÇÃO - dependente da remoção do contato com o dente antagonista; - é limitada; - diferentes respostas para os dentes superiores e inferiores; - direção do movimento: extrusão ou intrusão. B) DESVIO - mesialização, rotação, inclinação e erupção reativada; - causas: exs.: lesão cariosa, crescimento maxilar. * Reativação da erupção nos decíduos: ausência de contato X formação de cemento reparativo.

12 Movimento dos dentes erupcionados ---- Natureza das forças: - pressão sanguínea e tecidual ; -contração dos fibroblastos; -forças oclusais e incisais; -forças dos músculos das bochechas, lábios e língua; -contração da fibras colágenas que unem dentes vizinhos. Erupção Dental

13 Fatores Interferentes ---- Fatores Interferentes ---- A) FATORES SISTÊMICOS - hipopituitarismo, hipotireoidismo, síndrome de Down, disostose cleidocranial, genética, desnutrição,hiperpituitarismo, hipertireoidismo. - Pacientes fissurados: maior tendência a apresentar erupção ectópica do 1 MP. - Crianças pré-maturas (influências de fatores neonatais) - pouco peso ao nascimento (retardo); - idade gestacional (retardo no pré-termo). Viscardi et al., Pediatric Dent, 16(1), 1994.

14 Erupção Dental Fatores Interferentes ---- A) FATORES SISTÊMICOS - Drogas sistêmicas (bifosfanato - inibidor da reabsorção óssea por osteoclastos) * Uso de bifosfanato: mieloma múltiplo, doença de Paget e displasia fibrosa. * Ação na erupção: redução da atividade oteoclástica; aumento da densidade óssea. Não altera os fatores moleculares liberados pelo folículo dental. Grier et al., J Dent. Res., 77(1), 1998.

15 Fatores Interferentes ---- B) FATORES LOCAIS - anquilose dental, desarmonia dento-facial, persistência anormal de decíduo; - freio labial traumático; -anomalia do germe do permanente; -Odontoma; -cisto folicular Erupção Dental


Carregar ppt "Erupção Dental 1)ESTÁGIO PRÉ-ERUPTIVO: até a formação completa da coroa; 2)ESTÁGIO ERUPTIVO: até atingir o plano oclusal; 3)ESTÁGIO PÓS-ERUPTIVO: após."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google