A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Químicos Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental Secretaria.

Cópias: 1
Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Químicos Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental Secretaria.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Químicos Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental Secretaria."— Transcrição da apresentação:

1 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Químicos Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental Secretaria de Vigilância em Saúde AC, AM, AP, MA, PA, PI, RO, RR, TO Brasília, 13/06/2011 INTOXICAÇÕES EXÓGENAS

2 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Intoxicações Exógenas (IE) Exposição a diferentes agentes Agentes químicos Agrotóxicos, medicamentos, produtos veterinários, raticidas, cosméticos, metais, domissanitários e drogas de abuso Agentes biológicos Alimentos, bebidas e plantas tóxicas Foto: Gerson Sobreira Introdução

3 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Produção Agrícola Mundial > US$ 854 bilhões (2001 a 2008) Brasil aumento na participação de 4,7 em 2001 para 6,8 em 2008 Exportações brasileiras cresceu em média 16,7% ao ano, nos últimos seis anos Complexo soja - principal setor exportador (31,4%) - Em 2009, aumento de 16,3% (28,5 milhões toneladas) Introdução

4 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Introdução Magnitude do problema Brasil - em 2008 assume o ranking mundial como consumidor de agrotóxicos - 86% dos produtos na América Latina - > toneladas de IA* em % são herbicidas, 21% inseticidas, 12% fungicida, 3% acaricida e 7% outros * IA – Ingrediente Ativo

5 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Ingredientes/Insumos Embalagens RISCO Contaminação, acidentes, exposição humana, etc. Introdução MAPA IBAMA ANVISA/MS Órgãos estaduais e municipais

6 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Introdução UFIA (t)Classe Agronômica (maior percentual) Grupo químico (maior percentual) AC32993% Herbicida2,4-D (66%) e Glifosato (13%) AM28289% HerbicidaDicloreto de Paraquate (90%) AP10675% Herbicida e 20% Inseticida Glifosato (99,6%) Benzoiluréia e Sulfluramida (77%) MA % Herbicida e 32% Inseticida Glifosato (48%) e 2,4-D (13%) Endossulfan (16%) PA %HerbicidaGlifosato (52%) e 2,4-D (20%) PI % Herbicida e 28% Inseticida Glifosato (67%) e 2,4_D (13%) Organof. (21%) e Endossul. (18%) RO % HerbicidaGlifosato (57%) e 2,4-D (22%) RR13238% Herb. 38% Inset.Glifosato (71%), Organof. (40%) TO % Herb. 25% Inset.Glifosato (63%), Organof. (25%) Fonte: AGROFIT/MAPA (t) = tonelada Percentual de Ingrediente ativo consumido por UF, 2009

7 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Introdução No Brasil Intoxicações agudas por agrotóxicos - 2ª posição dentre as intoxicações exógenas No período de 2006 a 2010 a maioria dos casos foi devido a inseticidas (73% - organofosforados, piretróides, carbamatos), raticidas (15,3%) e herbicidas (9,7%) principais circunstâncias: tentativas de suicídio, acidentes e ocupacionais

8 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Introdução UFNº de intoxicaçõesNº de InternaçõesTentativa Suicídio AC AM AP MA PA PI RO RR TO Nº intoxicações e internações por UF, 2009 e 2010 Fonte: SINAN, atualização 20/5/2011

9 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Introdução População no Brasil em 2010 (IBGE): habitantes Nº de Notificações = SINANIncidência por habitantes 2010 Nº Intoxicações estimado Menor0,4787 Média8, Maior13, Considerando o valor de 26,0 como a maior incidência que o SINITOX já captou (ano de 2006 – 36 CIAT) e, que com a obrigatoriedade de notificação, o SINAN deverá captar um valor estimado de: Incidência por habitantesNº Intoxicações estimado SINAN26,

10 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Notificação Compulsória de Doenças e Agravos Notificação Compulsória de Doenças e Agravos

11 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Lei nº 6.259, de 30 de outubro de 1975 Art. 2º - A ação de vigilância epidemiológica compreende as informações, investigações e levantamentos necessários à programação e à avaliação das medidas de controle de doenças e de situações de agravos à saúde Art. 7º e 8º - a notificação compulsória é obrigatória a todos os profissionais de saúde: médicos, enfermeiros, odontólogos, médicos veterinários, biólogos, biomédicos, farmacêuticos e outros no exercício da profissão, bem como os responsáveis por organizações e estabelecimentos públicos e particulares de saúde e de ensino Notificação

12 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Lei nº 6.259, de 30 de outubro de 1975 Art Recebida a notificação, a autoridade sanitária é obrigada a proceder à investigação epidemiológica pertinente para elucidação do diagnóstico e averiguação da disseminação da doença na população sob o risco. Parágrafo único. A autoridade poderá exigir e executar investigações, inquéritos e levantamentos epidemiológicos junto a indivíduos e a grupos populacionais determinados, sempre que julgar oportuno visando à proteção da saúde pública. Notificação

13 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Notificação Portaria SVS nº 201de 03/11/2010 – manutenção do repasse de recursos Art. 2º- Para manutenção do repasse dos recursos do Componente de Vigilância e Promoção da Saúde do Bloco de Vigilância em Saúde, o monitoramento da regularidade na alimentação do SINAN pelos Estados, Distrito Federal e Municípios deve ser realizado de acordo com os seguintes parâmetros: I - será considerada situação irregular na alimentação do SINAN, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) que não registrar, no período de 8 (oito) semanas epidemiológicas de notificação consecutivas no período avaliado a: a) notificação individual de agravos de notificação compulsória

14 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Notificação Portaria SVS nº 201de 03/11/2010 – manutenção do repasse de recursos Art. 2º- II - será considerada situação irregular na alimentação do SINAN, a Secretaria Estadual de Saúde e do Distrito Federal (SES) que não cumprir os parâmetros por 2 (dois) meses consecutivos no período avaliado Art. 3ª e 4º- Dentre os Municípios monitorados pelo parâmetro definido no inciso II o bloqueio dos repasses, quando aplicável, incidirá sobre aqueles cuja insuficiência no envio de dados esperados comprometa em 30% ou mais o alcance da meta de 80% (oitenta por cento) do volume esperado, transferido até 60 (sessenta) dias após o encerramento do mês de ocorrência.

15 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Notificação Portaria SVS nº 201de 03/11/2010 – manutenção do repasse de recursos Art. 8º- As SMS e SES que permanecerem irregulares até a avaliação mensal que antecede o mês do repasse financeiro terão o repasse bloqueado, segundo os parâmetros definidos nesta Portaria, conforme estabelecido no art. 47 da Portaria GM/MS n° 3252, de 22 de dezembro de Art. 11. Os parâmetros para monitoramento da regularidade na alimentação do SINAN e no SIM deverão ser pactuados anualmente na CIT.

16 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN A notificação é ferramenta imprescindível à vigilância epidemiológica, por constituir fator desencadeador do processo informação/decisão/ação, tríade que sintetiza a dinâmica de suas atividades, propiciando o monitoramento constante da saúde da população local. Notificação

17 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Além disto, deve disponibilizar o suporte necessário para que o planejamento, decisões e ações dos gestores, em determinado nível decisório (municipal, estadual e federal), se baseie em dados concretos. Notificação

18 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Autoridade Sanitária Competente Autoridade Sanitária Competente

19 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Autoridade Sanitária Agente público ou o servidor legalmente empossado a quem são conferidas as prerrogativas e os direitos do cargo, da função ou do mandato para o exercício das ações de vigilância à saúde, no âmbito de sua competência É o poder de intervenção do Estado na defesa da Saúde da População, na promoção de saúde, prevenção de doenças ou agravos e manutenção da saúde. Deve observar os fatores de risco, controlando situações que possam causar ou acentuar prejuízos à saúde individual ou coletiva da população. Ver: Agente Público - Art. 2º da Lei nº 8.429, de 02/06/92

20 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Autoridade Sanitária A Lei nº de 19/0/1990 dita quem são os gestores do SUS, ou seja, a autoridade sanitária competente pelas ações e serviços públicos de saúde no país: Art. 9 - A direção do Sistema Único de Saúde - SUS é única, de acordo com o inciso I, do Art.198, da Constituição Federal, sendo exercida em cada esfera de governo pelos seguintes órgãos: I - no âmbito da União, pelo Ministério da Saúde; II - no âmbito dos Estados e do Distrito Federal, pela respectiva Secretaria de Saúde ou órgão equivalente; e III- no âmbito dos Municípios, pela respectiva Secretaria de Saúde ou órgão equivalente Autoridade Sanitária

21 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Portaria MS nº de 14/12/2010 – regimento interno Artigo Competência do DEVEP/SVS: IX - coordenar a investigação de surtos e epidemias, em especial de doenças emergentes e de etiologia desconhecida ou não esclarecida, e de eventos adversos temporalmente associados à vacinação CGDT – Doenças de veiculação hídrica, respiratória e zoonoses CGPNCD – Arboviroses CGPNI – Eventos Adversos CGPNCM – Malária CGPNCH - Hanseníase CGPNCT – Tuberculose Autoridade Sanitária

22 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Portaria MS nº de 14/12/2010 – regimento interno Artigo Competência da CGVAM: XIV - coordenar e avaliar as ações a vigilância epidemiológica das doenças e agravos à saúde humana associados as contaminantes ambientais, especialmente os relacionados com a exposição a agrotóxicos, amianto, mercúrio, benzeno e chumbo; Autoridade Sanitária

23 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Descentralização das ações de vigilância em saúde A descentralização para estados e municípios concretizou em1999, com a Portaria nº No ano 2000, todas as 27 UF foram certificadas para a gestão da Vigilância em Saúde e passaram a receber recursos por intermédio do Fundo Nacional de Saúde de forma regular e automática. Atualizada pela Portaria nº 1.172, de 17 de junho de Em 2009 com a Portaria GAB/MS nº 3.252, foram aprovadas as diretrizes para a execução e financiamento das ações de Vigilância em Saúde pelas três esferas de gestão do SUS fortalecendo ainda mais esta descentralização Autoridade Sanitária

24 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Portaria MS nº de 14/12/2010 – Financiamento Artigo 2 - A Vigilância em Saúde constitui-se de ações de promoção da saúde da população, vigilância, proteção, prevenção e controle das doenças e agravos à saúde, abrangendo: I - vigilância epidemiológica: vigilância e controle das doenças transmissíveis, não transmissíveis e agravos, como um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes da saúde individual e coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças e agravos Autoridade Sanitária

25 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Portaria MS nº de 14/12/2010 – Financiamento Art. 22. Compete às SES implementar as políticas, diretrizes, prioridades e a gestão dos SNVS no âmbito de seus limites territoriais, compreendendo: III - vigilâncias em saúde ambiental, epidemiológica, sanitária e saúde do trabalhador Art. 23. Compete às SMS a gestão dos SNVS no âmbito de seus limites territoriais, compreendendo: XI - notificação de doenças de notificação compulsória, surtos e agravos inusitados e outras emergências de saúde pública, conforme normatização federal, estadual e municipal; XII - investigação epidemiológica de casos notificados, surtos e óbitos, conforme normas estabelecidas pela União, Estado e Município; Autoridade Sanitária

26 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Autoridade Sanitária – Âmbito de Competência Vigilância Epidemiológica de doenças (DTA, dengue, malária, hanseníase, zoonoses, tuberculose) e de eventos adversos a vacinas – Autoridade sanitária competente é a área de Vigilância Epidemiológica nas três esferas de governo Vigilância epidemiológica das doenças e agravos à saúde associados a contaminantes ambientais (agrotóxicos, amianto, mercúrio, benzeno, chumbo etc.) – Autoridade sanitária competente é a área de Vigilância em Saúde Ambiental nas três esferas de governo Autoridade Sanitária

27 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Portaria MS nº 104 de 26/01/2011 Notificação Compulsória Portaria MS nº 104 de 26/01/2011 Notificação Compulsória

28 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Notificação Portaria Ministerial nº. 104, de 26/01/2011 -Substituiu e revogou a Portaria nº 2.472/2010 -relação de doenças, agravos e eventos em saúde pública de notificação compulsória em todo o território nacional -ANEXO I – Lista de Notificação Compulsória - inclusão no Item 23. Intoxicações Exógenas (por substâncias químicas, incluindo agrotóxicos, gases tóxicos e metais pesados) - inclusão no ANEXO II – LNCI - II. Surto ou agregação de casos ou óbitos por: 6. Outros eventos de potencial relevância em saúde pública, (...), destacando-se: c) Exposição a contaminantes químicos

29 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Esquema simplificado: - Unidade de saúde atende indivíduo suspeito de intoxicação por substância química - Unidade notifica o caso suspeito iniciando o preenchimento da ficha do Sinan para Intoxicação Exógena e encaminha a mesma para a Secretaria Municipal de Saúde - A área de Vigilância em Saúde Ambiental local investigará o caso suspeito, levantando os outros dados da ficha (Dados Complementares do Caso) e encerrará o caso em no máximo seis meses a contar da data de notificação Notificação

30 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Esquema simplificado: -A área de Vigilância em Saúde Ambiental local fará a busca ativa de novos casos ligados ao caso notificado, ou seja, outros casos com vínculo espacial e temporal -Encontrado mais casos, os mesmos deverão ser notificados no Sinan, mesmo que os sintomas tenham sido leves ou inespecíficos, pois um caso de exposição deve ser considerado um caso confirmado - Identificada área contaminada como fonte da exposição humana, a mesma deverá ser cadastrada no SISSOLO Notificação

31 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Notificação

32 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Notificação

33 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Acidentes com químicos Acidentes com produtos químicos perigosos podem se tornar um evento de importância para saúde pública. Para isto existem alguns fatores que devem ser levados em consideração: a)Fatores inerentes a substância, tais como: tipo de substância (oleosa, hidrossolúvel, gasosa), periculosidade, capacidade de se transportar, persistência no meio, bioacumulação. b) Fatores inerentes ao local, tais como: topografia, hidrografia, tipo e características do solo, direção e velocidade dos ventos, clima, temperatura, umidade, pluviosidade, área urbana ou rural, existência de população residente ou de passagem pelo local do acidente, dentre outros.

34 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN c) Fatores inerentes ao evento, exemplos disto são: se houve a contaminação de compartimentos ambientais próximos ou que podem chegar até áreas populacionais (contaminação de corpos hídricos, solo ou ar); se ocorreu exposição humana; se houve comprometimento da saúde da população exposta (intoxicação, doença respiratória, dermatites, etc.). É importante destacar que este acidente envolvendo exposição humana, além de ser comunicado imediatamente pelos municípios/estados (24 horas), após a avaliação de risco (Algoritmo adaptado RSI/2005), a Vigilância em Saúde Ambiental do município deverá cadastrar a área contaminada e a população exposta e/ou potencialmente exposta no SISSOLO. Acidentes com químicos

35 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Esta comunicação não necessita chegar até o nível federal. Caberá ao estado, junto ao município onde ocorreu o acidente, avaliar a importância do evento para a saúde pública. Esta avaliação poderá restringir o evento ao local de ocorrência quando o mesmo não ultrapassar ou não tiver o potencial de ultrapassar os limites municipais. Poderá se restringir ao estado quando o mesmo não ultrapassar ou não tiver o potencial de ultrapassar os limites estaduais, contudo já ultrapassando ou com potencial risco de ultrapassar o município de ocorrência do evento (ex.: contaminação de corpos hídricos que servem de mananciais de abastecimento de mais de um município). Acidentes com químicos

36 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Acidentes com químicos

37 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Documentos para Notificação no SINAN

38 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Documentos SINAN* Ficha de Notificação Dicionário de Dados Instrucional de preenchimento *Disponíveis pelo site SINAN

39 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN

40

41

42 Informações da Ficha de Notificação Comuns a todas as Fichas do SINAN Dados Gerais, Notificação Individual, Dados de Residência, Informações Complementares e Observações finais Específicas das Intoxicações Exógenas Antecedentes Epidemiológicos, Dados de exposição, Dados do Atendimento, Conclusão do Caso SINAN

43 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Ficha de Notificação Comum a todas as Fichas SINAN Específico SINAN

44 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Ficha de Notificação (Cont.) Específico SINAN

45 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Ficha de Notificação (Cont.) Específico SINAN

46 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Ficha de Notificação (Cont.) Específico Comum a todas SINAN

47 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Dicionário de Dados/Variáveis SINAN

48 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Instrucional de preenchimento SINAN

49 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Fluxograma de Dados SINAN

50 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Avaliando a Qualidade dos dados no SINAN Avaliando a Qualidade dos dados no SINAN

51 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Sensibilidade do Sistema (S) Vigilância é atividade investigativa ! Casos Identificados pelo Sistema de Vigilância Casos Agudos + Sub Agudos Não Identificados Óbitos Não Identificados S Casos Identificados = Todos os casos SINAN

52 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Como avaliar a qualidade dos dados? % Completitude dos campos N o Duplicidades de registros N o Inconsistências de respostas SINAN

53 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Percentual (%) Completitude SINAN

54 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Percentual (%) Completitude (Cont.) Não podemos concluir nada, devido ao alto percentual IGN/Branco ! SINAN

55 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Duplicidades - 3 Tipos 80% Tipo 1 - João ficou doente e procurou os serviços de saúde do SUS. Não satisfeito com o atendimento prestado no primeiro local foi a um segundo, sendo portanto notificado 2x no mesmo dia para a mesma doença 19% Tipo 2 – Dona Maria é responsável pela digitação das fichas no turno da manhã e Dona Chiquinha pelo turno da tarde. Nesse dia Dona Maria não avisou Dona Chiquinha que já havia digitado as fichas, aí Dona Chiquinha digitou tudo novamente 1% Tipo 3 – Migração de dados. Ocorre duplicidade por questões operacionais do sistema. Ocorre quando o sistema está operando no limite de conexões ! SINAN

56 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Duplicidades – Análise duplicidade, site do SINAN (Cont.) Quantificações de possíveis duplicidades entre notificações, > ano SINAN

57 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Duplicidades – Análise duplicidade, site do SINAN (Cont.) Quantificações de possíveis duplicidades entre notificações, > ano SINAN

58 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Inconsistências - Baseada nas informações da ficha Avaliação de situações impossíveis Exemplos: NomeSexo Data de Nascimento Data da Notificação Agente TóxicoClassificação Final*Evolução do caso**... Tom JobinMasculino31/06/20108/8/1945Agrotóxico Uso agrícola Intoxicação Confirmada Cura... Dercy Gonçalvez Masculino21/05/190531/06/2009Agrotóxico Saúde Pública Intoxicação Confirmada Cura com seqüela... Bezerra da Silva Masculino28/03/194020/04/2000Agrotóxico Uso Agrícola Outro DiagnósticoÓbito por Intoxicação Exógena... Michael Jackson Masculino25/03/197210/010/2002Agrotóxico Doméstico Síndrome de Abstinência Cura *Classificação Final (Intoxicação Confirmada; Só Exposição; Óbito por Intoxicação Exógena; Óbito por outra causa; Perda do seguimento; Ignorado) **Evolução do caso (Cura sem sequelas; Cura com sequela; Óbito por Intox. Exógena; Óbito por outra causa; Perda do seguimento; Ignorado) SINAN

59 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Tabulando os dados de intoxicação por Agrotóxicos do banco SINAN utilizando o TabWin

60 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Filtros aplicados para seleção FiltrosMantidoRetirado 1. Classificação Final Intoxicação confirmada Só exposição × Reação adversa; Síndrome de abstinência; Outro diagnóstico; Ignorado 2. Agente Tóxico Agrotóxico/uso agrícola Agrotóxico/uso doméstico Agrotóxico/uso saúde pública Raticida Produto veterinário × Medicamentos; Produto de uso domiciliar; Cosmético e higiene pessoal; Produto químico industrial; Metal; Drogas de abuso; Planta tóxica; Alimento e bebida; Outro; Ignorado TabWin

61 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN TabWin

62 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN TabWin

63 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN TabWin

64 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN TabWin Outras Variáveis - Exemplos - Notificação por tipo de Agrotóxicos - Notificação por sexo do paciente - Notificação por faixa etária - Notificação por circunstância da exposição - Notificação por evolução do quadro do paciente - Notificação por tipo de exposição (ocupacional) - etc.

65 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN TabWin UFC1C2C3C4C5C6C7C8C9C10C11C12C13C14 Acre Amazonas Amapá Maranhão Para Piauí Roraima Rondônia Tocantins Circunstância (circunstância da exposição/contaminação) C1 Uso habitualC8 Abuso C2 AcidentalC9 Ingestão de Alimentos C3 AmbientalC10 Tentativa de suicídio C4 Uso TerapêuticoC11 Tentativa de aborto C5 Prescrição MédicaC12 Violência/Homicídio C6 Erro de AdministraçãoC13 Outra C7 AutomedicaçãoC14 Ignorado/branco Casos notificados por circunstância de exposição e UF no Sinan, 2010

66 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Calculando a Meta PAVS para os dados Notificados de Intoxicação por Agrotóxicos

67 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Qual o papel da Vigilância em Saúde Ambiental quanto à exposição humana a agrotóxicos? VIGIPEQ

68 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Que estratégias podem ser utilizadas para alcançar esta meta e promover ações de vigilância no território? Estratégias

69 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Coordenar o processo de vigilância em saúde de populações expostas a agrotóxicos, em conjunto com a saúde do trabalhador Implementar a atenção integral de populações expostas a agrotóxicos Implementar ações de vigilância epidemiológica: Investigação dos casos notificados de intoxicação por agrotóxicos e busca ativa de outros casos ligados a estes, em conjunto com a atenção primária e as demais vigilâncias Auxiliar na gestão dos dados notificados Participar da análise de situação em saúde Estratégias

70 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Ações intra e intersetoriais Políticas públicas integradas Vigilância em Saúde de populações expostas a agrotóxicos Educação e comunicação em saúde Controle de endemias Ambientes saudáveis Notificação no Sinan Protocolos de atenção integral à saúde instrumentos, fluxo e análise de dados Promoção da saúde Identificação de populações expostas no território Estratégias

71 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Rede de atenção Saúde da Família e PACS Rede de laboratórios de Saúde Pública CEREST Atenção especializada Vigilância em Saúde Estratégias

72 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Programação das Ações de Vigilância em Saúde – PAVS, relacionadas a Vigilância em Saúde Ambiental para o Biênio 2010 e 2011 PAVS

73 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Ação 3: Notificar os casos suspeitos e confirmados de intoxicação por agrotóxicos. Ano Incremento/ Percentual Incremento em 5% dos casos notificados de intoxicação/exposição em relação ao ano anterior, conforme série histórica Incremento em 10% dos casos notificados de intoxicação/exposição em relação ao ano anterior. Meta Nacional PAVS

74 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Notificar os casos suspeitos e confirmados de intoxicação por agrotóxicos. Método de cálculo da medida de desempenho : Número total de casos notificados de intoxicação por exposição a agrotóxicos no ano atual subtraindo o número total de casos notificados de intoxicação por exposição a agrotóxicos no ano anterior número total de casos notificados de intoxicação por exposição a agrotóxicos no ano anterior X100 PAVS

75 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN PAVS

76 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN PAVS Fonte: SINAN, atualização 20/5/2011

77 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN PAVS UF Notificação Notificações Necessárias para atingir a Meta PAVS (aumento de 5% das notificações) Percentual (%) de Cumprimento da Meta Amazonas Rondonia Para Piaui Tocantins Maranhao Roraima Acre0000 Amapa0000 Total Meta PAVS (dados atualizados em 20/05/2011) Fonte: SINAN, atualização 20/5/2011

78 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Meta PAVS (dados atualizados em 20/05/2011) UF Notificação Notificações Necessárias para atingir a Meta PAVS (aumento de 10% das notificações) Percentual (%) de Cumprimento da Meta Roraima Para Piaui Rondonia Tocantins Maranhao Amazonas Acre0000 Amapa0000 Total Fonte: SINAN, atualização 20/5/2011 PAVS

79 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Porque utilizar esta meta na vigilância em saúde de populações expostas a agrotóxicos? Prioridade setor saúde Inserção na nova lista de agravos de notificação compulsória do Sinan PAVS

80 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Estratégia 32: Intensificação da vigilância das populações expostas a agrotóxicos. Resultados / Produtos 2011 Responsável, Co-responsável e articulação SASSVSSGTESSCTIESGEPSESAISEOutros 32.1 Implantar o modelo de vigilância em saúde de populações expostas a agrotóxicos nas 27 UF até 2015, sendo 6 em Produto/Indicador: UF com o modelo de vigilância em saúde de populações expostas a agrotóxicos implantado Reduzir em 50% a subnotificação de intoxicações por agrotóxicos até 2015, sendo 10% em Produto/Indicador: Percentual de redução da subnotificação de casos de intoxicação por agrotóxicos no Sinan. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE Objetivo Estratégico 2 - Reduzir os riscos e agravos à saúde da população, por meio das ações de promoção e vigilância em saúde, com especial atenção no combate à dengue

81 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Num momento em que as mãos já não são suficientes... unir os pés pode dar resultados

82 Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN


Carregar ppt "Intoxicações Exógenas - Notificação SINAN Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Químicos Coordenação Geral de Vigilância em Saúde Ambiental Secretaria."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google