A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Literatura Prof. Henrique Modernismo: Vanguardas e Literatura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Literatura Prof. Henrique Modernismo: Vanguardas e Literatura."— Transcrição da apresentação:

1 Literatura Prof. Henrique Modernismo: Vanguardas e Literatura

2 Modernismo Contexto Histórico: Ruptura: Impossível definir o Modernismo Freud: inconsciente Marx: opressão Einstein: redefinição da matéria

3 Modernismo Contexto Histórico: Ruptura: I Guerra – Questionamento da civilização européia Neocolonialismo: novas culturas em contato com a Europa Artistas: nova sensibilidade

4 Modernismo Pintura até o Modernismo: Realidade : pintura acadêmica Corot, A Ponte de Nantes, 1868

5 Modernismo Impressionismo: Realidade : pintura acadêmica Corot, A Ponte de Nantes, 1868

6 Modernismo Pintura até o Modernismo: Academicismo: Academias de pintura: Saber oficial Vitor Meirelles, A Primeira Missa, Brasil, 1861

7 Modernismo

8 Impressionismo: Reação ao Academicismo Redefinição do que é a Pintura Realidade ? Fotografia Pintura? Elementos fundamentais: Luz Cor movimento

9 Modernismo Impressionismo: A realidade vista pelo olhar subjetivo do artista sugestão: não definir a realidade Sensibilidade: a fotografia não consegue criar na imagem o que o artista consegue na pintura Realidade: elementos fundamentais

10 Modernismo

11 Impressionismo: Claude Monet Influência da cultura japonesa Rejeição da pintura acadêmica

12 Modernismo Impressionismo: Nenúfares: cores e movimentação Em direção ao abstracionismo

13 Modernismo Expressionismo: Deformação da realidade Mostrar o sentimento do artista X impressionismo : Observação dos elementos fundamentais da realidade Alemanha Cinema Arquitetura literatura pintura

14 Modernismo Expressionismo: Alemanha Cinema Friedrich Murnau Nosferatu, Eine Symphonie des Grauens 1922

15 Modernismo

16 Expressionismo: Alemanha Literatura Franz Kafka A Metamorfose O Processo – 1925 "Quando Gregor Samsa despertou uma manhã na sua cama de sonhos inquietos, viu-se metamorfoseado num monstruoso insecto". Absurdo torna-se cotidiano

17 Modernismo Expressionismo: Pintura Edvard Munch O grito

18 Modernismo Expressionismo: Pintura Van Gogh Auto retrato, com Orelha cortada

19 Modernismo Expressionismo: Pintura Anita Malfatti Mulher amarela

20 Modernismo Surrealismo: Freud : psicanálise Captar imagens do inconsciente Mundo onírico Realidades subjetivas

21 Modernismo Surrealismo: Pintura Salvador Dali Persistência da memória

22 Modernismo Surrealismo: Pintura Salvador Dali Três esfinges De biquini

23 Modernismo Surrealismo: Pintura Salvador Dali

24 Modernismo Cubismo: Imagem : elementos fundamentais Força expressiva Geometrização e deformação Cores fortes Temática pessoal Influências da arte primitiva

25 Modernismo Cubismo: Pintura Picasso As senhoritas De avignon, 1917

26 Modernismo Cubismo:

27 Modernismo Futurismo: Culto a modernidade Velocidade e tecnologia Marinetti

28 Modernismo Manifesto do Futurismo 1. Nós queremos cantar o amor ao perigo, o hábito da energia e da temeridade. 2. A coragem, a audácia, a rebelião serão elementos essenciais de nossa poesia. 3. A literatura exaltou até hoje a imobilidade pensativa, o extase, o sono. Nós queremos exaltar o movimento agressivo, a insônia febril, o passo de corrida, o salto mortal, o bofetão e o soco. 4. Nós afirmamos que a magnificência do mundo enriqueceu-se de uma beleza nova: a beleza da velocidade. Um automóvel de corrida com seu cofre enfeitado com tubos grossos, semelhantes a serpentes de hálito explosivo... um automóvel rugidor, que correr sobre a metralha, é mais bonito que a Vitória de Samotrácia. (...)7. Não há mais beleza, a não ser na luta. Nenhuma obra que não tenha um caráter agressivo pode ser uma obra-prima. A poesia deve ser concebida como um violento assalto contra as forças desconhecidas, para obrigá-las a prostar-se diante do homem. 8. Nós estamos no promontório extremo dos séculos!...Por que haveríamos de olhar para trás, se queremos arrombar as misteriosas portas do Impossível? O Tempo e o Espaço morreram ontem. Nós já estamos vivendo no absoluto, pois já criamos a eterna velocidade onipresente. 9. Nós queremos glorificar a guerra - única higiene do mundo - o militarismo, o patriotismo, o gesto destruidor dos libertários, as belas idéias pelas quais se morre e o desprezo pela mulher. 10. Nós queremos destruir os museus, as bibliotecas, as academia de toda natureza, e combater o moralismo, o feminismo e toda vileza oportunista e utilitária.

29 Modernismo Influência do futurismo no Brasil Revista Klaxon

30 Modernismo Dadaísmo: Crítica violenta a cultura europeia Non-sense Dadá: linguagem infantil Pacifismo X I Guerra Mundial Tzara Duchamp ready- made Cotidiano como arte

31 Modernismo Tzara, receita de poema Pegue um jornal. Pegue a tesoura. Escolha no jornal um artigo do tamanho que você deseja dar a seu poema. Recorte o artigo. Recorte em seguida com atenção algumas palavras que formam esse artigo e meta-as num saco. Agite suavemente. Tire em seguida cada pedaço um após o outro. Copie conscienciosamente na ordem em que elas são tiradas do saco. O poema se parecerá com você. E ei-lo um escritor infinitamente original e de uma sensibilidade graciosa, ainda que incompreendido do público


Carregar ppt "Literatura Prof. Henrique Modernismo: Vanguardas e Literatura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google