A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ECOLOGIA INTRODUÇÃO. ECOSSISTEMA : UNIDADE DE ESTUDO DA ECOLOGIA SISTEMA DE RELAÇÕES ENTRE SERES VIVOS E FATORES FÍSICOS E QUÍMICOS DO MEIO Os ecossistemas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ECOLOGIA INTRODUÇÃO. ECOSSISTEMA : UNIDADE DE ESTUDO DA ECOLOGIA SISTEMA DE RELAÇÕES ENTRE SERES VIVOS E FATORES FÍSICOS E QUÍMICOS DO MEIO Os ecossistemas."— Transcrição da apresentação:

1 ECOLOGIA INTRODUÇÃO

2 ECOSSISTEMA : UNIDADE DE ESTUDO DA ECOLOGIA SISTEMA DE RELAÇÕES ENTRE SERES VIVOS E FATORES FÍSICOS E QUÍMICOS DO MEIO Os ecossistemas são formados pela união de dois fatores: Fatores abióticos - o conjunto de todos os fatores físicos que podem incidir sobre as comunidades de uma certa região. Fatores bióticos - conjunto de todos seres vivos e que interagem uma certa região e que poderão ser chamados de biocenose, comunidade ou de biota. FATORES BIÓTICOS FATORES ABIÓTICOS ==

3 NÍVEIS DE ESTUDO DA ECOLOGIA BIÓTOPO - Espaço limitado, com características ambientais determinadas, onde vive uma biocenose. No exemplo da floresta, o biótopo é a área que contém o solo (com seus minerais e água) e a atmosfera (com seus gases, umidade, temperatura, grau de luminosidade etc.).

4 CONCEITOS BÁSICOS: HABITAT - é o lugar específico onde uma espécie pode ser encontrada, isto é, o seu "ENDEREÇO" dentro do ecossistema. Exemplo: Uma planta pode ser o habitat de um inseto, o leão pode ser encontrado nas savanas africanas, etc. NICHO ECOLÓGICO - é o papel que o organismo desempenha no ecossistema, isto é, a "PROFISSÃO" do organismo no ecossistema. 0 nicho informa às custas de que se alimenta, a quem serve de alimento, como se reproduz, etc.

5 ECÓTONO - É a transição entre ecossistemas. campo / floresta - rio / mar - montanha / planície BIODIVERSIDADE - É a riqueza biológica de uma região, de um ecossistema ou da biosfera. Leva-se em consideração a abundancia de cada espécie e a heterogeneidade da composição da comunidade. Ambientes com maior Biodiversidade do Planeta : MANGUEZAIS RECIFES DE CORAIS FLORESTAS TROPICAIS Utilização da biodiversidade Energia, Medicamentos, Defensivos agrícolas naturais Matéria prima para industria (gomas, resinas, pigmentos, fibras, etc.) Eco-turismo, Banco de genes (biotecnologia).

6 CONTROLE BIOLÓGICO - As medidas naturais utilizadas para o controle de pragas e restabelecimento para de ecossistemas são chamados controles biológicos. Podemos citar como exemplo de controle biológico: peixes no controle da esquistossomose peixes no controle de larvas de Aedes aegypti besouros o controle da mosca do chifre bactérias e vírus no controle de pragas e insetos HOMEOSTASE - propriedade auto-reguladora de um sistema ou organismo que lhe permite manter o seu estado de equilíbrio. No estágio de equilíbrio crescerá, na existência de espaço e alimento; crescendo, reduz-se o espaço e o alimento por indivíduo, o que determina um declínio numérico que abre disponibilidade de espaço e alimento para um novo crescimento.

7 LIMITE DE TOLERÂNCIA: Quanto maior o limite de tolerância (Valencia ecológica), maior a capacidade de povoar ambientes diversos (cosmopolismo). Euribiontes – seres que toleram grandes variações das condições ambientais. Estenobiontes – seres que não toleram grandes variações das condições ambientais. FATORES ABIÓTICOS

8 TEMPERATURA Cada espécie possui uma temperatura ótima para a realização das suas atividades vitais. COMPORTAMENTO - Animais como, por exemplo, lagartixas, reduzem as suas atividades vitais para valores mínimos, ficando num estado de vida latente; ADAPTAÇÕES- os que vivem em regiões muito frias apresentam, geralmente, pelagem longa e uma camada de gordura sob a pele. Animais que se podem deslocar com facilidade como, por exemplo, as andorinhas, migram.

9 ESTIVAÇÃO Para algumas espécies que vivem em clima quente e árido, os períodos de seca e calor excessivos podem ser tão terríveis quanto os invernos rigorosos. Para se defender, muitos animais entram em sono profundo ou sono estival. Este fenômeno ocorre com moluscos, artrópodes, peixes, répteis e mamíferos. Certos peixes pulmonados, como, por exemplo, a pirambóia, enterram-se na lama quando os rios em que vivem secam, abrigando-se ali até a chegada das chuvas. HIBERNAÇÃO - é um estado letárgico pelo quais muitos animais de sangue quente passam durante o inverno, principalmente em regiões temperadas e árticas.

10 ÁGUA solvente universal atua em diversas atividades celulares dispersando compostos orgânicos e inorgânicos. limitar a distribuição geográfica dos seres vivos, influi na transpiração condução das seivas quando se trata de vegetais. ADAPTAÇÕES À FALTA DE ÁGUA NOS ANIMAIS os animais produzem urina concentrada oxidam gorduras e desenvolvem hábitos noturnos. os vertebrados terrestres possuem na pele, a queratina, uma proteína que a impermeabiliza, já os insetos apresentam um exoesqueleto quitinoso.

11 ADAPTAÇÕES CONTRA A PERDA DE ÁGUA NOS VEGETAIS: as plantas armazenam água em caules espessos. as folhas modificadas em espinhos podem ter a função de reduzir a transpiração, tal como ocorre em muitas cactáceas

12 QUEDA DAS FOLHAS Nas províncias do Norte, mormente no sertão, as árvores despem-se de suas folhas apenas no rigor do verão, por causa das grandes secas, que assolam a região. Assim, na Europa e regiões extra tropicais, ela se dá no fim do outono, o mesmo ocorrendo, entre-nós, nas províncias do Sul da Minas Gerais e Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

13 LUZ A luz é uma manifestação de energia, cuja principal fonte é o Sol. É indispensável ao desenvolvimento das plantas. A Luz e os Comportamentos dos Seres Vivos Os animais e as plantas apresentam fotoperiodismo, isto é, capacidade de reagir à duração da luminosidade diária a que estão submetidos - fotoperíodo. Migração

14 Exercícios – Conceitos de Ecologia 1. O conjunto de todas as populações que vivem em uma mesma área constitui: a) Uma comunidade b) Uma espécie c) Um nicho ecológico d) Um ecossistema e) Um hábitat

15 2. Em um coqueiral vivem fungos, ratos, cobras e gaviões que, em conjunto, constituem: a) Uma comunidade com quatro populações b) Uma comunidade com cinco populações c) Um ecossistema com quatro populações d) Um ecossistema com cinco populações e) Uma população com cinco comunidades

16 3. O conjunto de todos os ecossistemas forma um (a): a) Hábitat b) Comunidade c) Biosfera d) Nicho ecológico

17 4. Um ecossistema caracteriza-se por: a) Somente fatores abióticos b) Somente fatores bióticos c) Fatores bióticos e abióticos d) Apenas por comunidades e) Apenas por decompositores


Carregar ppt "ECOLOGIA INTRODUÇÃO. ECOSSISTEMA : UNIDADE DE ESTUDO DA ECOLOGIA SISTEMA DE RELAÇÕES ENTRE SERES VIVOS E FATORES FÍSICOS E QUÍMICOS DO MEIO Os ecossistemas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google