A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sangue e Hemocitopoese. Sangue sais minerais água moléculas orgânico-protéicas Eritrócitos Leucócitos Plaquetas Porção líquida (plasma) Elementos Figurados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sangue e Hemocitopoese. Sangue sais minerais água moléculas orgânico-protéicas Eritrócitos Leucócitos Plaquetas Porção líquida (plasma) Elementos Figurados."— Transcrição da apresentação:

1 Sangue e Hemocitopoese

2 Sangue sais minerais água moléculas orgânico-protéicas Eritrócitos Leucócitos Plaquetas Porção líquida (plasma) Elementos Figurados

3 Resumo das funções do sangue Transporte: Transporta oxigênio, dióxido de carbono (gases), nutrientes, hormônios, calor e resíduos. Regulação: Ajuda na regulação do pH, da temperatura corporal e do conteúdo de água das células. Proteção: Protege da perda de sangue por meio da coagulação. Dos micróbios e toxinas estranhos por meio de atividades de glóbulos brancos fagocíticos e de certas proteínas plasmáticas.

4 Sangue Tecido conjuntivo com muita matriz intercelular. Fluído viscoso, mais pesado, mais grosso e mais pegajoso que a água. Temperatura: em torno de 38 o PH em torno de 7,35 a 7,45 (levemente alcalino). Cerca de 7% da massa corporal de um indivíduo tendo volume total de 5,5 litros (homem 70Kg). Divide-se em plasma (55%) e elementos figurados (45%); Leva oxigênio e nutrientes aos tecidos e resíduos catabólicos inúteis para os pulmões, fígado e os rins, para serem excretados do organismo.

5 Sangue Sangue sem anticoagulante em um tubo coágulo Sangue com anticoagulante (edta, citrato de Na ou heparina/ o citrato é o único reversível) em um tubo três camadas. (centrifugado) A camada inferior, vermelho-escura, é composta de glóbulos vermelhos. A camada superior, denominada de plasma, é translúcida, amarelo-palha e composta de água, proteínas e eletrólitos. Entre as duas camadas, há uma estreita camada, cremosa, composta de glóbulos brancos e plaquetas. Hemácias=43% leucócitos

6 GLÓBULOS SANGUÍNEOS (45%)

7 Água91 – 92 % Proteínas (fibrinogênio, globulina, albumina)7 – 8 % Outros Eletrólitos - Na+, K+, Ca 2+, Mg 2+, Cl -, HCO 3-, PO 4 3-, SO 4 2- Substâncias nitrogenadas não protéicas – uréia, ácido úrico, creatinina, sais de amônia. Nutrientes – glicose, lipídios, aminoácidos. Gases sangüíneos – oxigênio, dióxido de carbono, nitrogênio. Substâncias reguladoras – hormônios, enzimas. 1 – 2 % Componentes do plasma Entre as proteínas plasmáticas, encontram-se a albumina, responsável pela manutenção da pressão osmótica sanguínea; o fibrinogênio e a protombina, que participam na coagulação; e as globulinas, incluindo os anticorpos que proporcionam imunidade.

8 Hemácias(glóbulos vermelhos) 4 – 6 milhões/ml * sexo, idade, altitude e condições físicas Leucócitos (glóbulos brancos)6000 – 9000 /ml Agranulócitos Linfócitos Monócitos (porcentagem de leucócitos) 30 – 35 % 3 – 7 % Granulócitos Neutrófilos Eosinófilos Basófilos 55 – 60 % 2 –5 % 0 – 1 % ELEMENTOS FIGURADOS

9 HEMATÓCRITO é o % de sangue composto por células após centrifugação varia em função sexo, altitude, grau de atividade Homem = % Mulher = %

10 Classificação dos leucócitos Granulócitos (apresentam grânulos no citoplasma) Agranulócitos (não apresentam grânulos no citoplasma) Neutrófilo Eosinófilo Basófilo Linfócito Monócito Função Fagocitar elementos estranhos ao organismo Fagocitar apenas determinado s elementos. Em doenças alérgicas ou provocadas por parasitas intestinais há aumento do número dessas células Liberar heparina (anticoagula nte) e histamina (substância vasodilatado ra liberada em processos alérgicos) Linfócitos T auxiliares orientam os linfócitos B na produção de anticorpos; linfócitos T supressores determinam o momento de parar a produção dos anticorpos; linfócitos T citotóxicos que produzem substâncias que mudam a permeabilidade das bactérias ou de células cancerosas, provocando sua morte. Linfócitos B, que formarão os plasmócitos do tecido conjuntivo, são os responsáveis pela produção de anticorpos específicos no combate imunológico aos antígenos invasores. Fagocitar bactérias, vírus e fungos Nº aproximado em cada mm³ (60 a 70%) 240 (2 a 4%)80(1%)2.400 (20 a 30%) 480 (3 a 8%)

11 NOME CARACTERÍSTICAS Eritrócitos (glóbulos vermelhos) Forma discoidal, biconcavo, repleta de hemoglobina, transporta oxigênio para os tecidos. Anucleadas. Ocorrem em mamíferos exceto camelídeos. Leucócitos (glóbulos brancos) Granulócitos Neutrófilos Forma esférica, núcleo trilobulado; Fagocitam bactérias e corpos estranhos. Eosinófilos (acidófilo) Forma esférica, núcleo bilobulado; participam das reações alérgicas, produzindo histamina. Basófilos Forma esférica, núcleo irregular. Acredita-se que também participam de processos alérgicos; produzem histamina e heparina. Agranulócitos Linfócitos (B, T e nulos) Forma esférica, núcleo também esférico; participam dos processos de defesa imunitária, produzindo e regulando a produção de anticorpos e na hemopoese. Monócitos Forma esférica, núcleo oval ou reniforme, originam macrófagos e osteocclastos, células especializadas em fagocitar. Plaquetas (trombócitos) Forma irregular, sem núcleo, participam dos processos de coagulação do sangue.

12 Eritrócitos /hemácias / glóbulos vermelhos São as mais abundantes de todas as células do sangue: 4,5 a 6 milhões/mm³ ( ); 4 a 5,5 milhões/mm³ ( ). Função principal: transporte de oxigênio (importância da hemoglobina). Tempo de vida: 90 a 120 dias.

13 Hemácia Estrutura: disco bicôncavo grande deformabilidade Água 60% Hemoglobina 30% Complexo coloidal lipoproteico Pode assumir vários tipos de forma ! Tem excesso de membrana celular em relação à quantidade de material existente no seu interior. É uma célula anucleada: única célula do organismo que permanece exercendo suas funções, apesar da ausência de núcleo.

14 Hemácias topics/anemia/basics.asp HEMATOSEHEMATOSE Hemocaterese: destruição das hemácias pelo fígado, baço e medula óssea.

15 Hemoglobina pigmento carreador de oxigênio. valores normais: 16g/dL ( ) e 14g/dL ( ) Hb: combina-se frouxa e reversivelmente com o oxigênio, que é transportado na forma molecular. cada molécula de Hb 4 átomos de ferro. cada átomo de ferro 1 molécula de oxigênio. cada molécula de Hb 4 moléculas de oxigênio.

16 Hemácias ou Eritrócitos

17 Hemácias

18 GLÓBULOS BRANCOS OU LEUCÓCITOS BASÓFILO EOSINÓFILO LINFÓCITO NEUTRÓFILO MONÓCITO

19 Glóbulos Brancos ou Leucócitos Saem da circulação por diapedese, passam entre as células e penetram no tecido Quando os tecidos são invadidos por microrganismos os leucócitos são atraídos por quimiotaxia.

20 Glóbulos brancos ou leucócitos Diapedese

21 Glóbulos brancos ou leucócitos Fagocitose

22 Glóbulos brancos Glóbulos vermelhos

23 Leucócitos (granulócitos) Polimorfonucleares Neutrófilos - 55 a 60% Eosinófilos - 2 a 3% Basófilos - < de 1% Neutrófilo Basófilo Eosinófilo

24 Neutrófilos (granulócitos) Realizam diapedese através de movimentos amebóides. São o principal constituínte do pús (neutrófilos mortos e liquido tecidual) Vivem 1 a 4 dias após deixarem a corrente circulatória. Representam a primeira linha de defesa (leucócitos mais ativos na fagocitose - ação primordial nos estágios iniciais da resposta inflamatória aguda à lesão tecidual). Neutrófilo

25 Eosinófilos (granulócitos) Possuem ação semelhante a dos neutrófilos. Fagocitam e eliminam complexos de antígenos - anticorpos. Destroem larvas de helmintos (infestação parasitária) por fagocitose e por desgranulação no meio extracelular. Produzem enzimas que são capazes de neutralizar a histamina Eosinófilo

26 Basófilos (granulócitos) Associados aos processos alergênicos; Citoplasma carregado de grânulos: Específicos: histamina, heparina, leucotrienos. Inespecíficos: lisossomos Constituem < de 1% dos leucócitos, sobrevida de 1 a 2 anos. Pouco fagocíticos. Sua degranulação provoca resposta alérgica sistêmica Basófilo

27 Leucócitos (agranulócitos) Mononucleares Monócitos – 3 a 7% Linfócitos – 30 a 35% Monócito Linfócito

28 Monócitos (agranulócitos) Monócitos são móveis e são precursores dos macrófagos; Permanecem pouco tempo na circulação; Respondem à estímulos quimiotáticos; São células apresentadoras de antígenos (APC). Monócito

29 Linfócitos (agranulócitos) Produtores de anticorpos; Citoplasma azul pálido, núcleo ocupa quase toda a célula. São as principais células do sistema imunológico. Atuam em infecções virais. Linfócito B – Plasmócito – Imonoglobulina. (15%) Linfócito T – Citotóxico, helper ou auxiliar, supressor e de memória. (80%) Linfócitos Nulos: hemopese e NK. (5%) Linfócito

30 Hemácias Glóbulos sanguíneos

31

32 Macrófagos

33 Plaquetas As plaquetas são também chamadas de Trombócitos. As plaquetas não são células,mas fragmentos de células originados da fragmentação dos Megacariócitos da medula óssea vermelha; Existem cerca de a por mm3 de sangue numa pessoa normal.

34 Plaquetas FUNÇÃO : Desempenham importante papel no mecanismo da coagulação sanguínea produzindo a TROMBOPLASTINA ou TROMBOQUINASE. Armazenam serotonina em grânulos densos (absorvida do plasma) que atua como vaso-constritor. Revestimento celular rico em glicoproteínas (adesividade plaquetária e absorção) A coagulação atua derivando de duas vias: extrínsica (tromboplastina) e intrínseca (colágeno da parede vascular).

35 Esquema da coagulação

36 Plaquetas sanguíneas Hemácias Plaquetas Rotura de um vaso Plaquetas aderem umas às outras Plaquetas formam um tampão Filamentos de fibrina prendem os elementos celulares do sangue Lesão no tecido Tromboplastina(enzima) Protrombina (proteína) Trombina(enzima ativa) fibrinogênio fibrina

37 Plaquetas sanguíneas

38 Hematopoiese Medula óssea vermelha

39 Hematopoiese Medula óssea vermelha

40

41 Origem das Células do Sangue Medula Óssea Eritrócitos Célula Progenitora Linfócito Progenitor Timo Linf B Linf T Célula NK Progenitora Mielóide Linf TLinf B Eritrócitos Plaquetas Basófilo Eosinófilo Neutrófilo Monócito

42 TIPOS SANGÜÍNEOS - SISTEMA ABO Aparecem quatro tipos principais: A, B, AB e O. As diferenças entre eles devem-se a substâncias químicas presentes na membrana das hemácias: os AGLUTINOGÊNIOS e uma substâncias presente no plasma, a AGLUTININA. Ao se misturar certos tipos de sangue, pode ocorrer a aglutinação, com graves conseqüências ao indivíduo.

43 SISTEMA ABO Grupos Aglutinogênio (ant í genos) Aglutininas (anticorpo) AAanti-B BBanti-A ABA e B- O- anti-A e anti- B

44 FATOR Rh Algumas pessoas possuem um tipo de antígeno, nas hemácias. Denominou-se tais indivíduos de Rh+; os demais, que não apresentam estes antígenos nas suas hemácias foram denominados de Rh-. Um indivíduo Rh- recebe sangue de um indivíduo Rh+: produz anticorpos anti-Rh e não mostra, de início, reação mais séria. Em posteriores transfusões, porém, as reações poderão ser mais sérias a ponto de levar a morte.

45 COMPATIBILIDADE SANGÜÍNEA

46 ERITROBLASTOSE FETAL

47 Anomalias Policitemia, excesso de hemácias no sangue, pode causar hipertensão e tumores renais Anemia, insuficiência de hemoglobina Leucocitose, aumento de leucócitos, geralmente ocorre devido a uma infecção, Aumento exagerado: leucemia Leucopenia redução de leucócitos, predispõe o organismo a infecções. Não é uma doença. Trombocitopenia, ocorre redução do número de plaquetas circulantes Trombocitose, ocorre aumento do número de plaquetas circulantes, podendo levar à formação de trombos. Aplasia, paralisação na produção das células sanguíneas.


Carregar ppt "Sangue e Hemocitopoese. Sangue sais minerais água moléculas orgânico-protéicas Eritrócitos Leucócitos Plaquetas Porção líquida (plasma) Elementos Figurados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google