A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

História de Santa Catarina 1 - O reconhecimento do litoral *Cartas geográficas (século XVI); *Expedições (Sebastião Caboto – 1526) -Por que o nome de Santa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "História de Santa Catarina 1 - O reconhecimento do litoral *Cartas geográficas (século XVI); *Expedições (Sebastião Caboto – 1526) -Por que o nome de Santa."— Transcrição da apresentação:

1 História de Santa Catarina 1 - O reconhecimento do litoral *Cartas geográficas (século XVI); *Expedições (Sebastião Caboto – 1526) -Por que o nome de Santa Catarina? Uma homenagem de Sebastião Caboto à esposa Catarina Medrano ou uma homenagem a Santa Catarina de Alexandria, festejada em 25 de novembro.

2 2 - Os primeiro povoadores: desterrados, náufragos e sacerdotes 3 - O povoamento vicentista Realizado pelas bandeiras da Capitania de São Vicente, interessadas pela caça ao índio e buscas de metais.

3 4 - As fundações vicentistas São Francisco - Nossa Senhora da Graça do Rio de São Francisco (1658), por Manoel Lourenço de Andrade.

4 Desterro - Nossa Senhora do Desterro (1672), por Francisco Dias Velho.

5 Laguna - Vila de Santo Antônio dos Anjos de Laguna (1684), por Domingos de Britto Peixoto.

6 5 - O povoamento açoriano (e madeirense) -As ilhas do Arquipélago dos Açores – abalos sísmicos; precário desenvolvimento econômico da região; excesso populacional e escassez de alimentos em determinadas ocasiões.

7 -Cultura açoriana - tradição pesqueira; tecelagem manual; danças; festa do Divino Espírito Santo, entre outras.

8 6 - O caminho do sul O interesse econômico de abastecer as regiões de mineração com alimento e animal de transporte vindos do Sul.

9 7 - A fundação de Lages -Fundada por tropeiros em 1766, o local servia de paragem. Mais tarde, passou a se chamar Vila Nova dos Prazeres. -A Câmara da Vila de Laguna determinou a abertura de uma estrada ligando-a ao planalto - "estrada do rio do Rastro".

10 8 - Alemães, italianos e eslavos A Colonização Alemã -A primeira colônia européia em Santa Catarina - São Pedro de Alcântara, em Destacam-se a Colônia de Blumenau (1850); a Colônia Dona Francisca (1851), hoje denominada de Joinville; e a Colônia de Itajaí, denominada posteriormente de Brusque (1860).

11 8.2 - A colonização italiana -Destacaram-se as Colônias da Nova Itália (atual São João Batista) em 1836; a Colônia Brusque (1875) – Porto Franco (atual Botuverá e Nova Trento); Colônia Blumenau (1875) - Rio dos Cedros, Rodeio, Ascurra e Apiúna. Em 1877, funda-se a colônia Luís Alves e implantou-se os núcleos de Azambuja, Urussanga e Criciúma. -Mais tarde surgiu a colônia Grão Pará (atuais municípios de Orleans, São Ludgero e Braço do Norte). Em 1893, a colônia Nova Veneza (atuais Nova Veneza e Siderópolis). -A partir de 1910, com a vinda dos ítalo-brasileiros do Rio Grande do Sul, ocupou-se as áreas do Médio e do Extremo Oeste catarinense.

12 8.3 - A colonização eslava -Chegaram em Santa Catarina a partir de A partir de 1889, novas levas de imigrantes poloneses e russos chegavam ao Sul do Estado (Urussanga, Tubarão e Araranguá). Em 1900, vão ingressar nas localidades de Braço do Norte e Blumenau. Após a 1ª Guerra Mundial, tem-se novos ingressos, agora mais na região do meio-oeste e oeste do Estado.

13 8.4 - Imigração japonesa -Município de Frei Rogério Data de fundação - 20 de julho de Principais atividades econômicas – Agricultura - maior produtora estadual de pêra População habitantes. Colonização - Japonesa, italiana e alemã. Localização - Planalto Serrano.

14 8.5 - Colonização afro e afro-descendente -Jamais se pode esquecer ou ignorar a importância da colonização afro e/ou afro-descendente no Estado de Santa Catarina. Sua cultura de modo muito particular enriqueceu deveras a história do povo catarinense.


Carregar ppt "História de Santa Catarina 1 - O reconhecimento do litoral *Cartas geográficas (século XVI); *Expedições (Sebastião Caboto – 1526) -Por que o nome de Santa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google