A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Márcio Félix Carvalho Bezerra Secretário de Desenvolvimento do Espírito Santo Vitória, 11/06/2010 Fórum de Debates Econômicos O desenvolvimento econômico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Márcio Félix Carvalho Bezerra Secretário de Desenvolvimento do Espírito Santo Vitória, 11/06/2010 Fórum de Debates Econômicos O desenvolvimento econômico."— Transcrição da apresentação:

1 Márcio Félix Carvalho Bezerra Secretário de Desenvolvimento do Espírito Santo Vitória, 11/06/2010 Fórum de Debates Econômicos O desenvolvimento econômico do Estado do Espírito Santo e o cenário nacional e internacional

2 ESPÍRITO SANTO 2025: CONSTRUINDO O FUTURO Desenvolvimento do capital humano Desenvolvimento do capital humano Descentralização do desenvolvimento Descentralização do desenvolvimento Desenvolvimento da logística Desenvolvimento da logística Agregação de valor à produção e adensamento das cadeias produtivas Agregação de valor à produção e adensamento das cadeias produtivas

3 Fonte: IJSN CRESCIMENTO REAL ACUMULADO DO PIB

4 PRINCIPAIS INVESTIMENTOS NO ESPÍRITO SANTO CERCA DE R$ 65 BILHÕES SERÃO INVESTIDOS NO ESPÍRITO SANTO ATÉ 2014 E SERÃO GERADOS CERCA 50 MIL EMPREGOS. Destaques: Fibria, Jurong, Ferrous, termelétricas, EDP, ArcelorMittal, Vale, Petrobras, Samarco Mineração, WEG, Carta Fabril e, ainda, a construção de um superporto em Vitória.

5 FERROUS ADMINISTRAÇÃO PORTUÁRIA Investimento previsto: R$ 1,6 bilhão Empregos : 5 mil/obras e 1,2 mil operação Situação atual: EIA/RIMA Início da operação: 2013 Localização: Extremo Sul do Estado QUARTA USINA DA SAMARCO MINERAÇÃO QUARTA USINA DA SAMARCO MINERAÇÃO Investimento previsto: R$ 5 bilhões Empregos: 4.300/obras e 265/operação Situação atual: Licenciamento ambiental Início das obras: junho de 2011 Início da operação: final de 2013 Capacidade de produção: 8,25 milhões de toneladas de pelotas de minério de ferro Localização: Sul do Estado SIDERURGIA E MINERAÇÃO

6 COMPANHIA SIDERÚRGICA UBU (CSU) - VALE Investimento previsto: R$ 11 bilhões Empregos : 18 a 20 mil/obras e 18 mil diretos na operação Situação Atual: Licenciamento ambiental Início da operação: 2014 Capacidade: 5 milhões t/ano Localização: Anchieta, Sul do Estado OITAVA USINA DA VALE Investimento previsto: R$ 1,2 bilhão Empregos: 3 mil/obras e 350/operação Situação atual: Em andamento Início da operação: final de 2012 Localização: Grande Vitória CSU – Projeto conceitual

7 FPSO Capixaba (produção iniciada em maio/2010) Com dois poços produtores no pré-sal e quatro no pós-sal Capacidade: 100 mil barris por dia Campos: Cachalote e Baleia Franca P-57 (final de 2010) Com 15 poços produtores no pós-sal Capacidade: 180 mil barris por dia Campo: Jubarte P-58 (2013) Com sete poços produtores no pré-sal e oito no pós-sal Capacidade: 180 mil barris por dia Campo: Baleia Azul P-57 a caminho do Brasil NOVAS PLATAFORMAS – PARQUE DAS BALEIAS - PETROBRAS PETRÓLEO E GÁS NATURAL

8 ESTALEIRO JURONG ARACRUZ Investimento: R$ 800 milhões Empregos : 2,5 mil/construção | 3,5 mil/operação Situação atual: Condicionantes ambientais Início da operação: 2011 Capacidade de processamento: 3 mil t/mês Localização: Aracruz, Norte do Estado TERMINAL DE APOIO ÀS ATIVIDADES DE EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO OFFSHORE Em fase de licenciamento, será implantado em Anchieta, no Sul do Estado, para dar suporte às plataformas e às atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural offshore, inclusive do pré-sal, na bacia capixaba. O empreendimento prevê ainda uma retro área operacional da Petrobras e área para implantação de empresas fornecedoras.

9 PETRÓLEO E GÁS NATURAL TERMINAL AQUAVIÁRIO DE BARRA DO RIACHO - PETROBRAS Investimento previsto: R$ 500 milhões Empregos: 1.500/obras | 200/operação Situação atual: obra em andamento Início da operação: final de 2010 UNIDADE DE TRATAMENTO DE GÁS UNIDADE DE TRATAMENTO DE GÁS SUL CAPIXABA - PETROBRAS Investimento previsto: R$ 400 milhões Emprego: 1.800/obras e 200/operação Situação atual: em fase de implantação Início da operação: 2º semestre de 2010

10 PETRÓLEO E GÁS NATURAL FÁBRICA DE FERTILIZANTES NITROGENADOS - PETROBRAS Investimento previsto: US$ 2 bilhões Situação atual: em estudos Início da operação: Indefinido UNIDADE DE TRATAMENTO DE GÁS DE CACIMBAS (UTGC) - PETROBRAS Investimento previsto: R$ 3 bilhões Empregos: 3000/obras e 500/operação Início da operação: já iniciada BASE DE APOIO A PLATAFORMAS E ESTALEIRO DE REPAROS NAVAIS EDSON CHOUEST OFFSHORE Investimento previsto: R$ 300 milhões Situação atual: Em estudo

11 PAPEL E CELULOSE CARTA FABRIL Investimento: R$ 600 milhões Empregos : 360/obras e 400/operação Situação Atual: Obra iniciada Início da operação: 2011 Capacidade de produção: 30 mil toneladas de papel/ano. Expansão: Expectativa de ampliação para 120 mil ton. papel/ano em PORTOCEL II – FIBRIA ARACRUZ PORTOCEL II – FIBRIA ARACRUZ Investimento: R$ 250 milhões (até 2026) Empregos: 850/implantação e 725/operação Situação atual: fase de análise das complementações do EIA/RIMA Início do projeto: 2014 (primeira fase) Planta de localização

12 BENS DE CAPITAL FÁBRICA DE MOTORES WEG Investimento previsto: R$ 185 milhões Emprego: vagas na operação Situação atual: terraplenagem iniciada Início da operação: 2011 Localização : Linhares, Norte do Estado

13 PROJETOS PORTUÁRIOS DRAGAGEM E DERROCAGEM DA BAÍA DE VITÓRIA Investimento previsto: R$ 125 milhões Conclusão das obras: final do primeiro semestre de 2011 SUPERPORTO DE CONTÊINERES Investimento previsto: R$ 800 milhões Emprego: 2 mil empregos diretos na operação Situação atual: fase de estudo de viabilidade econômica, financeira e ambiental Localização: Grande Vitória

14 TERMELÉTRICAS Projetos: 8 vencedores dos leilões A-3 e A-5, da Aneel. A oferta de energia no ES irá triplicar com um acréscimo de mais de MW, até Autossuficiência Exportação de energia para outros estados ENERGIA Tevisa – Viana-ES

15 ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS E EVENTOS METALMECÂNICO METALMECÂNICO É um dos setores mais fortes da economia capixaba. Movimenta cerca de R$ 8 bilhões por ano, 17% do PIB estadual. Gera aproximadamente 30 mil empregos diretos nas quase empresas de transformação de metais e de produção de bens e serviços intermediários. Evento: Mec Show 2010, que acontece nos dias 28 a 30 de julho, no Pavilhão de Carapina, Serra, na Grande Vitória VESTUÁRIO A indústria do vestuário e acessórios movimenta cerca de empresas no Espírito Santo, incluindo micro, pequenas e médias. Essas empresas estão localizadas em vários municípios, com destaque para Colatina, no Noroeste do Estado, e também para a Região Metropolitana da Grande Vitória. Evento: Vitória Moda Show, em setembro.MOVELEIRO No Espírito Santo está situado o pólo moveleiro de Linhares, o sexto maior em móveis seriados do País. Evento: Espírito Santo Móvel Show 2010, 24 a 27 de agosto, no Pavilhão de Carapina, Serra, na Grande Vitória ROCHAS ORNAMENTAIS O Espírito Santo possui uma das maiores reservas de mármore e granito do País. Dispõe de um parque industrial com cerca empresas, responsáveis por mais da metade dos teares instalados no país. Evento: Vitória Stone Fair, em fevereiro; Cachoeiro Stone Fair, em agostoENERGIA – Fórum Capixaba de Energia: Considerado um dos mais importantes do calendário nacional, será realizado no dia 23 de março, em Vitória. – Vitória Oil & Gas: Realizado pelo Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP), a feira acontecerá em novembro de 2011.

16 Márcio Félix Carvalho Bezerra Secretário de Desenvolvimento do Espírito Santo Vitória, 11/06/2010 Fórum de Debates Econômicos OBRIGADO!


Carregar ppt "Márcio Félix Carvalho Bezerra Secretário de Desenvolvimento do Espírito Santo Vitória, 11/06/2010 Fórum de Debates Econômicos O desenvolvimento econômico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google