A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SOA x eSOA Na prática Paulo Sergio Rodrigues Especialista em Estratégia e Soluções SAP (11) 3877-1193 e (11) 8199-9645

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SOA x eSOA Na prática Paulo Sergio Rodrigues Especialista em Estratégia e Soluções SAP (11) 3877-1193 e (11) 8199-9645"— Transcrição da apresentação:

1 SOA x eSOA Na prática Paulo Sergio Rodrigues Especialista em Estratégia e Soluções SAP (11) e (11)

2 Objetivos do Negócio

3 © 2008, Confidencial Objetivos de negócios Lista de desejos dos CEO´s 1Reduzir custos através de maior eficiência e aumento de produtividade 2Viabilizar a inovação de negócios 3Criar vantagens competitivas 4Apoiar o crescimento 5Melhorar a satisfação de clientes 6Permitir o cumprimento de exigências regulatórias 7Permitir operações globais Fonte: CIO Magazine Outubro 2004; entrevista feita com 544 CEOs PRODUTIVIDADE DIFERENCIAÇÃO SUSTENTÁVEL As Empresas, em geral, possuem fortes exigências em termos de desempenho e eficiência de processos

4 Definindo o conceito de SOA

5 © 2008, Confidencial Custom Systems Design Life Cycle ModelBest Practice Template ModelNext-Generation BSI Model Evolução dos Sistemas de Negócios Best-Practice Departmental Applications MRP (Manufacturing) MRP II (+ Finance) ERP (+ Human Resources) Extended ERP (CRM, SCM) Enterprise-to- Enterprise ERP (Internet, TPI, Industry Templates) Componentized, Services Oriented ERP Business Process Re-engineering Package- Enabled BPR Total Quality Management Six Sigma Process Digitization Enterprise Business Process Management BUSINESS/IT DIVIDE (Dont automate. Obliterate.) PRIMARY IMPLEMENTATION APPROACH

6 © 2008, Confidencial O que é Service-Oriented Architecture? SOA pode ser definido como uma metodologia de implementação e desenho de aplicações (Architecture), mesmo não acopladas, de baixa granularidade e com artefatos reusáveis (Serviços), que podem ser integrados uns com os outros através de serviços de interfaces, independente das plataformas utilizadas. Fonte: Gartner Group

7 © 2008, Confidencial A arquitetura orientada a serviços (SOA) é uma filosofia de projeto de sistemas que permite uma arquitetura mais flexível para sistemas de informação, possibilitando assim uma melhor resposta aos desafios que o mercado impõe às empresa no que diz respeito à agilidade, à qualidade e à velocidade na execução dos processos de negócios. O grande desafio que o SOA busca resolver é o de possibilitar que os profissionais de TI consigam se aproximar cada vez mais da visão e da necessidade dos negócios da empresa, sem ficarem bloqueados por questões tecnológicas que impedem que os sistemas respondam de forma adequada às demandas dos profissionais das áreas de negócios. O SOA surge com o objetivo de criar sistemas flexíveis, que promovam a agilidade no modelo dos ERPs atuais, para atingir sistemas aderentes aos processos da empresa. Dessa forma, busca-se uma maneira de reduzir os gastos para atender as necessidades impostas pelo mercado ao negócio da empresa, minimizando as customizações dos ERPs, e tendo maior agilidade no atendimento por TI das alteração de processos de negócios. O BPM é considerado a infra-estrutura para o SOA, e traz como seu objetivo maior, dar um salto qualitativo na execução dos processos e orquestração dos serviços, porque foca na aderência aos processos, independentemente dos dados. Fonte: Blog The BPM Experience. O que é Service-Oriented Architecture?

8 © 2008, Confidencial Identificando um SOA n Componentes Modulares e reutilizáveis n Compartilhamento de Serviços n Aplicações de fácil acoplamento n Arquitetura baseada em padrões n Controle Federado Principios de uma aplicação SOA

9 © 2008, Confidencial SOA – O que é e o que não é n SOA é uma filosofia de desenho, não uma tecnologia ou metodologia n SOA não é um produto n SOA não é Web Services. Web Services é um dos elementos para o SOA n SOA é o meio, não o fim. Oportunidades emergem quando o SOA é utilizado. Os Mitos n Serviços e componentes são a mesma coisa. n Qualquer uso de serviços é SOA. n Uso de J2EE ou.NET automaticamente resulta em SOA.

10 Por que SOA? O que os analistas dizem

11 © 2008, Confidencial As previsões são otimistas…. "Pelo menos 60 a 70% do dinheiro sendo gasto hoje em middleware integrado tradicional e tecnologias voltadas para objetos devem passar para SOAs nos próximos três a quatro anos." - ZapThink "Ao longo de 2005, o foco em SOA vai aumentar muito. Até 2008, SOA será incorporado a 30% dos modelos de negócios das empresas inovadoras da lista da Global 2000, levando a mudanças nas empresas e aproveitamento das economias de rede." – Meta Group "De acordo com The Yankee Group, 75% das empresas planejam investir na tecnologia e pessoal necessários para habilitar uma arquitetura voltada para serviços (SOA)." - Yankee Group "Ao longo de 2015, SOA vai transformar software de um inibidor em um habilitador de mudanças de negócios, mas será preciso aumentar os investimentos para alcançar essa meta. SOA vai levar as receitas de software pronto para serviços por assinatura e de conjuntos monolíticos para aplicações compostas." – Gartner "Ao longo de 2015, SOA vai transformar software de um inibidor em um habilitador de mudanças de negócios, mas será preciso aumentar os investimentos para alcançar essa meta. SOA vai levar as receitas de software pronto para serviços por assinatura e de conjuntos monolíticos para aplicações compostas." – Gartner

12 © 2008, Confidencial Serviços Profissionais de TI Globais Serviços Profissionais de TI Globais usando Serviços de Web Serviços Profissionais de TI Globais usando SOAs e Serviços de Web (SOBAs) Tendência dos Investimentos em TI nUsando SOAs e Serviços de Web para produzir resultados de aplicações de negócios em SOBAs. nServiços de Web e mercados de SOA NÃO são oportunidades de mercado incrementais. nServiços de Web e mercados de SOA mostram uma tendência universal em tecnologia US$ Bilhões Fonte: Apresentação do Gartner, 10/7/2004 Mudança de US$ 340 bilhões nos próximos três anos

13 Definindo o conceito de eSOA

14 © 2008, Confidencial SOA é importante, mas não é tudo ENTERPRISE SERVICES CAPTURA A SEMÂNTICA DE NEGÓCIOS E REPRESENTA A LINGUAGEM COMUM DE NEGÓCIOS

15 © 2008, Confidencial Repensando a Arquitetura: Service Oriented Architecture Provável CaosIntegridade

16 © 2008, Confidencial Evolução da Tecnologia da Informação Mainframe Client/Server Web Services Oriented Architecture (SOA) Enterprise Services Architecture Open Standards Web Services Processos Adaptáveis SAP NetWeaver SOA + Business context + where it makes sense = Enterprise SOA

17 © 2008, Confidencial ENTERPRISE SERVICES SAP NetWeaver ERP CRM Enterprise Services Repository PLM SRM SCM Manufacture-to-Inventory Order-to-Cash Procure-to-Pay mySAP Business Suite REINVENTANDO O PROCESSO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO O conceito de composição de uma aplicação de negócios DIFERENCIAÇÃO PRODUTIVIDADE

18 © 2008, Confidencial ENTERPRISE SERVICES SAP NetWeaver ERP CRM Enterprise Services Repository PLM SRM SCM Plan Manuf. Auction SAP Business Suite ENTERPRISE SERVICES Source Procure P2P O2C M2i O conceito de composição de uma aplicação de negócios REINVENTANDO O PROCESSO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO DIFERENCIAÇÃO PRODUTIVIDADE

19 © 2008, Confidencial ERP CRM PLM SRM SCM PRODUTIVIDADE DIFERENCIAÇÃO REUTILIZAÇÃO DE ETAPAS DE PROCESSOS E ENTERPRISE SERVICES EXISTENTES SAP NetWeaver ENTERPRISE SERVICES SAP NetWeaver Plan Manuf. Auction Source Procure Disponibilidade para venda P2P O2C M2i Enterprise Services Repository REINVENTANDO O PROCESSO DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO O conceito de composição de uma aplicação de negócios

20 © 2008, Confidencial Enterprise Services Habilitam Empresas Ageis Construir vs. Comprar – Incorporando uma Terceira Opção Construir em Casa Construir em Casa Construir Desenvolvimentos customizados Construir en Casa Construir en Casa Comprar Aplicações pacotes CRMERP... Comprar CRMERP... Compor

21 Um Exemplo Prático Nfe Power by NetWeaver

22 © 2008, Confidencial Solução NF-e by FirsTeam (Saída NF-e) Usuário ou Ñ SAP SEFAZ Cliente Grava NF Gera XML Recibo FILA Recibo Validação: - Assinatura? - XML ok? - Autorizada? Contingência NFe ok - Protocolo NFe Autorizada Grava Status Grava Recibo/ Protocolo Monitor Status Consulta NF-e Imprime NF ou DANFE (FS) Imprime DANFE Consulta NF-e Envia NF Assina XML PI/BPM BW Portal/KM SAP NetWeaver TM Grava NF-e Autorizada Envio XML p/ Cliente Gera NF Consulta Consulta Contribuinte Atualiza Cadastro ERP Web Service

23 © 2008, Confidencial Solução NF-e by FirsTeam (Entrada NF-e) Portal de Fornecedores, Web Site ou Fornecedores Filiais XML Usuário PI/BPM/CAF BW Portal/KM SAP NetWeaver TM SAP ERP Atualização MIRO / MIGO XML SEFAZ Usuário Monitoramento do processo Visualização e Tratamento de inconsistências Consulta validade DANFE

24 Enterprise SOA Como chegar lá?

25 © 2008, Confidencial Como vem sendo adotado pelo mercado? Fonte: InfoWorld 2007 n 42% em planejamento ou piloto n 33% serviços departamentais ou para toda a empresa n 25% não consideram ou não sabem Qual é estágio atual de adoção de SOA da sua empresa?

26 © 2008, Confidencial Qual é o fator inibidor da adoção de SOA na sua empresa? Fonte: InfoWorld 2007 (IDC) n 50% falta de governança de SOA n 40% dificuldade em definir o Roadmap n 39% Imaturidade dos padrões e performance

27 © 2008, Confidencial Fonte: InfoWorld 2007 (IDC) Qual é o desafio/obstáculo que sua empresa enfrenta na adoção de eSOA? n 46% falta de perfil e treinamento n 45% barreiras entre TI e Negócios n 41% falta de Boas Práticas Qual é o desafio/obstáculo que sua empresa enfrenta na adoção de eSOA?

28 © 2008, Confidencial Foco nas ferramentas e não na mudança comportamental necessária Desconsiderar aspectos de gestão de mudanças Não dedicar esforço adequado ao planejamento, análise de requisitos e desenho Dificuldade em definir a granularidade dos serviços e selecionar os que atendam às necessidades dos negócios. Dificuldade em comunicar os benefícios de SOA para a organização Falta alinhamento entre TI e Negócios para a adoção de SOA (patrocínio, recursos, justificativas...). Principais dificuldades na adoção de SOA

29 © 2008, Confidencial Quais são as implicações desta mudança

30 © 2008, Confidencial Quais são as implicações desta mudança Conjunto de ferramentas deve evoluir para suportar o novo conjunto de capacidades

31 © 2008, Confidencial Quais são as implicações desta mudança Conjunto de capacidades - Especialista em Processos de Negócios: Pessoas na empresa

32 © 2008, Confidencial Quais são as implicações desta mudança

33 © 2008, Confidencial Alinhamento é uma grande preocupação para os CIOs, uma vez que ajuda a equilibrar forças internas e externas que as organizações de TI precisam enfrentar. CLIENTES Maior diversidade de segmentos de clientes Demanda por rapidez, customização MERCADOS Crescimento de concorrentes não tradicionais e novas maneiras de distribuir produtos Requisitos de regulamentações como SOX TECNOLOGIA As tendências de TI tornam-se mais difíceis de planejar, prever e avaliar AS PRESSÕES EXTERNAS AOS NEGÓCIOS TORNAM-SE MAIS COMPLEXAS... ECONOMIA 73% dos grupos de TI terceirizam mais Uso crescente de padrões como Six Sigma INOVAÇÃO E CRESCIMENTO CIOS precisam contribuir para a agenda de crescimento, enquanto enfrentam cortes Apenas 22% dos CEOs entendem TI como inovadora TRANSPARÊNCIA DE TI Apenas 58% exigem a medição do valor de novas iniciativas de TI...AO PASSO QUE A PRESSÃO INTERNA SOBRE OS CIOS AUMENTA Fontes: CIO.com, 47% dos CIOs acredita que suas organizações de TI estão mal alinhadas. Alinhamento TI-Negócios Desafios de Alinhamento Enfrentados por CIOs

34 © 2008, Confidencial A falta de alinhamento resulta em uma série de custos que afetam TI e negócios. Fonte: Giga Group, Gartner Group, Standish Group, CCTA, Brunel University PRINCIPAIS INDICADORES Falta de estratégia de TI para inovação e crescimento Custos fixos altos estrutura em silos por unidade de negócios, região ou função Processos imaturos Falta do conjunto necessário de capacidades Integração fragmentada de aplicações Falta de transparência de TI IMPACTO DE CUSTOS DE TI E NEGÓCIOS Terceirização ad-hoc de função de TI Os projetos demoram muito Baixo retorno dos investimentos em TI Projetos valiosos ficam sem financiamento Líderes de TI são deixados fora de decisões estratégicas; as ordens são apenas para "manter tudo funcionando" Quada na motivação e satisfação com o trabalho do pessoal de TI Unidades de negócios competem por recursos, deixando apra TI o papel de árbitro O CICLO DA FALTA DE ALINHAMENTO ORÇAMENTO INSUFICIENTE DISPONÍVEL PARA INOVAÇÕES PERCEPÇÃO DE BAIXA RESPONSIVIDADE CORTES DE ORÇAMENTOS, PROJETOS DE TECNOLOGIA SOMBRA ALTA PERCENTAGEM FIXA DE GASTOS DE TI Estima-se que o custo direto da falta de alinhamento de TI seja de, pelo menos, US$ 250 bilhões por ano. Alinhamento TI-Negócios O Custo da Falta de Alinhamento

35 © 2008, Confidencial Através de nossa experiência com clientes e pesquisas de práticas líderes, identificamos comportamentos chave de empresas bem alinhadas. Esses atributos resultam em provável valor de TI. COMPORTAMENTOS PRINCIPAIS DE LÍDERES DE TI Intenso foco em atender as necessidades da indústria com investimentos e P&D em software específicos para a indústria (i.e., ofertas de Automação de Marketing e Medições de Valor de Cliente da Teradata). Grande número de Fornecedores de Software (i.e., a HP tem 120 parceiros de ISV). As empresas de TI estão investindo em soluções focadas na indústria que vinculam desafios de negócios com uma solução de TI (i.e., ofertas de back-office e integração de múltiplos canais da CSC onde fazem parcerias com a IBM, Microsoft, Oracle, e- Bank e outros). …ENABLE THEM TO MOVE UP THE SERVICE DELIVERY MATURITY SCALE…/// RígidoReativoFlexívelAdaptativo Ágil Categorias de Maturidade de Agilidade Alinhamento / Rápido Retorno do Investimento Em Silos Com Base em Processos Com Base em Serviços COMPORTAMENTOS DE EMPRESAS BEM ALINHADAS... Participação executiva e responsabilidade no planej. de estratégias de negócios que envolvem tecnologia. Estratégias de negócios claramente diferenciadas e articuladas com as capacidades de TI necessárias. Tomadas de decisões justas e objetivas. Processo de Governança de TI com critérios claros de priorização, freqüentes revisões de portifólio e medidas quantitativas. Gerentes de relacionamento para facilitar a comunicação. Melhoria contínua....QUE REALIZAM BENEFÍCIOS TANGÍVEIS PARA NEGÓCIOS E TI TI é vista como uma vantagem competitiva. maior agilidade para responder às dinâmicas de negócios e mercado. Orçamento maior disponível para crescimento. Decisões mais rápidas sobre financiamento de projeto. Arquitetura comum econômica. Maior credibilidade com a empresa. Menor pressão de cima para baixo sobre o orçamento. Moral de TI mais alta. Os investimentos em alinhamento estão dando retorno - muitas empresas que investiram em iniciativas para melhorar o alinhamento usufruem de um Retorno sobre ativos 20% maior do que outras empresas na mesma indústria. - Pesquisa do MIT Center for Information Sciences Alinhamento TI-Negócios O Benefício do Alinhamento

36 Outros Exemplos

37 © 2008, Confidencial Exemplo de roadmap para Degussa Desenvolvimento de um roadmap para aumentar qualidade e flexibilidade do processo de Order-to-cash baseado em uma arquitetura orientada a serviço Evolução da infra-estrutura heterogênea de IT usada pelas várias unidades de negócio para fornecer mais eficiência matendo a flexibilidade para suportar novos negócios Objetivos Um blueprint de uma arquitetura corporativa de serviços baseados em SAP ERP, SAP XI e SAP MDM Programa de implementação para enterprise SOA Roadmap de médio prazo planejado para order-to-cash e processo de informações gerencais Resultados Enterprise SOA Roadmap Consultores SAP possuem uma grande expertise relativa aos seus produtos e falam com autoridade sobre IT e negócio. Este roadmap mostrará o caminho para IT e a área de arquitetura de negócio que juntos nos habilitarão a responder mais rapidamente as mudanças de negócio e a parceria entre nossas unidades de negócio e a comunidade de TI. Pat Lauver, Lider do Centro de Competência & Application Services, Degussa AG Referências Desenvolver um roadmap para evolução dos processos de negócios

38 © 2008, Confidencial Velocidade para Mercado: Transformar idéias em produtos mais rápido que competidores pela criação de um processo para inovação. Diminuição do ciclo de vida de inovação de produto em 50%. Insight: Aumentar taxa de successo e eliminar reinvenções com gerenciamento de portfolio. Consolidar: Processos de negócios de várious países dentro de um centro de serviços compartilhados. Economia anual de $70 a $80 milhões para ,000 empregados, #1 ou #2 marcas em 80 países. Desenvoler novas oportunidades, velocidade de inovacões para mercado, aumentar a taxa de sucesso, reduzir custos e habilitar RFID para Wal-Mart. Novos processos de desenvolvimento de produtos habiliatdos pelos SAP xApps SAP NetWeaver como uma plataforma para um processo de integração fim-a-fim e conexão para sistemas non SAP. Desafios A SOLUÇÃO OS BENEFICÍOS Kimberly Clark Diminuir o go to market com SAP NetWeaver

39 © 2008, Confidencial Velocidade: Mudança de portfolio de produto em coffee stores semanalmente para atender requisitos sazonais. $4.2 bilhões, cada semana há uma novo tema, como ski gear, kitchen utensils, etc. Flexibilidade: Provisionamento eficiente de produtos nas lojas suportados por uma cadeia de suprimento integrada. Estoque e provisionamento integrado, taxa de retorno reduzida para 4%. Produtividade: Distribuição ágil e controle de estoque para suportar estratégia sofisticada de canais cativos. Redução de custo de HW em51%, clientes e fornecedores via portais. Necessidade de suportar estratégia de vendas semanais com mudança de portfolio de produto. Necessidade de alavancar uma ampla rede de varejo. Necessidade gerenciar eficientemente milhares de lojas de varejo e controlar a cadeia de suprimentos. Integração de processo fim-a-fim com lojas de varejos com SAP NetWeaver. Integração do sistema de POS através da rede de lojas em menos de 10 semanas. Gerenciamento de informações executivas com SAP NetWeaver. Desafios A SOLUÇÃO OS BENEFÍCIOS TCHIBO Leverage captive channel to sell more products with SAP NetWeaver

40 © 2008, Confidencial Velocidade: Aquisições locais integradas para suportar premium global brand nos mercados locais > 170 marcas, ~30 aquisições por ano, ~6 semanas por cervejaria Produtividade: Otimização máxima da rede de produção e distribuição local para prover padrões de demandas. Integração de uma rede de mais de 110 cervejarias em 50 países Consolidação: Custo efetivo de serviços compartilhados e desenvolvimento de novas aplicativos. Alavancar investmentos em tecnologia e SAP para cervejarias de todos os tamanhos. Necessidades de TI para suportar aquisições rápidas de cervejarias locais para construir marcas complementares. Otimização transparente da rede de produção e distribuição local. Integração de processos na cadeia de suprimentos local. Desafios Soluções OS BENEFÍCIOS Heineken Aquisições locais integradas rapidamente com SAP NetWeaver Rápido integração de processos fim-a-fimcom SAP NetWeaver Padronização & reuso de enterprise services para compor outros serviços rapidamente

41 SOA x eSOA Na prática Paulo Sergio Rodrigues Especialista em Estratégia e Soluções SAP (11) e (11)


Carregar ppt "SOA x eSOA Na prática Paulo Sergio Rodrigues Especialista em Estratégia e Soluções SAP (11) 3877-1193 e (11) 8199-9645"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google