A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTUDO PRELIMINAR SOBRE OS SARCOFAGÍDEOS (INSECTA,DIPTERA) NA BASE PETROLÍFERA DE PORTO URUCU, COARI, AMAZONAS. Fernando da Silva Carvalho Filho (UFPA)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTUDO PRELIMINAR SOBRE OS SARCOFAGÍDEOS (INSECTA,DIPTERA) NA BASE PETROLÍFERA DE PORTO URUCU, COARI, AMAZONAS. Fernando da Silva Carvalho Filho (UFPA)"— Transcrição da apresentação:

1 ESTUDO PRELIMINAR SOBRE OS SARCOFAGÍDEOS (INSECTA,DIPTERA) NA BASE PETROLÍFERA DE PORTO URUCU, COARI, AMAZONAS. Fernando da Silva Carvalho Filho (UFPA) Maria Cristina Esposito (UFPA) II Workshop de Avaliação Técnica e Científica da Rede CTPetro Amazônia 27 a 30 de novembro de 2006

2 ... Aqui [Brasil], na fertilidade de um clima como este, são tantos os atrativos que não se pode nem mesmo dar um passo sem lamentar a perda de uma novidade qualquer. Charles Darwin, Viagem de um naturalista ao redor do mundo

3 Introdução Família Sarcophagidae Família Sarcophagidae

4 Introdução

5 Introdução

6 Objetivos Caracterizar a fauna de sarcofagídeos em termos de composição e abundância nos três ambientes amostrados (mata primária, clareira natural e clareira artificial). Caracterizar a fauna de sarcofagídeos em termos de composição e abundância nos três ambientes amostrados (mata primária, clareira natural e clareira artificial).

7 Material e Métodos Duas campanhas de coleta: 21 a 28 setembro de 2004 e 23 a 30 de junho de Duas campanhas de coleta: 21 a 28 setembro de 2004 e 23 a 30 de junho de Três ambientes: Três ambientes: 1. clareira natural (5): Nat 1, 2, 3, 8 e 9 2. clareira artificial (5): Jaz 19, 46, 40, 28 e Luc Mata (5)

8 Armadilha empregada Armadilha empregada Material e Métodos

9 Triagens no laboratório de Ecologia e Zoologia de Invertebrados do CCB, UFPa e no laboratório de Entomologia do MPEG. Espécimes depositados na Coleção Entomológica do MPEG Triagens no laboratório de Ecologia e Zoologia de Invertebrados do CCB, UFPa e no laboratório de Entomologia do MPEG. Espécimes depositados na Coleção Entomológica do MPEG Utilização do teste do Qui-quadrado, com p<0,01, para verificar as diferenças nos padrões de abundância das famílias e espécies nos três ambientes amostrados. Utilização do teste do Qui-quadrado, com p<0,01, para verificar as diferenças nos padrões de abundância das famílias e espécies nos três ambientes amostrados.

10 Resultados e Discussão

11 Tabela 1. Padrões de abundância e riqueza de Sarcophagidae; nos três ambientes amostrados da Província Petrolífera de Porto Urucu nos meses de setembro de 2004 e junho de Clareira artificial Clareira naturalMataTotal N° de espécies N° de indivíduos

12 Espécies Clareira artificial Clareira naturalMataTotal Peckia (Pattonella) intermutans (Thomson, 1869) Peckia (Peckia) chrysostoma (Wiedemann, 1830) Peckia (Squamatodes) ingens (Walker, 1849) Peckia (Squamatodes) trivittatus (Curran, 1927) Peckia (Euboettcheria) collusor (Curran & Walley, 1934) Peckia (Euboettcheria) sp Tabela 2. Padrões de abundância das espécies de Sarcophagidae, nos três ambientes amostrados da Província Petrolífera de Porto Urucu nos meses de setembro de 2004 e junho de 2005.

13 Espécies Clareira artificial Clareira naturalMataTotal Sarcodexia lambens (Townsend, 1892) Nephochaetopteryx pallidiventris Townsend, Helicobia sp1 Coquillet, Oxysarcodexia spp O. amorosa (Schiner, 1868) O. thornax (Walker, 1849) Não identificados (Continuação) Tabela 2. Padrões de abundância das espécies de Sarcophagidae, nos três ambientes amostrados da Província Petrolífera de Porto Urucu nos meses de setembro de 2004 e junho de 2005.

14 EspécieFêmeasMachosTotal Nephochaetopteryx pallidiventris1(100%)01 Peckia (Euboettcheria) collusor5(100%)05 Peckia (Euboettcheria) sp1 0 7 (100%)7 Peckia (Squamatodes) ingens01(100%)1 Peckia (Peckia) chrysostoma42(77,7%)12(22,3%)54 Peckia (Pattonella) intermutans36(100%)036 Peckia (Squamatodes) trivittatus01(100%)1 Sarcodexia lambens94(81%)22(19%)116 Helicobia sp13(100%)03 Tabela 3. Números absolutos e porcentagens de fêmeas e de machos de dípteros Sarcophagidae coletados na Província Petrolífera de Porto Urucu nos meses de setembro de 2004 e junho de 2005.

15 S. innota Peckia (Pattonella) intermutans Peckia (Peckia) chrysostoma Resultados e Discussão

16 Comparação com outros levantamentos: Comparação com outros levantamentos: 1. Lopes & Tibana (1991) na Ilha de Maracá, Roraima=25 espécies 2. Couri et al. (2000) Serra do Navio, Amapá =12 espécies. 3. Esposito & Linhares (2002) na Floresta Nacional de Caxiuanã, Pará=6 espécies. 4. Leandro & Almeida (2005) na Mata Atlântica, Rio de Janeiro=22 espécies.

17 Resultados e Discussão Outros métodos empregados na captura de moscas Sarcophagidae

18 Resultados e Discussão As espécies Nephochaetopteryx pallidiventris, Peckia (Squamatodes) ingens e Peckia (Squamatodes) trivittatus são novos registros para a região. As espécies Nephochaetopteryx pallidiventris, Peckia (Squamatodes) ingens e Peckia (Squamatodes) trivittatus são novos registros para a região. Não foi possível a identificação em nível específico dos espécimes do gênero Helicobia. Não foi possível a identificação em nível específico dos espécimes do gênero Helicobia. A espécie Peckia (Euboettcheria) sp1 apresenta padrões distintos e únicos na genitália do macho. Possivelmente trata-se de uma espécie ainda não descrita. A espécie Peckia (Euboettcheria) sp1 apresenta padrões distintos e únicos na genitália do macho. Possivelmente trata-se de uma espécie ainda não descrita.

19 Genitália masculina de Peckia (Euboetticheria) sp1.; A) vista lateral; B) vista frontal Genitália masculina de Peckia (Euboetticheria) sp1.; A) vista lateral; B) vista frontal A B

20 A espécie S. lambens é uma das mais abundantes na região amazônica, como observado nas coletas intensivas realizadas em Monte Dourado/PA (Esposito & Melo, dados não publicados) e Ilha de Maracá/RR (Lopes & Tibana, 1991). A espécie S. lambens é uma das mais abundantes na região amazônica, como observado nas coletas intensivas realizadas em Monte Dourado/PA (Esposito & Melo, dados não publicados) e Ilha de Maracá/RR (Lopes & Tibana, 1991). Os dípteros sarcofagídeos parecem ser beneficiados pela abertura de clareiras pela atividade antrópica tendo em vista o predomínio dos mesmos em clareiras artificiais. Os dípteros sarcofagídeos parecem ser beneficiados pela abertura de clareiras pela atividade antrópica tendo em vista o predomínio dos mesmos em clareiras artificiais. O predomínio das fêmeas está relacionado O predomínio das fêmeas está relacionado com a necessidade das mesmas em obterem nutrientes (proteína) necessários ao desenvolvimento de seus ovócitos e a procura de substratos de oviposição. Resultados e Discussão

21 OBRIGADO PELA ATENÇÃO !


Carregar ppt "ESTUDO PRELIMINAR SOBRE OS SARCOFAGÍDEOS (INSECTA,DIPTERA) NA BASE PETROLÍFERA DE PORTO URUCU, COARI, AMAZONAS. Fernando da Silva Carvalho Filho (UFPA)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google