A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

T I M E Pró-Reitor de Administração: Julio César Peres Simi Diretor de Orçamento e Finanças: Gustavo Reis San Martin Setor de Execução Orçamentária.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "T I M E Pró-Reitor de Administração: Julio César Peres Simi Diretor de Orçamento e Finanças: Gustavo Reis San Martin Setor de Execução Orçamentária."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 T I M E Pró-Reitor de Administração: Julio César Peres Simi Diretor de Orçamento e Finanças: Gustavo Reis San Martin Setor de Execução Orçamentária e Financeira: João Pedro Pereira dos Santos Setor de Compras e Licitações: Débora Pinheiro Santos Setor de Importações: Eleandro Rodrigues Setor de Almoxarifado e Patrimônio: Klaus Vargas Karnopp Setor de Engenharia: Pedro Henrique Bürger Pozzebon Setor de Serviços de Apoio: Marcelo Bitencourt Moares Setor de Contabilidade: Gilson Edo Alves Parodes Setor de Prestação de Contas, Convênios e Contratos: Mirian Marciane Barth Setor de Diárias e Passagens/Afastamentos País: Laura Zucuni Guasso Setor de Protocolo: Naiane Soares Druzian Serviços de Portaria: Cláudio Correa

4 Diretoria de Gestão de Pessoas: a)Coord. Geral de Legislação Cadastro e Pagamento: a.1 Setor de Pagamento a.2 Setor de Lotação e Cadastro b)Coord. Geral de Seleção, Aperfeiçoamento e Acompanhamento de Pessoal b.1 Setor de Seleção, Ingresso e acompanhamento de pessoal

5 DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS PATRIMÔNIO/ ALMOXARIFA DO COMPRAS/ LICITAÇÕES/ IMPORTAÇÕES SETOR EXECUÇÃO ORÇAMENTÁ RIA E FINANCEIRA CONTABILIDADE SERVIÇOS DE APOIO COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA SETOR PRESTAÇÃO DE CONTAS, CONVÊNIOS E CONTRATOS PROTOCOLO SETOR DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS

6 Encaminha para aprovação Assinatura Autorização Financeira Cadastra no SCDP SOLICITAÇÃO Diárias - SCDP

7 Recebe o relatório de viagem Anexa no SCDP Encaminha para aprovação PRESTAÇÃO DE CONTAS

8 Pesquisa de horários e valores no site Requisição de reserva e compra – Classic Turismo Encaminha para o solicitante

9 Transferência de dados no sistema SIMEC Colher dados mensais para cadastro no PPA Objetivos e metas do governo SIMEC

10 A cada quadrimestre é recolhido informações junto aos campi Enviado para a CGU – Sistema de Transferência de Informações

11 É elaborado o despacho com base nos dados do processo Autorização – Pró-Reitor de Administração Autorização do Reitor

12 Diariamente é retirado os lotes Anexa comprovantes Conformidade SIAFI

13 FUNÇÕES BÁSICAS Auxiliar e Orientar o Setor Solicitante da Compra, para correta confecção da Prévia do Termo de Referência, fazendo constar todas as especificações dos materiais ou serviços, com as exigências para fornecimento ou execução, a fim de evitar frustrações no recebimento do material ou da prestação do serviço Coordenar e Executar o Processo Licitatório na sua integralidade (Fase Interna e Externa) Preocupar-se em Elaborar Procedimentos e Documentos Padrões, a fim de Uniformizar e Organizar o Processos de Compras do Instituto Federal Farroupilha Elaborar Editais de Licitação, Minutas de Termo Contrato e demais documentos que compõe os procedimentos de compras, seja por licitação, seja por Dispensa ou Inexigibilidade

14 1 – Objetivo: Aquisição de bens e materiais importados para utilização em pesquisas científico-tecnológicas, com isenção de tributos federais. 2 - Legislação Aplicada: Lei 8.010/1990; Lei 8.666/1993; IN SRF 799/2007; RDC 01/2008 ANVISA; Decreto 4.543/2002; Lei / Formas de Importação: Importa Fácil Ciência – Processo Simplificado – Limite de Importação até U$ ,00; Importação Via SISCOMEX 4 – Principais Etapas do Processo -Identificação do produto e classificação fiscal -Registro no Sistema -Solicitação de Cotação Internacional (PROFORMA) -Instrução processual e Tratamento Administrativo -Cálculo de Custo de Importação -Câmbio e Pagamento Internacional -Logística (entrega, prazos, desembaraço) -Despacho Aduaneiro de Importação

15 Coordenar a execução orçamentária e financeira; Coordenar os processos de realização de empenho; Controlar as diferentes formas de pagamentos e recebimentos de recursos; Participar do processo de prestação de contas; Apropriação e liquidação da FOPAG;

16 IFFarroupilha celebra TC com a Unidade Concedente Recebe crédito e repassa aos Campi Faz prestação de contas TERMO DE COOPERAÇÃO é o instrumento por meio do qual é ajustada a transferência de crédito : de órgão da administração pública federal para outro órgão federal da mesma natureza ; CONVÊNIO instrumento que disciplina a transferência de recursos financeiros de órgão da administração pública federal, para órgão ou entidade da administração pública estadual, distrital ou municipal;

17 É um serviço administrativo propriamente dito. controle dos prazos de vencimento, de prorrogação; termos aditivos e apostilas; monitoramento e orientação da fiscalização; Etc. GESTÃO DE CONTRATOS FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS Cuida-se pontualmente de cada contrato. implica a garantia de que o serviço será prestado conforme previsto; uma eficiente atuação do fiscal poderá maximizar os resultados da prestação de serviços, garantindo a qualidade. CONTRATOS

18 Foi criada proposta de Programa de Gestão de Documentos para o IFFarroupilha, de acordo com a Legislação Vigente: Esta proposta foi apresentada primeiramente aos Pró-Reitores e ao Reitor, e após, foi apresentada ao Colégio de Dirigentes. Lei n° 8.159/1991 Decreto n° 4.073/2002 Portaria Normativa 05/2002 Decreto n° 4.553/2002 Decreto n° 4.915/2003 Resoluções do CONARQ

19 OBJETIVO GERAL DA GESTÃO DE DOCUMENTOS: Gerir o conjunto documental do IFFARROUPILHA, independente do seu suporte ou espécie, desde a sua produção até a destinação final; A fim de... Garantir acesso rápido e preciso aos documentos; Proteger e zelar os acervos documentais; Etc...

20 FUNÇÕES BÁSICAS INFORMAR COORDENAR ORIENTAR E AUXILIAR CONTROLAR GESTORES E ÓRGÃOS FISCALIZADOES E DE CONTROLE INTERNO E EXTERNO COORDENAR AS AÇÕES DOS SETORES DE CONTABILIDADE DAS DEMAIS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS AÇÕES QUE ENVOLVAM EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E MUTAÇÕES PATRIMONIAIS TODOS OS SETORES ENVOLVIDOS NOS PROCESSOS DE EXECUÇÃO DE ATOS E FATOS CONTÁBEIS

21 FORNECER INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS A TOMADA DE DECISÃO E ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE GESTÃO ANUAL MANTER A CONFORMIDADE DAS INFORMAÇÕES QUE SUBSIDIAM O BALANÇO GERAL DA UNIÃO FORNECER INFORMAÇÕES E DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS NECESSÁRI0S AO CONTROLE DOS ATOS E FATOS MANTER A ORGANIZAÇÃO DOCUMENTAL, ELABORAR DEMONSTRATIVOS E FORNECER INFORMÇÕES SEMPRE QUE MOTIVADO GESTÃO SETORIAIS CONTÁBEIS AUDITORIA EXTERNA AUDITORIA INTERNA INFORMAÇÕES

22 RAIS Relação Anual de Informações Sociais DIRF Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte GFIP Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social GIA Guia de Informação e Apuração do ICMS MINISTÉRIO DO TRABALHO RECEITA FEDERAL DO BRASIL SECRETARIA DE FAZENDA ESTADUAL PREVIDÊNCIA SOCIAL E CAIXA FEDERAL INFORMAÇÕES

23 COMISSÃO DE PADRONIZAÇÃO MANUAISMANUAIS COMPRAS E LICITAÇÕES DIÁRIAS E PASSAGENS PROTOCOLO E ACOMPANHAMENTO PROCESSUAL FORMALIZAÇÃO DOS TERMOS DE COOPERAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DAS CENTRALIZAÇÕES EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA GESTÃO E FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS INSTRUÇÕES DE USO DE VÍCULOS OFICIAIS CONTROLE PATRIMONIAL

24 Simec Coordenação Proj./orç. de obras novas e reformas, operação e manutenção Uniformidade/padronização Ensino, pesquisa e extensão Fornecer informações do planejamento/andamento de obras BM,liberação de parcelas, emissão de termos de recebimento Analise de processos de obras para licitação Dar parecer no que concerne aos aditivos de prazo/valor e apostilamento Suporte para Auditoria Interna - CGU Comissões Responsável no CREA/RS Prefeitura, Bombeiros, Conc. Públ., Órgãos Ambientais (licenças/alvarás)


Carregar ppt "T I M E Pró-Reitor de Administração: Julio César Peres Simi Diretor de Orçamento e Finanças: Gustavo Reis San Martin Setor de Execução Orçamentária."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google