A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio O Romantismo surgiu na Europa numa época em que o ambiente intelectual era de grande rebeldia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio O Romantismo surgiu na Europa numa época em que o ambiente intelectual era de grande rebeldia."— Transcrição da apresentação:

1 A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio O Romantismo surgiu na Europa numa época em que o ambiente intelectual era de grande rebeldia. inconformismo No campo social, imperava o inconformismo. repúdio às regras No campo artístico, o repúdio às regras. O Romantismo viria a se manifestar de formas bastante variadas nas diferentes artes e marcaria, sobretudo, a literatura, em especial a poesia, e a música. A Revolução Belga, de Wappers

2 Suspiros poéticos e saudades O Romantismo no Brasil teve como marco fundador a publicação do livro Suspiros poéticos e saudades, de Gonçalves de Magalhães, em 1836 Tu és a inocência, E o riso da infância, Do velho a prudência, Do moço o vigor, Do herói a clemência, Do amor a constância, Da bela o pudor. Memórias Póstumas de Brás Cubas E durou 45 anos, terminando em 1881 com a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas, por Machado de Assis. A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio

3 Nos tempos idos, na poesia podia-se observar uma introspecção frente à realidade romântica. subjetivo E essa literatura passava a refletir e observar o homem no seu aspecto subjetivo: as emoções, as condições do estado de alma, os sentimentos de amor e saudade. Nos tempos idos, na poesia podia-se observar uma introspecção frente à realidade romântica. subjetivo E essa literatura passava a refletir e observar o homem no seu aspecto subjetivo: as emoções, as condições do estado de alma, os sentimentos de amor e saudade. A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio

4 O escritor e poeta brasileiro Gonçalves Dias exaltava a pátria distante em sua canção do exílio Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá; As aves, que aqui gorjeiam, Não gorjeiam como lá. Nosso céu tem mais estrelas, Nossas várzeas têm mais flores, Nossos bosques têm mais vida, Nossa vida mais amores. Em cismar, sozinho, à noite, Mais prazer eu encontro lá; Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá. (...) A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio

5 O poeta Álvares de Azevedo, reconhecido como o poeta mais dramático da 2ª geração romântica, marcou seus poemas pelo exagero na exposição dos sentimentos, na sua maioria, pessimistas. A figura feminina é freqüentemente um sonho, um anjo inacessível A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio O amor não se concretiza, e em alguns momentos, o poeta assume o medo de amar

6 Vem, anjo, minha donzela, Minh'alma, meu coração... Que noite! que noite bela! Como é doce a viração! E entre os suspiros do vento, Da noite ao mole frescor, Quero viver um momento, Morrer contigo de amor! Amemos! quero de amor Viver no teu coração! Sofrer e amar essa dor Que desmaia de paixão! Na tu'alma, em teus encantos E na tua palidez E nos teus ardentes prantos Suspirar de languidez! (...) A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio Amor, de Álvares de Azevedo

7 No Brasil, a poesia romântica é marcada, num primeiro momento, pelo teor patriótico, e em especial pela expressão do eu, pela expressão dos sentimentos mais íntimos, dos desejos mais pessoais. A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio

8 O PROJETO LITERÁRIO DO ROMANTISMO O filosofo que inspirou boa parte dos princípios românticos foi Jean-Jacques Rousseau. Quando ele afirma na autobiografia As Confissões, que deseja mostrar a seus semelhantes um homem em toda verdade de sua natureza, ilumina o grade projeto literário a ser cumprido pelo Romantismo: criar uma identidade estética para o burguês. Assim, o Romantismo pode ser definido como uma arte da burguesia.

9 Em lugar da origem nobre que assegura o direito à distinção e ao reconhecimento social, os textos literários traçarão o perfil de heróis que precisam agir, sofrer, superar obstáculos de toda natureza para se qualificarem como exemplares. A literatura será mais importante do que nunca para difundir os valores burgueses.

10 A fuga do presente A morte passa a ser vista como possibilidade de fuga do real e, por isso, é idealizada. Opção de alívio para os males do mundo ou encontro definitivo dos amantes, separados pelos obstáculos da realidade. O mundo dos sonhos torna-se um espaço de fuga, projeta suas utopias. O passado, de modo idealizado, também desempenha a mesma função: acolhe o olhar subjetivo desse autor que se sente deslocado na sociedade que vive.

11 Nacionalismo. É a consciência partilhada por um grupo de indivíduos que se sente ligado a uma terra e possui uma cultura e uma história comuns, marcados por eventos (gloriosos ou trágicos) vividos em conjunto. O indivíduo deixa de ser visto como um súdito do rei e torna-se o cidadão de uma Pátria.

12 Liberdade formal Abandono de fórmulas literárias, com rigorosos esquemas métricos e rimas. Nos poemas e romances românticos, o uso de exclamações, interrogações e reticências procura fazer com que o leitor reconheça as emoções, angústias e aflições que tomam conta de quem as expressa.


Carregar ppt "A poesia: o amor nos tempos modernos 2ª série Ensino Médio O Romantismo surgiu na Europa numa época em que o ambiente intelectual era de grande rebeldia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google