A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO A PARTIR DA REALIDADE DO CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA POLÍCIA MILITAR DO RN. Jurandir Andrade da Costa - Cap.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO A PARTIR DA REALIDADE DO CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA POLÍCIA MILITAR DO RN. Jurandir Andrade da Costa - Cap."— Transcrição da apresentação:

1 CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO A PARTIR DA REALIDADE DO CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA POLÍCIA MILITAR DO RN. Jurandir Andrade da Costa - Cap PM, Especialista. Nilson Araújo - Cap PM, Especialista. Orientador: Miler Franco Danjour - MSc. 6º CONGRESSO DE GESTÃO PÚBLICA DO RN A GESTÃO ORIENTADA PARA RESULTADOS 30 E 31 DE JULHO DE 2012 – NATAL/RN

2 Conceito e origem da Cultura Organizacional; Cultura nas organizações públicas brasileiras; Contextualização do CFAPM; Visando atender suas necessidades; Adoção dessa nova prática administrativa; Questão central da pesquisa. Contextualização e Problema

3 Cultura Organizacional J. W. Lorsch ; Stephen P. Robbins; A. M. Pettigrew; O. Aktouf; Edgar Schein: Sua importância está em conhecer melhor seus colaboradores. Conceito

4 Cultura Organizacional Língua inglesa – Clima Organizacional – 1960; Popularidade – Terrence Deal e Alan Kennedy após publicação de livro – 1982; Na América do Norte – Educação – 1980; Brasil – Surgiu após problemas econômicos; Origem

5 Conceito e origem da Cultura Organizacional; Cultura nas organizações públicas brasileiras; Contextualização do CFAPM; Visando atender suas necessidades; Adoção dessa nova prática administrativa; Questão central da pesquisa. Contextualização e Problema

6 Conceito e origem da Cultura Organizacional; Cultura nas organizações públicas brasileiras; Contextualização do CFAPM; Visando atender suas necessidades; Adoção dessa nova prática administrativa; Questão central da pesquisa. Contextualização e Problema

7 Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar do Rio Grande do Norte Formação e Aperfeiçoamento das Praças Ativado; 1994 – Foi desativado – Sec. Educação; 2006 – Reativado. C F A P M

8 Conceito e origem da Cultura Organizacional; Cultura nas organizações públicas brasileiras; Contextualização do CFAPM; Visando atender suas necessidades; Adoção dessa nova prática administrativa; Questão central da pesquisa. Contextualização e Problema

9 Conceito e origem da Cultura Organizacional; Cultura nas organizações públicas brasileiras; Contextualização do CFAPM; Visando atender suas necessidades; Adoção dessa nova prática administrativa; Questão central da pesquisa. Contextualização e Problema

10 Qual a Cultura Organizacional presente no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar do Rio Grande do Norte? Questão central da pesquisa

11 Identificar a Cultura Organizacional presente no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da PMRN a partir do modelo de Paz e Mendes. Objetivo Geral

12 CULTURA ORGANIZACIONAL (Modelo de Paz e Mendes, 2008) ORGANIZAÇÃO INDIVIDUALISTA RELAÇÕES ESTABELECIDAS SÃO FOCADAS NO PRÓPRIO EGO AFILIATIVO REFLETE ORGULHO, CONFIANÇA E AUTO- ESTIMA ORGANIZACIONAL BUROCRÁTICO A BASE ESTÁ NO CONTROLE DE NORMAS E REGRAS EMPREENDEDOR SEMPRE BUSCAM NOVOS DESAFIOS AMBIENTE EXTERNO CÍVICO SENTIMENTOS DE CIDADANIA Quadro Teórico

13 TIPO DO ESTUDO: Quanto aos objetivos: Exploratória e Descritiva ; Quanto aos procedimentos: Estudo de Caso; Quanto a natureza dos dados: Quantitativa. POPULAÇÃO E AMOSTRA: População: 59 PMs lotados no CFAPM; Estudo censitário. Metodologia

14 INSTRUMENTO DE COLETA DE DADOS: Questionário fechado com 35 itens; 5 questões gerais e 30 para a análise das culturas baseado no modelo de Paz e Mendes, mensurada a escala de Likert com 5 pontos, variando de 0 a 4; Validação – Gabriel, Paz e Mendes (1999); Metodologia

15 PLANO DE COLETA DE DADOS: Contato pessoal com o Comando do CFAPM; Aplicação presencial com 58 PMs no CFAPM; Aplicação por com 01 PM - Viagem; Realização – 15 a 25 de agosto de 2011; Devolvidos 59 questionários em condições de tabular; 01 policial não foi pesquisado. Metodologia

16 TÉCNICA DE ANÁLISE E TRATAMENTO DOS DADOS: Cálculo da média - Desvio Padrão; Análise das relações entre as variáveis sócio- demográficas e culturais dos PMs: Teste de Qui-quadrado; Teste Exato de Fisher; Análise de Correspondência Todos os dados foram tabulados com o SPSS versão 17.0; Metodologia

17 Análise e Discussão dos Resultados

18 Perfil sócio-demográfico Masculino: 96,6% – Feminino: 3,4%; Praças: 88,1% – Oficiais: 11,9%; 31 a 40 anos: 45,8% – 19 a 30 anos: 28,8% 41 anos ou mais: 25,4%; Médio: 47,5% – Superior: 38,9% Pós-Graduado e Fundamental: 6,8%; 15 anos de serviço: 71,3% – (05 anos: 34%). Fonte: Dados da pesquisa 2011.

19 Gráfico 01: Cultura Organizacional predominante no CFAPM. Fonte: Dados da pesquisa Cultura Organizacional 0,0% 15,2% 55,9% 28,9%

20 Relações entre variáveis Perfil Sócio-Demográfico Cultura Organizacional

21 CULTURA ORGANIZACIONAL (Modelo de Paz e Mendes, 2008) (PERFIL SÓCIO-DEMOGRÁFICO) (CARACTERÍSTICAS GERAIS) CFAPM AFILIATIVO EMPREENDEDOR BUROCRÁTICO INDIVIDUALISTA SEXO CARGO ESCOLARIDADE FAIXA ETÁRIA AMBIENTE EXTERNO TEMPO DE SERVIÇO Relações entre variáveis

22 Gráfico 02: Análise de Correspondência entre a faixa etária e a cultura organizacional. Fonte: Dados da pesquisa Relações entre variáveis

23 Gráfico 03: Análise de Correspondência entre a escolaridade e a cultura organizacional. Fonte: Dados da pesquisa Relações entre variáveis

24 Gráfico 04: Análise de Correspondência entre tempo de serviço e a cultura organizacional. Fonte: Dados da pesquisa Relações entre variáveis

25 Estilos culturais versus sexo e cargo; Análise de Correspondência e Teste de Qui-quadrado; Teste Exato de Fisher; Resultantes divergentes: Compartilhar das mesmas coisas – Cultura não influencia – Diferentes modos de sentir, pensar e agir. Relações entre as variáveis sócio-demográficas e culturais

26 Fonte: Dados da pesquisa ( ) Valores em porcentagem. Relações entre variáveis Variável Estilos de Funcionamento Total AfiliativoEmpreendedorBurocrático Sexo Masculino33 (57,9)15 (26,3)09 (17,3)57 (100,0) Feminino00 (0,0)02 (100,0)00 (0,0)02 (100,0) Cargo Oficial06 (85,7)01 (14,3)00 (0,0)07 (100,0) Praça27 (51,9)16 (30,8)09 (15,8)52 (100,0) Tabela 01: Sexo e cargo dos policiais pesquisados versus cultura organizacional.

27 Identificação do perfil sócio- demográfico dos policiais militares; Predominância dos estilos culturais afiliativo e empreendedor; As características gerais influenciaram a definição das culturas; Identificação da cultura organizacional. Conclusão

28 Organizações com esse estilo cultural retratam-se como um grupo perfeito, refletindo orgulho, confiança e auto- estima organizacional, o que demonstra características de um padrão unicamente coletivista. Estilo Afiliativo

29 Limitação do estudo – Universo reduzido – NÃO invalida – Pesquisa de cultura organizacional temporal; Realização de novas pesquisas – Identificação de Cultura Organizacional em outras Unidades – Comparação de resultados – Melhor compreensão da Corporação. Conclusão

30 AGRESTI, Alan. An Introdução to Categorical Data Analysis. New Jersey, USA: John Wiley & Sons, GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, HAIR, J. F.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L.; BLACK, W. C. Análise multivariada de dados. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, Acesso em 08 jun PAZ, Maria das G. Torres da; MENDES, Ana M. Bezerra. Estilos de funcionamento organizacional. In: SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias (Org.). Medidas do comportamento organizacional: ferramenta de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, ROBBINS, Stephen Paul. Comportamento organizacional. São Paulo: Prentice Hall. SCHEIN, Edgar H. Cultura organizacional e liderança. São Paulo: Atlas, YIN, Robert K. Estudo de Caso: planejamento e métodos. Trad. Daniel Grassi. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, Referências

31 Experiência

32 CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO A PARTIR DA REALIDADE DO CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA POLÍCIA MILITAR DO RN. Jurandir Andrade da Costa - Cap PM Nilson Araújo - Cap PM Orientador: Miler Franco Danjour - MSc. DIRETORIA DE ENSINO ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE OFICIAIS

33 ORGANIZATIONAL CULTURE: A STUDY FROM THE REALITY OF TRAINING CENTRE AND IMPROVEMENT OF MILITARY POLICE OF RIO GRANDE DO NORTE Jurandir Andrade da Costa, Esp. - Brazil Nilson Araújo, Esp. - Brazil Miler Franco Danjour, MSc. – Brazil 16 th MULTI-CONFERENCE ON SYSTEMICS, CYBERMETICS AND INFORMATICS 8 th INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON MANAGEMENT, ENGINEERING AND INFORMATICS JULY 17 th - 20 th ORLANDO - FLORIDA - USA

34 Liderar é uma escolha pessoal, não uma decisão organizacional. Alfredo Martini Jr. OBRIGADO!

35 CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO A PARTIR DA REALIDADE DO CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA POLÍCIA MILITAR DO RN. Jurandir Andrade da Costa - Cap PM, Especialista. Nilson Araújo - Cap PM, Especialista. Orientador: Miler Franco Danjour - MSc. 6º CONGRESSO DE GESTÃO PÚBLICA DO RN A GESTÃO ORIENTADA PARA RESULTADOS 30 E 31 DE JULHO DE 2012 – NATAL/RN


Carregar ppt "CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO A PARTIR DA REALIDADE DO CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA POLÍCIA MILITAR DO RN. Jurandir Andrade da Costa - Cap."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google