A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CLASSES DE PALAVRAS CLASSES GRAMATICAIS Esta é a casa marrom, em que moram meus amigos: todos estão ansiosos para que eu chegue amanhã para a primeira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CLASSES DE PALAVRAS CLASSES GRAMATICAIS Esta é a casa marrom, em que moram meus amigos: todos estão ansiosos para que eu chegue amanhã para a primeira."— Transcrição da apresentação:

1

2 CLASSES DE PALAVRAS

3 CLASSES GRAMATICAIS Esta é a casa marrom, em que moram meus amigos: todos estão ansiosos para que eu chegue amanhã para a primeira festa da família naquele lugar. Que bom! Logo estarei com eles. Classes gramaticais – classificação das palavras, a partir das relações entre elas CONTEXTO

4 SUBSTANTIVO Substantivo é a classe de palavras que dá nome aos seres em geral

5 1) PESSOAS (menino, Fernando); 2) ANIMAIS (galinha, cachorro); 3) COISAS (balde, panela, tábua); 4) LUGARES (Goiás, avenida, Recife); 5) SENTIMENTOS (alegria, tristeza, ódio, amor); 6) AÇÕES (correria, ultrapassagem, grito, agitação); 7) QUALIDADES (beleza, coragem, timidez ).

6 CLASSIFICAÇÃO DO SUBSTANTIVO SUBSTANTIVO PRÓPRIO- Indica um ser único. Ex. Brasil,João SUBSTANTIVO COMUM - Qualquer um pode ser o motorista. Ex. motorista SUBSTANTIVO PRIMITIVO - Não provém de outra palavra. Ex. barba SUBSTANTIVO DERIVADO - Provém de outra palavra. Ex. barbeiro SUBSTANTIVO SIMPLES - Formado de uma só palavra. Ex. couve SUBSTANTIVO COMPOSTO - Formado de duas ou mais palavras Ex: couve-flor

7 CLASSIFICAÇÃO DO SUBSTANTIVO SUBSTANTIVO CONCRETO - Indica seres reais ou em nos imaginação. Ex: asa, relógio, Saci qualidade, sentimento SUBSTANTIVO ABSTRATO - Indica qualidade, sentimento, ação, estado. Ex: cegueira, beleza, plantação ( ato de plantar ) Textos literários: uso de abstratos em lugar de concretos e vice-versa - Metonímia Ex:Quando surgiram os cabelos brancos, fiquei mais sensível. Cabelos brancos (concreto) substitui velhice (abstrato)

8 ALTERANDO A FORMA / FLEXÃO Classe variável – flexão : gênero, número, grau Terminações indicam masculino / feminino; singular/plural; aumentativo/diminutivo EX. menina, meninas, menininha. Singular representa o plural e o plural, o singular. EX.O brasileiro é alegre por natureza. EX. Fique quieta Maria! Essas crianças não sossegam, fique parada um minuto.

9 Com relação ao Gênero

10 Substantivos Uniformes Uma forma: para o masculino/feminino, subdivididos em: - Epicenos: Ex.: o peixe/ a cobra(macho/fêmea) - Comum de dois Gêneros: Ex.: o / a dentista - Sobrecomum: Ex.: a criança - Gêneros vacilantes: São palavras masculinas: Ex.: o apêndice, o cônjuge, o sósia etc. São palavras femininas: Ex.: a alface, a cal, a couve, a omelete etc. dois gêneros – dois significados: Ex.: o/a caixa, o/a capital, o/a guia, o/a grama etc.

11 Substantivos Biformes duas formas:para o masculino (O) Ex.: gato para o feminino. (A) Ex.: gata OU para o masculino (E) Ex.: mestre para o feminino (A) Ex.: mestra Outros Exemplos: português/portuguesa conde / condessa ator / atriz poeta / poetisa Irregulares: padre / madre – cavaleiro / amazona

12 Alguns substantivos apresentam alteração semântica O cabeça (líder) / a cabeça (parte do corpo) O capital ( valor) / a capital (cidade) O grama (unidade de medida) / a grama (tipo de vegetação) O moral (desânimo) / a moral ( conjunto de regras de conduta)

13 Com relação ao Plural Conforme terminação de cada substantivo; Alguns substantivos são usados apenas no plural; As terminações de substantivos compostos também diferenciam. (apostila)

14 Plural dos diminutivos Passa-se a palavra para o plural; pão – pães Tira-se o S e acrescenta-se zinhos ou zitos: pães - pãezinhos

15 Plural –mudança de significado -José, você não tem bens? -Tenho um grande bem: a honestidade. Outros exemplos: costa(litoral) / costas (dorso) vergonha(sentimento)/vergonhas(órgão sexual) cobre (metal) / cobres(moeda)

16 Plural –substantivos compostos 1. Regra geral: substantivo, adjetivo, numeral- variam Ex. obras-primas, quartas-feiras, guardas-noturnos demais classes não variam Ex.vice-diretores, guarda-roupas abaixo-assinados

17 Plural –substantivos compostos 2. substantivo+ preposição+ substantivo: varia o primeiro elemento Ex. pés-de-galinha orelhas-de-burro 3. Substantivo + substantivo, o 2º delimita o 1º: varia o primeiro elemento Ex.navios-escola bananas-nanica salários-família

18 Plural –substantivos compostos 4. Palavras repetidas ou onomatopaicas:varia o 2º elemento Ex. reco-recos tique-taques pingue-pongues

19 Flexão de grau Graus aumentativo e denotativo : através de sufixos EX. Menininha, meninona Emprego: - denotativo (literal) Ex. Esta casinha não tem muito espaço. - conotativo (valor ofensivo, afetivo ou funcionar como eufemismo) Ex. É um bobão, isso mesmo um bobão!

20 Campo semântico Conjunto de semas(características, traços de um ser) pertencentes a um mesmo universo de conhecimento. Através do campo semântico – entende- se melhor a mensagem do autor. EX. O garoto viu as árvores, as plantas, as flores, a grama: e tudo tornava o lugar natural em um verdadeiro paraíso.

21 ADJETIVO Adjetivo é a classe de palavras que dá qualidade e características aos substantivos.

22 Adjetivo – Palavra que dá as características de um substantivo. – Estas características podem ser de: qualidade defeito modos ou maneiras de ser Exemplo: Pessoa bonita, mentirosa, mal-educada. substantivo Qualidade defeito modo de ser

23 Como reconhecer o adjetivo? – É PRECISO RECONHECER O SUBSTANTIVO. – Exemplo: 1 - O brasileiro jovem deve alistar-se aos dezoito anos. 2 - O jovem brasileiro deve alistar-se aos dezoito anos. substantivo qualidade substantivo qualidade

24 Classificação dos adjetivos – Primitivos – não derivam de outra palavra Ex.:Verde, amarelo, calmo, escuro, livre, alegre – Derivados – formados a partir de palavra primitiva Ex.: Esverdeado, amarelado, calmaria, escurinho, – Simples – apresentam um único radical Ex.: verde, amarelo, brasileiro – Compostos – apresentam mais de um radical Ex.: verde-anil, amarelo-ouro, luso-brasileiro

25 Adjetivos pátrios – Referem-se a: países – ex.: brasileiro Estados – ex.: paranaense Cidades – ex.: curitibano Localidades - ex.: : quem nasce em Bragança é bragantino.

26 Quanto ao Grau, podem ser Comparativos ou Superlativos. O grau Comparativo pode designar: - igualdade: Sou tão bonita quanto ela. - superioridade: Sou mais bonita que ela. - inferioridade: Ela é menos bonita do que eu. O grau Superlativo pode ser: Absoluto: Analítico: Ela é muito bonita. Sintético: Ela é belíssima. Relativo de Superioridade: Analítico: Ela é a mais bonita de todas. Sintético: Esta vila é a maior de todas. Relativo de inferioridade: Ela é a menos bonita de todas nós.

27 Locuções adjetivas – Grupo de palavras que tem o mesmo valor que um adjetivo – Exemplos: conselho de pai / paterno atitude sem qualquer cabimento / descabida inflamação da boca / bucal amor de mãe / materno Sociedade de consumo / consumista

28 ARTIGO Artigo é a classe de palavras que determina ou indetermina o substantivo.

29 Definidos (o, a os,as) - indicam seres determinados, conhecidos da pessoa que fala ou escreve. Indefinidos (um, um, uns, umas) indicam seres de modo vago. Exemplos: Lisboa é a capital de Portugal e uma grande cidade. O Rio de Janeiro é a antiga capital do Brasil.

30 Algumas Observações: O artigo definido no singular pode indicar toda a espécie: Exemplo: A águia enxerga das alturas. É facultativo (opcional) o uso do artigo com os pronomes possessivos: Exemplo: (A) sua intenção era das melhores. Os nomes próprios podem vir com artigo: Exemplo: O Antonio é bom pedreiro. Muitos nomes próprios de lugares admitem o artigo, outros não: Exemplo: A Bahia, Santa Catarina. O artigo indefinido pode realçar uma ideia: Exemplo: Ele falava com UMA segurança! O indefinido pode, também, dar ideia de aproximação: Exemplo: Eu devia ter UNS quinze anos. Observe o artigo definido quando usado com: Toda a casa ficou alagada. (a casa inteira). Toda casa deve ter segurança.

31 ARTIGO DEFINIDO indica conjunto - A mulher ainda sofre. intensifica o ser – Ele é o ator! atribui responsabilidade – Ele é o assassino. atribui a ideia de todo – Todo o dia trabalha. NÃO SE UTILIZA O ARTIGO DEFINIDO *depois de CUJO * diante de casa= moradia *Diante de terra=terra firme SEMPRE SE UTILIZA DEPOIS de AMBOS.

32 ARTIGO INDEFINIDO aproximação numérica- Tinha uns três anos. qualifica o substantivo – Tinha uma boca! frase conotativa – Meu lar é um jardim. destaca a ideia (+certo)- Ele via no rapaz um certo ar de malandragem.

33 PRONOME Pronome é a classe de palavras que acompanha ou substitui o substantivo.

34 Pronomes Pessoais Exemplos: Quem é ela? A Joana viu-nos ontem na rua. O João lavou-se depois de correr. Pronomes Possessivos Exemplos: O meu marido saiu. Dá-me a tua caneta. Pronomes Demonstrativos Exemplos: Este livro é interessante. Vamos ver aquela praia de que nos falaste.

35 Pronomes Relativos ( cujo, quanto/s, os/as quais, cujos,a qual, cuja, quem, que) Exemplos: A senhora, com quem falei, é professora. Este é o livro que ele me emprestou. Pronomes Indefinidos ( cada qual, quem quer que, qualquer um, todo aquele que, tudo o mais) Exemplos: Alguns saíram, outros ficaram. Alguém lhe contou o nosso segredo. Pronomes Interrogativos ( que, quem, qual, quais, quanto(s), quantas) Exemplos: Com quem falaste? Quais são as cores da bandeira de Portugal ?

36 Pronomes de Tratamento - familiares: você/ vocês - cerimoniosos: senhor / senhora / senhorita - cerimoniosos: vossa excelência… -Criação de efeitos:distanciamento / proximidade

37 NUMERAL Numeral é a classe de palavras que dá a quantidade, posição, fração e a multiplicação dos substantivos.

38 Exemplos de Numerais quatro, quarto, um quarto, quádruplo, um dois, duas, dobro, um meio, metade, triplo... Encontrei dois colegas no cinema. O quarto dia da semana é quinta-feira.

39 NUMERAL Ideia quantidade número posição que se ocupa Classificação ordinais: ordem, posição cardinais: quantidade fracionários: fração/ divisão multiplicativos aumento proporcional múltiplos

40 VERBO Verbo é a classe de palavras que indica ação, estado ou fenômeno da natureza..

41 Os verbos se classificam em: Principal Auxiliar De Ação De Ligação Regular Irregular Defectivo Pronominal Transitivo Intransitivo Exemplos - Abra imediatamente a boca! Se eu fosse rico, viajaria muito. Precisamos todos comer e beber. As crianças têm brincado no jardim.

42 Os verbos são palavras que exprimem ações, estados ou qualidades situando-os no tempo. É a palavra mais variável de todas, varia em pessoa, tempo, número, modo e voz.

43 As subclasses dos Verbos Verbos intransitivos- Verbos intransitivos- os que tem o sentido completo. As crianças brincam. Verbos transitivos : Verbos transitivos : DiretosDiretos - precisam, geralmente, de um complemento direto para completar o seu sentido. A criança lê uma história. Indiretos Indiretos - precisam, geralmente, de um complemento indireto para completar o seu sentido. A professora sorri aos alunos.

44 Diretos e Indiretos Diretos e Indiretos- (bitransitivos), isto é, aceitam um complemento direto e indireto para completar o seu sentido. Ex.: O pai lê uma história aos filhos. Verbos de ligação - Verbos de ligação - funcionam como elo de ligação entre dois grupos, o sujeito e o predicado. Ex.: A menina está feliz.

45 As conjugações 1ª -ar2ª- er3ª -ir estudar ensinar procurar memorizar acompanhar cansar passar escrever aprender ler compreender fazer ser corrigir descobrir repetir introduzir EXCEÇÃO: o verbo POR e todos os verbos formados a partir dele 2ª CONJUGAÇÃO ( dispor, repor, compor…) pertencem à 2ª CONJUGAÇÃO ponere (latim) vogal temática e.

46 Estudar ->a- vogal temática Escrever ->e- vogal temática Partir ->i- vogal temática VOGAL TEMÁTICA / TEMA O tema do verbo encontra-se retirando o R final do infinitivo. A última vogal do tema é a vogal temática.

47 Pessoa - quem realiza a ação; e Número - quantas pessoas realizam a ação Singular Eu -1ª pessoa Tu (você) - 2ª pessoa Ele/ ela - 3ª pessoa Plural Nós - 1ª pessoa Vós (vocês) - 2ª pessoa Eles /elas - 3ª pessoa

48 Modo - como a pessoa que fala realiza a ação. Indicativo a ação é real Indicativo - a ação é real Subjuntivo a ação é uma possibilidade Subjuntivo – a ação é uma possibilidade Imperativoa ação é uma ordem ou um pedido Imperativo- a ação é uma ordem ou um pedido Infinitivoideia geral do verbo (não conjugado) Infinitivo- ideia geral do verbo (não conjugado)

49 Tempo - quando se realiza a ação. Presente no momento em que se fala. Presente – uma ação ou um estado que se passa no momento em que se fala. Ex: Eles passeiam no parque. Passado - Passado - (pretérito) uma ação acabada anterior ao tempo em que se fala. – Perfeito - uma ação acabada anterior ao tempo em que se fala. Ex: Eu comi a sopa. um acontecimento passado anterior a outro também já passado – Mais-que-perfeito - um acontecimento passado anterior a outro também já passado. Ex: Eu comera a sopa. uma ação habitual repetida prolongada no tempo, – Imperfeito - uma ação habitual ou repetida prolongada no tempo, ou uma ação passada que ocorreu ao mesmo tempo que outra também passada. Ex: Quando era bebê, comia muitas sopas. Futuro uma ação futura Futuro - uma ação futura. Ex: Eu estarei de férias na Páscoa.

50 VERBOS: REGULARES e IREGULARES VERBOS REGULARES- mantêm, geralmente, o radical em toda a sua flexão. IRREGULARES- não mantêm o radical durante a sua flexão CANTAR RADICAL CANT- EU CANTO TU CANTAVAS NÓS CANTAREMOS IREU VOUTU VAIS NÓS IREMOS ELES FORAM

51 A conjugação pronominal Os verbos transitivos diretos podem conjugar-se com os pronomes pessoais o, a, os, as que desempenham a função de complemento direto. Exemplo: o A Maria recebeu o prêmio e mostrou- o ao público. Função de objeto direto

52 PARTICULARIDADES DA CONJUNGAÇÃO PRONOMINAL r, sz,lo, la, los, las. Quando a forma verbal termina em r, s ou z, os pronomes tomam a forma de lo, la, los, las. los. EX: Ela faz os doces. Ela fá-los. ditongo nasal,no, na, nos, nas. Quando a forma verbal termina em ditongo nasal, os pronomes tomam a forma de no, na, nos, nas. na. EX: Elas fazem uma corrida. Elas fazem-na. futuro do indicativo e no condicional lo, la, los, las No futuro do indicativo e no condicional os pronomes tomam a forma de lo, la, los, las e integram-se no interior da forma verbal. los- EX: Eles comerão os bolos. -> Eles come-los- ão Pronomes ocorrem antes das formas verbais QUANDO: a forma verbal se encontra no modo SUBJUNTIVO o Éx.: Melhor que o largues. a frase tem forma negativa. o EX.: Comprei um livro mas não o li. depois da preposição para a EX.: Ele correu para a ajudar. a frase começa por determinados PRONOMES INDEFINIDOS. o EX.: Todos o ajudaram.

53 Classes invariáveis ou não flexionadas AdvérbiosPreposiçõesConjunçõesInterjeições

54 ADVÉRBIO Advérbio é a classe de palavras que modifica o sentido dos verbos, adjetivos e outros advérbios.

55 Classificação do Advérbio Afirmação sim, deveras, certamente,efetivamente, incontestavelmente, realmente... Dúvida talvez, decerto, porventura, acaso, provavelmente,...

56 Intensidade muito, pouco, bastante, mais, menos, demais, tanto, tão, quão, meio, todo, demasiadamente...Lugar aqui, lá, aí, perto, longe, atrás, abaixo, dentro, fora, além, aquém, adiante...

57 Modo bem, mal, assim, apenas, depressa, devagar e os terminados em –mente: calmamente, tristemente... Negação não, absolutamente. Tempo hoje, amanhã, ontem,breve, logo, antes, depois,agora, já, sempre, nunca, jamais, cedo, tarde,outrora, diariamente, antigamente...

58 Interrogativos Onde, por que, como e quando - são advérbios interrogativos, empregados em frases interrogativas, expressando circunstância de: lugar, tempo, modo...

59 Locução Adverbial São duas ou mais palavras que exercem papel de advérbio, exprimindo também circunstância de lugar, tempo, modo, causa... Ex.: Em Pernambuco, as mudanças começaram em Ela mora no ar.

60 Grupo relacional: preposição e conjunção Características comuns: Ligam palavras ou orações, por isso, são elementos coesivos, mas não retomam palavras como pronomes e advérbios. São invariáveis. PREPOSIÇÃO CONJUNÇÃO

61 Preposição Conjunção Comprei um presente para você. (preposição) Estudamos bastante para que passemos no vestibular. (conjunção, pois estabelece uma relação de finalidade)

62 PREPOSIÇÃO NÃO Preposições: ligam palavras e orações, isoladamente NÃO possuem função sintática, possuem na frase um valor semântico. A função da preposição é subordinar um termo ao outro.

63 Classificação das preposições As preposições podem ser: Essenciais – a, ante, até, após, com, contra, de desde, em, entre, para, perante, por,sem, sob, sobre. Acidentais – afora, consoante, durante, exceto, fora, mediante, salvo, senão, visto. contra Exemplos: Lutou contra mim. a Confiava a mim seus segredos. salvo Todos comeram, salvo tu. Locuções Prepositivas – ao lado de, antes de, além de, com respeito a (...) *Na Locução Prepositiva, a última palavra sempre é uma preposição...

64 Relações semânticas da Preposição As preposições podem exprimir vários sentidos: a 1- Modo – Comeu um bife a cavalo. em 2- Preço – A casa foi avaliada em 1 bilhão. sobre 3- Direção – Atirou-se sobre o herói. com 4- Companhia – Foram viajar com os amigos. com 5- Instrumento – Martelava com o ferro. de 6- Procedência – Vim de Paris. sobre 7- Assunto – Falou sobre linguística. em 8- Tempo – Por dez anos vivi em Londres. pelos 9- Lugar – Cantava pelos bares da vida. sob 10- Posição inferior – O livro estava sob a carteira. sobre 11- Posição superior – O livro estava sobre a carteira.

65 Contração e Combinação prepositiva Dá-se quando preposições se unem a artigos ou pronomes. Quando, na união há perda de elementos, há uma contração prepositiva. Quando não há perda alguma, há a combinação prepositiva. Vou à igreja. (contração: preposição a + artigo a = à) Vou ao colégio. (combinação: preposição a + artigo o = ao)

66 Contrações e Combinações Combinações: AO AO - (prep. A + artigo O) Aonde Aonde - ( prep. A + advérbio ONDE) Contrações: Pelo Pelo - (prep. POR + artigo O) Desses Desses - (prep. DE + pron. Dem. ESSES) Naquelas Naquelas - (prep. EM + pron.Dem. AQUELAS) DUM DUM – (prep. DE + art. UM) Das Das - (prep. DE + artigo AS) À À - (prep. A + artigo A)

67 Importante!!! Não se faz contração da preposição com o artigo quando o artigo fizer parte de um sujeito!!! Estava na hora de o garoto fazer o exame. Está na hora de a onça beber água.

68 A: Preposição, pronome pessoal ou artigo? Fui a Roma. (preposição) Fomos a Roma. (preposição) Nós a convidamos para uma festa. (pronome) A garota foi aprovada no concurso. (artigo)

69 Conjunção É uma palavra invariável que liga: Duas orações; Duas palavras de mesma função em uma oração.

70 Conjunções Coordenativas ligam palavras ou orações. Conjunções Subordinativas inserem uma oração na outra, estabelecendo entre elas uma relação de dependência sintática. Conjunções subdividem-se:

71 Aditivas Relações que estabelecem: adição, soma Principais Conjunções: e, nem (e não) Ex: Telefonei para ele e já dei seu recado. Adversativas Relações que estabelecem: oposição, contraste Principais Conjunções: mas, porém, todavia, contudo Ex: Gostaria de ir à festa, mas estou doente. As Conjunções Coordenativas classificam-se em:

72 Alternativas Relações que estabelecem: separação, exclusão Principais Conjunções: ou, ou... ou, ora... ora, já... já, quer... quer Ex: Ora estuda piano, ora estuda flauta. Conclusivas Relações que estabelecem: conclusão Principais Conjunções:logo, pois, portanto, por isso Ex: Não estudou com disciplina, portanto provavelmente será aprovado.

73 Explicativas Relações que estabelecem: explicação, justificativa Principais Conjunções: que, porque, porquanto, pois Ex: Vamos embora, pois já é tarde. Todas elas ligam dois termos ou duas orações e estabelecem entre esses termos ou orações um tipo de relação.

74 As Conjunções Subordinadas classificam-se em: Integrantes 1- Integrantes (que/ se) – fazem parte da regência de um verbo ou nome; integram uma oração substantiva. EX: Eu disse que ele viria. Causais 2- Causais ( porque, que, pois, visto que, já que, uma vez que) exprimem causa/razão. Ex: Como ela gritou não disse nada. Comparativa 3- Comparativa ( como, mais que, pior que, melhor que...) comparação. Ex: João teimou como um burro. Concessivas 4- Concessivas (embora, se bem que, mesmo que, ainda que, conquanto...) – fato contrário da oração principal. Ex: Vou ao baile, mesmo que chova. Condicionais 5- Condicionais (se, caso, desde que, contanto que...) condição/hipótese Ex: Desde que comesse, eu cozinharia.

75 Conformativas 6- Conformativas (segundo, conforme,como) concordância/conformidade. Ex : Conforme lhe disse, viajarei amanhã. Consecutivas 7- Consecutivas ( que – acompanhado de tão...que, tanto...que, tamanho...que, tal...que) consequência/efeito. Ex: Ela comeu tanto que passou mal. Temporais 8- Temporais (quando, mal, logo que, sempre que, assim que...) tempo. Ex: Mal o filme começara, ela sentiu-se mal. Finais 9- Finais – finalidade. Ex : Estudamos bastante a fim de que passássemos no vestibular. Proporcionais 10- Proporcionais (à proporção que, à medida que, quanto mais, quanto menos...) proporcionalidade/simultaneidade. Ex: Quanto mais economizava, mais sentia prazer.

76 POLISSEMIA DAS CONJUNÇÕES Saiu do escritório e atravessou a rua. (adição) Estudou muito e não passou. (adversidade) Estudou muito e passou! (conclusão) Tocava como Chopin. (comparação) Como era pobre, não pôde estudar. (causa) Ensinava como o mestre o orientou. (conformidade)

77 Preferiu dormir porque estava cansada. (causa) Parem de falar porque vocês já estão me irritando!!! (explicação)

78 Interjeição

79 INTERJEIÇÃO CARACTERÍSTICAS Palavra invariável Expressa o que se sente sentimentos emoções sensações estados de espírito

80 Interjeição Desejo: Desejo: Oxalá!; Queira Deus!; … Dúvida: Dúvida: Hum!; Ora!; … Indignação: Indignação: Oh!; Olha!; Pois sim … Ordem: Ordem: Xiu!; Silêncio!; Basta!; Alto!; Fora!; Repulsa: Repulsa: Ui!; Vaza; Fora!; Abaixo!; Credo!; Surpresa: Surpresa: Ah!; Oh!; Olá!; Caramba!; Credo!; Terror/Medo: Terror/Medo: Ai!; Ui!; Credo!; Jesus!; …


Carregar ppt "CLASSES DE PALAVRAS CLASSES GRAMATICAIS Esta é a casa marrom, em que moram meus amigos: todos estão ansiosos para que eu chegue amanhã para a primeira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google