A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

8ª AULA Economia e Mercado. Teoria dos Custos, Receita e Lucro da Produção Para realizar a produção o empresário precisa adquirir os fatores de produção,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "8ª AULA Economia e Mercado. Teoria dos Custos, Receita e Lucro da Produção Para realizar a produção o empresário precisa adquirir os fatores de produção,"— Transcrição da apresentação:

1 8ª AULA Economia e Mercado

2 Teoria dos Custos, Receita e Lucro da Produção Para realizar a produção o empresário precisa adquirir os fatores de produção, pagando por eles um determinado preço. Assim, se calcularmos os gastos do empresário com os fatores da produção, teremos o seu Custo de Produção, ou Custo Total. Vamos imaginar que o fator Capital seja adquirido por $ 3,00 a unidade e que o fator trabalho seja contratado a $ 2,00 a unidade. Então, utilizando os dados do quadro a seguir, podemos calcular o Custo de Produção, que chamamos de Custo Total (CT). CT = CF + CV CF = Custo Fixo; CV = Custo Variável

3 QKLC k C L CT 4565 x 3 = 156 x 2 = = x 3 = 187 x 2 = = x 3 = 218 x 2 = = x 3 = 249 x 2 = = 42 Vejamos o exemplo: Teoria dos Custos, Receita e Lucro da Produção

4 Classificação dos Custos de Produção CUSTOS PRIMÁRIOS (voluntários) A - CUSTOS DOS FATORESB - CUSTO DE USO Pagamento aos fatores de produção. 1. Utilização dos bens adquiridos de outros empresários. 2. Depreciação do capital fixo (equipamentos). CUSTOS SUPLEMENTARES (Involuntários) A - CUSTO DE OBSOLECÊNCIAB - CUSTO FORTUITO Perda de valor do equipamento em virtude da ação do tempo. Redução do capital devido aos acontecimentos inesperados.

5 Custo Médio (CMe) Os custos médios (CMe) são os custos totais por unidade de produção, isto é, o Custo Total (CT) dividido pelo número total de unidades produzidas (Q). CMe = CT / Q No exemplo anterior, temos: QKLC k C L CTCMe / 4 = 6, / 5 = 6, / 6 = 6, / 7 = 6,00

6 Custo Marginal (Cmg) É o custo de se produzir uma unidade extra do produto. É obtido pela divisão da variação do custo total pela variação da quantidade produzida. CMg = CT / Q, onde: CT CT 2 - CT 1 Q Q 2 - Q 1 Vejamos o exemplo: QKLCTCMeCMg / 4 = 6, / 5 = 6,40( ) / (5 - 4) = / 6 = 6,17( ) / (6 - 5) = / 7 = 6,00( ) / (7- 6) = 5

7 Receita (RT) Para fazer frente aos custos o empresário precisa vender seu produto, a fim de obter sua receita, que é o resultado dessas vendas. A receita também pode ser definida como a quantidade produzida multiplicada pelo preço de mercado do bem. Suponhamos que cada unidade do bem seja vendida ao preço de $ 8,00. Assim, se o empresário produzir 6 unidades, sua receita, representada por RT será de $ 48,00 (6x $ 8,00). Mais uma vez, vamos utilizar uma tabela para exemplificar a receita do empresário para diversos níveis de produção. RT = P x Q

8 Q = PTKLCTRT x 8 = x 8 = x 8 = x 8 = 56 Vejamos o quadro abaixo:

9 Lucro (LT) A partir dos elementos apresentados até agora, podemos examinar o elemento que estimula o empresário a produzir e, portanto, a oferecer bens e serviços no mercado. Esse elemento é o lucro que é a diferença entre a receita total e o custo total do empresário. Voltando ao nosso exemplo, ao produzir 5 unidades do bem, o empresário tem uma receita total de $ 40,00 e um custo de $ 32,00. Portanto o seu lucro total é de R$ 8,00 ($ 40,00 - $ 32,00). No quadro a seguir, demonstramos o lucro total do empresário, representado por LT, para cada nível de produção. LT = RT - CT

10 Q = PTKLCTRTLT , , , ,00 Vejamos o quadro abaixo:

11 Economia Crescente e Decrescente de Escala Quantidades produzidas/mês Preço do bem Custo Fixo Custo Variável Custo TotalReceita TotalResultado Econômico

12 Economia Crescente de Escala É o resultado do aumento dos insumos (Custo Variável) acarretando um aumento mais que proporcional na produção; isso resulta em menos insumos por unidade produzida e em menor custo variável quando a produção aumenta. Ela é resultado, principalmente, da especialização e da utilização de equipamentos pesados. Economia Decrescente de Escala É o resultado do aumento em todos os insumos o que a um aumento menos que proporcional na produção. Os fatores que levam a deseconomia de escala são: a falta de coordenação ou burocratização e centralização.


Carregar ppt "8ª AULA Economia e Mercado. Teoria dos Custos, Receita e Lucro da Produção Para realizar a produção o empresário precisa adquirir os fatores de produção,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google