A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Feudalismo Adriano Valenga Arruda FEUDALISMO. Feudalismo Adriano Valenga Arruda CONCEITO: Feudo: riqueza, gado, fortuna, terra. Do ponto de vista econômico,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Feudalismo Adriano Valenga Arruda FEUDALISMO. Feudalismo Adriano Valenga Arruda CONCEITO: Feudo: riqueza, gado, fortuna, terra. Do ponto de vista econômico,"— Transcrição da apresentação:

1 Feudalismo Adriano Valenga Arruda FEUDALISMO

2 Feudalismo Adriano Valenga Arruda CONCEITO: Feudo: riqueza, gado, fortuna, terra. Do ponto de vista econômico, no feudalismo predominou a agricultura, o comércio - IN NATURA- e as moedas quase inexistente. Surgiu das transformações ocorridas em Roma devidos as Invasões bárbaras, a população ruralizou-se, predomínio da vida rural.

3 Feudalismo Adriano Valenga Arruda CARACTERÍSTICAS: O Feudo era auto-suficiente e dividido em três partes: Manso senhorial: área explorada pelos servos em benefício do senhor, dentro do qual erguia-se o Castelo. Manso servil: áreas arrendadas pelos servos pagando obrigações e taxas ao senhor. Manso comum: de uso comum, pastos e bosques.

4 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Manso Comum Manso Servil Manso Senhorial Manso Servil

5 Feudalismo Adriano Valenga Arruda O castelo fortificado mostra que seu dono é um guerreiro com poucos amigos.

6 Feudalismo Adriano Valenga Arruda O trabalho era servil, servo da gleba. A sua exploração era legitimada pela Igreja: Uns nasceram para trabalhar, outros para rezar e outros para proteger militarmente a sociedade. Catedral de Notre Dame

7 Feudalismo Adriano Valenga Arruda A sociedade era Estamental, composta pela Nobreza, Clero e servos, não havia qualquer tipo de mobilidade. Escravos e Vilões em pequeno número. O Rei só administrava seus feudos, figura simbólica. O Poder Político era descentralizado, cada senhor geria seu feudo, sendo autoridade religiosa, militar, jurídica e etc.

8 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Os Suseranos doavam terras aos Vassalos (nobres menos poderosos, ou sem terra devido o direito de primogenitura que davam apenas aos filhos mais velhos as terras e os títulos paternos); a transmissão era feita em Ato Solene - Investidura e a HOMENAGEM - fidelidade ao Suserano; Os Suseranos assistiam jurídica e militarmente seus vassalos, poderia reaver o Feudo em caso de sua morte sem herdeiros. Os Vassalos prestavam serviço militar ao suserano, libertá-lo se necessário fosse e comparecia ao Tribunal quando convocado.

9 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Vários tipos de Impostos pagos pelos Servos: Corvéia: trabalho obrigatório nas terras do senhor. Talha: parte do que produziam era do senhor. Gabela: pelo sal. Banalidade: pelo uso dos bens do senhor: lagar, celeiro, seleiro, forja, moinho, forno e etc. Mão Morta: sobre herança. Capitação: por pessoa. Dízimo: para a igreja. Depois de pagar esses impostos sobrava ao servo 1/6 do que produzia.

10 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

11 Feudalismo Adriano Valenga Arruda IGREJA MEDIEVAL Proprietária de 1/3 das terras cultiváveis da Europa, a Igreja passou a ter também poder Temporal, envolvendo-se em conflitos com as monarquias medievais. Questão das Investiduras - Quem deveria nomear os sacerdotes? O Papa ou o Imperador? O conflito foi resolvido pela Concordata de Worms em 1122: ao Papa cabia a Investidura espiritual e ao Imperador a Investidura Temporal - o Bispo jurava-lhe fidelidade. Igreja saiu fortalecida, maior força política e espiritual da Europa.

12 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Como era muito rica em terras, a Igreja criou em 1074 o Celibato clerical para manter o seu patrimônio, evitando a divisão entre possíveis herdeiros dos membros do clero.

13 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Apesar de sua hegemonia, a Igreja não conseguia controlar toda a população, por isso criou em 1231, a Santa Inquisição ou Santo Ofício para reprimir os hereges.

14 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Em 1309, Grande Cisma do Ocidente, o Papa Clemente V transferiu a sede do Papado para Avinhão na França, fugindo de perturbações políticas na Itália.

15 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

16 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Cisão da cúpula da Igreja, dois papas. Em 1418, concílio de Constância - voltou a unidade papal. A Igreja controlava a Cultura, a Educação, Religião -Filosofia Escolástica- Santo Tomas de Aquino - conciliar o Racionalismo de Aristóteles com a fé.

17 Feudalismo Adriano Valenga Arruda BAIXA IDADE MÉDIA-XIV- XV Movimento Cruzadista – 1096/ Forma oito Cruzadas visando libertar os Lugares Santos há muito ocupado por Árabes, mas o verdadeiro motivo era a passagem para as Índias – aumento do poder político, comércio de Especiarias Asiáticas, que era monopolizado pelos Italianos.

18 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Foram todas vencidas e esse comércio só foi conseguido mais tarde com as Grandes Navegações. Enfraquecimento dos senhores feudais, aumento do comércio entre Oriente e Ocidente, fortalecimento do poder real.

19 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

20 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

21 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

22 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

23 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

24 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Aumento populacional, maior demanda de alimentos, aparecem novas técnicas agrícolas: charrua, peitoral, moinho hidráulico, ferradura, rotação de cultura. Excedentes agrícolas – comércio.

25 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Grandes Feiras tornam-se cidades (Champagne, Flandres, Veneza, Gênova, Frankfurt).

26 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Nasce a Burguesia. Burgos - núcleo urbano cercado por muralhas, comerciantes artesãos - árabes e judeus. Nascem os Bancos.

27 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Banqueiros em Gênova

28 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Renasce o comércio - Liga Hanseática no N da Europa e Rota do Sul - mar Mediterrâneo. Corporações de Ofício – Guildas - mestre, aprendizes- jornaleiros.

29 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

30 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

31 Feudalismo Adriano Valenga Arruda Peste Negra, moléstia trazida do oriente, matou 1/3 da população européia, provocando a exploração servil, a fuga dos servos dos feudos - trabalho assalariado.

32 Feudalismo Adriano Valenga Arruda

33 Feudalismo Adriano Valenga Arruda


Carregar ppt "Feudalismo Adriano Valenga Arruda FEUDALISMO. Feudalismo Adriano Valenga Arruda CONCEITO: Feudo: riqueza, gado, fortuna, terra. Do ponto de vista econômico,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google