A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal do Maranhão Curso de Comunicação Social – Jornalismo Disciplina: Assessoria de Comunicação 2013.1 – Férias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal do Maranhão Curso de Comunicação Social – Jornalismo Disciplina: Assessoria de Comunicação 2013.1 – Férias."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal do Maranhão Curso de Comunicação Social – Jornalismo Disciplina: Assessoria de Comunicação – Férias

2

3

4 - criar um plano de comunicação (estabelecer a importância deste instrumento tanto no relacionamento com a imprensa como os demais públicos internos e externos); - colaborar para a compreensão da sociedade do papel da organização; - estabelecer uma imagem comprometida com os seus públicos; - criar canais de comunicação internos e externos que divulguem os valores da organização e suas atividades; - detectar o que numa organização é de interesse público e o que pode ser aproveitado como material jornalístico; - desenvolver uma relação de confiança com os veículos de comunicação; - avaliar freqüentemente a atuação da equipe de comunicação, visando alcance de resultados positivos; - criar instrumentos que permitam mensurar os resultados das ações desenvolvidas, tanto junto à imprensa como aos demais públicos; - preparar as fontes de imprensa das organizações para que atendam às demandas da equipe de comunicação de forma eficiente e ágil. Funções da assessoria de comunicação.

5 Assessoria de comunicação: as três grande áreas. Nas médias e grandes corporações a área de Comunicação Social abrange três profissionais. São eles jornalistas, publicitários e relações públicas. Um destes profissionais pode ser o responsável pela área de comunicação das empresas, instituições ou entidades. No entanto, dentro do leque da Comunicação teremos os serviços de Assessoria de Imprensa que devem ser coordenados e executados exclusivamente por jornalistas habilitados. Da mesma forma, as áreas de Relações Públicas e de Publicidade e Propaganda. Todos devem estar integrados para desenvolver um trabalho de comunicação eficiente e produtivo nas empresas, entidades ou instituições em que atuam.

6

7

8 - Cuidado com o código de ética de cada uma das áreas - conhecer para mandar Delimitando as funções

9 - São freqüentes as confusões criadas pelos assessorados e até por profissionais da área de comunicação que não fazem distinção entre as atividades uns dos outros. Isso ocorre em duas circunstancias: desconhecimento das características de cada profissão ou por deliberada intenção de fazê-lo. Uma adequada política de comunicação social permite não apenas uma coordenação dos setores nela envolvidos, mas elimina desperdícios e superposições, invasões e conflitos de competência, erradicando desgastes improdutivos (Fenaj) Delimitando as funções

10 - Produção periódica de press-releases e disseminação de informações para os meios de comunicação coletiva - Coordenação de entrevistas para os quadros jornalísticos com o corpo executivo e diretivo da organização - Coordenação e preparação de projetos jornalísticos especiais Jornalismo

11 - Preparação de textos para os relatórios anuais das organizações - Controle e arquivo das informações do assessoradas divulgadas - Preparação e acompanhamento das entrevistas do corpo diretivo com os meios de comunicação - Arquivo de material divulgado pelos meios de comunicação - Estratégias de comunicação Jornalismo

12 - Esforço deliberado, planificado, coeso e contínuo da alta administração para estabelecer e manter uma compreensão mútua entre uma organização pública e privada e seu pessoal, assim como entre essa organização e todos os grupos aos quais está ligada direta e indiretamente. - Focado na execução de programas de integração interna e externa - Festividades para funcionários, aniversários, dias especiais, atividades de cunho social, concursos, peças institucionais - ajudado – envio de telegramas, ofícios, convites. - Pesquisas de opinião. Relações Públicas

13 Poderes executivo, legislativo e judiciário Circuitos empresarial e financeiro Circuito educacional/cultural Universo de clientes e/ou usuários Circuito social global Circuito interno Relações Públicas

14 Relações Públicas – subáreas de ação

15 - Busca o consumo de produtos ou serviços oferecidos pela instituição, - Criar e executar peças publicitárias e propaganda, - escolhe o veículo mais adequado e as agências para intermediação, - Coordena e administra a publicidade e a propaganda, as campanhas promocionais, os estudos mercadológicos, participar das estratégias de comunicação. - Pensa no projeto gráfico. Publicidade

16 Publicidade - funções

17 Identidade Visual

18 - Há nas organizações uma complexa rede de canais: instruções, ordens, memorandos, circulares, manuais, quadro de avisos, relatórios, boletins, diagramas, cartazes. - Editoração: tratar o material e organizá-lo para ser divulgado. - Materiais: servem aos objetivos das outras áreas. Editoração

19 Uma semana de avaliação. - MS Notícias aproveitou 71% dos releseas disponibilizados pela agência do governo, destes, 100% foram publicados na íntegra; - Midiamax usou 56% do material disponível, sendo que destes, 52% foram cópias idênticas; - Campo Grande News aproveitou 64% das notas da assessoria do governo, e 8% foram copiadas integralmente. - Análise do uso do release, mas também da eficiência da assessoria. - Continua ditando os assuntos - inclusive no impresso Alguns dados

20 - Atualmente, 50% dos profissionais formados em Jornalismo atuam em algum tipo de assessoria de imprensa, seja organizacional, institucional ou empresarial, mas essa situação pode sofrer variações dependendo da região.

21 - Segundo a Fenaj estima-se que 60% dos jornalistas trabalhem em algum tipo de assessoria (2003) Não temos essa informação para o MA.

22 Brief: 1. adj. breve, curto. Sin. Short, concise. Ant. Prolonged. - s. sumário, resumo; breve apostólico. -ly, adv. brevemente, em resumo. (Great Dictionary English-Portuguese) 2. Soma de conhecimentos que abrangem a situação de mercado e o produto ou serviço em relação a suas características intrínsecas, aos concorrentes e aos objetivos gerais da empresa e do plano de marketing, em termos de venda ou imagem. (Dicionário de termos de marketing) O que é briefing

23 Resumo de uma discussão; são os pontos a discutir. Geralmente, é aquilo que o cliente transmite, como expressão do trabalho que necessita, ao contato ou, diretamente, a um grupo da agência. 2. Passagem de informações e de instruções de modo ordenado, fornecida para o correto desenvolvimento de uma entrevista. De maneira geral, o briefing é um documento que o profissional de marketing transmite a quem vai realizar uma campanha publicitária promocional, de relações públicas ou uma pesquisa de mercado. (Dicionário de termos de marketing) O que é briefing

24 Resumo de uma discussão; são os pontos a discutir. Geralmente, é aquilo que o cliente transmite, como expressão do trabalho que necessita, ao contato ou, diretamente, a um grupo da agência. 2. Passagem de informações e de instruções de modo ordenado, fornecida para o correto desenvolvimento de uma entrevista. De maneira geral, o briefing é um documento que o profissional de marketing transmite a quem vai realizar uma campanha publicitária promocional, de relações públicas ou uma pesquisa de mercado. (Dicionário de termos de marketing) Documento contendo a descrição da situação da marca ou empresa, seus problemas, oportunidades, objetivos e recursos para atingi-los. Base do processo de planejamento. (Propaganda de A a Z) O que é briefing

25 Chama-se briefing às informações preliminares contendo todas as instruções que o cliente fornece à agência para orientar os seus trabalhos. É baseado nele e completado com as informações de pesquisas que se esboça o planejamento publicitário. O briefing é uma fase completa de estudos e deve conter as informações a respeito do produto, do mercado, do consumidor, da empresa e os objetivos do cliente. (Santanna, 1989: 109) É a hora da verdade. Nada pode ser omitido. O que é briefing

26 Encontrar e sistematizar a informação. Organizar e disponibilizar as informações certas. Direcionar e delimitar o que precisará ser feito. Fundamentar e sustentar as ações do planejamento, além de alimentar as ideias para o desenvolvimento de produtos e ações. Desenvolver, desde o início, bom relacionamento com o assessorado. Briefing - pra que serve

27 Requisitos de quem elabora o briefing - Domínio de técnicas básicas de elaboração de briefings. (pense num foco mercadológico das técnicas de entrevistas que você já aprendeu) - Possuir conhecimento básicos sobre assessoria de comunicação. - Ter um bom conhecimento prévio sobre o produto/empresa/marca e boa noção do funcionamento do mercado em que estão inseridos. - Ter visão crítica e estratégica. Briefing - elaboração

28 - Quanto maior o trabalho pretendido pela assessoria, maior e mais elaborado deve ser o briefing. - Não é tão simples quanto parece. - Briefing e planejamento são inseparáveis. - Diálogo contínuo. - Questionário pré-estruturado. - Conversa pessoal. , fax ou telefone são formas complementares de contato, sempre posteriores ao primeiro encontro e não substituem posteriores encontros decisivos ou que marquem a entrega de informações cruciais ao planejamento. As verdades dos briefings não são originais. São interpretadas. Briefing - elaboração

29 Obtenha as informações de briefing das pessoas certas. (pode ser o dono, o gerente, o diretor, mas DEVE ser a pessoa que conheça todo o funcionamento da empresa ou que possa indicar onde e com quem encontrar informações adicionais) NÃO seja formal demais. (não faça perguntas como um robô que lê o roteiro, nem trate o momento com o seu cliente como uma pesquisa do IBGE. É preciso envolvimento e jogo de cintura para que seu cliente dê as informações que precisa.) NÃO seja apenas um receptor de informações, interprete! NÃO fique preso ao roteiro. NÃO relate informações demais nem de menos. NÃO perca o foco. Briefing - dicas importantes

30 Basicamente, o roteiro de briefing deve levantar informações sobre: Histórico da marca/produto/serviço/pessoa Mercado/sociedade/cidade Consumidores/público Objetivos Estratégias Briefing


Carregar ppt "Universidade Federal do Maranhão Curso de Comunicação Social – Jornalismo Disciplina: Assessoria de Comunicação 2013.1 – Férias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google