A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. Principais Tópicos -Eletricidade estática -Conexões erradas -Manusear um computador ligado -Instalação errada do processador e do seu cooler -Erros.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. Principais Tópicos -Eletricidade estática -Conexões erradas -Manusear um computador ligado -Instalação errada do processador e do seu cooler -Erros."— Transcrição da apresentação:

1 1. Principais Tópicos -Eletricidade estática -Conexões erradas -Manusear um computador ligado -Instalação errada do processador e do seu cooler -Erros grosseiors

2 2. O que é eletricidade estática (ESD)? -Eletricidade Estática: Trata-se de um fenômeno de acumulação de cargas elétricas em um corpo, seja ele, condutor, semicondutor ou isolante. Essa eletricidade deve-se ao fato dos átomos dos corpos apresentarem desequílibrio quanto à sua neutralidade. -Eletrostática: É o ramo da eletricidade que estuda os comportamentos e as propriedades das cargas elétricas em repouso, em um corpo que ficou eletricamente carregado, também denominado de eletrizado. -O fenômeno da eletricidade estática ocorre quando os átomos de um determinado corpo perdem ou ganham elétrons, ficando dessa forma carregado positivamente ou negativamente

3 3. Como ocorre ESD no Hardware? -O Computador novo, apresenta mau funcionamento!!!!! -O Computador com alguns meses de uso, passou a apresentar problemas de memória!!!! Lembre-se: Quando trata-se de hardware, nenhuma falha é inexplicável, todas as falhas provem de algum problema especifico. Devido a complexidade do hardware, pode ser extremamente difícil de descobrir, mas sempre que existir um problema no hardware, o mesmo é físico e real.

4 3. Como ocorre ESD no Hardware? - Mas o que são as descargas Eletrostáticas? Um exemplo prático, muito provavelmente visto no ginásio nas aulas de ciências, pode ser citado para lembrarmos como funciona esse processo. Esfregamos uma caneta nos cabelos, tornando-a eletrificada. A Caneta passa a atrair para si, pequenos pedacinhos de papel. Cargas negativas (elétrons) ou positivas (falta de elétrons) acumulador na caneta são os responsáveis por esta atração.

5 3. Como ocorre ESD no Hardware? Casos comuns: - Quaisquer materiais, quando friccionados entre si, produzem quantidades maiores ou menores de eletricidade estática. - Ao se levantar de uma cadeira forrada com material plástico, retirar um casaco de lã ou mesmo ao andar por um carpete, o corpo humano acumula cargas suficientes para gerar um tensão de alguns milhares de volts.

6 3. Como ocorre a ESD no Hardware? -As descargas eletrostáticas

7 3. Como ocorre a ESD no Hardware? -As descargas eletrostáticas ocorrem quando os componentes foram tocados com as mãos pelos vendedores, técnicos e usuários de maneira incorreta.

8 3. Como ocorre a ESD no Hardware? Atos comuns: -Conforme mencionamos, é comum vendedores tocarem de forma incorreta nas placas, ou então identificar a placa. Famosa Etiqueta de Garantia.

9 3. Como ocorre a ESD no Hardware? Memória RAM:

10 3. Como ocorre a ESD no Hardware? Placas e periféricos:

11 3. Como ocorre a ESD no Hardware? Disco Rígido:

12 3. Como ocorre a ESD no Hardware? Fonte de alimentação:

13 3. Como ocorre a ESD no Hardware? Unidades de disco:

14 3. Como ocorre a ESD no Hardware? Placa mãe:

15 3. Como ocorre a ESD no Hardware? Processador:

16 3. Porque não sentimos choque? -Na realidade a duração das cargas é tão pequena, cerca de bilionésimos de segundo que não permite estabelecer uma corrente elevada, mesmo sendo a tensão tão alta. -Ou seja, devido a essa tensão, podemos danificar os minúsculos componentes do hardware. -Quando as tensões estáticas são maiores que volts, podemos sentir um pequeno choque. Por exemplo: Ao abrir a porta de um carro. Lembre-se: Muitas pessoas não acreditam na ESD pelo simples fato de não sentirem o choque!

17 3. Porque não sentimos choque? Entendendo na prática: - Acenda uma vela e mova o dedo rapidamente sobre o fogo. Se mantivéssemos o dedo parado sobre o fogo, sofreríamos a queimadura, mas se o passarmos por apenas uma fração de segundo, o calor não será suficiente para causar qualquer sensação de dor. - Faça o mesmo processo com um fio de cabelo. Por mais rápido que você o passe sobre a chama, ele sempre irá queimar. O mesmo ocorre com as descargas eletrostáticas: a sua duração não é suficiente para causar choque mas dá e sobra para queimar micro componentes. Existem componentes de 0,0001 milímetros.

18 3. Porque não sentimos choque? -Como proteger os circuitos? - Evitar descargas eletrostáticas é relativamente simples. Existem embalagens anti-estáticas. Maneira correta de segurar o Hardware, Técnicos e usuários, precisam realizar uma descarga de segurança.

19 3. Porque não sentimos choque? -Como proteger os circuitos? - Embalagens anti-estática

20 4. Como realizar descargas de segurança. 1- Antes de manusear os equipamentos, toque suas duas mãos em uma janela metálica, não pintada. Se isto não for possível, toque com as duas mãos a fonte de alimentação do computador. Caso a fonte seja pintada, toque em outra parte do interior do gabinete que seja de metal e não pintada. Repita esse processo a cada 15 minutos.

21 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Para que esta descarga seja suficiente é preciso que exista um caminho de condução elétrica entre a carcaça do computador e o TERRA da rede elétrica. Para garantir esse processo, devemos ligar o PC em um filtro de linha desligado ou estabilizador de voltagem desligado. Estando ligado, o filtro ou estabilizador não permitirá a passagem de energia elétrica para o computador, durante o seu manuseio. Mesmo estando desligado, o filtro ou estabilizador manterá conectados permanentemente os fios TERRA, permitindo que a descarga da eletricidade estática seja suficiente.

22 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento O "terra" funciona da seguinte forma, como a terra é uma fonte inesgotável de elétrons, o seu potencial é inalterável. Caso algum equipamento tente "sujar" o terra (como ocorre com o neutro), o excesso de tensão é encaminhado para a terra, mantendo o potencial elétrico sempre em zero.

23 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento Um bom aterramento é conseguido enterrando-se uma haste metálica a dois metros de profundidade, no solo (por isso o nome Terra), e ligando-se o fio TERRA nela. Esse aterramento serve para qualquer aparelho elétrico. Como em nossas casas isso não é feito, uma saída seria ligar o fio TERRA ao NEUTRO, mas isso não é muito aconselhável. Pode-se, ainda, obter o aterramento ligando-se o fio às partes metálicas existentes na casa, tubulações de água, da própria rede elétrica, na caixa onde fica presa a tomada de energia. Cuidado janelas de alumínio não servem para fazer o terra.

24 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento Podemos nos perguntar o seguinte: Se o neutro é aterrado, qual a diferença entre terra e neutro? A diferença básica é que no neutro há circulação constante de corrente elétrica (é por onde há o retorno da corrente proveniente da fase), já no terra só circula corrente em caso de problemas e/ou falhas da instalação.

25 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento Aterrando seu computador: Contudo, podemos aproveitar o ponto de aterramento do neutro para fazer o aterramento do micro. Sistema TN-C: O mais comum e mais arriscado. Note que o condutor terra (PE) é ligado ao neutro (N). Se ocorrer uma falha de isolação entre fase e neutro a tensão de fase será transferida para a carcaça do micro.

26 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento Sistema TN-S: Condutor neutro (N) e terra (PE) são distintos, mas possuem apenas um referencial de potencial zero - o mais recomendado

27 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento Terra Virtual O terra virtual é equipamento facilmente encontrado em lojas de materiais de informática e em alguns casos já vem junto dentro do filtro de linha. Ele possui recursos necessários para solucionar os problemas com aterramento, amortece os picos de tensão e proporciona energia pura, para que seus equipamentos, computadores e periféricos funcionem com segurança.

28 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento Terra Virtual Caso queria, mesmo não aconselhável, você mesmo pode fazer seu "terra virtual", ele funciona para igualar o potencial elétrico dos seus equipamentos e fazer com que eles não se queimem caso exista diferença de potencial entre eles. Para isso, basta interligar os terras dos equipamentos, o que é feito simplesmente conectando os equipamentos ao estabilizador de tensão já que ele interliga os pinos terra dos equipamentos. O pino terra dos cabos de força não poderão estar cortados, caso contrário essa técnica não funcionará. É claro que se você não tiver uma ligação de terra real, você terá de cortar ou então deixar desconectado o pino terra do estabilizador de tensão. Ou seja, o estabilizador será responsável por conectar os terras dos equipamentos nele conectados, porém seu próprio terra não estará ligado a lugar algum. Outro cuidado a ser tomado é o de não ligar o pino terra da tomada do estabilizador ao neutro da rede elétrica. O problema é que algum dia se você se equivocar e inverter o fase e o neutro na caixa de distribuição seu micro vai queimar.

29 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento - Porque tomamos choque quando tocamos no Gabinete do nosso computador? Você já tomou choque ao abrir a porta de uma geladeira? Isso ocorre caso o potencial elétrico da carcaça da geladeira não é igual a zero. Como você está com os pés no chão (que possui potencial zero), haverá uma diferença de potencial entre você e a geladeira, que criará uma corrente elétrica tão logo você encoste na carcaça metálica da geladeira, fazendo com que você sinta o choque. Esse mesmo tipo de problema pode ocorrer com o gabinete do seu computador ou com qualquer equipamento elétrico ou eletrônico que possua carcaça metálica.

30 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento - Porque tomamos choque quando tocamos no Gabinete do nosso computador?

31 4. Como realizar descargas de segurança. 2- Conceitos básicos de aterramento - Porque tomamos choque quando tocamos no Gabinete do nosso computador? Agora imagine que você esteja ligando o micro a uma impressora. Essa ligação é feita através de um cabo, correto? O que acontecerá se o potencial elétrico da carcaça do computador for diferente do potencial elétrico da carcaça da impressora? Na pior das hipóteses, você queimará a porta paralela do seu micro ou da sua impressora. Outra situação muito comum é entre micros conectados em rede através de cabo coaxial. Se os micros não estiverem aterrados, você poderá queimar a placa de rede deles, caso a carcaça deles possuam potenciais elétricos diferentes. O cabo da rede fará o papel de interligar a carcaça dos micros, fazendo com que haja um choque entre eles. Esse choque é uma diferença de potencial e fará com que a rede não funcione e até queimar as placas de rede dos micros que possuem diferença de potencial entre eles.

32 4. Como realizar descargas de segurança. 3- Um laboratório de manutenção deve ter pulseiras anti-estáticas, para o seus técnicos. Da mesma forma, técnicos cuidadosos também devem usá-las. Esta pulseira deve ser ligada a um ponto TERRA na rede elétrica. Trabalhando desta forma, o técnico dificilmente provocará uma descarga eletrostática.

33 4. Como realizar descargas de segurança. Luvas de Borracha – Muitos usuários perguntam se o uso de uma luva de borracha (por exemplo, luva cirúrgica) resolve o problema. NÃO resolve, a descarga eletrostática não precisa de condutores para ser transmitida, e nem pode ser bloqueada por materiais isolantes, como a borracha. A única forma de vencê-la é fazendo uma descarga sobre um corpo metálico, conforme explicado.

34 5. Desligue o computador da tomada! Antes de conectar ou desconectar um dispositivo, o computador precisa estar completamente desligado. Algumas placas mãe, possuem um LED que fica aceso enquanto o computador está conectado na tomada, mesmo desligado, para lembrar que encontra-se energizado.

35 5. Desligue o computador da tomada! Atenção: Exceto conexões USB, as quais já apresentam uma evolução em plug & play, as demais conexões não podem ser feitas ou desfeitas com o computador ligado. Antes de conectar impressoras/multifuncionais, teclado, mouse e etc.... Desligue o computador. Por exemplo: Se conectarmos um teclado OS/2 em um computador ligado, poderemos queimar a interface do teclado, Sem teclado, o computado fica inoperante.

36 6. Cuidados com as conexões de alimentação - É preciso tomar muito cuidado com as conexões internas do micro. Devemos saber para que serve cada conector, e qual a posição correta para ligá-los. Alguns deles, se conectados de forma errada, não chegam a causar danos, apenas não funcionam, mas mesmo assim é conveniente tomar cuidado. Os conectores mais perigosos são os da fonte de alimentação. Se forem ligados de forma invertida, ou em locais errados, podem queimar peças do computador.

37 6. Cuidados com as conexões de alimentação -Três tipos de Conectores da placa mãe: São Conectores intuitivos, porém, é possível inverter alguma conexão, isso pode ocasionar sérios danos.

38 6. Uso correto do Cooler e processador - O Cooler é uma peça metálica com um ventilador acoplado, que deve ser fixada na parte superior do processador. Serve para manter o processador em uma temperatura segura. Processadores modernos geram muito calor. Os modelos mais simples, atualmente dissipam entre 40 e 70 watts. Modelos avançados chegam a liberar mais de 100 watts. Para evitar o super- aquecimento, utilizamos um cooler aplicado sobre o processador.

39 6. Uso correto do Cooler e processador - Dependendo do processador e do tipo de cooler usado, é preciso prestar atenção na instalação correta. Se for ligado de forma errada o cooler pode danificar o processador.

40 6. Uso correto do Cooler e processador - Pasta térmica ou similares: Para que o calor do processador seja absorvido pelo cooler, mantendo a temperatura do processador em limites seguros, é preciso garantir a máxima eficiência na transmissão do calor. Existem muitas diferenças entre os formatos dos diversos processadores.

41 6. Uso correto do Cooler e processador -Os principais materiais utilizados são as pastas térmicas de fato e o elastômetro. -O elastômetro é um material mais rígido. A maioria dos coolers atuais usa este tipo de material, que é sempre protegido por uma etiqueta que deve ser retirada antes do seu uso. Nunca use elastômetro e pasta térmica simultaneamente.

42 6. Uso correto do Cooler e processador -Cuidados com o Elastômetro. O Elastômetro tem alta durabilidade e é resistente ao calor, mas se você precisar remover o cooler do processador, faça-o com muito cuidado para não arrancar o núcleo do processador. Ao ser retirado o cooler, não podemos reaproveitar o elastômetro. Temos que limpá-lo completamente do cooler e do processador, usando um cotonete molhado com álcool. É difícil encontrar elastômetro sobressalente, sendo assim, temos que passar a utilizar pasta térmica depois que o elastômetro é removido.

43 6. Uso correto do Cooler e processador -Cuidados com o Elastômetro. O Elastômetro tem alta durabilidade e é resistente ao calor, mas se você precisar remover o cooler do processador, faça-o com muito cuidado para não arrancar o núcleo do processador. Ao ser retirado o cooler, não podemos reaproveitar o elastômetro. Temos que limpá-lo completamente do cooler e do processador, usando um cotonete molhado com álcool. É difícil encontrar elastômetro sobressalente, sendo assim, temos que passar a utilizar pasta térmica depois que o elastômetro é removido.

44 7. Erros Grosseiros. – Primeira lei em segurança de hardware: Não invente, o fabricante descreve todos os cuidados e formas de instalar o hardware em seu respectivo manual. -Parafusar a placa mãe sem os espaçadores no gabinete. - Remover espuma rosa a qual protege as placas - Cabos soltos e desorganizados -Não prender cabos com elásticos -Não Empilhar placas


Carregar ppt "1. Principais Tópicos -Eletricidade estática -Conexões erradas -Manusear um computador ligado -Instalação errada do processador e do seu cooler -Erros."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google