A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENCONTRO DOS HOSPITAIS DE REFERÊNCIA EM HUMANIZAÇÃO SESSP Agosto de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENCONTRO DOS HOSPITAIS DE REFERÊNCIA EM HUMANIZAÇÃO SESSP Agosto de 2012."— Transcrição da apresentação:

1 ENCONTRO DOS HOSPITAIS DE REFERÊNCIA EM HUMANIZAÇÃO SESSP Agosto de 2012

2 1983 – I Encontro Distrital de Saúde Jornal: O Papa Léguas Data: Ano 1 / nº1 – página 02 Movimento Pró Hospitais Regional Jornal: Boletim Oficial da Prefeitura Municipal do Embu Março /1984 Resgate Histórico

3 Movimento Pró Hospital Outubro / 1987 Resgate Histórico

4 Em 1987, o governador assina o empréstimo com a Caixa Econômica Federal para a licitação e construção do Hospital Pirajussara, na divisa de Taboão da Serra e Embu das Artes, e do Hospital de Itapecerica da Serra. Resgate Histórico

5 Retomada da Construção Fevereiro / 1998 Resgate Histórico

6 Outubro / 1998 Resgate Histórico

7 Março de 1999 Atendimento Humanizado Compromisso com a Comunidade Início pela maternidade

8 Missão Defender a saúde da comunidade e contribuir para o aprimoramento do sistema único de saúde Visão Ser reconhecido pela excelência em gestão de serviços de saúde

9 Valores Ética Dignidade no atendimento e no trabalho Pioneirismo e Inovação Excelência e Economicidade Compromisso com a Comunidade

10 Distribuição de leitos 28 Ginecologia e Obstetrícia 30 Neonatologia (10 de UTI Neonatal) 17 Clínica Pediátrica 21 Clínica Médica 43 Clínica Cirúrgica 21 Clínica Ortopédica 06 UTI Pediátrica 20 UTI Adulto 10 Hospital-Dia 08 Recuperação Anestésica 14 Pronto Socorro 04 Semi Intensiva Total: 222 Leitos

11 Fonte: Seade 2011 População Total em 2010: Caracterização do cliente

12 Modelo de Gestão Foco no cliente Visão e pensamento sistêmico Planejamento Estratégico Orientação por processos para resultados Gestão por Diretrizes e Áreas de Foco Prioritário Lideranças mobilizam equipes para objetivos estratégicos e visão Melhorias contínuas sustentáveis

13 O modelo assistencial adotado no HGIS desde a abertura de seus serviços está voltado para a humanização do atendimento. A Comissão de Humanização foi constituída em 27 de março de 1999 e tem a finalidade de fomentar o desenvolvimento da humanização no HGIS. Março de 1999

14

15 Agosto de 2005 Uma das estratégias para consolidar a implementação da Política Nacional de Humanização – PNH no HGIS foi a elaboração da Política de Atendimento pela Comissão de Humanização. Princípios e Diretrizes da Política Nacional de Humanização

16 A Proposta Para que a Política de Atendimento fosse incorporada pelos colaboradores era necessário: instrumentalizar todos os colaboradores para o cuidado na relação com os usuários fortalecer/sedimentar a Missão e os Valores do HGIS garantir a efetivação dos direitos conquistados dos usuários e valorizar sua inserção no processo de tratamento

17 Metodologia Relacionamos o Código dos Direitos do Paciente e alguns dos valores da nossa Instituição: Ética, Excelência, Compromisso Social, Responsabilidade, Humanismo e Iniciativa. Referência teórica. Utilizamos o olhar e a experiência cotidiana de cada membro da comissão sobre a realidade para construção dos princípios.

18 Política de Atendimento Primar pela boa relação entre Profissionais e Usuários Fevereiro de 2006

19 Princípios Norteadores 1.Olhar, ouvir e privilegiar o diálogo, claro e objetivo. 2.Apresentar-se aos usuários e tratá-los sempre pelo nome, procurando transmitir segurança e confiabilidade.

20 Princípios Norteadores 3.Reconhecer o paciente e seus familiares como principais interessados no êxito do tratamento, informando e esclarecendo quanto aos procedimentos a serem realizados. 4.Respeitar a privacidade do paciente, mantendo o sigilo ético-profissional.

21 Princípios Norteadores 5.Respeitar as diferenças, não discriminar e não julgar. 6.Profissionais, pacientes e familiares devem compreender seu papel e assumir a responsabilidade enquanto participantes do processo de saúde- doença.

22 7.Garantir agilidade e eficiência no atendimento e nas informações prestadas. 8.Estimular o trabalho em equipe, valorizando a abordagem multiprofissional. Princípios Norteadores

23 9.Conhecer e divulgar as normas e rotinas de funcionamento do HGIS. 10.Ter pleno conhecimento do Sistema Único de Saúde e ser divulgador no processo de construção do SUS. Princípios Norteadores

24 Proposta inicial de Divulgação Apresentação da Política para as Gerências e suas respectivas Chefias Apresentação da Política em reuniões de Equipe e Grupos de Trabalho Publicar a Política nos diversos meios de comunicação institucional (murais, site, intranet, jornal, entre outros)

25 Intranet

26 Internet

27 Capacitação dos Colaboradores Objetivos: Fortalecer/sedimentar a Missão e os Valores do HGIS visando proporcionar espaços de interação e estímulo à reflexão do cotidiano, na busca de mudanças na forma de pensar e agir em nosso trabalho, agregando valor a assistência.

28 Outubro de 2006 Definição de: Organização e dinâmica das capacitações Cronograma Estrutura modular Recursos e logística Realização da 1ª Capacitação e avaliação: Identificamos a necessidade de um 2º Encontro para retorno de apontamentos realizados pelos colaboradores.

29 A Dinâmica 1º Encontro Café e Abertura (dinâmica do nome) Apresentação do SUS e Cultura Organizacional Histórico da Comissão de Humanização Política e Princípios Norteadores Dramatização (caso real) Discussão e Análise face à Política de Atendimento Filme – O Dia em que Dorival encarou a guarda e Amigo Secreto Encerramento e Avaliação

30

31

32 Dezembro de 2006 Definição de: Organização e dinâmica do 2º Encontro Estrutura modular Cronograma para 2007 contemplando os dois encontros Recursos e logística

33 A Dinâmica 2º Encontro Café e Abertura Expectativa Participantes dos Encontros Reflexão da Prática Educativa Vivenciada O Processo de Trabalho em Saúde, texto da Educação Permanente - leitura e discussão Dinâmica (condução e confiança) Avaliação e Comentários Encerramento

34

35 Resultados quantitativos Fonte: Arquivos da Comissão

36 Resultados qualitativos...Sempre acrescenta em nosso aprendizado, nos leva a refletir para mudança dos pontos negativos, mudando nossa realidade de trabalho para sempre fazermos o melhor ao próximo, ao nosso cliente. Deve existir momentos iguais para reflexão sobre a Política de Atendimento, incorporando outros profissionais do HGIS. Extraídos de capacitações realizadas até março/2007.

37 Novembro de 2007 I Mostra SESSP Pôster Política de Humanização

38 Fevereiro de 2008 Reunião de Planejamento Campanha de divulgação

39 Março de 2008 Campanha de Divulgação: O slogan da campanha foi: EU FAÇO A DIFERENÇA Cada um dos princípios norteadores da Política de Atendimento foi associado a uma cor e a uma palavra, e durante 10 dias a campanha trabalhou esses princípios - um em cada dia.

40 Palavras-chave ATENÇÃO CONFIANÇA DIREITO ÉTICA RESPEITO RESPONSABILIDADE COMPROMISSO UNIÃO DIÁLOGO SUS

41 Folder para o Colaborador

42 1ª Etapa Identificados por camisetas com os princípios orientadores da Política de Atendimento os colaboradores capacitados receberam panfletos e adesivos para distribuir entre seus colegas. Ao todo a campanha contou com cerca de duzentos multiplicadores!

43

44 2ª Etapa Como nós queremos que nossos usuários vejam a Política de Atendimento? O objetivo principal desta etapa: apresentar a Política de Atendimento e mostrar que ela é mais uma ação do HGIS na garantia dos direitos de seus usuários – a razão maior da sua existência!

45 Divulgação ao Usuários Banners, panfletos e uma equipe muito bem alinhada preparou uma recepção muito especial aos usuários no dia do lançamento da campanha. (Março/2008)

46 Agosto de 2008 II Mostra SESSP - Plano Estadual de Saúde – metas e resultados da Humanização. Estabelecemos o modelo para cadastro das ações/projetos de Humanização do HGIS. Humanização na Intranet

47 Na Internet

48 Janeiro de 2009 A Política de Atendimento é integrada à Cultura Organizacional realizada pelo RH, com o suporte da Comissão de Humanização.

49 Março de 2009 O Regimento Interno da Comissão de Humanização é aprovado pela Superintendência Hospitalar. Regimento Interno da Comissão de Humanização

50 Dezembro de 2009 Visita Técnica ao Hospital Municipal Odilon Behrens (Belo Horizonte – MG). O hospital é referência em atendimento Humanizado, trabalha com todos os eixos da PNH. Trabalham com colegiados que envolvem os colaboradores de todas as categorias. A visita teve a duração de 02 dias.

51 SWOT (análises em 2010) Fraquezas - Cultura social que não respeita os direitos legais Pontos a melhorar: Divulgar e propagar os direitos do cidadão Envolver a família e o paciente no processo de cuidado Estimular a sensibilidade na abordagem ao paciente e familiares associada à formação tecnicista dos profissionais

52 Maio de 2011 Iniciamos a elaboração da Política de Direitos dos Pacientes e Familiares tendo por base além das Políticas de Atendimento e da Qualidade, as legislações: Estatuto da Criança e do Adolescente Estatuto do Idoso Estatuto das Pessoas com Deficiência e Lei Estadual (direitos dos usuários de serviços de saúde no estado de São Paulo

53 Política de Direitos dos Pacientes, Familiares e Acompanhantes Julho de 2011

54 Direitos 1.Ser acolhido com atenção, respeito e ser compreendido em suas necessidades, inclusive em final de vida. 2.Escolher um representante para acompanhar seu tratamento, como também de restringir o acesso de visitantes durante seu período de internação.

55 Direitos 3.Ter respeitados suas crenças e valores e receber ou recusar assistência psicológica, social e religiosa. 4.Ter resguardados os seus segredos, pela manutenção do sigilo profissional, desde que o mesmo não acarrete em riscos a terceiros ou a saúde pública.

56 Direitos 5.Ter assegura a sua segurança, integridade, repouso, privacidade e individualidade. 6.Participar do processo de cuidado, recebendo informações que o auxiliem na tomada de decisão.

57 Direitos 7.Consentir ou recusar, de forma livre e voluntária, após esclarecimentos e adequada informação, os procedimentos diagnósticos e ou terapêuticos a serem nele realizados, conforme política da instituição. A recusa está condicionada a ausência de risco iminente de morte.

58 Direitos 8.Revogar o consentimento a qualquer instante antes da execução do procedimento, por decisão livre, consciente e esclarecida, desde que não haja risco iminente de morte, sem que lhe sejam imputadas sansões morais ou legais.

59 Direitos 9.Receber informações claras, objetivas e compreensíveis, em linguagem adaptada à sua condição cultural, sobre todas as ações relacionadas ao seu cuidado, assim como recusar-se a recebê-las.

60 Direitos 10.Solicitar segunda opinião em relação ao seu diagnóstico ou tratamento e, se desejar, substituição do médico responsável pelo seu atendimento. 11.Apresentar livremente a sua opinião, contribuindo para a melhoria dos serviços prestados.

61 Agosto e Setembro de 2011 Ações de divulgação da Política de Direitos dos Pacientes: Publicação na Intranet Banners Apresentação em reuniões de equipe Produção de encarte com lista de direitos para entregar aos pacientes no momento da admissão Recepção lê 02 direitos no momento da admissão do paciente

62

63 Jogo de Tabuleiro Estratégia de Divulgação

64 Cartões utilizados

65 Exemplo de perguntas Estratégia de Divulgação

66 Aplicação do jogo Estratégia de Divulgação

67 De Nov/2011 a Mai/2012 As ações para divulgação da Política de Direitos dos Pacientes e Familiares, abrangeu 461 colaboradores Equipe de Enfermagem393 Equipe Multiprofissional29 Equipe de Manutenção14 Administrativos17 Outros08 Fonte: Recursos Humanos, Junho de 2012

68 Ações de Humanização no HGIS

69 Cultura Organizacional Inserção de novos colaboradores Acompanhamento do padrinho no primeiro mês Integração Treinamento de Cultura Organizacional com a participação de antigos colaboradores Revisão contínua dos procedimentos à luz das políticas com disseminação na unidade pelo gestor.

70 Monitoramento Usuários: Manifestações no Serviço de Atenção ao Usuário - SAC Pesquisa de Satisfação dos Usuários (espontânea e estimulada) Colaboradores: Manifestações no Canal Aberto Canal Direto Avaliações internas e externas Comissão de Humanização: Discussão para criação de indicadores

71 Obrigada! Tel. (11)


Carregar ppt "ENCONTRO DOS HOSPITAIS DE REFERÊNCIA EM HUMANIZAÇÃO SESSP Agosto de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google