A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trata-se de uma apresentação feita por Sandra Teixeira no dia 17 de Agosto de 2006, no II Seminário de Desenvolvimento Gerencial e Organizacional da Secretaria.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trata-se de uma apresentação feita por Sandra Teixeira no dia 17 de Agosto de 2006, no II Seminário de Desenvolvimento Gerencial e Organizacional da Secretaria."— Transcrição da apresentação:

1 Trata-se de uma apresentação feita por Sandra Teixeira no dia 17 de Agosto de 2006, no II Seminário de Desenvolvimento Gerencial e Organizacional da Secretaria Municipal da Saúde - Organização da Rede de Atenção a Saúde da Pessoa Idosa, realizado no Hospital Albert Einstein.

2 SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL REGIONAL NORTE HOSPITAL MUNICIPAL DR. CARMINO CARICCHIO II SEMINÁRIO DE DESENVOLVIMENTO GERENCIAL E ORGANIZACIONAL DA SMS ORGANIZAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO A SAÚDE DA PESSOA IDOSA 17/08/2006

3 O ATENDIMENTO AOS CASOS DE VIOLÊNCIA A PESSOA IDOSA NO PRONTO SOCORRO DO HMCC SEÇÃO TÉCNICA DE SERVIÇO SOCIAL SANDRA C. C. TEIXEIRA

4 Conceito importante Violência Abuso em idosos constituem uma ação única ou repetida, ou ainda a ausência de uma ação devida, que causa dano,sofrimento ou angústia em uma relação onde haja expectativa de confiança. OMS/2001

5 Tipos Violência InstitucionalInterpessoal AutoViolênciaAutoViolência

6 Auto-Violência SuicidaAuto-abuso Psicológico Físico Privação ou negligência Natureza da Violência

7 Tipo Interpessoal FamíliaComunidade Comp/o(a)Filho(a) Genro Nora Conhec.Desconhec. Físico Sexual Psicológico Privação ou Negligência Natureza da Violência

8 Tipo Institucional SocialPolítica Econômica Física Sexual Psicológica Privação ou Negligência Natureza da Violência Religiosa Educacional

9 Relação entre os Tipos de Violência Auto Infligida Interpessoal Institucional Fatores de Risco álcool, drogas, desemprego, preconceito, carência afetiva, isolamento, fragilidade, carência econômica, doenças, aposentadoria, transporte, conflitos, etc.

10 Notificação de Violência e Maus Tratos no HMCC março - Implantação dos Fluxos da Ficha de Violência e Maus Tratos no HMCC Total/ anual de 2004: 338 notificações Idoso: 17 notificações

11 Notificação de Violência e Maus Tratos 2005 Total Geral: 684 Adulto: 343 Criança e Adolescente: 313 Idoso: 28 Gênero Idoso

12 Notificações de violência – Idoso 2005

13 Física, Sexual, Econômica, Psicológica, Abandono, Negligência Identificar dimensões da qualidade de vida do paciente/família. Valorizar informações subjetivas do paciente/família. Identificar os fatores desencadeantes da violência. (pessoal, familiar, comunitário, institucional). Suporte e orientação ao paciente/família. Estabelecer com o idoso/família compromisso de confiança. Colaborar com estreitamento de vínculos afetivos. Encaminhar a outros profissionais. Discussão do caso com equipe multi. Acompanhar o caso durante a internação. Uso da lei como último recurso ( Delegacia do Idoso,Ministério Público, Conselhos Estadual e Municipal do Idoso ). Intervenção em situação de violência

14 DIFICULDADES Falta de preparo para identificar os casos de violência contra o idoso. Falta de informação sobre legislação. Ausência de mecanismo que ampare o profissional. Ameaças freqüentes. A decisão de notificar se baseia no especifico do caso e na avaliação de ordem pessoal do profissional. Valorização da privacidade familiar. Falta de um trabalho integrado entre as diversas áreas dentro da unidade de saúde. Ausência de uma comissão ou núcleo para acompanhar o sistema de notificação (estrutura organizacional).

15 Gênero Levantamento de dados de pacientes ( P.S./1 mês – 2005) Total de Idosos atendidos: 4121

16 Profissional da Saúde Cuidar é nossa principal tarefa. Capacitação do profissional para o reconhecimento das situações de violência. Conhecer e incorporar os princípios do Estatuto do Idoso e do PNSI no atendimento ao idoso. Trabalho interdisciplinar, fundamental para a qualidade do atendimento. Proceder de maneira cuidadosa para evitar expor o idoso a maior risco. Explorar todos os recursos da comunidade para ajudar na proteção ao idoso. Conflitos pessoais morais e éticos devem ser trabalhados.

17 Sensibilizar, capacitar e atualizar os recursos humanos no atendimento em saúde, e psicosocial ao idoso, nas diversas áreas do conhecimento. Desenvolver protocolos de identificação e de avaliação do idoso vitimizado, visando o correto diagnóstico e as abordagens terapêuticas apropriadas nas diversas áreas profissionais. Estabelecer políticas integradas com diversos órgãos. Articular através de campanhas que visualizem os índices de Violência contra o idoso. Gerência da Saúde

18 Sobre a Violência Nenhum país, nenhuma cidade, nenhuma comunidade está imune à violência... mas, também,... não estamos impotentes diante dela. Nelson Mandela, 2002

19 Sebastião Salgado


Carregar ppt "Trata-se de uma apresentação feita por Sandra Teixeira no dia 17 de Agosto de 2006, no II Seminário de Desenvolvimento Gerencial e Organizacional da Secretaria."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google