A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O conceito de exclusão : ato pelo qual alguém é privado ou excluído de determinadas funções. A exclusão social implica numa privação por falta de acesso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O conceito de exclusão : ato pelo qual alguém é privado ou excluído de determinadas funções. A exclusão social implica numa privação por falta de acesso."— Transcrição da apresentação:

1

2 O conceito de exclusão : ato pelo qual alguém é privado ou excluído de determinadas funções. A exclusão social implica numa privação por falta de acesso aos sistemas sociais básicos, como família, moradia, trabalho formal ou informal, saúde, dentre outros. Este é o processo que se impõe à vida do indivíduo que estabelece uma relação de risco com algum tipo de droga, cuja fronteira para a exclusão é delimitada pelo início dos problemas sociais

3 A reinserção social é o grande desafio para o profissional que se dedica à área das dependências químicas Os profissionais devem entender a reinserção social como um processo longo e gradativo que implica, inicialmente, na superação dos próprios preconceitos, nem sempre explícitos.

4 A reinserção assume o caráter de reconstrução das perdas e seu objetivo é a capacitação da pessoa para exercer em plenitude o seu direito à cidadania O exercício da cidadania para o paciente em recuperação significa o estabelecimento ou resgate de uma rede social inexistente ou comprometida pelo período de abuso da droga.

5 O processo de reinserção começa com a avaliação social, momento em que o profissional mapeia a vida do paciente em aspectos significativos que darão suporte ao seu novo projeto de vida, desenhado a partir das suas características pessoais e da etapa do tratamento em que se encontra.

6 No momento em que se trabalha a reinserção do paciente, o objetivo maior do tratamento deixa ser ajudá-lo a entrar em abstinência,tornando-se essencial a recuperação de sua cidadania. A reinserção social do dependente de drogas deve ser pensada, planejada e orientada por toda a equipe. A interdisciplinaridade alarga o horizonte de possibilidades e permite ao paciente leituras específicas para cada nova situação que se apresente.

7 O conhecimento dos equipamentos da comunidade é o maior aliado do profissional. Conhecer pessoalmente os recursos para os quais vai encaminhar o paciente pode ser o 1º passo para uma produtiva parceria entre a instituição de tratamento e o recurso comunitário; A eleição do recurso adequado aumenta a chance do paciente ter acesso, se beneficiar e seguir às orientações do novo atendimento.(rede de atenção composta por instituições públicas e privadas, além das ONGs, pioneiras na reinserção)

8 O sistema formal de tratamento e reabilitação tem resultados positivos com respostas mais rápidas quando se trabalha em sintonia com o sistema informal de auto ajuda (Narcóticos Anônimos, Grupos de Familiares, Grupos Comunitários e Religiosos) Parceria entre o sistema de saúde e o sistema judiciário deve ocorrer para ajudar os usuários infratores, com o objetivo de evitar recorrer às prisões.

9 A família deve está informada de todo processo de reinserção e, sempre que possível, deve ser atuante nas decisões juntamente com o usuário. O usuário precisa ser encorajado a retornar ao sistema de educação (formal ou não formal) com objetivo de fazer capacitação para o mundo do trabalho.

10 Projeto de vida O Projeto de Vida deve considerar as expectativas do paciente e as suas possibilidades reais, enfatizando suas escolhas pessoais, responsabilidade pelas decisões e comportamentos futuros. Continuidade do Tratamento O paciente deve estar convencido de que seu tratamento não termina com a alta hospitalar ou a saída da Comunidade Terapêutica. A continuidade do tratamento (qualquer que seja) é um espaço para a obtenção de suporte ao manejo das situações de risco;

11 Metas Atingíveis O estabelecimento das metas do projeto deverá ser realista conforme análise das condições do usuário. Resgate de Rede Social É preciso resgatar e/ou estabelecer novas redes de socialização. Aspectos Familiares Tal como o paciente, a família irá aprender novas maneiras de viver, abandonando comportamentos negativos e assumindo comportamentos positivos em relação ao paciente

12 Aspectos Profissionais Desenvolver uma atividade formal ou informal é para o dependente químico, quase tão importante quanto à manutenção da abstinência. A dificuldade de inserção no mercado de trabalho não depende apenas da aptidão ou do esforço dos indivíduos. Se ele exerce atividade formal, os serviços de Recursos Humanos e Saúde Ocupacional da empresa podem ser contatados pelo profissional, pela família ou pelo próprio paciente.

13 O paciente que opta pelo trabalho informal deve ser acompanhado mais de perto pela equipe que conhece seu novo projeto de vida. A família precisa estar informada do novo projeto e, se possível, participar junto com a equipe do desenvolvimento das atividades laborais. O tratamento continuado deve ser redirecionado de acordo com as conquistas do paciente.

14 Em muitos casos de dependência química, não há a necessidade de manter o paciente internado.O Hospital Dia é um desses locais que cuidam do paciente sem que ele permaneça em processo de internação. "Tratar não significa excluir socialmente".( Dorit Verea) No processo de aprender a lidar com a sua relação com a droga, sentimentos de rejeição, insegurança, culpa, incapacidade, dentre outros, colocam-no em freqüentes situações de risco que são trabalhadas no dia a dia do atendimento. O Hospital Dia é uma forma de atenção diária, ambiente favorável para elaboração de novas atitudes que evitam fracassos e possibilitam elaboração de um projeto de vida sem drogas. PROCESSO DE REINSERÇÃO TRATAMENTO NO HOSPITAL DIA

15 Pareceria com s Secretaria de Educação do Estado do Ceará PROJETO E-JOVEM Estimula o retorno à Escola (SEJA) Elabora, desenvolve e realiza projetos sociais Capacita para o trabalho formal/informal Possibilita novos vínculos sociais Vide vídeo

16 PARCERIAS - STDS

17 ENTREGA DE CERIFICADOS 2010/2011 : 24 ALUNOS

18 ELO DE VIDA - 1º LUGAR EM INCLUSÃO DIGITAL NO CEARÁ 2011

19


Carregar ppt "O conceito de exclusão : ato pelo qual alguém é privado ou excluído de determinadas funções. A exclusão social implica numa privação por falta de acesso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google