A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MEDIAÇÃO UMA CULTURA DE PAZ. O Perfil do Profissional Pretendido (...)Visa à formação do bacharel em Direito com permanente formação humanística, com.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MEDIAÇÃO UMA CULTURA DE PAZ. O Perfil do Profissional Pretendido (...)Visa à formação do bacharel em Direito com permanente formação humanística, com."— Transcrição da apresentação:

1 MEDIAÇÃO UMA CULTURA DE PAZ

2 O Perfil do Profissional Pretendido (...)Visa à formação do bacharel em Direito com permanente formação humanística, com forte conduta ética e socialmente responsável, comprometido com o ideal de justiça e, que além da necessária formação jurídica, teórico e prática, desenvolvam também uma cidadania consciente e participativa. (...) Versus: Modelo Tradicional de Formação Jurídica Profissional.

3 Necessidade de valorização das relações UNESCO Artigo I – Propósitos e funções O propósito da Organização é contribuir para a paz e para a segurança, promovendo colaboração entre as nações através da educação, da ciência e da cultura, para fortalecer o respeito universal pela justiça, pelo estado de direito, e pelos direitos humanos e liberdades fundamentais, que são afirmados para os povos do mundo pela Carta das Nações Unidas, sem distinção de raça, sexo, idioma ou religião. (Adotada em Londres, em 16 de novembro de 1945, e emendada pela Conferência Geral nas suas 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8ª, 9ª, 10ª, 12ª, 15ª, 17ª, 19ª, 20ª, 21ª, 24ª, 25ª, 26ª, 27ª, 28ª e 29ª sessões).

4 O que é? Cultura de paz Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Chama da Paz, em Haia. Cultura de Paz: A ONU definiu o conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilos de vida associados à cultura de paz na Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz, divulgada em 13 de setembro de Diversas instituições em todo o mundo aderiram a esta declaração e se empenham na concretização destes ideais. Tais valores já têm previsão na CRFB em seu artigo 5º.

5 O ideal Constitucional Além disso, a mudança de paradigma nas relações, não só é uma necessidade inadiável da sociedade pelas razões pacificadoras, mas também por determinação constitucional, em que se exige do Estado, eficiência (art. 37, caput, com a redação da emenda constitucional nº 19), assegurando-se a todos a razoável duração do processo (art. LXXVIII, com a redação da emenda constitucional nº 45), de modo que o Poder Judiciário só funcione nos casos em que as formas alternativas e solução de conflito não possa ser aplicada.

6 Choque de Realidade janfevmarabrmaijunjulagosetoutnovdezTotal Barra Belford Roxox Cabo Frio Campo Grd Campos Catete Caxiasxx Centro Copacabana Friburgo Guadalupe

7 Choque de Realidade janfevmarabrmaijunjulagosetoutnovdezTotal Ilha Jacarepaguá Macaé Méier Niterói Nova Iguaçu Petrópolis Recreio Resende São João de Meriti Tijuca Total

8 Formas Alternativas de Solução de Conflitos Negociação; Conciliação; Arbitragem; MEDIAÇÃO.

9

10 Quadro Comparativo JUDICIÁRIOMEDIAÇÃO Data de Procura do NPJ 30/10/200703/04/2009 Data da Propositura da AçãoData das Sessões de Mediação 05/12 /200725/5 - 9/6/2009 Solução do Conflito 27/AGOSTO/200826/JUNHO/2009

11

12


Carregar ppt "MEDIAÇÃO UMA CULTURA DE PAZ. O Perfil do Profissional Pretendido (...)Visa à formação do bacharel em Direito com permanente formação humanística, com."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google