A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As empresas nacionais e o projeto TAV Brasil Visão da iniciativa privada SEMINÁRIO O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A ENGENHARIA NACIONAL Vicente Abate - Presidente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As empresas nacionais e o projeto TAV Brasil Visão da iniciativa privada SEMINÁRIO O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A ENGENHARIA NACIONAL Vicente Abate - Presidente."— Transcrição da apresentação:

1 As empresas nacionais e o projeto TAV Brasil Visão da iniciativa privada SEMINÁRIO O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A ENGENHARIA NACIONAL Vicente Abate - Presidente da ABIFER São Paulo, 9 de setembro de 2010

2 ABIFER, há 33 anos

3 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

4 NOSSA MISSÃO Fomentar o crescimento da indústria ferroviária instalada no País, defendendo a expansão do transporte ferroviário de carga e de passageiros no Brasil e apoiando permanentemente as concessionárias e seus usuários. ABIFER

5 NOSSA VISÃO ABIFER Ser a entidade de referência, no Brasil e na América Latina, para os temas relacionados ao transporte ferroviário. NOSSOS VALORES > Foco no Brasil > Crença no Negócio > Transparência nas Ações > Crescimento Sustentado > Geração de Valor

6 1 Fabricantes de veículos, sistemas e componentes para o setor ferroviário de carga e de passageiros 2 Empresas de projetos, consultoria e serviços ferroviários ASSOCIADAS QUEM SOMOS

7 ASSOCIADAS

8 ATUAÇÃO EM PRODUTOS > Locomotivas Diesel-Elétricas e Diesel-Hidráulicas > Vagões de carga de todos os tipos > Vagões siderúrgicos > Trens Unidades Elétricos para Metrôs e Subúrbio > Trens de Alta Velocidade – TAVs > Veículos Leves sobre Trilhos – VLTs > Monotrilhos > Sistemas de Freio, Sinalização, Eletrificação e Telecomunicação > Truques, Motores de Tração, Engates, Rodas, Eixos e Molas > Materiais para via permanente > Fixações elásticas l Talas de junção l Aparelhos de mudança de via l Dormentes l Soldagem de trilhos ASSOCIADAS

9 ATUAÇÃO EM SERVIÇOS ASSOCIADAS > Engenharia > Manutenção, reparação e modernização de veículos, sistemas e componentes > Consultoria

10 INVESTIMENTOS INDÚSTRIA FERROVIÁRIA > Modernização e ampliação das instalações fabris, novas fábricas e novas tecnologias 1 bilhão (período 2003 a 2009) R$ Fonte: ABIFER

11 12000 VAGÕES DE CARGA 600 CARROS DE PASSAGEIROS 100 LOCOMOTIVAS CAPACIDADES ANUAIS As associadas da ABIFER têm aumentado, ano a ano, sua capacidade de produção MAIS DE

12 INOVADORES IMPLEMENTADOS PELA INDÚSTRIA FERROVIÁRIA BRASILEIRA > Vagões de elevada capacidade, para transporte de minério de ferro, com peso bruto máximo de 150 t e truques de 37,5 t/eixo; > Vagões graneleiros com sistema rápido de descarga e acionamento simultâneo de portas por apenas um operador; > Vagões tanques para transporte de gás natural liquefeito, para abastecimento de locomotivas em movimento; > Freio eletro-pneumático para vagões de carga; > Rodas ferroviárias de aço microligado; > Locomotivas diesel-elétricas de HP, corrente alternada; > Locomotivas diesel-hidráulicas, para manobra e linha; > Sistema CBTC de sinalização completamente automático (driverless); > Carros de passageiros com ar condicionado, circuito fechado de TV e itens de acessibilidade como portas mais amplas para cadeirantes; > Fixações pré-montadas em metrôs, que atenuam os ruídos e as vibrações da via permanente; > Dormentes de concreto utilizados em larga escala, privilegiando o meio ambiente. PROJETOS

13 NÚMEROS DE PRODUÇÃO

14 / VAGÕES PRODUÇÃO BRASILEIRA (P) Fonte: ABIFER

15 10(P) / VAGÕES PRODUÇÃO BRASILEIRA > PRODUÇÃO POR DÉCADA Fonte: ABIFER

16 / LOCOMOTIVAS PRODUÇÃO BRASILEIRA (P) Fonte: ABIFER

17 / CARROS DE PASSAGEIROS PRODUÇÃO BRASILEIRA (P) Fonte: ABIFER

18 10(P) > PRODUÇÃO POR DÉCADA CARROS DE PASSAGEIROS PRODUÇÃO BRASILEIRA Fonte: ABIFER

19 Pedidos em carteira Total de carros: 1098 carros LinhaCarros 2 Verde – Metrô SP96 3 Vermelha – Metrô SP60 1 Azul – Metrô SP42 7 Rubi – CPTM Safira – CPTM Safira - CPTM64 8 Diamante – CPTM (PPP) Coral - CPTM72 5 Lilás – Metrô SP156

20 Pedidos em carteira Total de carros: 168 carros Metrô/VLTCarros Metrô Brasília48 Metrô Brasília (VLTs)39 Cariri (VLTs)4 Fortaleza (VLTs)24 Recife (VLTs)21 Maceió (VLTs)24 Macaé (VLTs)8

21 TAV O TREM DE ALTA VELOCIDADE

22 Geração de empregos Redução de congestionamentos Ajuste na demanda: rodovias e aeroportos Desenvolvimento tecnológico Redução no deslocamento Redução de poluentes IMPACTOS ESPERADOS TAV

23 REDE MUNDIAL DE LINHAS DE ALTA VELOCIDADE Em operação: km Em construção: km Em fase de projeto: km Fonte: ANTT

24 PROJETOS BRASIL Em curso Campinas > São Paulo > Rio de Janeiro I EF 222 Extensão: 511 km TAV Em estudos São Paulo > Curitiba: 410 km Campinas > Uberlândia: 540 km Campinas > Belo Horizonte: 530 km Possíveis projetos futuros Curitiba > Porto Alegre: 600 km Uberlândia > Brasília: 500 km Total > km

25 TAV PROJETOS MALHA DE ALTA VELOCIDADE NO BRASIL

26 NACIONALIZAÇÃO O Edital estabeleceu um percentual mínimo de Conteúdo Local para os bens e serviços, na construção do TAV. Foi uma atitude do Governo Brasileiro para geração de empregos e renda no País e uma conquista da ABIFER. TAV

27 LOCALIZAÇÃO DAS ESTAÇÕES CAMPINAS RIO DE JANERIRO/ BARÂO DE MAUÁ VIRACOPOS SÃO PAULO/ CAMPO DE MARTE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS BARRA MANSA/ VOLTA REDONDA AEROPORTO GALEÃO AEROPORTO DE GUARULHOS ESTAÇÕES CONSIDERADAS Km 510,7 Km 487,6 Km 412,2 Km 390,4 Km 328,7 Km 118,3 Km 15,2 Km 0, TRAÇADO PREVISTO TAV RIO-SÃO PAULO-CAMPINAS

28 PLANTAS PARA MONTAGEM DO TAV DISPONÍVEIS NO BRASIL IESA AMSTEDMAXION / BOMBARDIER CAF SIEMENS ALSTOM TTRANS

29 CARACTERÍSTICAS DO TREM PROJEÇÃO DO NÚMERO DE TRENS POR ANO Fonte: ANTT Comprimento / Nº de carros por composição200 m 8 carros (2014) 400 m 16 carros (2024) Carregamento máximo por eixo17 t Tara436 t Número de assentosServiço Expresso: 458 assentos (duas classes) Serviço Regional: 600 assentos (classe única)

30 TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA TAV BRASIL Principais objetivos Capacitar profissionais brasileiros, de empresas e de instituições de pesquisa, para execução de projetos, fabricação, operação e manutenção do TAV, dos seus equipamentos, peças e componentes; Criar condições locais para certificação das tecnologias do TAV; Consolidar competências nacionais para execução de futuras expansões do PROJETO TAV BRASIL. Fonte: ANTT

31 CONTEÚDO LOCAL

32 CONTEÚDO LOCAL

33 CONTEÚDO LOCAL

34 CONTEÚDO LOCAL

35 TAV PELO MUNDO AGV OARIS

36 TAV PELO MUNDO Velaro ETR 500

37 TAV PELO MUNDO KTX Shinkansen Série700

38 TAV PELO MUNDO CHR3Zefiro

39 CRONOGRAMA TAV BRASIL Publicação do Edital 14/07/2010 Entrega das Propostas e Garantias 29/11/2010 Sessão Pública do Leilão na BM&F Bovespa 16/12/2010 Ata de Julgamento da Proponente Vencedora 18/01/2011 Assinatura do Contrato de Concessão 11/05/2011 Fonte: ANTT

40 PROPOSIÇÕES ABIFER – PRÓXIMOS 10 ANOS Na área de transporte de carga Eliminação dos gargalos da malha ferroviária existente; Construção de km de novas ferrovias por ano. Na área de transporte de passageiros Duplicação da malha metroferroviária urbana, atualmente de apenas 800 km; Construção de km de linhas de Trem de Alta Velocidade.

41 O Brasil não pode mais prescindir do transporte ferroviário. Este deve ser o compromisso desta década. Mensagem ABIFER

42 OBRIGADO! Vicente Abate Presidente ABIFER Tel: (11)


Carregar ppt "As empresas nacionais e o projeto TAV Brasil Visão da iniciativa privada SEMINÁRIO O TREM DE ALTA VELOCIDADE E A ENGENHARIA NACIONAL Vicente Abate - Presidente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google