A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Neste trimestre (4T10) estudamos: As Epístolas Gerais II As Cartas de Tiago / 1/2Pedro 1/2/3João e Judas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Neste trimestre (4T10) estudamos: As Epístolas Gerais II As Cartas de Tiago / 1/2Pedro 1/2/3João e Judas."— Transcrição da apresentação:

1 Neste trimestre (4T10) estudamos: As Epístolas Gerais II As Cartas de Tiago / 1/2Pedro 1/2/3João e Judas

2 A grade curricular das três faixas etárias Jovens Adultos Maturidade caminharam pelos momentos finais do NT nas Cartas de Tiago / 1/2Pedro 1/2/3João e Judas

3 Essas Epístolas Gerais, Tiago, Pedro, João e Judas são assim reconhecidas porque não tendo um destinatário específico, foram identificadas como cartas escritas às igrejas e líderes da época de forma genérica. Daí, o nosso sub-título: Ensinos específicos para igrejas em geral

4 Panorama histórico Essas cartas são de notável valor histórico pois foram escritas por pessoas que conviveram pessoalmente com o Senhor Jesus Duas delas, como discípulos de Cristo: Pedro e João. E as duas outras como irmãos carnais do Mestre. Pelos estudiosos tem-se como datas das epístolas: a de Tiago (em 70 +/-); as de Pedro (em 64/66 e 67/68); a de Judas (em 68/70); e as de João no final do primeiro século da Era Cristã (95/98).

5 Click to add title Click to add textClick to add text Israel © EBibleTeacher.com Roma Judá BretanhaBretanha Roman Empire ÍNDICE Vale a pena ver o panorama geográfico à época: O Império Romano se expandia pelo mundo. Espanha Grécia Ásia Egito Cartago As Epístolas Gerais se prestavam a ajudar a todas as igrejas de Cristo que se constituiam no mundo conhecido da época. Neste último domingo nosso estudo se volta então, para:

6 As Epístolas Gerais II Estudo 13 Exortação final sobre a vida cristã Texto bíblico: Judas 1-25 Texto áureo: Jd 21,22 Mas, vós, amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, conservai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.

7 Introdução (I) Desde o terceiro século da Era Cristã que os pais da Igreja começaram a identificar estas sete cartas como as Epístolas Gerais. Em alguns manuscritos são elas reconhecidas também como universais, ou mesmo católicas no sentido latino da palavra de universalidade. Não abordam pontos teológicos ou doutrinários relevantes, mas sim, aspectos comportamentais, conselhos práticos, reação diante das perseguições, os falsos mestres, e algumas heresias da época.

8 Introdução (II) Já estudamos as seis primeiras (Tiago, 1/2Pedro, 1/2/3João) e agora estamos fechando com a última delas: a Carta de Judas. Vamos abrir as nossas Bíblias e durante a letura dos 25 versículos que compõem a carta, estaremos vendo alguém que mais uma vez estará escrevendo sobre a conduta cristã do crente daquela época e de todas as épocas, presente ou futura.Como Tiago, Pedro e João já fizeram, vamos ver Judas repetindo a dosagem:

9 1. Um irmão humilde e anônimo Ele sequer deseja identificar-se como irmão carnal de Cristo. Não se julgava digno disto tendo em vista que só mais tarde se identificou com a obra do seu irmão: Judas, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados, amados em Deus Pai, e guardados em Jesus Cristo. Misericórdia, paz e amor vos sejam multiplicados. (Jd 1,2) Ele está escrevendo aos crentes como ele. Chamados, somos nós, crentes em Cristo hoje. Ele nos saúda com a tríplice bênção do crente.

10 2. Ele vai ressaltar a nossa luta Estes dois versículos que se seguem parecem conter toda a razão de ser desta carta ter sido escrita. Primeiro: Amados, enquanto eu empregava toda a diligência para escrever-vos sobre a salvação que nos é comum, senti a necessidade de vos escrever, exorando-vos a pelejar pela fé que de uma vez para sempre foi entregue aos santos. (Jd 3) Segundo, o crente salvo por Cristo Jesus tem que pelejar por esta fé diante de um mundo hostil como lemos no versículo 4 (fazer a leitura).

11 3. Ele aponta para uma grande diferença Abordando a salvação que deu ao seu povo, em contraposição à perdição que se deu e se dará para todos os que não creram, ele aponta para o juízo eterno de Deus nos versículos 5 a 7: Ora, quero lembrar-vos… (a salvação do povo no Egito… a destruição dos que não creram… o destino final dos anjos decaídos (Satanás aí incluído) como aconteceu com os moradores de Sodoma e Gomorra…) Deixando claro que o juízo de Deus se dará sobre todos os pecadores.

12 4. E complementa que tal aconterá também para com os falsos mestres: Com a antevisão deste quadro do castigo eterno para os que não crêem ele aponta para o que acontecerá com os falsos mestres da época: Estes falsos mestres sonhando, contaminam… rejeitam toda a autoridade (dando o exemplo de uma tradição da época)… blasfemam de tudo… mesmo nisso se corrompem. (Jd 8-10) A tradição aí citada seria oriunda das citações do AT sobre o poder do Arcanjo Gabriel (Dn 10.13,21)

13 5.E então tece um retrato desses falsos mestres: Sua descrição da personalidade desses falsos guias é tremendamente negativa: Ai deles… foram pelo caminho de Caim… no erro de Balaão… na rebelião de Coré… São os escolhos… se apascentam a si mesmos, nuvens sem água… folhas sem fruto… estrelas errantes… (e mais uma vez citando a tradição fala de Enoque)… murmuradores… queixosos… andando segundo suas concupiscências… (Jd 11-16) Cristo já ensinava isto (Mt 24.11).

14 6. Judas aponta então que além de Cristo, os apóstoslos também afirmaram isto: Sim, Pedro, João, Paulo, em suas cartas apontaram para este mesmo problema Mas vós amados, lembrai-vos as palavras que foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo; os quais vos diziam: Nos últimos tempos haverá escarnecedores, andando segundo as suas ímpias concupiscências. Estes são os que causam divisões, são sensuais e não teêm o Espírito. (Jd 17-19) O crente maduro não se deixa envolver por tais artimanhas!

15 7. Para encerrar então com uma palavra de conforto e segurança Vejam a mensagem final do autor da carta sobre a atitude cristã em face do ataque do mal: Mas vós, amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, conservai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna. (Jd 20,21) O texto áureo da lição diz tudo sobre como conviver com tal situação

16 8.Acrescentando algo ainda de muito valor para a vida cristã O texto diz tudo. Vale a pena meditar nele: E apiedai-vos de alguns que estão em dúvida… Salvai-os… Ora, aquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos ante a sua glória imaculados e jubilosos, ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, e agora e, para todo o sempre. Amém! (Jd 22-25) Vamos recitar juntos?

17 Conclusão Este texto final da carta de Judas, é uma coroação aos estudos do trimestre. Vivamos assim e estaremos vivendo o que Tiago, Pedro, João e Judas recomendaram às igrejas de seu tempo.


Carregar ppt "Neste trimestre (4T10) estudamos: As Epístolas Gerais II As Cartas de Tiago / 1/2Pedro 1/2/3João e Judas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google