A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. OBA 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. OBA 2013."— Transcrição da apresentação:

1 Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. OBA 2013.

2 O Planeta Terra

3 O SISTEMA SOLAR

4 O SISTEMA SOLAR - tamanho relativo dos planetas - JúpiterSaturno Urano Netuno

5 FASES DA LUA 1. Lua nova 3. Lua crescente 5. Lua cheia 7. Lua minguante REPRESENTAÇÃO SIMPLIFICADA DAS FASES DA LUA

6 ECLIPSE LUNAR

7 ECLIPSE SOLAR

8 MARÉS

9 Terceiro planeta em distância a partir do Sol e o quinto em diâmetro no Sistema Solar. É o único a contar com grande quantidade de oxigênio na atmosfera, gás essencial ao desenvolvimento da vida. Com cerca de 4,6 bilhões de anos de existência a Terra conta com manifestações de vida há aproximadamente 3,5 bilhões de anos. O Planeta Terra – algumas características

10 Distância média do Sol: km (cerca de x o diâmetro da Terra) Velocidade média da órbita: 30 km/s Duração do ano: 365dias 5h48min45,97s Duração do dia : 23h56min4s Diâmetro: km (60x a distância Ipa/BH) Massa: 6x10 24 kg Número de satélites conhecidos: 1 (Lua) O Planeta Terra – algumas características

11 TERRA – por que o céu é azul? Isso está ligado à forma como a atmosfera espalha a luz do Sol. Nossa atmosfera é rica em nitrogênio e oxigênio. Estas são moléculas pequenas que espalham mais eficazmente o azul e violeta. É porque o céu é azul que o mar é azul, e não o contrário.

12 Equinócio, Solstício e as Estação do Ano

13 Equinócio A palavra equinócio vem do latim e significa "noites iguais", ocasiões em que o dia e a noite duram o mesmo tempo. Ocorre duas vezes por ano, nos meses de março e setembro.

14 Solstício O solstício é o momento máxima inclinação do eixo da Terra em seu movimento de translação em torno do Sol. Os solstícios ocorrem duas vezes por ano: em dezembro e em junho.

15 UNIDADES ASTRONÔMICAS ano-luz: distância que a luz percorre em um ano. minuto-luz: distância que a luz percorre em um minuto.

16 FOGUETES E SATÉLITES Foguetes: servem para enviar objetos ao espaço, sejam eles sondas, satélites, naves espaciais e até mesmo o Homem. Os satélites científicos são utilizados para observar a Terra ou o espaço ou para realizar experiências em baixa gravidade. Os satélites de observação da Terra permitem estudar as mudanças climáticas, os recursos naturais e para observar fenômenos naturais, dentre outras aplicações. Na Astronomia, os satélites são enviados para captar fotografias e estudar o Universo

17 FOGUETES

18 FOGUETES E SATÉLITES - Velocidade Para sair da atmosfera terrestre e ir ao Espaço, os Foguetes precisam viajar a altas velocidades para escapar da força gravitacional da Terra, que os puxa pra baixo. A velocidade mínima para isso acontecer é chamada de velocidade de escape. A velocidade de escape na superfície da Terra é Km/h. A velocidade em órbita depende do raio da órbita. Quanto menor o raio (satélite mais próximo da superfície da Terra), maior a velocidade do satélite.

19 SATÉLITES - Tipos Anti-satélitesAnti-satélites, por vezes chamados de satélites assassinos, são satélites projetados para destruir satélites "inimigos" e outros tipos de alvos em órbita. Tanto os Estados Unidos quanto a antiga URSS têm esses tipos de satélites. Satélites astronômicosSatélites astronômicos, são satélites usados para observações astronômicas, tanto no óptico, quanto em outras bandas do espectro eletromagnético. Satélites de comunicaçãoSatélites de comunicação,são satélites estacionários utilizados em telecomunicações. Satélites do Sistema Global de Navegação (GPS), são satélites que enviam sinais de rádio a receptores móveis na Terra possibilitando a determinação precisa de sua localização geográfica. A recepção direta do sinal dos satélites GPS, combinada com uma eletrônica cada vez melhor, permite que o sistema GPS determine a posição com um erro de poucos metros, em tempo real. Satélites de reconhecimentoSatélites de reconhecimento, são satélites projetados para observação da Terra ou antigos satélites de comunicação utilizados para fins militares ou de espionagem. Pouco se sabe sobre a capacidade real desses satélites, pois os países que os desenvolvem geralmente não divulgam informações sobre eles. Satélites de observação da TerraSatélites de observação da Terra, são satélites projetados para uso não-militar, para, por exemplo, monitoramento ambiental, meteorologia, mapeamento geográfico, etc. Satélites meteorológicosSatélites meteorológicos, são satélites projetados essencialmente para monitorar o tempo e o clima na Terra.

20 SATÉLITES Estação Espacial Internacional: pesquisas em ambientes com baixa gravidade Telescópio Hubble: pesquisas em astronomia

21 ÔNIBUS ESPACIAL O ônibus espacial é usado pela NASA como veículo lançador e nave para suas missões tripuladas. Ele é parcialmente reutilizável. É constituído por três partes: o veículo reutilizável, um tanque externo e dois foguetes propulsores de combustível sólido. O ônibus Espacial é operado por motores traseiros e 44 mini-jatos de controle de órbita. A decolagem é feita na vertical, auxiliada pelos foguetes e a aterrissagem é feita em uma pista convencional, da mesma forma que um avião comercial.

22 ÔNIBUS ESPACIAL

23 A CONQUISTA DO ESPAÇO A conquista espacial foi fruto do empenho da antiga Rússia e dos Estados Unidos durante os anos da chamada Guerra Fria. De início os russos tomaram a dianteira, sendo os primeiros a lançarem veículos espaciais. A partir de meados dos anos 60, os EUA começaram a tomar a dianteira, sendo os primeiros a enviarem uma nave tripulada até a Lua. A partir dos anos 70 os dois países deram início a uma política de cooperação entre suas agências espaciais.

24 A CONQUISTA DO ESPAÇO Cadela Laika: primeiro ser vivo a ser lançado no espaço (1957). Yuri Gagarin: Primeiro homem a viajar numa nave espacial (1961). Neil Armstrong: Primeiro homem A pisar na Lua (1969).

25 EXPLORAÇÃO DE MARTE Marte é o planeta mais próximo da Terra, é o quarto planeta do Sistema Solar. Tem uma atmosfera bastante rarefeita, constituída essencialmente por dióxido de carbono, com pequenas quantidades de nitrogênio, oxigênio e vapor de água. O ano marciano é quase o dobro do da Terra. A superfície de Marte está coberta por crateras, tendo até sido observados vulcões. Marte possui duas Luas: Fobos e Deimos.

26 EXPLORAÇÃO DE MARTE A exploração de Marte tem-se desenrolado através de diversas sondas e módulos aterrissadores. Superfície de Marte vista do veículo explorador Spirit.

27 CÉU NOTURNO Se nos posicionarmos com o norte à nossa frente, o sul estará atrás de nós, o leste a nossa direita e o oeste a nossa esquerda. A observação a olho nu permitirá constatar os seguintes fatos: A – as estrelas aparecem do lado leste do horizonte e deslocam-se paralelamente no céu em direção ao lado oeste, onde desaparecem; B – quando olhamos para as estrelas acima do horizonte sul estas parecem girar ao redor de um ponto, o pólo celeste Sul. (isto é válido para um observador situado no hemisfério sul).

28 CONSTELAÇÕES Existem 88 constelações classificadas pela União Astronômica Internacional, mas nem todas podem ser vistas dos dois hemisférios. Hemisfério sul: Cruzeiro do Sul (a menor de todas as constelações). Hemisfério norte: Ursa Maior e Ursa Menor, também são facilmente identificáveis, mas apenas no hemisfério norte. A constelação de Órion, fácil de se localizar pelo fato de três das estrelas que a compõem serem bem características (as Três Marias), pode ser observada a partir dos dois hemisférios.

29 CONSTELAÇÕES Constelação de Órion Constelação Cruzeiro do Sul

30 Energia Uso racional de recursos energéticos Fontes de energia Energia elétrica (geração, transmissão) Eficiência energética

31 Consumo de Energia no Mundo

32 Fontes Energéticas/Consumo

33 Fontes Renováveis Hidroelétrica Biomassa. Energia Verde (Biogás). Solar. Eólica. Energia Geotérmica Maremotriz

34 Hidroelétrica - esquema

35 Hidroeletricidade no Mundo

36 Energia

37 Fontes Não Renováveis Petróleo. Carvão Mineral. Gás Natural. Nuclear.


Carregar ppt "Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. OBA 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google