A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Abordagem Macroeconômica: Medidas da Atividade Econômica; O Lado Real.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Abordagem Macroeconômica: Medidas da Atividade Econômica; O Lado Real."— Transcrição da apresentação:

1 Abordagem Macroeconômica: Medidas da Atividade Econômica; O Lado Real

2 MACROECONOMIA Tem como objetivo principal analisar os seguintes agregados macroeconômicos: Renda e produto nacional Nível geral de preços Emprego e desemprego Estoque de moeda e taxa de juros Balanço de pagamentos e taxa de câmbio

3 Metas de Política Econômica Alto nível de emprego Estabilidade de preços Distribuição eqüitativa de renda Crescimento econômico Instrumentos de Política Macroeconômica Política Fiscal – tributos; gastos do governo Política Monetária – quantidade de moeda; taxa de juros Política Cambial – taxa de câmbio Política Comercial – tarifas e barreiras comerciais Política de rendas – salários; controle de preços.

4 Contabilidade Social Principais contas: Produto Interno Bruto (PIB) – é a somatória de todos os bens e serviços finais, medidos a preços de mercado e produzidos num determinado período. Produto Nacional Bruto (PNB) = PIB + RLRE, onde RLRE = RRE - REE Produto Nacional Líquido (PNL) = PNB – Depreciação Renda Interna Bruta (RIB) – é a somatória dos rendimentos pagos aos fatores de produção no período. RN = salários + lucros + juros + aluguéis. Despesa ou Demanda Agregada (DA) – é o gasto dos agentes econômicos (consumidores, empresas, governo e setor externo) com o produto nacional, ou seja, DA = C + I + G + (X-M). Sendo I = Ip + Ig. É importante observar que PIB = RIB = DA

5 Contabilidade Social Principais contas: Poupança Agregada (S) – é a parcela da renda nacional que não é consumida no período. S = RN – C. Investimento Agregado (I) – é o gasto com bens que foram produzidos, mas não foram consumidos no período, e que aumentam a capacidade produtiva da economia para os períodos seguintes. I = investimento em bens de capital + estoque. Depreciação – é o desgaste do equipamento de capital da economia num dado período. É importante observar que I = S

6 Contabilidade Social Principais contas: PIB = C + G + Ip + Ig + X – M = RIB = C + S + T + RLRE C + G + Ip + Ig + X – M – RLRE = C + S + T G + Ip + Ig + X – M – RLRE = S + T Rearranjando os termos temos: (Ip + Ig) = S + (T – G) + (M – X + RLRE) (Ip + Ig) = S + Sg + Sx Resumindo: O total de investimentos feitos em um país depende: S = poupança privada Sg = poupança do governo Sx = poupança externa

7 Composição do PIB – ótica da despesa Fonte: IPEADATA Valor (R$ milhões) % Produto Interno Bruto ,0% Despesa de Consumo Consumo das Famílias Administração Pública ,7% 60,6% 21,2% Formação Bruta de Capital Formação de Capital Estoque ,2% 18,4% 0,8% Balança Comercial Exportação Importação (-) (-) ,0% 11,2% -12,1%

8 Composição do PIB – ótica setorial Fonte: IPEADATA

9 Fonte: IPEADATA

10

11

12

13

14

15


Carregar ppt "Abordagem Macroeconômica: Medidas da Atividade Econômica; O Lado Real."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google