A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

APIMEC Resultados 2006 & Perspectivas. 1 As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "APIMEC Resultados 2006 & Perspectivas. 1 As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas."— Transcrição da apresentação:

1 APIMEC Resultados 2006 & Perspectivas

2 1 As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia. Os termos antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "projeta", "objetiva", "deverá", bem como outros termos similares, visam a identificar tais previsões, as quais, evidentemente, envolvem riscos ou incertezas previstos ou não pela Companhia. Portanto, os resultados futuros das operações da Companhia podem diferir das atuais expectativas, e o leitor não deve se basear exclusivamente nas informações aqui contidas. A Companhia não se obriga a atualizar as apresentações e previsões à luz de novas informações ou de seus desdobramentos futuros. A SEC somente permite que as companhias de óleo e gás incluam em seus relatórios arquivados de reservas provadas que a Companhia tenha comprovado por produção ou testes de formação conclusivos que sejam viáveis econômica e legalmente nas condições econômicas e operacionais vigentes. Utilizamos alguns termos nesta apresentação, tais como descobertas, que as orientações da SEC nos proíbem de usar em nossos relatórios arquivados Investidores Norte-Americanos: AVISO

3 2 PRODUÇÃO TOTAL DE ÓLEO, LGN E GÁS NATURAL mil boed = 3,5% = 1,4% Aumento da produção no 4T06 comparado ao trimestre anterior influenciado pela entrada em produção de novos poços interligados à plataforma P-50 (Albacora Leste); No mesmo período a produção internacional apresentou queda na produção de óleo devido à parada por reivindicações salariais na Argentina afetando a produção em alguns campos e na produção de gás em decorrência da menor demanda do gás boliviano e da parada para conclusão de reparos nos dutos em San Antonio.

4 3 US$ 10,98 bbl O spread entre o preço médio do petróleo nacional e a cotação do Brent se manteve estável (US$ 10,80/bbl no 3T06 e US$ 10,98/bbl no 4T06) apesar do movimento de baixa no mercado internacional PREÇOS DE PETRÓLEO DO E&P US$/bbl Preço Médio de Venda45,4254,7120,45% Brent (Média)54,3865,1419,79% Spread8,9610,43- US$/bbl

5 EVOLUÇÃO DO RESULTADO NO TRIMESTRE (4T06 VS 3T06) Exploração & Produção – Evolução do Lucro Operacional – R$ milhões Produção Doméstica de Óleo, LGN e Condensado (mil bpd) O resultado operacional do E&P, 4T06, foi afetado particularmente pelo decréscimo nos preços do petróleo no mercado internacional.

6 5 72,28 69,49 81,83 3T06 Média 68,81 59,68 70,59 4T06 Média 4T05 Média 68,90 56,90 72,90 PREÇO MÉDIO DE REALIZAÇÃO - PMR No 4T06 nossos preços estiveram em linha com os preços praticados no mercado Americano. Após o verão Americano os preços internacionais tenderam à baixa. US$/bbl PMR Brasil 58,5870,9221,07% Brent (Média) 54,3865,1419,79% PMR EUA 65,1475,5215,93%

7 6 EVOLUÇÃO DO RESULTADO NO TRIMESTRE (4T06 VS 3T06) Efeito Preço na Receita Efeito Volume na Receita Efeito Custo Médio no CPV O efeito da queda do PMR reduziu a receita do Abast em R$ milhões; Os efeitos da queda de preços de transferência do E&P para o Abast e dos menores custos das operações offshore contribuíram para redução do custo médio (R$ milhões). O efeito líquido de R$ 634 milhões reflete a utilização da realização de estoque formado a custos mais elevados no trimestre anterior. Abastecimento – Evolução do Lucro Operacional – R$ milhões

8 7 -1,4% - 19,9% - 26,2% R$ milhões - 26,6% - 5,4% DEMONSTRATIVO DE RESULTADO 4T06 VS 3T06 Queda de receita líquida devido à queda nos preços do petróleo (E&P) e de realização (Abast.) e menor volume de vendas no 4T06. O decréscimo do CPV não acompanhou a queda na receita em função da realização de estoques formados a custos mais elevados no 3T06 (critério de avaliação de estoques pelo custo médio ); Elevação das despesas operacionais, especialmente Exploratórias e Gerais e Administrativas.

9 EVOLUÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO – R$ milhões (4T06 VS 3T06) Produção Doméstica de Óleo, LGN e Condensado (mil bpd) Redução do lucro no 4T06 deveu-se, principalmente, aos menores preços médios de realização das exportações e dos derivados no mercado interno; A realização de estoque formado a custos mais elevados no trimestre anterior ( critério de custo médio ) impediu uma queda mais acentuada do CPV.

10 9 65% 64% 59% 57% CUSTOS DE EXTRAÇÃO COM PARTICIPAÇÃO GOVERNAMENTAL Menor participação governamental no trimestre em função da diminuição dos preços médios de referência do petróleo nacional, atrelados às cotações internacionais.

11 10 Aumento de 9% no 4T06 em relação ao período anterior refletindo o aumento dos gastos com pessoal em função do Acordo Coletivo de Trabalho 2006/2007 e das paradas programadas. CUSTOS DE REFINO NO BRASIL (US$bbl) = 9% ou US$ 0,23

12 11 VOLUME DE VENDAS Volume de vendas no mercado interno em 2006 superior em 3% devido principalmente à: Gasolina (7%): crescimento da frota, redução do teor do álcool na gasolina, à recuperação da massa salarial do consumidor e à perda de competitividade do álcool (carros flexfuel); Nafta (5%): maior disponibilidade de nafta no sistema Petrobras associado aos preços mais atrativos em relação aos praticados no mercado internacional; Gás Natural (7%): substituição ao óleo combustível na atividade industrial e intensificação do uso do gás natural veicular; No mercado externo aumento nas vendas devido ao incremento das operações off-shore e da inclusão das vendas das empresas adquiridas em 2006

13 12 EXPORTAÇÃO LÍQUIDA DE PETRÓLEO E DERIVADOS Importação (mil barris/dia)Exportação (mil barris/dia) 2006 inclui exportações em andamento O declínio da participação do óleo nacional na carga processada (devido às vantagens comerciais de processar maior quantidade de óleo leve, reduzindo a produção de óleo combustível) permitiu a elevação das exportações de petróleo pesado e a diminuição das exportações de óleo combustível; Em contrapartida houve elevação das importações de óleo leve e estabilidade na importação de derivados Superávit Físico de 128 mil bpd no 4T06 e 93 mil bpd no ano

14 13 (1)Inclui endividamento contraído através de contratos de Leasing (R$ em e R$ em ). (2)Endividamento Total – Disponibilidades Queda no endividamento total e líquido: Forte geração de caixa operacional vem possibilitando a redução da dívida (recompra de títulos) e aumento do saldo de caixa ESTRUTURA DE CAPITAL Índices de Endividamento da Petrobras

15 14 INVESTIMENTOS Investindo prioritariamente no desenvolvimento da capacidade de produção de petróleo e gás natural, através de investimentos próprios e da estruturação de empreendimentos com parceiros.

16 15 COMPARAÇÃO DE LUCRO LÍQUIDO 3T06 Vs 4T06 E 2006 Vs 2005 A Petrobras obteve o maior crescimento anual entre as majors......mas no entanto teve seus resultados do 4T06 afetados pela queda do preço do Brent. Fonte: Evaluate Energy * Resultados Petrobras convertidos pelos dólares médios dos períodos em questão

17 16 Desenvolvimentos recentes

18 17 FPSO RJ Espadarte bpd Jan07 SSP Piranema bpd Maio07 P-52 Roncador bpd Dez07 Cidade Vitória Golfinho bpd Maio07 P-54 Roncador bpd Out07 Capacidade adicional = 580 mil bpd Crescimento da produção = 8% Principais projetos no E&P Brasil em 2007 Campo de Manati iniciou produção em fevereiro de 2007 com capacidade de 2 milhões de metros cúbicos por dia e deverá atingir 6 milhões de metros cúbicos por dia ao final de 2007.

19 18 Revisão dos projetos da P-55 e P-57: Suspensão das licitações, menor preço acima da estimativa da Companhia. Em estudo: Redução da capacidade (atualmente de 180 mil bpd); Mudanças nas especificações; Adaptação de um casco de um petroleiro existente (a ser adquirido no mercado – P-57). Custos de upstream: Capex & Opex Evidência de inflexibilidade de certos custos relativos à indústria: recursos humanos, serviços especializados de E&P, produtos químicos etc. Consolidação das Cias fornecedoras de equipamentos (em especial de perfuração) não deverá afetar bruscamente os custos no curto prazo, uma vez que a Petrobras utiliza contratos de longo prazo e frota própria. Parte dos custos operacionais apresenta forte correlação com os preços do petróleo, portanto uma queda de preço acarretaria impacto positivo no custo de extração, principalmente em relação à participação governamental.

20 19 Desenvolvimentos recentes em Downstream As refinarias no Brasil processaram bpd em 27 de fevereiro – novo recorde da Petrobras Dois projetos terão início em 2007 na REDUC: uma unidade de coqueamento retardado de m3/dia e uma planta de coqueamento de NAFTA de m3/dia. => Investimentos em elevação da conversão de óleo pesado. Iniciando a construção de planta de polipropileno na Petroquímica de Paulínia. Investimento total de R$ 300 milhões, com operações esperadas para 3T08. => Investimentos petroquímica em sinergia com o refino; aproveitamento do gás de refinaria.

21 20 Brasil 35% ÁLCOOL: O potencial de expansão da produção mundial é enorme América do Norte e Central 37% América do Sul 38% Ásia 16,2% Europa 9,8% Distribuição atual do consumo mundial Mercado global de etanol é de 46,5 bilhões de litros Etanol como combustível é de 30,6 bilhões de litros ou 67% do total produzido Atualmente o consumo de etanol equivale a 2,6% do mercado de gasolina Elevando a participação do etanol para 10% da gasolina representará 118 bilhões de litros (mais de 2 milhões de barris por dia) 20

22 21 ÁLCOOL: Petrobras participará da cadeia logística de exportação Terminal marítimo do Rio de Janeiro Terminal marítimo São Paulo Novo alcoolduto (800 km) Novo canal de escoamento de etanol Exportação de etanol 3,5 milhões de m 3 em 2012 Novo Alcoolduto passando por Goiás, Minas e São Paulo e chegando ao terminal de São Sebastião (SP) e da Ilha Dágua (RJ), O projeto da Petrobras, juntamente com Mitsui e Camargo Correa, é totalmente destinado à exportação, procurando suprir o potencial de demanda no exterior

23 22 Infra-estrutura de gás natural Financiamento do Gasene – duas operações de financiamento (BNDES) totalizando R$ 1,36 bilhão, através da Transportadora Gasene S.A., responsável pelo projeto. 1.R$ 1,05 bilhão será aplicado na aquisição de dutos para o segmento GASCAC (940 km), que ligará Cacimbas (ES) a Catu (BA). Investimento total estimado em R$ 3,5 bilhões. 2.R$ 312 milhões serão destinados ao segmento GASCAV (300 km), conectando Cabiúnas (RJ) a Vitória (ES). Investimento total estimado em R$ 1,5 bilhão. Testes da capacidade de geração simultânea das termelétricas à gás indicaram uma disponibilidade de até MW (geração própria no S/SE/CO). Gás adicional para geração de energia estará disponível na medida em que a Petrobras desenvolver produção adicional de gás => mesmo tempo em que sua capacidade ociosa for sendo contratada. Termelétricas à gás

24 23 Consolidando posição Estados Unidos da América Mineral Management Service (MMS) aprovou o plano conceitual de desenvolvimento dos campos de Cascade e Chinook no Golfo do México (GoM). Petrobras propôs 6 novas tecnologias no GoM, incluindo uma FPSO com torre desconectável. Produção iniciada em Cottonwood, alcançando 25 mil boed depois que um segundo poço for conectado em Março de Bolívia Petrobras e YPFB selaram acordo sobre o gás importado Sem alteração no volume Sem alteração no preço do gás natural Petrobras pagará preços internacionais pelas frações líquidas de hidrocarbono presentes no gás (etano, butano, propano e gasolina natural). A YPFB passa a ter obrigação de entregar tais frações nobres

25 24 Eventos Recentes: Corporativo e Financeiro Dividendos R$ milhões (R$ 1,80 por ação, R$ 7,20 por ADR) Inclui JCP (R$ milhões - R$ 1,45 por ação), R$ milhões pagos em jan/2007 e R$ milhões em mar/2007. Recompra de ações Conselho da Administração aprovou Programa de Recompra de Ações Preferenciais para cancelamento futuro. Oferta de troca de títulos Propostas recebidas e aceitas totalizando US$ mil (valor de face) para as cinco séries de títulos (PIFCO). Investment Grade Standard & Poors elevou a Petrobras ao grau de investimento BBB – classificação de crédito de longo prazo em moeda local e estrangeira.

26 25 SESSÃO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS Visite nosso website: Para mais informações favor contactar: Petróleo Brasileiro S.A – PETROBRAS Departamento de Relacionamento com Investidores Raul Adalberto de Campos– Gerente Executivo Av. República do Chile, 65 – 22o andar – Rio de Janeiro, RJ (55-21) /

27 26 18,4% 54,0% 2,2% 0,3% ANÁLISE DAS DESPESAS OPERACIONAIS 4T06 VS 3T06 R$ milhões Despesas de vendas: ficou estável; apesar do decréscimo no volume total vendido no mercado interno, houve elevação dos volumes individuais de gasolina e diesel. Gerais e Adm.: maiores gastos com pessoal devido aumento da força de trabalho e ao acordo coletivo ; Custos Exploratórios: baixa de poços secos/sub-comerciais e atualização da provisão para abandono de área. 35,9%

28 27 CONTRIBUIÇÃO DAS ÁREAS DE NEGÓCIO PARA O LUCRO OPERACIONAL 4T05 vs. 3T05 (R$ milhões) G&E: melhoria em relação ao 3T06 em decorrência de: Aumento no lucro bruto, em função das melhores margens na comercialização de energia; Reconhecimento da perda no trimestre anterior decorrente do encerramento do contrato de hedge para redução da volatilidade de preços do gás natural. Internacional: queda principalmente devido: Redução das cotações internacionais do petróleo; Menor volume comercializado na Argentina (greve dos petroleiros privados); Menor volume vendido na Bolívia (reparo complementar no duto de San Antonio); Baixa de poços nos EUA, e gastos com sísmica na Arg. e EUA;

29 28 Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro) Recebimento de certificado de propriedade de terra para instalação do Complexo, 45 milhões de metros quadrados; Assinatura de acordo com Embrapa para desenvolvimento de cinturão verde ao redor do Comperj; Estudos básicos de engenharia já em andamento; Desenvolvimento de nova tecnologia (FCC) para processar grandes volumes de propano, eteno e aromáticos a partir do petróleo pesado. Complexo Petroquímico Suape Consiste em duas unidades: PTA (purified terephthalic acid) usado na produção de PET, com operações previstas para 4T08; POY (polyester yarns), com operações previstas para Petrobras detém 50% da unidade de PTA e 40% de POY; Investimentos total de R$ 800 milhões. Petroquímica

30 29 Construção de plantas de biodiesel BA MG CE Montes Claros Quixadá Semi-árido Três Projetos em curso Capacidade: 171 mil m 3 /ano (~1 milhão bpa) Investimentos: ~ US$ 60 milhões Geração de postos de trabalho Construção: diretos e 400 indiretos Operação: 105 diretos Produção de matéria prima: famílias Início: 4T07 Insumos Agricultura familiar: mamona, algodão e palmeiras. Complementarmente: soja. Todo biodiesel da Petrobras possui certificação social Candeias

31 30 H-Bio – Tecnologia de uso complementar do óleo vegetal, patenteada pela Petrobras Fontes: Abiove e Petrobras H-BIO em 4 refinarias – usando até 256 mil m 3 /ano de óleo vegetal 9,1% do total de óleo de soja exportado Equivalente a 15% da importação de diesel H-BIO em 5 refinarias – usando até 425 mil m 3 /ano de óleo vegetal 15,1 % do total de óleo de soja exportado Equivalente a 25% da importação de diesel Principais vantagens: Ausência de emissões Logística simples Melhora a qualidade do diesel Fonte flexível de óleo vegetal

32 31 Revisão do Capex Atualização do PLANGAS para aproveitar oportunidades no mercado de gás natural 45% da revisão (R$ milhões de R$ milhões) se deve a projetos do PLANGAS

33 32 Renegociação do Plano de Pensão Petros Para a Petrobras, a proposta de adaptação do modelo de pensão suplementar é fundamental para sua administração, tanto como instrumento de administração de pessoal, medida em que mantém sua atratividade, como para sua financiabilidade, sua solidez O objetivo de 2/3 de adesão ao Novo Plano foi atingido. O incentivo financeiro, negociado com representantes sindicais como contrapartida para a repactuação, está estimado em R$ 900 milhões e será creditado em março. Com a repactuação (adesão) as aposentadorias e pensões passam a ser corrigidas pelo IPCA, sem vínculo com o reajuste salarial dos empregados ativos. Menor probabilidade de déficits atuariais. O Plano Petros 2 deverá ser oferecido aos empregados que atualmente não estão cobertos por plano de previdência suplementar patrocinado pela Petrobras. R$ mil Valor presente da dívida atuarial Valor justo dos ativos do plano Valor presente do déficit


Carregar ppt "APIMEC Resultados 2006 & Perspectivas. 1 As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google