A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Montagem e Configuração de Hardware Educador Carlos Recalde Zarate Junior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Montagem e Configuração de Hardware Educador Carlos Recalde Zarate Junior."— Transcrição da apresentação:

1 Montagem e Configuração de Hardware Educador Carlos Recalde Zarate Junior

2 Neste material encontram-se Cuidados com a Eletricidade Estática; - Lição 2 Pagina 64 Algumas dicas sobre compras; - Unidade 1 - Lição 1 Pagina 03 Atenção a documentação e aos componentes de hardware; - Lição 2 pag 8

3 Cuidados com a Eletricidade Estática Material da Apostila Lição 2 – Manuseando Peças de Hardware pagina 64

4 A eletricidade estática, como seu próprio nome indica, é um tipo de eletricidade que fica armazenada nos corpos em forma natural. Quem não se lembra da experiência de atritar uma caneta no cabelo e atrair pedacinhos de papel? Esta é exatamente uma demonstração da atuação da eletricidade estática. Quando uma pessoa está demasiadamente carregada, a simples ação de tocar uma peça de metal faz com que seus elétrons sobressalentes sejam transferidos. O problema é quando a peça em questão é um componente do computador ( placa mãe, placa de vídeo, memória, HD, etc), pois ele pode ser danificado seriamente por esse tipo de energia.

5 Portanto, antes de manusear as peças de um computador, é necessário descarregar a eletricidade estática presente em seu corpo. A primeira recomendação é que o assoalho do ambiente seja composto por algum material condutor, como um piso pintado com tinta especial. Carpetes são péssimos, pois não eliminam energia. Para garantir que você esteja descarregado eletricamente antes de tocar nas peças do PC, é possível usar uma pulseira antiestática. Um bom aterramento também é recomendado para evitar problemas dessa natureza.

6 Pulseira antiestática

7 Manuseando Peças de Hardware Ao manusear peças de hardware, em especial placas (placa-mãe, memórias, placas de vídeo etc), você deverá tomar alguns cuidados. Primeiro, você não deve tocar no contato de borda das placas. Segundo, vários circuitos integrados(chips) são sensíveis a descargas eletrostáticas, por isso não devemos encostar nos componentes das placas, pois você poderá queimar os componentes.

8 Pegue na Borda das placas

9 Atividades 1. O que energia estática? 2. O que devo fazer para não danificar o pc? 3. Como devo manusear as peças do pc?

10 Algumas dicas sobre compras Algumas dicas sobre compras; Unidade 1 - Lição 1 Pagina 03

11 O Que Comprar Um micro do padrão PC é constituído por um conjunto de placas e interfaces interconectadas, produzidas pelos mais diversos fabricantes. Muitos usuários acham que a caixa metálica onde o micro está alojado é que é o computador, mas isto não é verdade. O gabinete do micro serve tão- somente para abrigar todo o conjunto.

12 O ponto de partida para a escolha de qual micro montar é realmente a escolha do processador. A escolha das demais peças do micro é tão importante quanto a escolha do processador, mas, infelizmente, poucas pessoas dão a devida atenção ao restante da lista de compras.

13 Especificação É um conjunto de instruções que informa ao consumidor quais são os dispositivos ou quais configurações usadas para cada dispositivo.dispositivos Há várias especificações para os vários equipamentos de microinformática. Vamos ver por exemplo as especificações para um Microcomputador pessoal e administrativo.

14 Gabinete Local onde o micro é alojado; é a caixa do micro. Dentro do gabinete vem a fonte de alimentação. Esse gabinete deve ser escolhido de acordo com a placa-mãe escolhida.

15 Placa Mãe Base de conexão e transmissão de dados através de impulsos elétricos. Todos os componentes devem estar conectados corretamente à placa-mãe para que o computador funcione de maneira adequada. Deve-se prestar muita atenção às entradas para a conexão dos componentes.

16 Processador É o cérebro do seu computador. Toda a velocidade de realização de tarefas passa antes pelo processador. Assim, se este componente não for potente o bastante, a velocidade de processamento de dados pode ser comprometida.

17 Cooler do Processador Todo o trabalho feito pelo processador gera bastante calor, podendo chegar a quase 90 graus Celsius. Por isso, é indispensável instalar um cooler só para refrigerar o seu processador. Nunca ligue o computador sem ter instalado o cooler do processador.

18 Cooler Extra (Ventoinha) Não é difícil encontrar computadores que esquentam muito. Por isso, ter um cooler extra pode ajudar bastante. Se o cooler do processador não estiver mais dando conta do recado, instale mais um para garantir que nada vai queimar dentro do seu gabinete.

19 Memória RAM Os pentes de memória são indispensáveis para a montagem de qualquer computador. Eles são responsáveis pelo armazenamento, execução de programas, qualidade de definição de imagens pela placa de vídeo e uma série de tarefas. Quanto mais memória melhor. Normalmente, as placas-mãe possuem dois slots (espaços) para a inserção de memórias.

20 Placa de Vídeo Processa as informações ligadas à exibição de imagens que irão aparecer no seu monitor. Normalmente, estes componentes utilizam uma memória própria além do que é dedicado a ele pelo próprio sistema. Quanto maior a capacidade, melhor será a definição de imagem do seu computador.

21 Drive de Disquete (Floppy Disk) Apesar de muitos computadores mais recentes não contarem com drives para a leitura de disquetes, ainda é comum encontrar mídias deste tipo. A capacidade de armazenamento deste tipo de disco é de aproximadamente 1,3 MB e já foi ultrapassada pelos pen-drives que já podem chegar a ter mais de 32 GB.

22 Disco rígido (HD) HD SATA O disco rígido do tipo SATA tem como principal função armazenar os seus dados, programas e arquivos. Contudo, o que difere este dos outros HDs é a entrada dele. A sigla SATA explica esta diferença, Serial Advanced Technology Attachment indica que o cabo e as entradas pertencem a um outro grupo. As características físicas deste tipo de conexão são: Entrada mais estreita Cabo mais estreito Plugs do cabo mais estreitos

23 HD IDE ou PATA Assim como o SATA, o IDE (hoje chamado de PATA) também serve para armazenar os seus dados. Porém a diferença deste para o outro modelo também está no tipo de entrada e no cabo. A sigla PATA significa Parallel Advanced Technology Attachment. As características físicas deste tipo de conexão são: Entrada larga composta por pinos Cabo mais largo, também chamado de cabo fita há algum tempo. Plugs do cabo são largos e perfurados para adaptar-se ao pino

24 Modem O modem é o equipamento que permite que o seu micro conecte-se com outros através da linha telefônica, permitindo o acesso à Internet. Esse equipamento a princípio é opcional, mas como todo mundo hoje em dia quer ter acesso à Internet, esse equipamento é praticamente obrigatório. As placas- mãe voltadas para micros baratos possuem esse componente integrado (on-board). Se esse for o seu caso, você não precisará comprar um modem.

25 Drive de CD/DVD São a porta de entrada da maioria de mídias para o computador. Estes dispositivos podem reproduzir e gravar CDs e DVDs a partir de um software e um hardware próprio. Atualmente, vários deles já podem ler e até gravar Blu-Ray.

26 Placa de som Esse é um componente teoricamente opcional (isto é, um micro não precisa dele para funcionar), mas todo mundo quer escutar os sons produzidos através do PC, e então a placa de som tornou-se um equipamento presente em todos os micros. As placas-mãe mais novas, inclusive, já estão vindo todas com uma placa de som embutida (áudio on- board). Se for esse o seu caso, você não precisará comprar uma placa de som avulsa.

27 Teclado Principal meio de entrada de dados para o micro. Padrão IBM/PC, com conector mini-din (PS/2) 104 teclas lay-out padrão ABNT2 Teclas adicionais, especiais para Windows

28 Dispositivo Apontador – Mouse Segundo maior meio de entrada de dados para o micro. Compatível PC, com conector mini-din (PS/2) Dois (2) botões, além de 3º. botão tipo scroll

29 Monitor Monitor de vídeo: Principal meio de saída de dados do micro.

30 estabilizador Recurso de um no-break que remove picos, surtos, quedas e ruídos do fornecimento de energia.

31 impressora Dispositivo que coloca texto ou imagens em papel ou em outras mídias de impressão. Os exemplos incluem impressoras a laser ou matriciais

32 Outros Nós listamos apenas os componentes obrigatórios, que todo micro deve ter. Outros componentes poderão ser comprados, opcionalmente, caso você tenha necessidade deles, como scanner, Zip-drive, joystick, câmera digital, entre outros.

33 Atividades 1. Antes de comprar o pc o que preciso saber? 2. O que é especificação? 3. Quais os componentes que devo comprar? 4. Fale do gabinete; 5. Fale do processador; 6. Fale da placa mae; 7. Fale do Cooler; 8. Fale da memoria; 9. Placa de video; 10. Fale da unidade de disquete; 11. Fale do Disco rigido; 12. Fale do modem; 13. Fale do CD Rom; 14. Fale da Placa de Som; 15. Fale do teclado; 16. Fale do mouse; 17. Fale do monitor 18. Fale do estabilizador; 19. Fale da impressora;

34 Lição 2 pagina 8

35 Gabinete: torre/desktop O gabinete é a caixa metálica que abriga o PC. Essa caixa metálica pode ter vários formatos, sendo os mais usuais o desktop e o minitorre. No desktop a placa-mãe é instalada deitada, horizontalmente à mesa onde o gabinete será apoiado, enquanto que no minitorre a placa-mãe é instalada em pé, perpendicularmente à mesa onde o gabinete será apoiado.

36 Fonte de Watts Reais A fonte é o meio de alimentação energética do computador. Sem ela, não há como enviar os impulsos elétricos para a placa- mãe processar os outros dados.

37 Dentro do gabinete vem a fonte de alimentação, que é classificada de acordo com a sua potência em watts. Os gabinetes mais comuns vêm com fonte de 250 W potência suficiente para as aplicações mais usuais. No caso de existirem muitos periféricos internos – tais como vários discos rígidos –devemos pensar em adquirir um gabinete com fonte de alimentação com maior potência, como 300 ou 350 W.

38 A fonte de alimentação usada pelo gabinete AT é diferente da usada pelo gabinete ATX. Com isso, fica fácil identificar se um gabinete é AT ou ATX, apenas olhando para o plugue existente na fonte de alimentação.

39 Ao comprar a fonte de alimentação, você deve ter em mente qual será o uso do PC: Internet, escritório ou jogos. Cada um dos perfis citados exigem uma fonte distinta, principalmente pelos componentes que serão conectados à ela. Por exemplo, em um computador destinado para o acesso à Internet, uma fonte de 400W já é suficiente, visto que peças como o processador utilizado nela provavelmente não são de última geração, o que não exige muita energia. Já para um perfil de jogos, uma fonte de alta qualidade torna-se indispensável, visto que CPUs multi-core e placas de vídeo top de linha consomem muito. Ao efetuar sua compra, é necessário verificar se a potência indicada realmente é a real, pois muitas fontes são vendidas como se fossem mais fortes do que realmente são.

40 Fontes de energia nunca devem ser abertas, pois representam um perigo real para a integridade física do usuário e do computador. Por curiosidade, a imagem acima exibe uma fonte de energia aberta. O domicílio onde o computador se faz presente deve teraterramento, pois uma queda de energia ou a queda de um raio pode comprometer a fonte e seus componentes de forma catastrófica. A escolha da voltagem certa também é muito importante.

41 A Placa-mãe Na placa-mãe são conectados praticamente todos os componentes do micro, especialmente o processador, a memória RAM, o disco rígido e a placa de vídeo. Com isso, você deve comprar uma placa-mãe de acordo com o processador que você pretende utilizar em seu micro e o tipo de memória a ser instalada. Ou seja, a placa-mãe a ser adquirida deverá ser compatível com o processador e com a memória RAM que você pretende comprar.

42 Placa-mãe AT Como você pode reparar, o formato AT é como se fosse uma placa-mãe ATX rotacionada 90°. Na lição passada explicamos a diferença existente no conector da fonte de alimentação dessas placas-mãe. É importante notar que existem placas-mãe AT que possuem tanto o conector para fonte AT quanto para fonte ATX (em alguns casos é necessário mudar um jumper de posição na placa-mãe para configurar qual dos dois conectores será usado; um jumper é um pequeno conector que funciona como uma minúscula chave).

43 Placa mãe ATX

44 Atividades 1. Existe diferença entre gabinete AT e ATX? 2. Qual a diferença entre placa mae AT e ATX? 3. Qual a diferença entre fonte AT e ATX?


Carregar ppt "Montagem e Configuração de Hardware Educador Carlos Recalde Zarate Junior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google