A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FÓRUM NACIONAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS 2010. Palestra de abertura : Apresentação da Política Nacional de Resíduos Sólidos – A visão do Legislativo. Palestra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FÓRUM NACIONAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS 2010. Palestra de abertura : Apresentação da Política Nacional de Resíduos Sólidos – A visão do Legislativo. Palestra."— Transcrição da apresentação:

1 FÓRUM NACIONAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS Palestra de abertura : Apresentação da Política Nacional de Resíduos Sólidos – A visão do Legislativo. Palestra de abertura : Apresentação da Política Nacional de Resíduos Sólidos – A visão do Legislativo. Deputado Federal Arnaldo JardimDeputado Federal Arnaldo Jardim

2 HISTÓRICO NO CONGRESSO NACIONAL SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS PL 203/1991 e seus apensos PL 1.991/2007 – Poder Executivo 4/6/ Constituição Grupo de Trabalho – – aprovação na Câmara dos Deputados – – aprovação no Senado Federal – – sanção Presidencial – Lei nº /2010. *Decreto de Regulamentação em formulação.

3 LEI Nº , DE 2 DE AGOSTO DE LEI Nº , DE 2 DE AGOSTO DE Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. OBJETO E CAMPO DE APLICAÇÃOOBJETO E CAMPO DE APLICAÇÃO Art. 1o Esta Lei institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, dispondo sobre seus princípios, objetivos e instrumentos, bem como sobre as diretrizes relativas à gestão integrada e ao gerenciamento de resíduos sólidos, incluídos os perigosos, às responsabilidades dos geradores e do poder público e aos instrumentos econômicos aplicáveis. § 1o Estão sujeitas à observância desta Lei as pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado, responsáveis, direta ou indiretamente, pela geração de resíduos sólidos e as que desenvolvam ações relacionadas à gestão integrada ou ao gerenciamento de resíduos sólidos.

4 Estrutura da Política Nacional de Resíduos Sólidos: implementação e regulamentação. Responsabilidade Compartilhada Acordo Setoriais Resíduos Rejeitos Destinação final Disposição final Geradores Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos

5 Estrutura da Política Nacional de Resíduos Sólidos: implementação e regulamentação. Logística Reversa Padrões sustentáveis de produção e consumo Ciclo de vida do produto Coleta seletiva Reciclagem

6 Estrutura da Política Nacional de Resíduos Sólidos: implementação e regulamentação. Aplicação dos Princípios do Direito (poluidor pagador e protetor recebedor). Prioridade, nas aquisições e contratações governamentais, para produtos reciclados e recicláveis. Cooperativa de catadores.

7 Estrutura da Política Nacional de Resíduos Sólidos: implementação e regulamentação. Articular a Política Nacional de Resíduos Sólidos com outras legislações (Política Nacional do Meio Ambiente, Política Nacional de Educação Ambiental,e a Política Federal de Saneamento Básico e a Lei de Consórcios.

8 Estrutura da Política Nacional de Resíduos Sólidos: implementação e regulamentação. Planos de Gestão (Nacional, Estaduais, Microrregionais e Municipais). Plano de Gerenciamento (Setor Empresarial).

9 Estrutura da Política Nacional de Resíduos Sólidos: implementação e regulamentação LOGÍSTICA REVERSA Art. 33. São obrigados a estruturar e implementar sistemas de logística reversa, mediante retorno dos produtos após o uso pelo consumidor, de forma independente do serviço público de limpeza urbana e de manejo dos resíduos sólidos, os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes de: I - agrotóxicos, seus resíduos e embalagens, assim como outros produtos cuja embalagem, após o uso, constitua resíduo perigoso, observadas as regras de gerenciamento de resíduos perigosos previstas em lei ou regulamento, em normas estabelecidas pelos órgãos do Sisnama, do SNVS e do Suasa, ou em normas técnicas; II - pilhas e baterias;

10 LOGÍSTICA REVERSA III - pneus; IV - óleos lubrificantes, seus resíduos e embalagens; V - lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio e mercúrio e de luz mista; VI - produtos eletroeletrônicos e seus componentes. Art. 56. A logística reversa relativa aos produtos de que tratam os incisos V e VI do caput do art. 33 será implementada progressivamente segundo cronograma estabelecido em regulamento.

11 Estrutura da Política Nacional de Resíduos Sólidos: implementação e regulamentação. Instrumentos Econômicos Medidas indutoras Linhas de financiamento Estruturação de sistemas coleta seletiva e logística reversa Aquisição de equipamentos para Cooperativas

12 Muito obrigado! Deputado Federal Arnaldo Jardim site:


Carregar ppt "FÓRUM NACIONAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS 2010. Palestra de abertura : Apresentação da Política Nacional de Resíduos Sólidos – A visão do Legislativo. Palestra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google