A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

16/4/2014Campinas - SP1 ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Prof. Dr. Carlos Alberto Rodrigues da Silva

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "16/4/2014Campinas - SP1 ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Prof. Dr. Carlos Alberto Rodrigues da Silva"— Transcrição da apresentação:

1 16/4/2014Campinas - SP1 ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Prof. Dr. Carlos Alberto Rodrigues da Silva MÓDULO 5

2 16/4/2014Campinas - SP2 Indicadores de Responsabilidade Social ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

3 Adoção de Valores e trabalho com transparência (Valores e Transparência) Valorização dos colaboradores (Público Interno) Fazer mais pelo Meio Ambiente (Meio Ambiente) Comprometimento de parceiros e fornecedores (Fornecedores) Proteção dos clientes e consumidores (Consumidores e Clientes) Promover a Comunidade ( Comunidade) Compromisso com o bem de todos (Governo e Sociedade) Responsabilidade Social As 7 Diretrizes do Instituto Ethos:

4 SA 8000 AA 1000 Princípios para a Responsabilidade Corporativa global Global Compact Global Reporting Initiative (GRI) Dow Jones Sustainability Index Indicadores de Responsabilidade Social

5 Quais são os três objetivos de negócios mais importantes que a reputação da empresa permite alcançar? 15% 67% 2% 52% 70% 77% 8% 43% 29% 55% 62% 73% Outros Ajuda para resistir ao impacto de uma crise Aumento de preço das ações Aumento de vendas Promoção de transações de parcerias estratégicas Recrutamento e conservação de funcionários Total Brasil Fonte: Pesquisa Hill & Knowlton publicada no Jornal Valor 20/07/04 Responsabilidade Social – Mercado

6 RSE – Sinais da Sociedade CIAs internacionais no Brasil possuem menor índice de confiança para trabalhar em favor da sociedade Base: total da amostra (1000 entrevistas) Fonte: G4t – Resposta estimulada As Nações Unidas ONGs como grupo de defesa do meio ambiente e da área social Governo federal Grandes cias brasileiras A imprensa e a mídia Sindicato dos trabalhadores Muita + alguma confiança % Cias internacionais no Brasil

7 Indicadores Ethos de Responsabilidade Social 1.VALORES, TRANSPARÊNCIA E GOVERNANÇA; 2.PÚBLICO INTERNO; 3.MEIO AMBIENTE; 4.FORNECEDORES; 5.CONSUMIDORES E CLIENTES; 6.COMUNIDADE; 7.GOVERNO E SOCIEDADE;

8 Indicadores de Responsabilidade Social

9

10

11

12

13

14

15

16 As Metas do Milênio Erradicar a extrema pobreza e a fome; Atingir a Universalização do Ensino Fundamental; Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres; Reduzir a mortalidade infantil; Melhorar a saúde materna; Combater a Aids, a malária e outras doenças; Garantir a sustentabilidade ambiental; Promover a parceria;

17 16/4/2014Campinas - SP17 Transparência e Governança Corporativa ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

18 Público Empresa SustentabilidadeTransparência Ética Comunidade Acionistas Fornecedores Sociedade/ Governo Consumidores Público interno Meio Ambiente

19 Transparência Quando uma organização permite que toda e qualquer conduta possa ser integralmente registrada, verificada, analisada e submetida a um juízo de valor sob uma perspectiva ética.

20 Governança Corporativa Sistema pelo qual as sociedades são dirigidas e monitoradas, envolvendo os relacionamentos entre acionistas/cotistas, Conselho de Administração, diretoria, auditoria independente e Conselho Fiscal.

21 Governança Corporativa Transpa- rência Equidade Responsabilida de corporativa Prestação contas

22 Vantagens da Governança Corporativa Melhora do desempenho coletivo; Sustentabilidade da organização; Redução de custos e aumento da produtividade; Acesso ao capital a custos mais baixos; Valorização da marca e da reputação da empresa; Gestão do risco; Valorização do capital humano; A transparência na gestão é refletida no mercado através do interesse de investidores;

23 Sustentabilidade Três áreas interdependentes: social, econômica e ambiental; Equidade intergeracional: a sustentabilidade só é verdadeira se for passada de geração para geração; Capacidade de continuidade no tempo;

24 Empresa Sustentável Economicamente Responsáveis; Legalmente Responsáveis ; Social e Ambientalmente Responsáveis; Capacidade de continuidade no tempo;

25 Sustentabilidade GovernoEmpresas Cidadãos3º Setor GOVERNANÇA SOCIAL

26 O que leva uma empresa a organizar um projeto social? Nível de comprometimento? Está preocupada com questões sociais ou está acompanhando um modismo? Ação Social Filantropia Corporati- va Ação da Cidadania Empresa Solidária Marketing Social Cidadania Empresa- rial Filantropia Estratégi- ca

27 Filantropia Tradicional Filantropia = Amor a Humanidade Indivíduos que, voluntariamente, atendem aos necessitados, mas de forma assistencialista, isto é, partindo das necessidades básicas de sobrevivência do ser humano, como alimentação, vestimenta, albergue etc.

28 Nova Filantropia Atender aos direitos do cidadão, colocando também em evidência a questão da sustentabilidade do planeta e do próprio homem dentro dele. Não aceita a exclusão de milhões de seres humanos do acesso ao desenvolvimento e felicidade. Se expande do social para o ambiental, para o econômico e para o político. Entender o investimento social como uma relação com o desenvolvimento sustentável da humanidade como um todo.

29 Ação Social, Investimento Social Privado e Responsabilidade Social A ação social - define qualquer atividade executada em caráter não obrigatório para atender à comunidade. Em geral, não são planejadas nem avaliadas quanto aos resultados alcançados; Investimento social privado - repasse voluntário e planejado de recursos privados para projetos sociais, ambientais e culturais de interesse público; Responsabilidade Social Empresarial - conjunto de atividades e iniciativas de sentido estratégico, que têm como objetivo preparar as empresas para responder a um conjunto de questões com as quais elas estarão cada vez mais confrontadas;

30 Mitos sobre a Responsabilidade Social 1.Custa Caro ser uma Empresa Socialmente Responsável; 2.Para ser Socialmente Responsável, é necessário ser uma Grande Empresa; 3.Para que as empresas sejam Socialmente Responsáveis, é necessário que elas constituam institutos ou fundações; 4.A empresa está assumindo um papel que é do governo

31 Programas de Voluntariado Colaboradores voluntários podem ser mais produtivos por trabalharem numa empresa na qual é possível realizar ações de interesse público; O voluntariado é uma estratégia corporativa, com foco no indivíduo e na sustentabilidade; Deve ser capaz de mobilizar os colaboradores, estimulá-los, torná-los responsáveis com os compromissos assumidos e conquistar o envolvimento da comunidade; Precisa ser encarado com profissionalismo, ter gerenciamento adequado, critérios de reconhecimento e valorização, e ser considerado como um projeto da organização, e não uma ação isolada e fora dos interesses da empresa;

32 Processo de planejamento e execução de atividades e programas que procuram aumentar ou otimizar a aceitabilidade de idéias que visam beneficiar a sociedade, sem visar lucro. Francy Teixeira Tecnologia de administração da mudança social, associada ao projeto, à implementação e ao controle de programas voltados ao aumento da disposição de aceitação de uma idéia ou prática social em um ou mais grupos de adotantes escolhidos como alvo. Kotler Marketing Social

33 Diferenças principais: Produtos tendem a ser mais complexos; Demanda é mais variada; Envolvimento com consumidor é mais intenso; Competição é mais sutil e variada; Marketing Comercial x Marketing Social

34 Participação ativa do cliente; Princípio da troca; Escopo de longo prazo; Amplo espectro; Diretrizes do Marketing Social

35 Produto - Conceito amplo: bem tangível ou intangível, aspectos de qualidade, opções, embalagem, tamanho, garantias e ampliações. Preço - Avaliação de custos, descontos na aquisição, deduções, prazos, custos não monetários, tais como tempo, esforço e tensão. Praça - Canais de distribuição e logística, localização, estoques e meios de transporte. Mix do Marketing Social

36 Promoção - Propaganda, promoção pessoal, relações públicas e promoção de vendas. Envolvimento de formadores de opinião. Pessoal - Montagem e preparação da equipe de trabalho. Processo - O que os adotantes terão de fazer para adquirir o produto ou serviço ou quais mudanças de comportamento serão necessários. Mix do Marketing Social

37 1. Conheça seu cliente; 2. segmente seu público; 3. posicione seu produto; 4. conheça seus concorrentes; 5. vá aonde está seu público; 6. utilize o marketing integrado; 7. planeje suas campanhas; 8. faça parcerias; e 9.veja o que pode ser feito para melhorar da próxima vez; Construindo um Programa de Marketing Social

38 1.Definição do problema; 2.Determinação das informações específicas necessárias; 3.Seleção da Estratégia; 4.Seleção de parceiros e suporte; 5.Elaboração e pré-teste; 6.Implementação do programa; 7.Avaliação e Feedback; Marketing Social - Etapas

39 Nova Filantropia Leitura Artigo


Carregar ppt "16/4/2014Campinas - SP1 ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Prof. Dr. Carlos Alberto Rodrigues da Silva"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google