A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Discentes: Caio Duarte Fernanda Z. Magalhães Leandro Almeida Newton C. Braga Rafael Marcatti Leal Ricardo B. de Lima Thomas Lucchesi Romeu MBA – GESTÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Discentes: Caio Duarte Fernanda Z. Magalhães Leandro Almeida Newton C. Braga Rafael Marcatti Leal Ricardo B. de Lima Thomas Lucchesi Romeu MBA – GESTÃO."— Transcrição da apresentação:

1 Discentes: Caio Duarte Fernanda Z. Magalhães Leandro Almeida Newton C. Braga Rafael Marcatti Leal Ricardo B. de Lima Thomas Lucchesi Romeu MBA – GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS E NEGÓCIOS GEEN

2 O empreendedor : Tornar-se um empreendedor vai muito além de começar um negócio O empreendedor é um visionário que tem iniciativa,sabe identificar oportunidades e estabelecer soluções inovadoras Um empreendedor encara problemas como oportunidades, age em resposta as necessidades, ele procura tipos de problemas que os clientes pagam para resolver

3 Reconhecem uma oportunidade ; Organizam um plano de vendas e marketing ; Convertem clientes em potenciais em clientes reais ; Administram riscos ; Encontram capital financeiro ; Constroem um time ; São éticos ; O empreendedor :

4 É motivado ? Tem energia ? Consegue crescer em momentos de incerteza ? Autodisciplina ? Persistência ? Não tem medo de correr riscos ? Gosta de desafios ? Ética ? Você é empreendedor :

5 Nada no mundo pode substituir a persistência.Talento não substitui : nada é mais comum do que um talentoso fracassado.Genialidade não substitui : Um gênio imcompreendido é quase um provérbio.Educação não substitui : O mundo está cheio de desamparados educados.Persistência e determinação fazem a diferença.

6 O empreendedorismo é um processo pelo qual as pessoas perseguem oportunidades, usam recursos e iniciam mudanças para criar valor

7 São aqueles tidos como exemplos. Geralmente são conhecidos por terem histórias brilhantes, ou seja, começam do nada e criam um grande império. Ex: Bill Gates.

8 É normalmente uma pessoa que, quando menos esperava, se deparou com uma oportunidade de negócio e tomou a decisão de mudar o que fazia na vida para se dedicar ao negócio próprio

9 O Empreendedor serial é aquele apaixonado não apenas pelas empresas que cria, mas principalmente pelo ato de empreender. É uma pessoa que não se contenta em criar um negócio e ficar à frente dele até que se torne uma grande corporação

10 O Empreendedor Corporativo tem ficado mais em evidência nos últimos anos, devido à necessidade das grandes organizações de se renovar, inovar e criar novos negócios

11 O empreendedor por necessidade cria o próprio negocio porque não tem alternativa. Geralmente não tem acesso ao mercado de trabalho ou foi demitido. Não resta outra opção a não ser trabalhar por conta própria.

12 O empreendedor social tem como missão de vida construir um mundo melhor para as pessoas. Envolve- se em causas humanitárias com comprometimento singular

13 O desafio do empreendedor herdeiro é multiplicar o patrimônio recebido.

14 O empreendedor que faz a lição de casa, que busca minimizar riscos, que se preocupa com os próximos passos do negócio, que tem uma visão de futuro clara e que trabalha em função de metas é o empreendedor aqui definido como o normal ou planejado

15 Negócios que se abrem por necessidade de sobrevivência; Negócios que se abrem por ter surgido uma oportunidade boa; Segundo fonte do Sebrae Nacional, de cada 100 empresas no Brasil, 98 são micro e pequenas empresas, elas empregam mais da metade da mão-de-obra no Brasil. Ambiente tecnológico gerando riqueza e emprego.

16 Conhecer mercado de atuação; Equilíbrio entre capacidade humana; Empreender fica entre, à vontade e o conhecimento disponível para uso;

17 Sistema considerado revolucionário para acelerar as inovações dentro de grandes empresas, através do uso melhor dos seus talentos empreendedores. Surgiu como uma decorrência natural do empreendedorismo e se impôs como uma maneira saudável para se reagir aos desafios empresariais do novo milênio.

18 Indivíduo que, ao invés de tomar a iniciativa de abrir o seu próprio negócio, toma a iniciativa de criar, inovar e buscar novas oportunidades e negócios para organização na qual trabalha; Te habilidade de manter naturalmente a inovação do negócio; Tem prazer em Ensinar; É persistente; Habilidade em transformar iniciativa em acabativa

19 Nasce e se expande em função da natureza da cultura organizacional; Importante recursos nas empresas de alta competitividade; Melhoria no ambiente interno (comunicação melhorada); Requer comprometimento de todos os colaboradores.

20 Processo de identificação, desenvolvimento, captura e implementação de novas oportunidades de negócio; Inova, renova, cria, recria, quais quer aspecto para crescimento constante da organização ou da nova organização; Aspectos principais: Oportunidade, Recursos para explorar oportunidades, Recursos humanos, Trabalho em equipe; Considera dimensões de riscos e proatividade; Aberto para ídeias.

21


Carregar ppt "Discentes: Caio Duarte Fernanda Z. Magalhães Leandro Almeida Newton C. Braga Rafael Marcatti Leal Ricardo B. de Lima Thomas Lucchesi Romeu MBA – GESTÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google