A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

F U N D A Ç Ã O B R A S I L E I R A P A R A O D E S E N V O L V I M E N T O S U S T E N T Á V E L BRASCAN – Sustentabilidade Corporativa Uma Empresa Agente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "F U N D A Ç Ã O B R A S I L E I R A P A R A O D E S E N V O L V I M E N T O S U S T E N T Á V E L BRASCAN – Sustentabilidade Corporativa Uma Empresa Agente."— Transcrição da apresentação:

1 F U N D A Ç Ã O B R A S I L E I R A P A R A O D E S E N V O L V I M E N T O S U S T E N T Á V E L BRASCAN – Sustentabilidade Corporativa Uma Empresa Agente do Desenvolvimento Sustentável Apresentação para Antônio Fonseca dos Santos Estudo com Foco no Setor Elétrico 30 de novembro de 2004

2 2 Sustentabilidade Corporativa Conceituação Exigências da sociedade civil, de investidores, financiadores e consumidores obrigam as empresas a levarem em conta o impacto de suas atividades em todo seu entorno Sustentabilidade Corporativa é uma visão de negócios de longo prazo que incorpora as dimensões social e ambiental à estratégia da companhia – triple bottom line Ética, transparência, comunicação efetiva com stakeholders, boas práticas de governança corporativa e prestação de contas são elementos fundamentais desta nova postura É um conceito ainda tímido nas empresas brasileiras, cujo foco está na melhoria da governança e na responsabilidade social, mas já é realidade nas empresas líderes da Europa e dos EUA É uma agenda fundamental para quem se diferencia pelo seu compromisso com as gerações futuras 30 de novembro de 2004

3 3 Sustentabilidade Corporativa Índice de Sustentabilidade da Bolsa de NY DJSI World: mais de 300 empresas ordenadas em 60 grupos industriais, de 24 países, com valor de mercado de US$ 6,5 trilhões (do Brasil: Itaú Holding, Banco Itaú e Cemig) DJSI World – USD Performance and Risk (I) December July 2004, USD, Total Return Index DJSI World / DJGI World: Correlation: Tracking Error: 4.29% DJSI Volatility:15.85% DJGI Volatility:14.66% 30 de novembro de 2004

4 4 Sustentabilidade Corporativa Iniciativas no Brasil Foco ainda é em melhorar prática de governança corporativa e responsabilidade social, mas conceito de sustentabilidade vem avançando Apenas 5 empresas adotam os critérios do GRI em seus relatórios sócio- ambientais, mas muitas baseiam-se nos Indicadores Ethos (forte influência do GRI) e IBASE (foco no social) Índice de Sustentabilidade Empresarial a ser lançado pela Bovespa no 1º sem/05, à luz do DJSI IPO bem sucedido da Natura: iniciativas de responsabilidade social corporativa com destaque e reconhecimento 30 de novembro de 2004

5 5 Sustentabilidade Corporativa Iniciativas no Brasil (continuação) Fundos de investimentos recém criados baseados no conceito de SRI (Real ABN Fundo Ethical, Unibanco, Itaú) Desempenho do Fundo Ethical 30 de novembro de 2004

6 6 Forças motrizes da indústria mundial: -Liberalização dos mercados (abertura, privatização) -Atenção crescente dada ao aquecimento global -Maior demanda por energia por parte de países emergentes Desafios em termos de sustentabilidade: -Demanda crescente por energia limpa e renovável -Diversificação das fontes de suprimento -Eficiência energética para reduzir impactos ambientais Realidade do mercado: - Concorrência crescente e volatilidade de preço - Emissões de GEE´s por parte de geração intensiva em carbono - Questionamento de grandes projetos de infra-estrutura Sustentabilidade Corporativa Setor Elétrico 30 de novembro de 2004

7 7 Dimensão Econômica: -% faturamento atribuível à energia renovável -Participação em mercados pouco intensivos em carbono -Gestão de risco Dimensão Ambiental -Gestão ambiental avançada -Estratégia de carbono -Geração de energia -Avaliação ambiental e social na análise de projetos Dimensão Social - Adaptável às circunstâncias locais Sustentabilidade Corporativa Setor Elétrico Fatores-Chave na Avaliação 30 de novembro de 2004

8 8 Sustentabilidade Corporativa Classificação das "Utilities" do Setor Elétrico no DJSI de novembro de 2004 Fonte: DJSI website

9 9 Dimensões da Sustentabilidade Corporativa Quadro Comparativo 30 de novembro de 2004 EMPRESAS DIMENSÕES SUST. CORP. CEMIGCPFLHYDROQUÉBECHYDRO TASMANIA 1. Relatório de Sustentabilidade - Não- Relatório integrado ao Relatório Anual (modelo GRI) - Relatório de Sustentabilidade- Relatório de Sustentabilidade Ambiental 2. Sustentabilidade integrada à missão e visão - Visão: Atuar no setor de energia com rentabilidade, qualidade e responsabilidade social - Responsabilidades sociais e ambientais claramente definidas nos compromissos e diretrizes empresariais - Missão: "Atuar competitivamente no mercado energético nacional, promovendo a permanente satisfação de clientes, acionistas, colaboradores e parceiros, contribuindo decisivamente para o desenvolvimento e o bem-estar da sociedade" - Sim: a empresa aderiu ao conceito de DS em resposta ao World Commision on Environment and Development. A partir de 2000, o conceito foi assumido na visão, valores, políticas e código de ética da cia - Programa de Sustentabilidade: integra sustentabilidade aos negócios 3. Governança - Não encontramos Diretoria de Meio Ambiente ou de Sustentabilidade - Não há Comitê no âmbito do CA - Não há diretoria executiva de meio-ambiente nem comitê no âmbito do CA - Comitê de Gestão de Ética e de Responsabilidade Corporativa - Comitê de Meio Ambiente e Responsabilidade Social Corporativa (2000) - Diretoria executiva de SMS - Não encontramos referência à estrutura organizacional 4. Políticas de Segurança, Meio Ambiente e Saúde - Política de Meio Ambiente, com 7 princípios (1990) - Certificações ISO Sistemas de Gestão Ambiental com padrões da ISO Certificações (ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, SA 8000): CPFL Paulista e Piratininga são únicas distribuidoras com certificações SA Políticas ambiental, de saúde, segurança e qualidade de vida da CPFL - Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa - Políticas de SMS (eficiência econômica, equilíbrio ambiental, aceitação e apoio comunitário aos novos projetos, respeito ao futuro) - Certificações ISO Política ambiental e de recursos hídricos, com estabelecimento de objetivos, metas e avaliação de desempenho - Certificações ISO Desenvolvimento dos Int'l Hydropower Association Sustainability Guidelines e de Compliance Protocol

10 10 Dimensões da Sustentabilidade Corporativa Quadro Comparativo (continuação) EMPRESAS DIMENSÕES SUST. CORP. CEMIGCPFLHYDROQUÉBECHYDRO TASMANIA 5. Indicadores quantitativos sócio- ambientais (GRI ou outros) - Sistema de Gestão Ambiental - Não encontramos GRI - Adota os princípios do GRI para as empresas CPFL Paulista, Piratininga, Geração e Centrais Elétricas -Adota os princípios do GRI- Sistema de Gestão Ambiental - Desempenho ambiental revisto anualmente por auditoria ambiental independente, com relatório tornado público 6. Biodiversidade - Preservação de fauna e flora - Projeto Lobo Guará - Manutenção de unidades de cultivo de plantas (160 mil mudas/ano) para reflorestamento - Programa de Repovoamento de Rios e Reservatórios, com manutenção de unidade de criação de peixes - Metas de inventários e conservação da biodiversidade - Proteção às espécies em extinção - Metas de descontaminação de solos e água pelo uso de herbicidas - Conservação da vegetação costeira - Monitoramento da qualidade da água - Monitoramento de aves (em função da energia eólica) 7. Mudanças Climáticas - P&D em fontes alternativas de energia (foco em biomassa) - Programas de incentivo à conservação de energia e eficiência energética - Não tem inventário de emissões - Metas declaradas de redução de emissões (eficiência energética, mudança de combustível da frota, compensações internas ) - Aumento de investimentos em energia renovável (foco em hidroeletricidade e energia eólica) - Membro fundador do e7 (grupo congregando as 9 maiores empresas de hidroeletricidade do G7), comprometido com MCGs e DS - Foco em energia renovável (UHE, PCH, eólica) e P&D (hidrogênio e tecnologias de ponta) - Inventário de emissões 30 de novembro de 2004

11 11 Dimensões da Sustentabilidade Corporativa Quadro Comparativo (continuação) EMPRESAS DIMENSÕES SUST. CORP. CEMIGCPFLHYDROQUÉBECHYDRO TASMANIA 8. Envolvimento dos Stakeholders - Projeto Ações Sociais Integradas (130 instituições e conselhos cadastrados) - Gestão da questão indígena (UHE Serra da Mesa) - Relacionamento pró-ativo junto às comunidades das áreas de influência (arte, saúde, educação e cultura) - Relacionamento com comunidades indígenas, ONGs, academia, poder público, associação de consumidores, associação de voluntários - Comunicação de informação por várias mídias e línguas - Consulta às comunidades no processo de gestão de recursos hídricos (mais de 600 stakeholders consultados) 9. Responsabilidade Social - Diversos programas com foco nas comunidades (cultura e educação ambiental) - Comitê de Responsabilidade Social Empresarial (2002) - Programa Rede Comunidade (fornecimento de energia a comunidades de baixa renda) - Programa de Arborização urbana - Diversas atividades sociais internas, bem como financiamentos a atividades de comunidades locais e ONGs - Promoção do desenvolvimento de comunidades indígenas ($ 185MM para apoio à sua participação em estudos e projetos, contratação de minorias, etc) 10. Pronunciamento do CEO sobre Sustentabilidade - Não há- "(...) objetivo de alcançar o fomento das atividades nas dimensões econômicos e sociais, com respeito integral às condições ambientais, de forma a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável do Brasil." - We are proud to present HQ´s Sustainability Report This years´s triple bottom line report draws much of its inspiration from our desire to demonstrate, to our customers and to the people of Québec, our commitment to SD - We want future generations to enjoy the benefits of a clean and healthy environment and we operate our business with that objective in mind. 30 de novembro de 2004

12 12 Metodologia Proposta Abordagem em Etapas Sucessivas 30 de novembro de Quadro comparativo com as dimensões da SC - Questionários do DJSI - Público-alvo: Conselho de Administração e Diretoria Executiva - Mapeamento das ações já existentes - Ordenamento das mesmas, de acordo com as dimensões da SC sugeridas - Identificação dos principais stakeholders a serem envolvidos - Processos: entrevistas com acionistas e principais executivos, revisão de documentação interna, workshops e brainstorming - Identificação dos benchmark s da indústria - Confirmação dos principais desafios - Incorporação da SC à missão, visão e estratégia de negócios - Mapeamento dos indicadores quantitativos sociais e ambientais - Desenvolvimento de um business case, identificando oportunidades de negócios - Envolvimento dos stakeholders - Processos: benchmarking, workshops com executivos e stakeholders, experiência de outras empresas -Elaboração de políticas corporativas para mudanças climáticas globais, biodiversidade, recursos hídricos, outros - Implantação dos indicadores sociais e ambientais (medição, divulgação, metas) - Escolha de nova estrutura de governança – Comitê de Sustentabilidade - Elaboração de um Relatório de Sustentabilidade - Processos: interação permanente com os executivos; benchmarking Motivação para o Tema Diagnóstico sócio- ambiental corporativo Planejamento para a SC Implantação e integração das dimensões sociais e ambientais à estratégia

13 13 A temática da sustentabilidade corporativa é muito recente na agenda da sociedade e dos mercados Fenômenos reais (urbanização, impacto da industrialização no meio ambiente, acidentes ecológicos) influiram na percepção de que se trata de uma agenda global, e não regional e local Há pressão para que as empresas estejam inseridas na busca de soluções inovadoras, avaliando riscos e mapeando oportunidades Buscar o desenvolvimento sustentável exige a adoção de nova postura e novas práticas, sob a liderança da cúpula da empresa No longo prazo, é uma aposta vencedora Sustentabilidade Corporativa Conclusão 30 de novembro de 2004

14 14 Contatos Prof. Eneas Salati Angelo Augusto dos Santos Agenor O. F. Mundim 30 de novembro de 2004 FBDS- Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável Rua Eng. Álvaro Niemeyer, 76 – São Conrado Rio de Janeiro – RJ Tel: (21) – Fax: (21) Walfredo Schindler Clarissa Lins


Carregar ppt "F U N D A Ç Ã O B R A S I L E I R A P A R A O D E S E N V O L V I M E N T O S U S T E N T Á V E L BRASCAN – Sustentabilidade Corporativa Uma Empresa Agente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google