A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA TABAGISMO RELEVÂNCIA NO MUNDO DE HOJE Dr. Luiz Carlos Corrêa da Silva Coord. Comissão de Tabagismo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA TABAGISMO RELEVÂNCIA NO MUNDO DE HOJE Dr. Luiz Carlos Corrêa da Silva Coord. Comissão de Tabagismo."— Transcrição da apresentação:

1 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA TABAGISMO RELEVÂNCIA NO MUNDO DE HOJE Dr. Luiz Carlos Corrêa da Silva Coord. Comissão de Tabagismo

2 O TABAGISMO É UMA DOENÇA QUE TEM COMO PRINCIPAL CARACTERÍSTICA A DEPENDÊNCIA DA NICOTINA. NO ENTANTO, EXISTEM MÚLTIPLOS FATORES, DEPENDENTES DE CARACTERÍSTICAS INDIVIDUAIS, QUE PODEM CONCORRER PARA TORNAR DIFÍCIL A CESSAÇÃO. Conceito WHO. Tobacco country profiles. Proceedings of the 12th World Conference on Tobacco or Health, 2003, Helsinki.

3 3 Nucleus accumbens (nAcc) Área tegmentar ventral (VTA) Nicotina Dopamina Efeitos da Nicotina no SNC (Sistema Nervoso Central) AUMENTANDO O NÍVEL DA DOPAMINA – ocorrem efeitos positivos, que possibilitam as sensações gratificantes, percebidas pelo fumante. Efeitos da Nicotina Benowitz and Jacob. Metabolism of nicotine studied by a dual stable isotope method. Clin Oharmacol Ther 1994; 56(5):

4 Dados relevantes

5 - CORAÇÃO – Infarto do Miocárdio - CÂNCER - Pulmão e outros órgãos - CÉREBRO – Derrame cerebral - PULMÕES – Enfisema / Bronquite crônica (DPOC) O TABAGISMO É FATOR DE RISCO PARA AS 4 PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTE: WHO, 2010

6 O Tabagismo é o maior fator de risco cardiovascular isolado e modificável na população mundial. (US Department of Health and Human Services – Surgeon General, CDC, US, 2004) TABAGISMO x CORAÇÃO

7 Para os fumantes o risco de câncer de pulmão aumenta 30 vezes. Se as pessoas parassem de fumar: -câncer de pulmão reduziria 90%. -tumores malignos reduziriam > 30%. TABAGISMO x CÂNCER

8 - nicotina -> causa dependência e problemas circulatórios - alcatrão -> causa doenças (câncer, enfisema,...) - monóxido de carbono -> intoxica o organismo; dificulta (gás tóxico) o transporte do oxigênio, causando isquemia) Composição da fumaça do cigarro PORQUE CIGARROS CAUSAM TANTO MAL? A Fumaça do Cigarro contém substâncias químicas, 200 das quais são venenos e 43 são cancerígenas. World Bank. Curbing the epidemic: governments and the economics of tobacco control. Washington, 1999.

9 9 Pulmão de Não-Fumante Pulmão de Fumante superfície rosada, com leve pigmentação de antracose (pela poluição atmosférica) superfície escurecida, com pigmentação de antracose, (pela poluição tabágica)

10 milhões de mortes (por doenças tabaco-associadas) 10 milhões de mortes (por doenças tabaco-associadas) O consumo do tabaco está aumentando nas regiões mais pobres do mundo (particularmente, África, Índia e China) e entre as pessoas mais pobres de qualquer país (OMS, 2011) PARA MUDAR ESSA TRAJETÓRIA, A MELHOR SOLUÇÃO SERÁ FORMAR UMA GRANDE REDE DE ATUAÇÃO EM QUE CADA UM FAÇA SUA PARTE! Estamos trabalhando para que isto não aconteça... Mas, acontecerá se nada for feito... (OMS, 2011)

11 100 mil jovens iniciam a fumar a cada dia 1,2 bilhão de pessoas fumam 5 milhões de mortes /ano, por doenças tabaco-associadas TABAGISMO: DADOS MUNDIAIS (OMS, 2011) x 365 = 36,5 Milhões Situação no Mundo O consumo do tabaco está aumentando nas regiões mais pobres do mundo (particularmente, África, Índia e China) e entre as pessoas mais pobres de qualquer país (OMS, 2011)

12 De acordo com a pesquisa Vigitel, em 2.010, o índice de tabagismo entre adultos era de 15,1% (17,9% nos homens e 12,7% nas mulheres). Os homens estão fumando cada vez menos. Nas mulheres, o tabagismo aumentou na faixa até os 54 anos: de 12,4% (18-24 anos) para 16,4% (45-54 anos). Dados do Tabagismo no Brasil

13 - Legislação é atualizada, mas ainda falta processo educativo e maior decisão política e envolvimento das lideranças. - Número de fumantes: 24 milhões (15% dos adultos). Há três décadas eram 40%. Está diminuindo! - No. ex-fumantes: 26 milhões. Muitos fumantes parando! - Lei (14/12/2011) - corrigiu problemas da Lei 9294/96: - extinguiu o fumódromo, - maior controle da propaganda nos pontos de venda, - proibiu aditivos que mascaram o sabor e o aroma dos produtos derivados do tabaco, - reforçou a proibição de fumar em ambientes fechados - Pontos negativos para o controle do tabagismo: -enorme movimento financeiro: indústria, impostos, mídia -muitos lobistas trabalham, mercenariamente, a favor da indústria do fumo Situação no Brasil ESTA LEI AINDA NÃO FOI REGULAMENTADA!

14 Custos do Tabagismo

15 Financeiros: o custo de fumar durante 40 anos 1 carteira de cigarros ao dia é superior a R$ ,00. Saúde: mais de 50 doenças graves e letais. Vida: perda de 10 anos de vida. Custos para o indivíduo

16 Financeiros: anualmente, arrecada-se 5 bilhões de reais, e gasta-se 20 bilhões de reais. A maioria das DCNT (Doenças Crônicas Não- Transmissíveis) estão fortemente associadas ao tabagismo. As DCNT são a maior causa de mortalidade. Custos para o Governo

17 Controle do Tabagismo

18 -Proibição sistemática e efetiva da venda de cigarros para jovens. -Elevação substancial de preços do produto, com repasse de recursos para a Saúde -Fiscalização efetiva do comércio ilegal -Restrição dos locais para fumar: apenas em ambientes abertos e longe de crianças. -Maior acesso a programas de tratamento. Medidas Objetivas de Controle do Tabagismo

19 -Está aumentando na população pobre. -Aumenta à medida que a escolaridade diminui. -Em duas décadas, poderá dobrar o número de mortes por DRT (Doenças Relacionadas ao Tabaco). -Quem fuma, ainda que eventualmente, se continuar nesta prática, ficará dependente. -Mais de 80% dos fumantes gostaria de parar. -Os que param por conta própria, na sua maioria, recaem nos primeiros 12 meses. -As iniciativas para controle do tabagismo, até aqui, ainda não tiveram efeito satisfatório. Constatações sobre o Problema Tabagismo

20 Responsabilidades

21 POR SER O TABAGISMO UMA DOENÇA DE DEPENDÊNCIA, AS PESSOAS NÃO FUMAM PORQUE QUEREM – SÃO DEPENDENTES! NÃO EXISTE LIVRE ARBÍTRIO PARA DEPENDENTES DE CIGARROS, DEVENDO SER RESPONSABILIZADA A INDÚSTRIA DO TABACO PELO SEU USO CONTINUADO E PELOS DANOS. PORQUE NÃO SE CONDENA A INDÚSTRIA A PAGAR PELOS DANOS CAUSADOS PELO SEU PRODUTO? PARA O SETOR JUDICIÁRIO

22 SE OS DERIVADOS DO TABACO CAUSAM TANTOS DANOS PARA A SAÚDE E PREJUÍZOS PARA OS COFRES PÚBLICOS, PORQUE O GOVERNO AINDA LIBERA ALVARÁ PARA A INDÚSTRIA TABAGEIRA? OS POLÍTICOS PRECISAM PROTEGER A SAÚDE DA POPULAÇÃO! PARA O SETOR POLÍTICO

23 Sempre que alguém acende um cigarro, não está decidindo sobre este ato e muito menos exercendo um direito de livre arbítrio, mas, acima de tudo, está obedecendo ao comando de uma dependência da qual é portador. Daí, lhe resta manter diuturnamente o cigarro na boca e a nicotina no cérebro para enfrentamento das suas lides cotidianas! O dia em que as pessoas, particularmente os líderes da política e da justiça, entenderem o significado desta verdade, não apenas científica, mas acima de tudo humanística, se terá um caminho mais concreto para o controle do tabagismo, e para melhorar a saúde e a vida. Luiz Carlos Corrêa da Silva

24 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA DEFENDENDO A SAÚDE RESPIRATÓRIA DO BRASIL Dr. Luiz Carlos Corrêa da Silva Coord. Comissão de Tabagismo


Carregar ppt "SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA TABAGISMO RELEVÂNCIA NO MUNDO DE HOJE Dr. Luiz Carlos Corrêa da Silva Coord. Comissão de Tabagismo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google